Os dinossauros da Papua Nova Guiné

Desde meados de 1990 que os habitantes de Ambungi Island e das regiões circundantes têm observado animais que se assemelham com dinossauros saurópodes. A Ambungi Island localiza-se a cerca de dois quilómetros a sul da costa de West New Britain, aproximadamente a meio caminho entre Kandrian e Gasmata.

Só desde os anos 1920 é que a Ambungi Island tem sido povoada. Um homem local com o nome de Alphones Likky alega ter visto em 1995 uma criatura com a aparência dum saurópode quando pescava na não-habitada parte sul da Ambungi Island. Alphones encontrava-se de frente para o sul enquanto perseguia peixes quando, diz ele, ouviu um som de algo a mergulhar no coral por trás dele.

Quando Alphones se voltou, ficou perplexo ao observar um animal enorme a curta distância – aproximadamente 5 metros – totalmente submerso na água. Alphones disse que o animal movimentou-se lentamente da sua [do Alphones] esquerda para a sua direita e entrou na caverna esquerda da parte sul da Ambungi Island.
Alphones é o homem mais à esquerda.

Alphones descreveu o animal como tendo um longo pescoço, uma cauda e 4  patas, tendo as patas traseiras mais longas que as da frente, e os pés tendo a aparência dos pés de pato. Estima-se que o comprimento do animal seja à volta de 4 metros desde as patas dianteiras até à cauda, com uma altura de 2 ou 3 metros.  A pele do animal era castanha escura, mas a textura da mesma não pôde ser determinada.

A cabeça da criatura foi descrita como sendo pequena e semelhante a cabeça duma serpente; não foram observados dentes, e os olhos foram descritos como sendo semelhantes aos olhos de outros animais. Traços dérmicos foram observados nas costas do animal mas não no pescoço. A movimentação da criatura foi escrita como sendo lenta, com a sua cauda a movimentar-se de modo observável. Durante o tempo em que a visão durou [dez segundos], o pescoço da criatura encontrava-se na horizontal.
Ver o animal a tão curta distância, e estar na água com ele, causou a que Alphones ficasse aterrorizado. Querendo fugir deste encontro ainda vivo, Alphones, que se encontrava debaixo da água, rapidamente fugiu para a sua canoa e abandonou a área o mais depressa possível. Certamente que ele não ficou por perto na esperança de observar o corpo da criatura fora de água!

As duas cavernas subaquáticas na parte sul da Ambungi Island encontram-se separadas por aproximadamente 20 metros. A caverna esquerda tem uma entrada circular e uma altura de cerca de 2,5 metros. A caverna direita tem também uma entrada triangular e também tem uma altura de 2,5 metros.  Vista de fora, a caverna direita parece ser consideravelmente maior que a caverna esquerda.Nenhuma das cavernas foi alguma vez explorada devido à falta de equipamento de mergulho e de iluminação sofisticados.

Um dinossauro no jardim?

No ano de 1999 uma segunda visão duma destas criaturas ocorreu, mas desta vez, o animal encontrava-se em terra. Alice  Pasington  (entrevistada no dia 14 de Janeiro de 2012) trabalhava sozinha num jardim na parte sul da ilha quando ela alega ter tido um encontro pouco comum.  A cerca de 40 metros de distância, Alice observou uma das criaturas e estimou que ele tinha cerca de 3 metros de comprimento.A cor da pele do animal era castanho-avermelhado e esbranquiçada em  volta da área do peito. A textura da pele tinha a aparência de ser macia, e os traços dérmicos  eram visíveis só na cauda. O animal movimentava-se lentamente com o seu pescoço quase na vertical e a Alice viu-o a alimentar-se duma planta  com folhas de textura áspera.

Depois disto, Alice viu o animal a voltar-se, a caminhar para um pequeno penhasco, onde mergulhou no mar. Durante todo este tempo a criatura foi seguida à distância e nem se apercebeu da presença da Alice. Depois do animal abandonar o jardim, a Alice observou as pegadas no chão deixadas pelo animal, e mais tarde mostrou-as a outros residentes da Ambungi Island.

É bem possível que o animal tenha entrado no jardim durante a noite a partir da praia presente na parte ocidental da ilha. A partir da descrição feita em cima, e levando em conta o tamanho, a coloração, as pegadas e a macia textura dérmica, é também possível que o espécime seja um juvenil da mesma espécie que os animais vistos em outras ocasiões.

Dormindo na pedra

No ano de 2007, Jasinta Pitim, outra residente da Ambungi Island, observou o perfil dum animal enorme a dormir sobre a rocha dum coral (“reef”) na parte sul da Ambungi Island. O animal foi descrito como tendo um longo pescoço que curvava para trás quando chegava perto do corpo, corpo esse que era castanho escuro, e com uma pele descrita como sendo tipo a pele dum crocodilo, com “frills” dérmicos.

Jasinta correu para casa e disse ao marido (entrevistado no dia 14 de Janeiro de 2012) o que tinha visto. O marido viajou para o local, onde viu o mesmo que a esposa tinha visto. Mal o animal ouviu o som de pessoas, movimentou-se da rocha para dentro do mar.

No ano de 1997, quando Joe e Jasinta viajavam de Ambungi Island para a Malengo Island numa canoa, observaram um animal semelhante. A uma distância de cerca de 8 metros, a cabeça e o pescoço da criatura foram visíveis durante um pequeno período de tempo. Animais com a aparência semelhante foram também avistados em ilhas próximas da Ambungi Island.

A visão de Gasmata

Uma criatura semelhante às criaturas observadas perto da Ambungi Island foi também vista por uma vez perto de Gasmata. Numa tarde de Agosto de 2004, três adultos – Fabian Amon, Simon Patolkit e Margaret Patolkit - bem como algumas crianças, observaram uma criatura com a aparência dum saurópode na parte sul da Dililo Island, uma ilha despovoada que os locais de Gasmata usam maioritariamente para a agricultura.Simon foi entrevistado no dia 13 de Janeiro de 2012 no local das visões e Fabian foi entrevistado no dia 18 de Janeiro de 2012.  Ambas as descrições eram similares.

Simon, Margaret e Fabian encontravam-se a mergulhar em busca de peixe perto do reef na parte sul da Dililo Island quando ouviram um som incaracterístico debaixo da água e repararam que os peixes dispersavam

Eles ficaram mais ou menos assustados com o incidente, e para sua segurança, saíram imediatamente da água. Passado algum tempo, enquanto se encontravam sentados nas rochas, observaram parte dum animal desconhecido acima das águas, há cerca de 40-50 metros de distância, e a viajar no sentido este-oeste, paralelo à costa. A criatura tinha um corpo largo e uma pescoço com cerca de 3 metros; o mesmo estava na horizontal e próximo da água.

Nem a cauda nem as patas estavam visíveis, e a porção visível do animal tinha o comprimento de cerca de 8 metros. A cabeça era parecida com a dum crocodilo ou com a dum lagarto, e os olhos foram caracterizados como sendo “enormes“.
A cor do animal era uniformemente castanho e a pele tinha sobre si uma textura áspera. O animal foi descrito como tendo um “serrote” no meio das costas, o que é consistente com a presença de 4 ou 5 frills dérmicos. O tempo de observação durou cerca de um minuto, tempo em que o animal se movimentou de forma lenta e submergiu totalmente no mar.

Possível visão dum terópode a norte de West New Britain

Um pequeno animal com a aparência dum terópode, que os locais nomearam de ‘Doren’, tem sido repetidamente observado perto da Benaule Village, que se encontra aproximadamente a 25 quilómetros a este de Kimbe na costa norte de West New Britain. A criatura tem sido presença habitual há já muitos anos, com um encontro próximo a ser reportado no mês de Novembro de 2010.
Pastor Ken-John mostra a altura do “Doren”.

O Pastor Ken-John encontrava-se sentado – durante o dia – nas instalações sanitárias externas da igreja Tabernáculo  e Adoração quando observou o perfil da cabeça e parte superior de ‘Doren’ a aparecerem a apenas um metro de distância. A cabeça foi descrita como sendo igual a dum engenho voador (presumivelmente, idêntico ao perfil do nariz dum jet tal como o 747) e a sua cor era castanho médio.

O animal tem também sido visto pelos locais nas praias perto das instalações da igreja, onde vem para a praia durante a maré mais alta, e viaja de volta durante a maré baixa. Uma pegada distinta de ‘Doren’, que foi descrita como sendo 25 centímetros longa, é frequentemente vista na areia do mar. A pegada da sua pata esquerda foi desenhada na areia por um local.Durante a época mais húmida, o ‘Doren’ viaja para a o interior até uma montanha. ‘Doren’ já foi observado a comer caranguejos e escavar vegetais no jardim próximo da igreja – aparentemente em busca de minhocas e outros invertebrados com os quais se alimentar uma vez que não come os vegetais que desenterra.

Quando anda, ‘Doren’ usa as quatro pata, mas quando corre, reportou- se que ele usa as patas traseiras e que é capaz de correr mais rapidamente que um ser humano. A julgar pela descrição, o ‘Doren’ pode mais correctamente ser identificado como um Herrerasaurus

Conclusão:

Os testemunhos de encontros com animais alegadamente extintos não são conclusivos para estabelecer o facto de alguns dinossauros ainda se encontrarem vivos nos dias de hoje.  No entanto, se estas visões forem suportadas com evidências sólidas, encontrar dinossauros vivos não pode ser surpreendente para as pessoas, levando em conta que alguns animais e plantas eram tidas como extintas há “milhões de anos”, só para serem mais tarde descobertas ainda com vida. Entre estas descobertas de animais e plantas alegadamente extintos estão o peixe  Celancanto (descoberto no ano  de 1938) e a árvore Wollemi Pine (descoberta  no ano de 1994).

Se para os não-Cristãos que aceitam os dados da ciência encontrar dinossauros ainda vivos não pode ser surpreendente, os Cristãos que sabem que Deus criou o universo em 6 dias há cerca de 6,000 anos atrás não ficarão surpreendidos por ainda existirem dinossauros nos dias de hoje. A Autoridade da Palavra de Deus – a Bíblia – é base suficiente sólida para saber que os humanos e os dinossauros sempre coexistiram – quer eles ainda existam ou não.

Encontrar dinossauros ainda vivos é um facto totalmente devastador para os “métodos de datação” evolucionistas  – e para a teoria da evolução em si – uma vez que os mesmos métodos erradamente defendem que os dinossauros deixaram de existir há cerca de “65 milhões de anos”. É precisamente por estas consequências devastadoras que os militantes ateus evolucionistas, e os seus idiotas úteis eclesiásticos, vêem o chão a fugir de debaixo de si cada vez que a  ciência revela dados que demonstram a existência recente dos dinossauros.

Todos nós que acompanhamos os posts aqui do blogue observamos horrorizados como os militantes evolucionistas foram capazes de negar o facto absoluto do túmulo do Bispo Bell ter desenhos de dinossauros. Se um ateu evolucionista pode rejeitar o que os seus olhos observam como forma de manter a sua fé em Darwin, então é seguro afirmar que eles rejeitarão por completo todo o corpo de evidências fornecidas por este texto.

É precisamente por essa rejeição das evidências, e resistência aos factos observáveis, que é um erro enorme nós Cristãos qualificarmos a teoria da evolução como nada mais que um dogma religioso amplamente falsificado. A teoria da evolução é uma cosmovisão naturalista, e não uma teoria sujeita a falsificação científica.
Fonte.


About these ads

Sobre Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
Esta entrada foi publicada em Biologia com as etiquetas , , , . ligação permanente.

104 respostas a Os dinossauros da Papua Nova Guiné

  1. Em que passagem da bíblia estão previstos ou citados os vírus e as bactérias e com qual propósito deus os teria criado? Certamente que não foi para o homem se servir deles.

    • Azetech diz:

      Antônio Carlos de Carvalho
      As leis sanitárias de Moisés, inspirados por Deus, previa-nos da existência de vírus e bactérias muito antes da ciência descobrir. Enquanto crentes naturalistas, céticos da bíblia, morriam de infecção por lavar as mãos machucadas em uma mesma tigela de água, os Hebreus por seguir os ensinamentos de Deus, já enterravam seus excrementos e lavavam suas feridas em ÁGUAS CORRENTES.
      Enquanto crentes naturalistas achavam que a terra era PLANA, a bíblia já revelava a esfericidade da mesma.
      A bíblia sempre esteve um passo a frente dos conhecimentos humanos. Tolo aqueles que a rejeitaram simplesmente por amar o PECADO.
      Agora enquanto a vírus e bactérias, quem foi que disse que Deus é quem os criou da forma que são? Você? um crente naturalista que acha que a SORTE é capaz de criar VIDA em um ambiente ESTÉRIL? Um crente em Darwin que crê por fé na doutrina dele, onde supostamente Amebas se tornaram humanos com a força “milagrosa” do Tempo+Sorte?

      De onde tirou um raciocínio tão infeliz? De seu desconhecimento das escrituras? De seu fanatismo por Darwin? De seu amor pelo pecado?

      Aff… estes crentes fanáticos seguidores de Dawkins militantes ateístas não tem mais o que fazer não? Porque entram em sites cristãos com proselitismo ateísta? Por um acaso querem nos converter ao ateísmo e nos rebaixar ao mesmo nível que estão, onde a moralidade, segundo a fé que possuem, é Relativa? Querem nos “libertar” da moral de Cristo, pelo qual possuímos, para a “moral” subjetiva (onde tudo pode) que vocês possuem?

      Amigo, quer uma dica, tente converter (ou “desconverter” para ser mais exato) pessoas que desejam a imoralidade. Pessoas que amam a Deus e sua JUSTIÇA, técnicas tão fúteis não dão resultados. A única coisa que consegue com isso é ser refutado e humilhado.

      • Uma pergunta básica e um ignorante, que desconhece a resposta, se vale (e aí sim, de seu proselitismo) para despejar um blá, blá, blá enorme, que vai de nada a lugar nenhum e que usa como argumento e prova a própria afirmação de que o ignorante está correto (ao demonstrar que acredita cegamente na bíblia). Sim, ignorante, pois todos são ignorantes, e aqueles que se julgam não ignorantes são apenas idiotas. Eu não sou imbecil a ponto de ter certezas como os crentes em fábulas, pois buscando ser o mais racional que uma pessoa possa pretender ser, não tenho certeza de quase nada. Na escala da racionalidade, de 1 a 100, eu devo ter uma nota 3, já os que desprezam a razão tem nota ZERO.
        A sua fé e sua religião é um monumento erguido sobre o alicerce da fábula e do conto da carochinha, pois a pedra fundamental ali é deus ou o espírito, cuja(s) existência(s) jamais foram provadas. ISTO É UM FATO QUE NEM O SEU FUNDAMENTALISMO XIITA DOENTE TERMINAL PODE MUDAR! E no mundo do conhecimento empírico, o que não tem sua existência provada simplesmente não existe!!
        Quanto a sua pretensão, do alto da sua imensa ignorância, de supor que pode “humilhar’ alguém é simplesmente hilária, para não dizer abjeta.
        …….
        PS. … leis sanitárias de Moisés, inspirados por Deus (hilário)… mandamentos do mesmo naipe das barbaridades, injustiças, aviltamento do ser humano e aberrações descritas na bíblia e inspiradas por deus. Estes mesmos que muitos de vocês hoje tentam “revogar” com o “novo testamento”. hehehe

      • Azetech diz:

        Antônio Carlos

        Primeiramente, possui alguma evidência SOLIDA que a bíblia é um conjunto de fábulas (como alegas)? Ou baseará tua afirmação no ACHISMO?

        Segundo, falaste, falaste, falaste, e não refutaste nada.
        Apenas fizeste um argumento EMOCIONAL sem nenhuma base RACIONAL.
        As leis sanitárias de moisés inspiradas por Deus, que protegiam o povo contra os males dos vírus e bactérias, estão lá MUITO ANTES da ciência ter descoberta.
        A esfericidade da terra é testificada na bíblia MUITO ANTES dos homens a descobrirem.

        Não tem jeito meu caro. por mais que “esperneie” e “choramingue” não poderá mudar o que já está COMPROVADO.

        Enquanto teus “irmãos” morriam de infecção por crer em fábulas humanas e duvidar da bíblia, meus “irmãos” por crer nela viviam tranquilamente, ficando livres destes males.

      • Azetech diz:

        Antônio
        “”” E no mundo do conhecimento empírico, o que não tem sua existência provada simplesmente não existe!! “””

        LOL , Então meu caro, a ABIOGÊNESIS NÃO EXISTE pois ela não pode ser verificada empiricamente (Afinal NINGUÉM consegui transformar lama em vida). A SORTE que gera INFORMAÇÃO, também NÃO EXISTE pois não houve nenhuma experiência que pode gerar informação por eventos randômicos. A MACRO-EVOLUÇÃO não existe, pois esta CRENÇA não foi observada em NENHUM MOMENTO.

        Tu mesmo se contradiz em teus argumentos, pois se precisa VERIFICAR para existir então a INEXISTÊNCIA de Deus NÃO EXISTE pois ela NUNCA foi comprovada empiricamente.

        hehehe não conheces a frase CIENCTÍFICA muito conhecida onde dizes “Ausência de evidência NÃO É evidência de Ausência”?

        “”” Quanto a sua pretensão, do alto da sua imensa ignorância, de supor que pode “humilhar’ alguém é simplesmente hilária, para não dizer abjeta. “””

        hehehe eu não preciso te humilhar, tu mesmo se humilha com as tuas afirmações, basta olhar teus comentários.
        ;-)

    • A Bíblia não é um livro científico então não tem nada “previsto” neste aspecto (científico). Porém, a existência de virus e bactérias é coerente com a cosmo-visão bíblica, que declara a corrupção do universo pelo pecado.

      Logo a perda da funcionalidade original das bactérias as tornaram em alguns casos nocivas ao homem, lembrando que temos em nosso organismo bactérias benéficas. O mesmo poderia ser dito aos vírus, seriam uma distorção, ou ainda uma manifestação física do pecado. O pecado se manifesta de forma física, nas doenças, no envelhecimento, na entropia, etc.

      A Bíblia fala de pragas e doenças, algo que teria surgido depois do pecado, o que está de acordo com o observado. Ou seja, a Bíblia é totalmente coerente com a realidade a nossa volta.

      • A Bíblia não é um livro científico??? Eu achei que fosse um livro sobre a verdade, sobre a origem da vida, sobre tudo!!
        Tem até um código sanitário de Moisés! Tem até um capítulo sobre o “direito das coisas”, em que a coisa era, por exemplo, um servo, em que se descrevia como proceder se alguém ferisse o seu servo…
        Nada de “manifestação física do pecado”.. eles são seres vivos, apenas isso.

      • Mats diz:

        Ainda bem que a Bíblia não é um Livro científico visto que o que hoje é ciência, amanhã já não é.

        Mas continuo à espera que expliques o post, e expliques o post com o nome “Os Dinossauros no Túmulo do Bispo Bell”.

        E se puderes, faz comentários mais curtos.

      • Amigo Antonio Carlos de Carvalho, a sua pergunta era referente a Bíblia, e ela fala de sobrenatural.
        Quando você diz “Nada de “manifestação física do pecado”.. eles são seres vivos, apenas isso.” você está tomando o naturalismo como verdade. Eles serem seres vivos não refuta em nada o que afirmei. A existência deles, mesmo sendo “seres vivos”, poderia ser por causa do pecado.

        Você, um tipo parecido de proposição, pois você alega que seres vivos surgiram como conseqüência das leis da natureza, logo, qual o problema do pecado influenciar no aparecimento de virus?

        No entanto os virus não são considerados seres vivos.

        Como disse, se você analisar a cosmo-visão bíblica, verá que ela é coerente com a realidade.

        Existem muitas coisas invisíveis que universo. As leis da natureza são invisíveis, não podem ser tocadas, mas podem ser percebidas. E onde elas são percebidas? Nas manifestações da natureza em geral. Quando você vê o Sol, você está vendo a força da gravidade em ação entre outras.

        Podemos fazer um mesmo paralelo com o pecado. Ele está impregnado em todas as coisas materiais, veja ele como uma lei, logo, é esperado encontrarmos evidências de sua atuação na natureza, e para sua surpresa elas existem: Virus, bacterias malévolas, morte, doenças, etc. O pecado não atua apenas na esfera moral ele atua em todas as áreas.

        Com sua permissão Matts, eu queria deixar este link (http://oinvernodafe.blogspot.com.br/2012/08/o-que-e-o-pecado.html)
        para ajudar o Antonio a entender o que tento lhe passar.

        Abraços

      • Mats, falar de matéria que necessita de várias laudas é irresponsabilidade, assim, seria melhor não escrever nada. Por sinal, não vejo vir de você nada além de desafios com frases quase monossilábicas. Sobre a bíblia, sim, ela é um livro científico, pelo menos tem essa petulância.
        Sobre o que “hoje é ciência, amanhã já não é”, é óbvio, pois os cientistas (e não a “deusa” ciência) ainda está engatinhando, como deveria ser, pois vivemos numa época qualquer da história da humanidade e não no seu final, onde tudo já deveria estar esclarecido e todas as superstições acabadas. Quem tem a pretensão de ter o conhecimento de todas as coisas são os “crentes”.
        O post cita “dinossauros existentes na época atual”, mas o tratamento científico e investigativo que lhe é dado é semelhante ao que é dado aos ET’S. De pouca credibilidade. Não é digno de que se perca tempo com eles. Não traz prova alguma. Somente especulação. Quanto aos “Os Dinossauros no Túmulo do Bispo Bell”, foi feita perícia no túmulo para verificar se a tira fina de bronze não foi coloca posteriormente? Os desenhos que lá estão são de dinossauros, sim. Mas por que os próprios crentes xiitas fundamentalistas não “datam” o caixão do bispo com testes confiáveis e os exibem à comunidade científica? Por outro lado, como disse um internauta: “Animais tão grandes como os dinossauros deveriam ter chamado a atenção da humanidade. Deveriam estar representados em inúmeras obras históricas. O leão não é um animal autóctone da Europa, e no entanto, existem por toda a Europa inúmeras estátuas, pinturas e textos históricos que apresentam leões.
        Onde é que estão todas essas referências aos mais colossais animais que este planeta já viu? Será que ninguém reparou neles? Só uma meia dúzia de pessoas é que os conseguia ver?”
        Ou seja, foi apenas mais uma tentativa…

      • Mats diz:

        Onde é que estão todas essas referências aos mais colossais animais que este planeta já viu? Será que ninguém reparou neles? Só uma meia dúzia de pessoas é que os conseguia ver?”
        Ou seja, foi apenas mais uma tentativa…

        Estão espalhadas por todo o mundo, como seria de esperar. Procura neste blogue por “dragão” ou “dragões” e lê.

  2. Que evidências da existência de dinossauros?? Testemunhos?? E fotos, filmes?

    • Azetech diz:

      Antônio

      Pode ter certeza que existe muito mais evidências da coexistência de dinossauros habitando com humanos, do que evidências de amebas virando gente (Macro-evolução)
      A propósito, qual evidência possui da sua fé Macro-evolucionária? tem alguma? Existe pelo menos, algum protozoário que se tornou metazoário? A única “evidência” macroevolutiva que presenciei até hoje é no filme X-men (Ficção). Fora isso, não há UMA ÚNICA EVIDÊNCIA que corrobore esta linha de pensamento, descritos na doutrina de Darwin e em seu livro sagrado “Origem das Espécies”

      • Posso ter certeza???? Está em algum lugar mas nem você e nem ninguém neste site sabe onde, não é?? Certezas? Eu? Quem tem certezas é idiota. Fé? Eu? Se dependesse de fé, nem no chão embaixo dos meus pés eu acreditaria. A propósito, qual evidência possui da existência de deus? tem alguma?

      • Mats diz:

        Ficamos ansiosamente à espera que comentes o que o post demonstra – nomeadamente, que várias pessoas afirmam terem visto dinossauros. Eu sei que não tens resposta, mas vai ser engraçado ver-te espernear em redor dos factos.

      • Mats,
        O post “demonstra” o quê? Han? Alguém viu alguma imagem que eu não vi? Depoimentos de alguém que diz que alguém disse que viu dinossauros e que na era do celular, não foram fotografados por ninguém? Ora, eu nunca pedi para tirarem uma foto de deus, mas de um dinossauro, sim né? Então, caro bigodudo Manoel, os factos estão mais para flactos. Não há sequer uma prova tão facílima de se apresentar. Nos poupe!!

      • Agora eu vou ter que ter fé nos “neo-dinossauros” também?

      • Mats diz:

        Explica o que o post mostra, e não fujas.

      • Azetech diz:

        Antônio Carlos de Carvalho

        “””Posso ter certeza???? Está em algum lugar mas nem você e nem ninguém neste site sabe onde, não é?? “””

        Como não sabemos? Não leste a noticia corretamente? Não só neste post mas em outros posts a respeito do assunto (Como o por exemplo do túmulo do Bispo Bell) as fontes estão claras para quem quiser procurar.

        “””Certezas? Eu? Quem tem certezas é idiota. “””
        ?????? E porque tu achas que a pessoa que possui certeza em algo é idiota, Somente porque tu NÃO POSSUI certeza de NADA? é isso?

        “””Fé? Eu? Se dependesse de fé, nem no chão embaixo dos meus pés eu acreditaria.”””
        E desde quando é necessário fé para algo concreto (Comprovado empiricamente)? A fé é necessária a algo que não se pode comprovar empiricamente, como por exemplo Deus, MACRO-EVOLUÇÃO e ABIOGENESIS (Lama virando vida em um ambiente ESTÉRIL) provida pela SORTE.

        Nestes quesitos tanto TU como eu possuímos FÉ. Porém há um detalhe, QUAL DELAS É VERDADEIRA? Qual delas se enquadra melhor as evidências? Qual delas é lógica e RACIONAL?

        “”” A propósito, qual evidência possui da existência de deus? tem alguma? “””

        A IMPOSSIBILIDADE de sua inexistência é EVIDÊNCIA de sua EXISTENCIA. Com outras palavras TODA CRIAÇÃO (Universo e Vida) são evidências da existência de Deus.
        Sem Deus NADA existiria.
        Somente vós, naturalistas fanáticos, creem por fé que há possibilidade da existencia do universo e da vida com uma suposta inexistência de Deus. Vocês creem SEM POSSUIR NENHUMA evidência disso, mas pelo contrário, CONTRA TODAS ELAS.
        Agora te pergunto, existe ALGUMA EVIDÊNCIA sequer que foi a SORTE que gerou o universo e a vida? Qual evidência possui que embase tua FÉ?

      • “Fé? Eu? Se dependesse de fé, nem no chão embaixo dos meus pés eu acreditaria.”””
        Eu não acredito que você comentou isso!!! Não entender que foi apenas uma piada que eu fiz, e levar ao pé da letra! Você é português??? Traduzindo e explicando a piada: eu quis dizer apenas que não acredito em nada.
        ” A fé é necessária a algo que não se pode comprovar empiricamente, como por exemplo Deus, MACRO-EVOLUÇÃO e ABIOGENESIS (Lama virando vida em um ambiente ESTÉRIL) provida pela SORTE. Nestes quesitos tanto TU como eu possuímos FÉ. Porém há um detalhe, QUAL DELAS É VERDADEIRA? Qual delas se enquadra melhor as evidências? Qual delas é lógica e RACIONAL?”
        Está em dúvida? Parabéns. Seu comentário ficaria bem na boca de um agnóstico.

        “”” A propósito, qual evidência possui da existência de deus? tem alguma? “””
        “A IMPOSSIBILIDADE de sua inexistência é EVIDÊNCIA de sua EXISTENCIA. Com outras palavras TODA CRIAÇÃO (Universo e Vida) são evidências da existência de Deus. Sem Deus NADA existiria. Somente vós, naturalistas fanáticos, creem por fé que há possibilidade da existencia do universo e da vida com uma suposta inexistência de Deus. Vocês creem SEM POSSUIR NENHUMA evidência disso, mas pelo contrário, CONTRA TODAS ELAS. Agora te pergunto, existe ALGUMA EVIDÊNCIA sequer que foi a SORTE que gerou o universo e a vida? Qual evidência possui que embase tua FÉ?”
        Bem sobre fé, eu já falei na outra resposta. É compreensível que você não consiga administrar na sua cabeça a ausência de fé. Você viveu a vida inteira massacrado com esta tradição de fé. Eu também fui, mas nem por isso me tornei fanático. Por essa tradição que você não consegue dialogar sem que a outra parte seja inversamente contrária à sua opinião. Eu tenho que ter fé cega na evolução para você tentar provar que estou errado, só assim você dirá que já que eu não provei estar certo, então você é que está e portanto, seu deus existe. Por isso você quer me atribuir essa condição de fanático fundamentalista xiita para que possa haver o embate. Você se nega a conjecturar de que o seu deus não existe. Deve ser por que, aí você terá muitas respostas para muitas coisas nebulosas que circundam o seu deus e a sua bíblia. Você, como muitos, prefere colocar um véu de certeza sobre sua cabeça e ver a verdade lá fora de maneira um tanto turva.
        O estado natural das pessoas que raciocinam é a incerteza eterna. Se você pensa que eu vim aqui trazer a luz, se enganou, eu quero mais é jogar trevas sobre a luz fraca da fé cega. Se há incerteza, não há que se crer nisto ou naquilo, mas somente naquilo que for comprovado, se é que será, algum dia.
        E não venha me dizer que esta é a posição de um fraco, mas a verdade é que eu não necessito de um deus para viver tranquilo e sossegado e em sociedade, apoiado apenas na minha moral. Que baseia-se, como na maioria esmagadora das pessoas, na empatia.

      • jephsimple diz:

        Antônio,

        Significado de Certeza
        s.f. Caráter daquilo que é certo, evidente, indubitável: uma certeza matemática.
        Convicção, segurança plena e total: tenho a certeza de que ele vencerá.
        Conhecimento certo.
        Estabilidade: não há certeza alguma nas coisas do mundo.
        Filosofia. Convicção que o espírito tem de que os objetos são tais quais ele os concebe.
        Loc. adv. Com certeza, evidentemente, certamente.

        Antônimos : indeterminação, dúvida, incerteza, arrepsia, insegurança.

        “”” E no mundo do conhecimento empírico, o que não tem sua existência provada simplesmente não existe!! “””

        Tem certeza disso ?

        R.”Posso ter certeza???? Está em algum lugar mas nem você e nem ninguém neste site sabe onde, não é?? Certezas? Eu? *QUEM TEM CERTEZAS É IDIOTA. Fé? Eu? Se dependesse de fé, nem no chão embaixo dos meus pés eu acreditaria. A propósito, qual evidência possui da existência de deus? tem alguma?”

        (1) Vc tem certeza que Deus não existe?
        (2) Vc tem certeza que Deus existe?

        Para (1) e (2) >>> *QUEM TEM CERTEZAS É IDIOTA.

        (3) Existem evidências para a existência de Deus.
        (4) Não existem evidências para a existência de Deus.

        Para (3) e (4) >>> *QUEM TEM CERTEZAS É IDIOTA.

        Alguem consegue entender a lógica do Antônio???

        Para o Antônio (p)não devemos possuir CERTEZAS.

        Então Antônio ,você tem certeza que (p)?

      • Alguem consegue entender a lógica do Antônio??? .
        jephsimple, Todo o seu blá, blá, blá pseudo filosófico poderia ter se resumido à sua frase: “Para o Antônio não devemos possuir CERTEZAS”.
        Afirmei que não tenho certeza de nada, por que você quer forçar a barra e me colocar na balaio dos crentes e fanáticos???? Eu percebo que vocês ficam sem saber o que dizer quando surge uma pessoa que não é criacionista, mas não é fanática pelo evolucionismo a ponto de tentar explicar tudo por meio dele. Mesmo por que, diferente do que vocês afirmam, que a bíblia é a palavra de deus e portanto é uma obra acabada em que consta toda a verdade da vida, a ciência tem o papel de investigar e tentar resolver as dúvidas existentes, nem que pra isso leve um bilhão de anos. Por que vocês querem que a ciência, como se fosse um outro deus, tenha a resposta para tudo? Como temos observado até hoje, ao longo dos séculos, o que ainda não foi explicado ainda o será. Certamente que nem eu e nem você estaremos aqui para ver. A ciência ainda engatinha e não tem a presunção de ter todas as respostas. A tudo se atribui a providência divina, mas um a um foram vão caindo por terra.
        Você queria que eu fizesse uma exposição de motivos aqui e, ao final, concluísse pela inexistência de deus??? Pra início de conversa, não existe “a prova da não existência” de algo, mas sim a da existência. Caso contrário, eu afirmo que um dragão verde de barriga vermelha que come pedras criou a vida. Prove que ele não existe.
        Essa você e nem ninguém tem. Não existe evidência alguma de que ele existe. Por que eu deveria ter fé nele então??? Só por que há 2 mil anos é assim? E por que até um certo tempo atrás era heresia se por em dúvida a existência de deus? Eu sou obrigado a cogitar da existência de deus? Por que? Que evidência tenho eu para isso? O que está mais nítido é que ele não existe, pela absoluta falta de “evidências”. É simples, até que se prove o contrário, deus existe tanto como o saci-pererê e o papai noel, com a básica diferença de que ninguém crê nestes 2 últimos. Não é por que a ignorância e falta de explicação dos fenômenos da vida criaram os deuses, que terei de crer neles. Por falar nisso, você é dos fanáticos que creem eu deus sem precisar de provas ou é dos que necessitam delas? E o que acha das pessoas que creem em deus e passam longe da discussão evolucionismo x criacionismo?
        Por falar em crer, se na bíblia está escrito que até os apóstolos duvidaram da ressurreição (não que eu acredite), sendo que Jesus teve até que aparecer para eles para provar, caso contrário eles se desanimariam e não iriam pescar almas pelo mundo afora, por que se exigir que as pessoas simplesmente creiam nele? Não é racional.

      • Este post baseia-se em afirmações de pessoas que alegam ter visto dinossauros sem a menor comprovação científica, portanto, de valor extremamente reduzido. E só.

      • O truque do Azetech é o seguinte: foi feita uma pergunta simples de

        resposta monossilábica e objetiva. “Existem passagens da bíblia que

        citam a criação das bactérias e dos vírus”? E uma outra mais

        complexa: “com qual propósito deus os criara?”. Ele tergiversou e

        não respondeu nada. Próximo passo, acrescentou algumas “verdades

        bíblicas”, para que eu as contestasse. Peraí! Quem perguntou e ficou

        sem resposta fui eu. Ele desviou a atenção do seu silêncio!
        Mas vamos dissecar o amontoado de “verdades bíblicas” do Azetech:
        1) As leis sanitárias de Moisés, inspirados por Deus, previa-nos da

        existência de vírus e bactérias muito antes da ciência descobrir.
        2) moral de deus;
        3) A esfericidade da terra é testificada na bíblia MUITO ANTES dos

        homens a descobrirem.
        Se Moisés soubesse que existiam bactérias e vírus ou vermes no

        porco, ele não diria esta asneira: “”Também o porco, porque tem

        unhas fendidas, e a fenda das unhas se divide em duas, mas não

        rumina; este vos será imundo.” (Levítico 11 : 7) E incluía também a

        lebre e o coelho. Deus não sabia que bastava ferver a carne do

        porco? Portanto, sabe-se lá de onde vieram as leis sanitárias de

        Moisés, mas de um deus onisciente é que não foi. Alem do mais,

        chamar as lei cerimoniais de deus de sanitárias é coisa de teologia

        moderna. O que há de sanitário em poder comer frango e não poder

        comer pato??
        Moral: deus é um ser eterno, e onisciente, portanto, sabe tudo,

        sempre existiu e sempre existirá. Deus tem uma moral divina, que

        portanto, é eterna e imutável. Ora, vimos nos livros antigos da

        bíblia que deus permitia a escravidão, há inclusive uma espécie de

        direito das coisas na biblia, onde a “coisa” era o servo. Permitia

        que seus grandes homens fossem adúlteros, pedia sacrifícios cretinos

        de animais e até descrevia como deveria ser cortado ao meio a vaca,

        gostava que seu povo exterminasse seus imimigos, quis exterminar a

        raça humana quase inteira por 2 vezes (genocida), etc. Após o

        surgimento de Jesus, que era seu filho ou, em suma, era o próprio

        deus, a ordem foi o amor ao inimigo, a não violência, o arrebanho de

        ovelhas (a ordem já não era matar ímpios), e salvação da humanidade,

        e hoje em dia, qualquer pastor seria louco de falar em ter “servos”,

        por exemplo. Donde se conclui que a moral foi mudando com o passar

        do tempo, assim, a moral de deus é mutável, portanto, não existe um

        deus imutável, eterno, logo concluí-se que não existe o deus de

        vocês, criacionistas.
        A esfericidade da terra foi testificada muito antes dos homens a

        descobrirem? Erastóstenes, 2 séculos antes de Cristo descobriu. Ora,

        mas como, se “todos já sabiam” só de ler a bíblia? A bíblia fala que

        ““Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra” (Isaías

        40:22). Aí, tá vendo? Disse que é redonda!! mas logo em seguida faz

        coco em cima: “O Diabo levou Jesus novamente a um monte muito alto,

        e lhe mostrou todos os reinos do mundo… “, como?, só se a terra

        fosse plana..
        Uma coisa que me chamou muito à atenção foi isto: “Agora enquanto a

        vírus e bactérias, quem foi que disse que Deus é quem os criou da

        forma que são?” Você quis dizer que “deus os criou”, e eles são

        diferentes hoje em dia devido à evolução, não é? Humm interessante.

        A bíblia é um conjunto de fábulas? Bem, vejamos, nela tem milagres,

        ressurreição, dilúvio, pessoas com 900 anos, arca com todos os

        bichos da terra, pessoas abraçando leões no Eden, etc. etc. Se você

        aredita piamente nisso.. não há muito o que se fazer.
        Quanto a minha possível contradição.. alto lá, camarada. Vamos

        estabelecer uma coisa aqui: Pra começar, quem aceita tudo que está

        na bíblia sem contestar é você. Quem é fanático é você. O que eu

        disse sobre ter certeza, é aquilo lá mesmo. Ou está escrito em algum

        lgar que eu disse que “acredito” na teoria de Darwin. E para te

        ajudar no seu entendimento a palavra acreditar significa, dar

        crédito a algo sem exigência de provas. A teoria de Darwin explica

        muita coisa, mas deixa lacunas, assim como a sua bíblia (melhor

        seria compará-la com um queijo suiço, após uma rajada de balas).

        Porém, ela apresenta muitas evidências de que explica a origem da

        vida. Evidências que a bíblia não traz. Será que a bíblia traz fatos

        científicos já comprovados? Provavelmente sim. Ou será que os

        antigos não tinham conhecimento de nada? O fato de ela relatar algum

        fato cientificamente comprovado não comprova a existência de deus.
        Por outro lado, quem tem ceterzas aqui é você. Você que tem essa

        presunção inacreditável de saber a “VERDADE”. Ninguém conseguiu

        transformar “lama” em vida? Espertinho, se esqueceu de que devem ser

        recriadas as mesmas condições que existiam no início de tudo. Será

        que alguém consegue reproduzí-las?? Dúvidas. A Abiogênese, como

        teoria formada, acabada, não existe mesmo. Ainda. E aqui não me

        refiro à “geração espontânea”.
        Portanto, não há contradição alguma. A única pessoa que tem fé aqui

        é você. Ou você achou que do nosso papo sairia a verdade da origem

        da vida?? Você tem essa pretensão, não é?? Eu já disse e repito, só

        os tolos tem certezas!! mas por favor, vamosd parar com essa

        canalhice de propor a prova da inexistência de alguma coisa. Se não,

        eu afirmarei que quem criou a vida foi um dragão verde da barriga

        vermelha que come pedras e você terá que provar que ele não existe.

        Se não provar.. pronto, ta aí mais um deus na praça!!!
        Pra terminar, a teoria da evolução apresenta tantas evidências, de o

        caminho é por alí, que até em nós mesmos podemos verificá-la.

        Vejamos nossos mamilos masculinos, que nos faz presumir que um dia

        já amamentamos, ou deus faz coisas inúteis? E nosso pés, atrofiados

        hoje em dia, cuja única utilidade, agora, é nos manter em equilíbrio. Antes, era nos balançar nas árvores.
        Se não entendeu, meu pensamento se divide em 2 frentes:
        1) não tenho prova alguma da existência de deus, tenho evidências do contrário.
        2) a teoria de darwin não explica totalmente como a vida se formou ou como ela evoluiu.
        Sigo, firme e forte, sem ter certeza total de nada, mas vivendo minha vida tranquilo e sempre combatendo os que tem a ridícula pretensão de pensar que “sabem a verdade”, pois que vivemos numa época obscura do passado, de trevas, apenas alguns poucos milhares de anos dos bilhões que a vida ainda terá na terra, muito ignorantes e sonhando com deuses.

      • Quer maior evidência do que uma mísera foto tirada de um celular qualquer? (claro que eu eu falo destes dinossauros aí, cuja certeza da existência é a mesma que nós temos da dos ET’S: só de ouvir falar.

    • Ausência de evidências não é evidência de ausência. Os testemunhos aparentemente são confiáveis. Uma das testemunhas era um pastor, não acredito que um pastor vá mentir.

    • jephsimple diz:

      ACC,

      Sua posição não pode ser observada e nem reproduzida em laboratório… se conseguires algo para apoiar o “relojoeiro cego” estúpido e idiota [ainda acredito que acidentes,forças cegas,matéria e energia sozinhas são pior que isto] é só nos fornecer … caso contrário sua posição é de quem sofre grave dissonância cognitiva.

      Não tente nos convencer com palavras, nos convença com uma hipótese reproduzível,testável e falseável ok?

  3. reis diz:

    com respeito ao dinossauros da nova guiné, e do túmulo lá do bispo, é um factor aqui a considerar, poruqe é uqu africa hoje tem uma fauna que em mais país nenhum possue ?
    veja a onde a arca descansou, de da onde começou o novo ciclo de vida, na bíblia fala, de leõe e outras feras em israel, as pessoas eram atacadas poe elas, nas américas existia leãos, e a mesma ativividade animal que hoje as áfricas têm, os climas eram muito diferentes dos de hoje, mas á uma coisas curiosa na bíblia.
    (Êxodo 25:5) . . .e peles de carneiros tingidas de vermelho, e peles de focas, e madeira de acácia;
    como podia israel ter acesso a peles de foca lá naquele epoca, é curioso, porque israel fica no meio do mundo e lomge de tudo, ou as focas estva ali perto, ou sei lá.
    o que mete mais impressão é os cálculos destes senhores, por muitos milhões que deia, nunca estudam, o porquê disto ou daquilo, um assunto, tem de ser estudado, com profundidade, altura, lagura, usem o imaginário, e nunca usem a bíblia, é este o seumaior erro, porque a bíblia lhes ajudadva muito nos seus cálculos erróneos, mas já á cientista que se está a chegar á conclusão que muitos dos fósseis que existe por aí, foram enterrados por causa de um grande cataclismo chamado ((((água)), exemplos, ossos, não estão torrados, não foi nehum meteorito como muitos já o afirmaram, ossos achados em lama seca, e petrificada como cimento, pegadas de dinossauros secas e petrificadas, canions, vales, terras fustigadas e rasgadas, e só os elementos duros escaparam á erosão das águas, conchas intactas nas rochas, provas de que a água do mar este em todo o planeta, mas os sr. bem pagos da universidades, não querem ficar mal perante a mídia e os seus salários bem pagos, continuam a iludir as massas de gente, hoje ou humano não gosta muito de raciocionar, gosta mais de fast food, só que a fast food mata e engorda, enquanto que a sopr só faz be,, isto é uma ilustração.
    hoje existe animais bem estranhos no nosso planeta em zonas isoladas, e existe animais das trevas que ainda nunca ninguém teve acesso a eles, é muitas coisas na natureza que são aliens ainda para o homem, existe nos oceanos um outro mundo que o humano não tem acesso, e existe muitos mal interpretações de tudo.
    (Eclesiastes 3:11) . . .Pôs até mesmo tempo indefinido no seu coração, para que a humanidade nunca descobrisse o trabalho que o [verdadeiro] Deus tem feito do começo ao fim. . .
    só aqui neste texto mostra porque os evolucionistas nunca chegam a descobrir tudo, porque a vida deles é muito curta para isto, com o passar do tempo, como já está a acontecer, o conhecimento disto e daquilo se vai chegar par a fontte de origem a tão temida (((BÍBLIA))).

  4. Ana Silva diz:

    A existência de dinossauros vivos seria uma grande notícia e é incrível que até hoje, passados vários anos, ainda não tenha captado a atenção de biólogos.

    É que a descoberta destes animais só pode ser classificada como um milagre. Porque em geral os animais que habitam pequenas ilhas são mais pequenos que animais que habitam o continente (com excepção óbvia dos insectos). Esta “versão pequena” é uma consequência de as ilhas terem menos recursos (menos espaço, menos comida e água) do que o continente.

    Os dinossauros avistados em Ambungi Island escapam a esta regra. Um dos animais tem um “comprimento […] à volta de 4 metros desde as patas dianteiras até à cauda, com uma altura de 2 ou 3 metros”. Outro animal “tinha cerca de 3 metros de comprimento”. Outro ainda “tinha um corpo largo e um pescoço com cerca de 3 metros”
    .
    Estes animais não poderão ser únicos nas ilhas. Tem de existir um número mínimo de animais para permitir a formação de novas gerações (senão iriam extinguir-se). Proponho 8 animais, no mínimo (duas a três gerações).

    O milagre está no facto de estes animais viverem em ilhas que, pelo que pude perceber, não terão sequer 5 km de comprimento. É obra! Não se conhece outro caso igual em todo o mundo.

    É portanto inaceitável que nenhuma equipa de biólogos tenha procurado por tais animais. Não pode ser assim tão difícil encontrar, em tão pequenas ilhas, animais de 3 a 4 metros de comprimento, principalmente tendo em conta a sua predilecção pela costa.

    Espero que a Creation Ministries Internacional (fonte do post do Mats) patrocine em breve um grupo de biólogos (profissionais ou amadores) que possam fazer um estudo mais aprofundado do que apenas a recolha de testemunhos. Seria, sem dúvida, uma bofetada para muitos se conseguissem obter fotografias.

    • Mats diz:

      Ana, resumindo, vamos rejeitar os testemunhos das pessoas envolvidas porque, e cito, “A existência de dinossauros vivos seria uma grande notícia e é incrível que até hoje, passados vários anos, ainda não tenha captado a atenção de biólogos“.

      Como todos nós sabemos, os biólogos evolucionistas estão desejosos de encontrar dinossauros vivos um pouco por todo o mundo.

      • Ana Silva diz:

        Mats:

        “Como todos nós sabemos, os biólogos evolucionistas estão desejosos de encontrar dinossauros vivos um pouco por todo o mundo.”

        Descobrir um dinossauro seria o máximo na carreira de muitos cientistas, criacionistas ou não.

        E eu sempre pensei que os criacionistas quisessem encontrar dinossauros.

        Portanto, como disse antes, “espero que a Creation Ministries Internacional (fonte do post do Mats) patrocine em breve um grupo de biólogos (profissionais ou amadores) que possam fazer um estudo mais aprofundado do que apenas a recolha de testemunhos.”

        Isso calava muita gente!

      • Mats diz:

        A Ana continua a acreditar que a comunidade evolucionista realmente se importa com as evidências?

      • Ana Silva diz:

        Mats:

        Acho que aqui não interessa o que a comunidade evolucionista quer ou deixa de querer.

        Os testemunhos existem e deve-se partir do princípio que são verdadeiros.

        Mas, até segundo o Mats, os maiores interessados na descoberta dos dinossauros nas ilhas da Papua Nova Guiné são os criacionistas.

        Portanto, estando interessados, os criacionistas devem avançar e patrocinar o mais breve possível a ida de uma grupo de biólogos (crentes ou não) que estude cuidadosamente as evidências.

        A descoberta de outro tipo de provas que corroborem os testemunhos, repito, calava muita gente!

      • Mats diz:

        Ana Silva,
        As evidências em torno da coexistência entre humanos e dinossauros tem sido veiculada e exibida em vários centros científicos do mundo (Cristãos). É o trabalho dos evolucionistas mostrar falhas nesses métodos e oferecer explicações minimamente credíveis à luz do que se tem visto por todo o mundo.

        E os criacionistas já enviaram um “grupo de biólogos (crentes ou não) que estude cuidadosamente as evidências.” Este texto só foi possível porque alguém foi ao sítio e entrevistou as testemunhas oculares.

      • Ana Silva diz:

        Mats:

        Vou responder ao seu comentário mais abaixo, para torn-lo mais legível.

  5. Heidari Klein Da Rosa Carvalho diz:

    http://www.jfmidia.com/2012/09/supermercado-vende-carne-de-dinossauro.html
    http://www.mandacaruja.com/2012/09/carne-de-dinossauro-esta-sendo.html
    Você acha que isto aqui é verdade? Só queria compartilhar o link, parece que a foto foi tirada pela policia mas se realmente é verdade e houve movimento da policia então deve ter alguma evidência pelo menos na Policia na qual está investigando, isto caso seja verdade o que aconteceu.

    • daus diz:

      Não é real Heidari essa é uma pratica publicitária babaca chamada de Hoax:

      Basicamente a empresa que fez isso estava querendo chamar a atenção para os “super” refrigeradores deles que deixavam a carne fresca mesmo depois de milhões de anos XD

  6. Heidari diz:

    Mas por incrível que pareça a maioria ou todos os testemunhos que viram esses animais, e nenhuma vez estevará com a maquina para tirar foto real.

  7. Marcelo diz:

    O tal ACC procurou ser provocativo, lançando questões que, em seu modo de entender, ficariam sem uma resposta aceitável dos crentes. No entanto, deve ter ficado com uma cara de babaca ao ser surpreendido por alguém mais qualificado e preparado do que ele. Diante disso, apelou para as costumeiras agressões gratuitas, atitude própria dos guerreiros do teclado, e tentou desqualificar a resposta do colega, sem, ao menos, justificar a fracassada tentativa de desqualificação. Enfim, lançou mão do recurso mais comum dos neo-ateus, a evasiva. O menino de Darwin, por não ter cacife intelectual para discutir com alguém mais sábio, deixa o conteúdo de lado e ataca o interlocutor, tentando desqualificá-lo. Risível!!! Também, o que esperar de uma geração que forma sua opinião a partir de um livro permeado por uma filosofia de quinta, e escrito por um ‘cientista’ que, de ciência, há muito não prdoduz nada significativo? Repertório? Pode esquecer. O nível é bem raso.

    • Mats diz:

      Infelizmente, é o normal nos militantes ateus.

    • “Marcelo diz:
      24/10/2012 ás 16:18
      O tal ACC procurou ser provocativo, lançando questões que, em seu modo de entender, ficariam sem uma resposta aceitável dos crentes. No entanto, deve ter ficado com uma cara de babaca ao ser surpreendido por alguém mais qualificado e preparado do que ele. Diante disso, apelou para as costumeiras agressões gratuitas, atitude própria dos guerreiros do teclado, e tentou desqualificar a resposta do colega, sem, ao menos, justificar a fracassada tentativa de desqualificação. Enfim, lançou mão do recurso mais comum dos neo-ateus, a evasiva. O menino de Darwin, por não ter cacife intelectual para discutir com alguém mais sábio, deixa o conteúdo de lado e ataca o interlocutor, tentando desqualificá-lo. Risível!!! Também, o que esperar de uma geração que forma sua opinião a partir de um livro permeado por uma filosofia de quinta, e escrito por um ‘cientista’ que, de ciência, há muito não prdoduz (SIC) nada significativo? Repertório? Pode esquecer. O nível é bem raso.”
      O que esperar dos fundamentalistas xiitas que baseiam a sua vida em um livro escrito por pessoas, que não poderiam ter feito outra coisa, se não espelhar o pensamento de sua época, com a moral de então, com os costumes e tradições de séculos atrás. O que esperar de alguém que critica alguém que “não produz nada de significativo de ciência, mas no entanto, não exige nada dos escritores do livro de sua vida. E ainda desconhece o verdadeiro sentido da palavra “ignorante” e lhe atribui tom de ofensa, mas não pensa 2 veze para chamar a quem comenta neste site, de babaca. Você é ignorante, como eu, na acepção de Aristóteles, mas é também ignorante, no sentido vulgar.
      O mundo teve sorte de ter contestadores e céticos a frente do pensamento nas ciência, caso contrário, estaríamos queimando bruxas, achando que qualquer doença era causada por espíritos maus, continuaríamos morrendo de doenças que hoje em dia ninguém se lembra mais, condenando à morte quem ousasse duvidar, enfim.. o mundo que veríamos seria outro. Muito mais vazio, muito mais pobre. Uma escuridão.
      A verdade é que você não conseguem responder às perguntas mais simples. Eu já sabia que as respostas jamais viriam. É inadmissível a extrema ignorância de fundar qualquer pensamento ou religião com alicerce em algo que nunca será provado. E há tantas, que se fosse para crer, em qual deus de qual religião seria?? Há tantos.

      • Marcelo diz:

        Rapaz, mas você é raso mesmo, hein!
        Seu argumento é recheado dos truques mais comuns desenvolvidos pelos ‘papas’ do ateísmo. Bertrand Russell teria orgulho de você! :)
        Poderíamos dizer que seu texto é um ‘case’ de grande utilidade para os interessados em mapear o comportamento neo-ateu. Na verdade, ‘mapear’ talvez não seja o termo mais adequado, visto que o comportamento em questão já se tornou praticamente um clichê. Seria, digamos, mais uma constatação de que essa regra não possui exceções. Insiste na falsa dicotomia entre ciência e religião com o papinho “o mundo teve sorte de ter contestadores e céticos a frente do pensamento nas ciência (SIC), caso contrário, estaríamos queimando bruxas, achando que qualquer doença era causada por espíritos maus…”, ignorando, com isso, que grandes cientistas em todos os tempos (senão os maiores) foram cristãos. Ou você acha que dá pra comparar Newton com Dawkins?

        Outros clichês? vamos lá…

        Atacar a mensagem do cristianismo a partir dos erros cometidos pela igreja no passado. Esse truque é manjadíssimo. Quando utilizado por alguém, sou obrigado a classificar quem o usa de duas formas: ou o camarada é um completo ignorante, incapaz de entender que aquelas atitudes não são condizentes com a mensagem que eles DIZEM pregar, ou o cara é mal intencionado, sabe que a mensagem é uma, as pessoas não a seguem, mas, ainda assim, tenta se valer da situação para atacar tudo num pacote só. Isso, pra mim, tem um nome um pouco mais agressivo do que babaca, mas se com esse termo você já se melindrou…

        Mais um truque… atribui aos céticos e questionadores o fato do mundo não ter avançado com as atrocidades da igreja. Segundo você “o mundo que veríamos seria outro. Muito mais vazio, muito mais pobre. Uma escuridão.” Puro jogo! Já ouviu falar em reforma protestante? Bom, sabe onde quero chegar, né? Não preciso dizer que quem mudou aquele cenário, fazendo renascer uma nova igreja, foram cristãos. A não ser que com os termos ‘céticos’ e ‘questionadores’ você esteja se referindo a Lutero, Calvino e cia. Será? Bom, posso também responder olhando sob um outro prisma, até porque sei onde você quer chegar. A utopia de um mundo sem religião já nos trouxe resultados bem interessantes, não? Em países dominados por regimes comunistas, principalmente.

        Por último (essa não poderia faltar), vem o truque do “que Deus?” Ah… pelamor! Você é ateu em relação a que Deus? Não adianta dizer que é ateu em relação a todos os deuses, se não serei obrigado a pedir provas de sua participação ativa em fóruns de discussão com muçulmanos, judeus, hindus etc. Quero ver um print de seus questionamentos em um fórum sobre Odin. Tá bom assim?

        Enfim, em seus argumentos, procure, ao menos, ser mais original. Usar os mesmos argumentos usados por todos os outros neo-ateus me leva a crer que você não pensa/reflete muito sobre o que se propõe a discutir. Talvez seja por isso que você se prenda a uma ideologia metafísica, incapaz de ser submetida ao crivo do método científico, e, paradoxalmente, ainda a chame de ciência.

      • jephsimple diz:

        Condordo totalemte com seu argumento.
        O Antônio Carlos, é muito confuso.

      • Ao Marcelo. Inicialmente, os seus comentários deviam se ater apenas

        ao que eu comentei e não a minha pessoa. Quem ofende dá todo direito

        a ou outro de lhe tratar na mesma moeda. Porém, quem ofende

        demonstra que nao tem argumentos para confirmar o que pretendia. Nesse momento, o ódio e a raiva, talvez os mesmos que o povo hebreu tinha em relação aos “ímpios”, aqueles mesmo que o deus de “bondade e

        piedade” mandava exterminar. Pelo menos é o que conta o livrinho de

        historinhas da carochinha em que você acredita cegamente sem

        contestar jamais. Esse mesmo, no qual a cobra fala (??!!) com a

        mulher.

        Quanto à “sua resposta de que “grandes cientistas em todos os tempos

        (senão os maiores) foram cristãos”. Bem em primeiro lugar, os

        cristãos sempre foram maioria. òbvio que proporcionalmente teria que

        haver numericamente mais cietistas crentes do que ateus. Em segundo

        lugar, eu não afirmei que os céticos eram todos ateus??? Quando me

        refiro a cético aqui, quero dizer: “o termo cético é usado atualmente

        para se referir a uma pessoa que tem uma posição crítica em

        determinada situação, geralmente por empregar princípios do

        pensamento crítico e métodos científicos (ou seja, ceticismo

        científico) para verificar a validade de idéias”. Isto serve somente

        ao ateu (cientista)? Claro que não. Exemplo: a própria igreja não

        aceita um milagre como tal, sem antes investigar “cientificamente” se

        é ou não “verdadeiro” (não me pergunte como eles fazem isso). Foi

        esse o sentido da palavra. Quem acreditava em deus, também acreditava

        que as doenças eram causadas por maus espíritos. A doença era sinal

        de desobediência ao mandamento divino. A enfermidade proclamava o

        pecado, quase sempre em forma visível, como no caso da lepra, doença

        contagiosa, que sugere, portanto, contato entre corpos humanos,

        contato que podia ter evidentes conotações pecaminosas. Sorte que

        alguns cientistas, ateus ou cristãos, não concordaram com essa

        IMBECILIDADE.

        ((((((incapaz de entender que aquelas atitudes não são condizentes com a mensagem que eles DIZEM pregar, ou o cara é mal intencionado, sabe que a mensagem é uma, as pessoas não a seguem, mas, ainda assim,

        tenta se valer da situação para atacar tudo num pacote só.))))))
        Ah bom, por que se fosse o caso de possuir servos, aí sim, estariam

        seguindo a “mensagem” da P**** da bíblia. Haja saco!!!

        (((((((A utopia de um mundo sem religião já nos trouxe resultados bem

        interessantes, não? Em países dominados por regimes comunistas, principalmente.))))))
        E utopia de um mundo com religião?? trouxe o que?
        A utopia de uma única religião, como forma de reduzir os conflitos, só tem feito acirrar os embates.
        A utopia de um mundo com uma única religião serve apenas para combater o mal que a outra utopia faria? Ter uma religião e cre em um deus não é um fim em si mesmo??
        Cara, o utópico costuma aderir facilmente às teorias conspiratórias e simplistas, de maneira maniqueísta, pra ele sempre existe o bom e o mau, o puro (crente) e o pecador (ateu/agnóstico). E aí quem não aceitar a utopia é alienado, é inimigo. Sinto muito, mas não vou crer simplesmente por uma espécie de “fé útil”.

        Sim, sim, que deus?? Sim, qual é o seu deus? Jeová, o “sanguinário dos sacrifícios de tripas de animais” ou Jesus, o salvador, o que perdoa, o que ama?? Eles são o mesmo não é?

        Marcelo, eu sou ateu em relação a todos os deuses, e principalmente

        aos deuses que tem uma “consciência humana” como esse da bíblia,

        cheio de manias e iras e cheio de reações do tipo: “ah agora eu não

        quero mais brincar de deus e vou acabar com a raça humana”.
        Não vou provar coisa alguma se eu vou em fóruns de “discussão com

        muçulmanos, judeus, hindus etc.” Discussão com muçulmanos é piada,não

        é??? Tem algum idiota que acreditam em odin??? Caramba, a coisa tá

        bem pior do que eu pensava.

        Por fim, o escrevinhador do texto acima falou em “seus idiotas úteis

        eclesiásticos”, O nobre “xingador raivoso que espuma pelos cantos da

        boca” Marcelo, me chamou de babaca, e, numa atitude de extrema cara

        de pau, o Jephsilva fica repetindo à exaustão “quem tem certezas é

        idiota” como se fosse uma ofensa dirigida a uma pessoa em especial.

        Ah, passem um óleo de peroba nessas caras de pau!!!

        E me diga uma coisa, caro outro “BABACA” (já que o primeiro sou eu): qual a diferença entre aquele que crê cegamente na teoria da evolução como resposta para todas as perguntas e aqueles que creem cegamente que deus existe, sem necessitar de provas, essas que você supõe ter?? Sim, por que você só acredita em deus por que “tem provas” de que ele existe. Você faz parte de uma elite, cara! E os pobres diabos, que são a maioria esmagadora, que creem por que cresceram sabendo que tinham que acreditar e são do tipo que diz: “Como? Você não acredita em deus? Nossa, que heresia!!”
        “Não foi provado que deus existe e nem a teoria da evolução explica tudo”. Isso são 2 fatos que nem a nossa babaquice pode mudar. Crer no que então, cara pálida?

      • (Formatado)
        Ao Marcelo. Inicialmente, os seus comentários deviam se ater apenas ao que eu comentei e não a minha pessoa. Quem ofende dá todo direito a ou outro de lhe tratar na mesma moeda. Porém, quem ofende demonstra que não tem argumentos para confirmar o que pretendia. Nesse momento, o ódio e a raiva, talvez os mesmos que o povo hebreu tinha em relação aos “ímpios”, aqueles mesmo que o deus de “bondade e piedade” mandava exterminar. Pelo menos é o que conta o livrinho de historinhas da carochinha em que você acredita cegamente sem contestar jamais. Esse mesmo, no qual a cobra fala (??!!) com a mulher.

        Quanto à “sua resposta de que “grandes cientistas em todos os tempos (senão os maiores) foram cristãos”. Bem em primeiro lugar, os cristãos sempre foram maioria. óbvio que proporcionalmente teria que haver numericamente mais cientistas crentes do que ateus. Em segundo lugar, eu não afirmei que os céticos eram todos ateus??? Quando me refiro a cético aqui, quero dizer: “o termo cético é usado atualmente para se referir a uma pessoa que tem uma posição crítica em determinada situação, geralmente por empregar princípios do pensamento crítico e métodos científicos (ou seja, ceticismo científico) para verificar a validade de idéias”. Isto serve somente
        ao ateu (cientista)? Claro que não. Exemplo: a própria igreja não aceita um milagre como tal, sem antes investigar “cientificamente” se é ou não “verdadeiro” (não me pergunte como eles fazem isso). Foi esse o sentido da palavra. Quem acreditava em deus, também acreditava que as doenças eram causadas por maus espíritos. A doença era sinal de desobediência ao mandamento divino. A enfermidade proclamava o pecado, quase sempre em forma visível, como no caso da lepra, doença
        contagiosa, que sugere, portanto, contato entre corpos humanos, contato que podia ter evidentes conotações pecaminosas. Sorte que alguns cientistas, ateus ou cristãos, não concordaram com essa IMBECILIDADE.

        ((((((incapaz de entender que aquelas atitudes não são condizentes com a mensagem que eles DIZEM pregar, ou o cara é mal intencionado, sabe que a mensagem é uma, as pessoas não a seguem, mas, ainda assim, tenta se valer da situação para atacar tudo num pacote só.)))))) Ah bom, por que se fosse o caso de possuir servos, aí sim, estariam seguindo a “mensagem” da P**** da bíblia. Haja saco!!!

        (((((((A utopia de um mundo sem religião já nos trouxe resultados bem interessantes, não? Em países dominados por regimes comunistas, principalmente.))))))
        E utopia de um mundo com religião?? trouxe o que?
        A utopia de uma única religião, como forma de reduzir os conflitos, só tem feito acirrar os embates.
        A utopia de um mundo com uma única religião serve apenas para combater o mal que a outra utopia faria? Ter uma religião e cre em um deus não é um fim em si mesmo??
        Cara, o utópico costuma aderir facilmente às teorias conspiratórias e simplistas, de maneira maniqueísta, pra ele sempre existe o bom e o mau, o puro (crente) e o pecador (ateu/agnóstico). E aí quem não aceitar a utopia é alienado, é inimigo. Sinto muito, mas não vou crer simplesmente por uma espécie de “fé útil”.
        Sim, sim, que deus?? Sim, qual é o seu deus? Jeová, o “sanguinário dos sacrifícios de tripas de animais” ou Jesus, o salvador, o que perdoa, o que ama?? Eles são o mesmo não é?

        Marcelo, eu sou ateu em relação a todos os deuses, e principalmente aos deuses que tem uma “consciência humana” como esse da bíblia, cheio de manias e iras e cheio de reações do tipo: “ah agora eu não quero mais brincar de deus e vou acabar com a raça humana”.
        Não vou provar coisa alguma se eu vou em fóruns de “discussão com muçulmanos, judeus, hindus etc.” Discussão com muçulmanos é piada,não é??? Tem algum idiota que acreditam em odin??? Caramba, a coisa tá bem pior do que eu pensava.

        Por fim, o escrevinhador do texto acima falou em “seus idiotas úteis eclesiásticos”, O nobre “xingador raivoso que espuma pelos cantos da boca” Marcelo, me chamou de babaca, e, numa atitude de extrema cara de pau, o Jephsilva fica repetindo à exaustão “quem tem certezas é idiota” como se fosse uma ofensa dirigida a uma pessoa em especial. Ah, passem um óleo de peroba nessas caras de pau!!!

        E me diga uma coisa, caro outro “BABACA” (já que o primeiro sou eu): qual a diferença entre aquele que crê cegamente na teoria da evolução como resposta para todas as perguntas e aqueles que creem cegamente que deus existe, sem necessitar de provas, essas que você supõe ter?? Sim por que você só acredita em deus por que “tem provas” de que ele existe. E os pobres diabos, que são a maioria esmagadora, que creem e são do tipo que diz: “Como? Você não acredita em deus? Nossa, que heresia!!”

      • Mats diz:

        Escreve comentários mais curtos.

      • Marcelo diz:

        Bom, não vou partir para essa de réplica, tréplica etc. Tudo o que escrevi anteriormente, mantenho! Se você quiser continuar se valendo da falácia do espantalho e insistir nas asneiras que está dizendo, é um problema seu. Não tenho nada a ver com isso! Boa sorte!

        Quanto ao seu último parágrafo, a resposta é de uma clareza solar. Será que sua cegueira humanista o impede de ver o óbvio?

        Em algumas passagens bíblicas, fica claro que o termo ‘prova’ tem o sentido de provar, experimentar. Nesse sentido, posso dizer que sim, tenho provas claras da existência de Deus. É claro que existe, ainda, uma avalanche de argumentos ‘racionais’ em favor da existência. O próprio Craig tem uma lista imensa de evidências em favor da existência de Deus, deixando muitos debatedores perdidos. Mas prefiro as provas oriundas da relação pessoal que tenho com Deus. São sempre muito mais contundentes. Explicado o conceito, vamos a resposta:

        Acredita-se em Deus pela fé. É algo sobrenatural e inexplicável, principalmente para aqueles que tentam impor limites a Deus. Alguém já disse que a partir do momento em que entendemos Deus, ele deixa de ser Deus. Deus é muito maior do que nossa mente possa conceber. Eu apenas creio, não preciso de provas empíricas, não preciso ver Deus com meu sentido de visão. Não preciso ouvir Deus com meu sentido de audição. Eu o vejo e o ouço através do Espírito Santo que habita em mim. Rapaz, é tão forte que não pode ser comparado a nada. Lamento que você não tenha tido o prazer dessa relação e, por conta disso, tenha adquirido o hábito de visitar sites cristãos tentando achar alguma prova empírica que o leve a tomar uma decisão ‘racional’. Ah, amigo… não vais achar. Sobre a certeza que os cristãos têm através da fé, o escritor aos hebreus sintetizou muito bem: A FÉ É O FIRME FUNDAMENTO DAS COISAS QUE SE ESPERAM E A [[[[[[[PROVA]]]]]]] DAS QUE SE NÃO VÊEM.

        Agora quanto aquele que crê na teoria da evolução como resposta para todas as perguntas, a única diferença que vejo para um cristão é a crença. Ambos são guiados pela fé, mas em coisas diferentes! Eu creio em Deus. Não posso provar cientificamente sua existência. Não posso fazê-lo aparecer na sua frente ou mesmo mostrar uma foto sua. Mas continuo crendo. Com relação ao crente na TE, ele também não pode me mostrar uma única prova da macroevolução. Ele não pode submeter a teoria ‘científica’ ao método científico (irônico, não?). Ele deve ser bem flexível, pois a teoria muda a todo tempo, já que uma única descobertazinha põe a perder tudo o que vinha sendo defendido antes. Ainda assim, ele continua crendo!

  8. Ana:

    Como é óbvio nenhum criacionista da terra jovem iria fazer uma pesquisa controlada. É muito mais fácil o diz que disse sem terem de sujar as mãos com evidências. Não conheço, e penso que não há, qualquer investigação no terreno pelos criacionistas.

    Não são parvos nem ignorantes.

    De qualquer modo não consegui é perceber o que é que tem a ver a descoberta dum tipo de dinos sobreviventes num nicho ecológico com a infirmação ou confirmação da TE.

    Pelo que sabemos os dinossaurios viveram na terra durante 135 milhões de anos. Aparecem dinossaurios diferentes em camadas diferentes como a TE prevê.

    Foram contemporâneos de aves e mamíferos. Diferentes dos que existem nas camadas subsequentes, como prevê a TE,

    Desaparecem subitamente do registo fóssil há cerca de 65 milhões de anos.

    Podem ter sobrevivido pequenas populações de dinossaurios mais recentemente ?

    Se calhar sim. Como nunca foram encontrados traços deles, e até lá, dão-se como extintos.

    Aparecer uma população de dinos com 25 milhões de anos ou este ano em que é que nega a TE?

    Só falta dizerem que se encontrarem um pássaro ou um mamífero com um dinossauro isso “prova” que o YEC está correcto e a evolução errada.

    Deus lhes perdoe a ignorância ou a má fé…..

    Como se tem muito dito ao ministro Relvas……vão estudar…..

    • Azetech diz:

      João Melo

      Quem disse que TODOS compartilham de tua fé, em acreditar que as colunas geológicas demonstram tempo? Quem disse que TODOS compartilham de tua fé, onde supostamente o universo surgiu a bilhões de anos atrás por um ACIDENTE “EXPLOSIVO” ocasionado pela SORTE?
      Nem todos possuem a mesma fé que tu.
      Esta estória de milhões de anos, evolução, acaso criando informação é uma crença compartilhados por vós, não por nós.
      Agora pergunto, o que te levou a fazer este seguinte comentário:
      “””vão estudar…..””” ?

      Achas mesmo que apenas porque não concordamos com tua religião Darwinista significa que somos ignorantes a respeito desta fé?
      Achas mesmo que não sabemos nada a respeito da fé evolucionista, sendo ela estelar, cósmica, química e biológica?
      Esqueceste que fomos obrigados a decorá-la desde pequeno na escola?

      É pelo fato de estudarmos esta FÉ, como se fosse uma verdade absoluta, que conseguimos identificar a inconsistência dela.
      É devido este motivo, somados pelo conhecimento que possuímos do livro mais vendido no mundo em TODOS OS TEMPOS, que somos CÉTICOS quanto o que esta doutrina ensinada.
      Qualquer um que estuda um pouco esta crença, e conhece os relatos bíblicos, consegue identificar as falhas “grotescas” que ela possui.
      Quer um exemplo? Veja neste vídeo:

  9. Azetech

    O video começa por misturar big bang, teoria proposta nos anos 20 do século XX por um padre católico, com a T.E de 1856…….mentira ou mera ignorância ?

    Depois diz uma série de mentiras descaradas sobre carbono 14 e campo magnético. Estas parecem ser mentiras deliberadas.

    Depois mente, ainda mais descaradamente sobre o deserto do Sahra…..

    Não sei se são mentiras deliberadas ou apenas desconhecimento.

    Francamente parece-me mais provável ser mentira deliberada.

    Qual a tua opinião ?

  10. Azetech

    E quanto à questão de o que tem a ver o aparecimento de dinos há 25 milhões atrás ou anteontem com a teoria da evolução ?

    Parece-me que era esta a questão fulcral do debate…….

    Quanto ao video basta gogleares qualquer uma das questões colocadas para poderes ver com os teus próprios olhos que são mentira descarada, manipulação de dados …. enfim….o usual método criacionista da terra jovem.

    Se queres defender o criacionismo da terra jovem não procures a verdade.

    Se fizeres, honestamente, a busca dos temas tratados vais reconhecer as mentiras e manipulações.

    Se é tão importante assim manteres a tua mundividência tapa os olhos e ouvidos….

    Tenta, fundamentadamente, explicar porque é que o aparecimento de dinossaurios há menos de 65 milhões de anos iria alterar a teoria da evolução.

    Sugestão :

    Investiga o período histórico em que viveram mamíferos, aves e dinossaurios. Quais os que coabitaram e que sobreviveram a diversas épocas . O que nos mostra o registo fóssil.

    Investiga sobre a idade da terra. A História da sua datação.

    A wikipedia pode ser um bom ponto de partida.

    Depois pensa como é que a descoberta de dinossaurios há, por exemplo, 25 milhões de anos iria afectar a TE.

    Boa sorte!

  11. Azetech diz:

    João Melo

    O video começa por misturar big bang, teoria proposta nos anos 20 do século XX por um padre católico, com a T.E de 1856…….mentira ou mera ignorância ?

    Ora, mesmo que misturasse, as informações estão erradas? A teoria evolucionária não resume-se em Evolução cósmica, química, estelar e biológica (Macro e Micro)?

    Depois diz uma série de mentiras descaradas sobre carbono 14 e campo magnético. Estas parecem ser mentiras deliberadas.

    Para desespero dos crentes evolucionistas, as informações são REAIS e as inconsistências são bem descritas.
    Até mesmo eu já debati com a Ana neste blog sobre as falhas ideológicas que os métodos de datação apresentam (sendo o C14 ou Rochas)
    Não acompanhaste nosso debate? Gostaria de retoma-lo?

    Depois mente, ainda mais descaradamente sobre o deserto do Sahra…..

    Tens como provar a mentira? Ou somente diz que é simplesmente porque ACHAS?
    Se levar em consideração teu “achismo” a própria bíblia, mesmo sendo feitas em um período de 2000 anos por 60 autores diferentes, é uma GRANDE MENTIRA. Porém há uma ENORME diferença em ACHAR e PROVAR.

    Não sei se são mentiras deliberadas ou apenas desconhecimento.

    Nem uma nem outra. São apenas FATOS que contradizem tua FÉ. Caso duvide, pesquise por sí mesmo.

    E quanto à questão de o que tem a ver o aparecimento de dinos há 25 milhões atrás ou anteontem com a teoria da evolução ?
    Parece-me que era esta a questão fulcral do debate…….

    Se não percebes, o TEMPO é um elemento CRUCIAL para a FÉ evolucionista. Somente o TEMPO MILAGROSO, segundo esta crença, é capaz de transformar uma AMEBA em GENTE.

    Quanto ao video basta gogleares qualquer uma das questões colocadas para poderes ver com os teus próprios olhos que são mentira descarada, manipulação de dados …. enfim….o usual método criacionista da terra jovem.

    Já disse, ACHAR não significa PROVAR. Teu “achismo” não tem NENHUM valor a mim, visto que é um naturalista religioso. Possui algum argumento SÓLIDO para comprovar tua afirmação?

    Se queres defender o criacionismo da terra jovem não procures a verdade.

    E o que é “verdade” a teus olhos? Universo surgindo por uma explosão? Lama gerando VIDA em um ambiente ESTÉRIL pela SORTE? Amebas virando gente pelo “milagroso” TEMPO?
    Achas mesmo que compartilhamos a mesma “verdade”?
    Pode ter certeza que a tua “verdade” assim como de teus irmãos naturalistas, são bem diferente da VERDADE que possuímos.

    Se fizeres, honestamente, a busca dos temas tratados vais reconhecer as mentiras e manipulações.

    E tu fizeste esta suposta busca “honesta”? Compartilhe conosco o resultado que encontraste. estou curioso para saber a tua “verdade” referente a estas evidências.

    Se é tão importante assim manteres a tua mundividência tapa os olhos e ouvidos….

    Ora, e como sabes que somos NÓS que estamos com os olhos e ouvidos tapados? Como provas que é TÚ que conheces a VERDADE? Como provas que TU não está de olhos tapados crendo em algo que NÃO EXISTE? Também gostaria de ver os argumentos que utilizas para se justificar da FÉ que possui. Gostaria de saber como justifica tua fé na SORTE justificando-a como Verdadeira.

    Tenta, fundamentadamente, explicar porque é que o aparecimento de dinossaurios há menos de 65 milhões de anos iria alterar a teoria da evolução.
    Sugestão :
    Investiga o período histórico em que viveram mamíferos, aves e dinossaurios. Quais os que coabitaram e que sobreviveram a diversas épocas . O que nos mostra o registo fóssil.
    Investiga sobre a idade da terra. A História da sua datação.

    Bom… gostaria de debater sobre estes temas? Gostaria de verificar quem possui mais conhecimento referente a eles?
    Como disse anteriormente, por estudar demais esta FÉ como se fosse verdade absoluta, percebi as falhas grotescas que elas possuem.

    A wikipedia pode ser um bom ponto de partida.
    Depois pensa como é que a descoberta de dinossaurios há, por exemplo, 25 milhões de anos iria afectar a TE.

    Wikipedia não é uma fonte confiável. Eu mesmo já alterei vários registros que havia em alguns tópicos. Se eu fiz, QUALQUER UM pode fazer.
    Sugiro que altere tuas fontes de pesquisa, pois o wikipedia não é a melhor delas.

    Abraços,
    Diogo.

    • Ana Silva diz:

      Diogo:

      “Até mesmo eu já debati com a Ana neste blog sobre as falhas ideológicas que os métodos de datação apresentam (sendo o C14 ou Rochas)
      Não acompanhaste nosso debate? Gostaria de retoma-lo?”

      Por acaso gostava muito de retoma-lo. Onde é que tinhamos ficado? Pode relembrar-me em que post tivemos esse debate?

    • Falou tanto em provar, provar, provar.. mas provar que o seu deus existe nem pensar não é?? Nem você e nem ninguém.

  12. Ana Silva diz:

    Mats:

    “E os criacionistas já enviaram um “grupo de biólogos (crentes ou não) que estude cuidadosamente as evidências.” Este texto só foi possível porque alguém foi ao sítio e entrevistou as testemunhas oculares.”

    Tenho a certeza que os criacionistas já enviaram um grupo de estudo, porque, como o Mats diz, “alguem foi ao sítio e entrevistou as testemunhas oculares.”

    “Alguem”, no entanto, não fez um levantamento cuidadoso das evidências. Para faze-lo, “alguem” teria de ser um grupo de pelo menos 3 a 5 pessoas que, guiadas pelas testemunhas, fizessem uma pesquisa mais aprofundada, incluindo no tempo (estadia mínima de um a dois meses), que lhes permitissem encontrar indícios como pegadas e trilhos, restos de ninhos/tocas e fezes e afins. Com sorte poderiam encontrar restos de dinossauros (ossos e afins). Mesmo não conseguindo ter a sorte de fotografar um animal vivo, era mais difícil para outros negar a sua existência.

    Penso que é um plano fazível , visto que as ilhas têm menos de 5 km cada uma e os animais têm pelo menos 3 metros de comprimento.

  13. Ana:

    É evidente que não iam procurar assim. Isso permitia analisar os dados. Preferem dar como certo e tudo o resto é evolucionismo.

    Azetech :

    Estás a desviar-te do assunto: como é que o aparecimento de animais desconhecidos (dinossaurios ?) há 25 milhões de anos ou a semana passada ia contraria a teoria da evolução?

    Repara como estás a misturar alhos com bugalhos:

    “A teoria evolucionária não resume-se em Evolução cósmica, química, estelar e biológica (Macro e Micro)?”

    Não senhor. De maneira nenhuma.

    Passo a explicar : a teoria da evolução por selecção natural aplica-se a populações que se reproduzem.

    A vida e morte das estrelas não é estudada pela biologia. Aplicar as regras da teoria da evolução por selecção natural a estrelas ou planetas é disparate completo.

    Quanto à idade da terra:

    Nos tempos de Darwin a ciência não estava ainda em condições de avaliar a idade da terra. Para tornar uma longa história curta pode-se dizer que as observações feitas apontavam para uma história longa. Da ordem dos muitos milhares ou mesmo milhões de anos. Muitos pensavam que o universo era eterno e infinito.

    Só no século XX com o desenvolvimento da física, a descoberta da radioactividade, a relatividade, etc e etc foi possível determinar com um maior grau de exactidão a idade do universo, do sistema solar, datar artefactos, rochas, etc e etc.

    A teoria do big bang, proposta por um padre católico e grande físico, só foi possível no século XX depois dos avanços da física e química a tornar possível.

    Repara que não foram biólogos que fizeram estas descobertas. Foram físicos e químicos. Georges Lemaître , o tal padre teorizador do big bang nem sei se conhecia a teoria da evolução por selecção natural. O homem era físico e se calhar nem percebia nada de biologia.

    Obviamente que se a química e a física permitem datar as outras ciências aproveitaram-se deste avanço cientifico. A História, Biologia, Arqueologia, etc usam estes instrumentos.

    O Mats, na linha de muitos YEC´s, resumem toda a ciência como evolucionista. Isto é quando um historiador data a fundação de Jericó em 7200 AC através de C14 é porque é evolucionista. Mesmo que o pobre de Cristo nem faça a menor ideia da TE. Outro que data as pirâmides, baseado em documentos, antes depois e durante o dilúvio….é evolucionista, Mesmo que o tenha feito antes de Darwin ter nascido….

    Acerca do C14 :

    É super fácil infirmar os testes de C14.

    Fácil e barato.

    Tiras amostras a objectos previamente datados por outros meios. Uns contemporâneos, outros com 500 anos, 1000 anos, 2000 anos, 5000 anos e dez mil anos.
    (isto é claro com todo o controlo laboratorial para impedir contaminação das amostras)

    Envias as amostras para laboratórios diferentes e vai acontecer uma de duas coisas:

    O C14 é um instrumento fiável e os diferentes laboratórios vão dar resultados consistentes.

    O C14 é uma invenção dos tenebrosos evolucionistas e os resultados vão ser aleatórios.

    Esta é uma experiência que se pode repetir com outras amostras e outros laboratórios.

    PS:

    Não te canses que isso já foi feito…..;)

    Agora podes sempre dizer que não acreditas, que se calhar é uma incrível coincidência, que dá sempre os resultados certos mas é obra do diabo…..

    Abraços….

    • Marcelo diz:

      Amigo, só uma ‘dúvida’ em relação ao método de datação por C14. Os ‘especialistas’ alegam que a ‘validade’ desse meio de datação se limita a algo em torno de 50 mil anos. A partir daí, ele perderia sua eficácia em razão das substâncias submetidas à datação não apresentarem mais ‘resíduos’ de carbono. Contudo, alguns cientistas foram desafiados a datar fósseis de tiranossauro (aquele mesmo onde foram encontrados traços de proteínas, sangue etc e datados previamente de alguns milhões de anos) com C14. Esses cientistas se recusaram a fazer o ‘fácil’ e ‘barato’ teste. Por que você acha que isso aconteceu? Se o tal fóssil (ou ossos não fossilizados???) tem milhões de anos, é natural se esperar que o C14 não detecte carbono, certo? Por que, então, a recusa?
      Abraços,

    • jephsimple diz:

      “Passo a explicar : a teoria da evolução por selecção natural aplica-se a populações que se reproduzem.”

      E a origem das espécies João?Ao qual foi endeusada pela mídia e pelos biólogos evolucionistas deste século?…Qual a origem da espécie dos chimpanzés?Qual a origem da espécie dos humanos?

      O evolucionista R. C. Lewontin escreveu isto em uma publicação científica:

      “É um fato que todas as formas vivas vieram de formas vivas precedentes. Portanto, todas as formas de vida atuais SURGIRAM DE FORMAS ANCESTRAIS QUE ERAM DIFERENTES. As aves surgiram de não aves, e humanos de não humanos. Nenhuma pessoa que pense ter qualquer entendimento do mundo natural pode negar esses fatos mais do que ela ou ele possa negar que a Terra é redonda, gira em seu eixo, e em torno do Sol.”

      Será mesmo?

      Que eu saiba humanos evoluem para …. humanos !
      Chimpanzés para …..chimpanzés!
      Águias para …. águias!
      Tubarões para… tubarões!
      Crocodilos para … crocodilos!
      Orcas para … orcas!
      Ornintorrincos para … ornotorrincos!
      Cobras para … cobras!
      Bactérias para …. bactérias!
      Águas-vivas para … aguas-vivas!
      moscas para … moscas!
      Pinheiros para … pinheiros
      Alface para … alface!
      Rosas para … rosas !
      Uvas para … uvas!

      Premissa :

      1)Humanos evoluem para humanos, que variam em altura, cor de pele,olhos,espessura de pelos,são de aparência variadíssima,possuem personalidade variada,gostos variados e etc, e etc…mas humanos sempre evoluem para humanos .

      2)Humanos evoluíram de não humanos.Vão evoluír para não humanos?A TE pode prever isto?
      Mais precisamenteeoluíram de quadrúpedes irracionais, esses quadrúpes irracionais tbm evoluíram de seres não quadrúpedes, assim centenas ou milhares de vezes até regredirmos aos seres “simples” unicelulares invísiveis.

      Como 2) ocorreu?:

      a)Através de projeto, não sei se é assim que os teístas evolucionistas argumentam, é um argumento meu;Ou seja, o Designer originou a informação genética,de forma inteligente como um bom químico criou um forma de vida simples,e deu a essa forma de vida simples a capacidade de evoluir para outras forças de vida, houve direção e intenção,houve planejamento,objetivos específicos finais nas transições.

      b)Através do acaso, randômismo,aleatóriamente,sem intenção,sem projeto,sem finalidades, sem objetivo qualquer, nenhum sequer, afinal materia e energia sozinhas não são entidades pessoais,não possuem inteligência,não podem projetar ABSOLUTAMENTE NADA, a seleção natural é um efeito e não uma causa,é um efeito sobre espécies prontas,tbm não produz nada,ou elimina ou mantém o que já existe.Ou seja, por puro acaso,acidente,coincidência,sem-querer-querendo[já dizia o chaves] as espécies foram surgindo a partir do/ dos seres simples, e ocorreu uma gigantesca explosão da vida incluindo o reino vegetal.

      Eu diria que é a maior MAGIA que eu já vi em toda minha vida …as coisas simpesmente acontecem sem mais nem menos .

      As premissas 1) e 2) não podem ser verdadeiras ao mesmo tempo então:

      Qual delas é apoiada pelas evidências, pela lógica e pela matemática?

  14. jephsimple diz:

    Antônio Carlos,

    “Afirmei que não tenho certeza de nada, por que você quer forçar a barra e me colocar na balaio dos crentes e fanáticos????”

    Não Antônio, até os ateus deste blog podem ler isto :

    *QUEM TEM CERTEZAS É IDIOTA.

    Não se utilize de desonestidade intelectual.

    Se vc não tem certeza de qqr coisa, seja por qual motivo for, eu respeito,[mesmo não tendo lógica nenhuma] mas não foi essa sua mensagem a sua mensagem para nós humanos foi :

    *QUEM TEM CERTEZAS É [*]IDIOTA.

    [* ... O termo idiota evoluiu de forma depreciativa para caracterizar uma pessoa ignorante, simples, sem educação. Popularmente, um idiota é um indivíduo tolo, imbecil, desprovido de inteligência e de bom senso.

    Na Psiquiatria, a idiotia é o diagnóstico atribuído ao indivíduo mentalmente deficiente, com grau avançado de atraso mental. No estado de idiotia profunda, o portador desta patologia tem suas capacidades vitais reduzidas num estado semelhante ao coma.]

    Como alguém assim pode falar sobre qqr coisa? E quem disse que tudo em ciência é baseado na dúvida?Vc tem um peer review provando isto?Ou não passa de propaganda ? … Eu não conheço muitos evolucionistas que duvidam de sua hipótese, alias já a declaram um FATO ,pra não dizer todos, a maioria dos ateus CRÊEM FIRMEMENTE, SEM QUESTIONAR, SEM DUVIDAR QUE vias cegas ,processos cegos ,sem projeto, sem objetivos específicos finais, sem mente são suficientes causadores do universo e do código da vida.

    Vc poderia provar que estou errado me apontando seu ceticismo qnto a essa posição naturalista irrefutável, não falseável.

    Realmente Antônio tú provas que és um indeciso um confuso … olha sua frase:

    “a ciência tem o papel de investigar e tentar resolver as dúvidas existentes, nem que pra isso leve um bilhão de anos. Por que vocês querem que a ciência, como se fosse um outro deus, tenha a resposta para tudo?”

    (1)”a ciência tem o papel de investigar e tentar resolver as dúvidas existentes, {*}nem que pra isso leve um bilhão de anos.
    Ou seja a ciência quer ter certeza da realidade dos fatos.

    (2)Por que vocês querem que a ciência, como se fosse um outro deus, tenha a resposta para tudo?”
    Ou seja, não devemos querer que a ciência responda as questões contigentes como origem do universo e da vida…. {*} nem que pra isso leve um bilhão de anos.

    • Você está tão preocupado com o termo idiota?? Preocupe-se com o termo “babaca” neste comentário: http://darwinismo.wordpress.com/2012/10/22/os-dinossauros-da-papua-nova-guine/#comment-17779
      Ou neste aqui: http://darwinismo.wordpress.com/2012/10/22/os-dinossauros-da-papua-nova-guine/#comment-17839
      Ou então explique quem são e por que foram chamados de idiotas pelo blogueiro, os “os idiotas úteis eclesiásticos dos militantes ateus evolucionistas”.

      Você não conhece “muitos evolucionistas que duvidam de sua hipótese, alias já a declaram um FATO ,pra não dizer todos, a maioria dos ateus CRÊEM FIRMEMENTE, SEM QUESTIONAR, SEM DUVIDAR QUE vias cegas ,processos cegos ,sem projeto, sem objetivos específicos finais, sem mente são suficientes causadores do universo e do código da vida”.
      Minha resposta: E eu com isso? A guerra Deus x Darwin é problema de você crentes xiitas, tanto de um lado como de outro. Tanto uns como outros deixam a raiva falar mais alto na hora de comentar num blog. Entre num blog disfarçado de ateu, mas comece a aporrinhar fazendo perguntinhas “chave” e, talvez, verá a mesma reação que vocês tem. Na maioria, lá como cá, pessoas cheias de razão e cheias de raivinhas “histéricas” que adoram por pra fora nos comentários.
      A tentativa de vocês do blog de me colocar no balaio dos crentes evolucionistas, mesmo se alcançada, não resultaria em nada, pois de um lado estariam os crentes em deus, baseados na sua fé e na metafísica e do outro lado um crente evolucionista baseado na teoria de darwin, mesmo com alguns furos. E o que isso provaria? Que ambos tem fé? E a fé por si só não explica e nem prova nada. Nem a fé (bíblia) e nem mesmo a ciência prova a existência de deus, como mentirosamente já foi alegado.

      Sobre esta parte (abaixo) do seu comentário, a sua cegueira fanática não o deixa perceber o óbvio. Tire um pouco o “fanatismo da fé” diante dos seus olhos e enxergará o que eu escrevi:

      “a ciência tem o papel de investigar e tentar resolver as dúvidas existentes, nem que pra isso leve um bilhão de anos, POIS, ATUALMENTE, NOS DIAS DE HOJE, EM 2012, NESTA DATA, AGORA, ELA NÃO DISPÕE DE TODAS AS RESPOSTAS, POIS É AINDA INCIPIENTE.
      Por que vocês querem que a ciência, como se fosse um outro deus, tenha a resposta para tudo, ATUALMENTE, NOS DIAS DE HOJE, EM 2012, NESTA DATA, AGORA, COM OS RECURSOS E CONHECIMENTOS DE QUE DISPÕE NO MOMENTO?”
      Ou seja a ciência quer ter certeza da realidade dos fatos.
      Por que vocês querem que a ciência, como se fosse um outro deus, tenha a resposta para tudo?” Ou seja, não devemos querer que a ciência responda as questões contigentes como origem do universo e da vida, ATUALMENTE, NOS DIAS DE HOJE, EM 2012, NESTA DATA, AGORA, POIS ELA NÃO DISPÕE DE TODAS AS RESPOSTAS, POIS É AINDA INCIPIENTE…. {*} nem que pra isso leve um bilhão de anos.
      (NOS DIAS ATUAIS) Quem tem certeza é idiota.
      O FATO DE EU NÃO TER ESCRITO COM TODAS AS LETRAS NÃO INVALIDA O COMENTÁRIO, POIS ASSIM COMO A CIÊNCIA, EU POSSO REESCREVER TODOS OS MEUS COMENTÁRIOS, NEM QUE SEJA PARA UM DIA DIZER, HOJE EU ACREDITO EM DEUS, POIS NÃO POSSO MAIS REFUTAR TODOS OS ARGUMENTOS E PROVAS QUE ME JOGARAM NA CARA!!!!!!
      Resumo: Minhas frases consideradas para a eternidade, são contraditórias, mas como eu vivo hoje, concluo que não temos como ter certezas, e portanto, elas valem enquanto durar este estado de incerteza científica. Podemos ficar discutindo filigranas, num blog, como exercício do pensamento, mas nunca com a babaquice de querer impor ideias sem provas definitivas. Porém, se um lado não admitir a “POSSIBILIDADE” de o que o outro lado afirma possa ser verdade, é impossível haver diálogo. Aí aparecerão, mesmo, os cretinos chamando as pessoas de babacas. Vocês crentes não tem de engolir a teoria da evolução com as suas lacunas, mas podem, pelo menos, usar o cérebro para admitir a possibilidade do seu deus não existir. Você conseguem? ( e não me venham criticar a expressão “usar o cérebro”)
      Ou seja,
      QUEM TEM CERTEZAS É IDIOTA!!! E vocês que descubram qual é a data de validade desta afirmação. Talvez ela dure até o fim da minha vida, pelo menos.
      Outra: Provavelmente, deus não existe.

      • Mats diz:

        QUEM TEM CERTEZAS É IDIOTA!!!

        Tens a certeza disso?

      • Você leu e conseguiu não entender nada? PARABÉNS!!!!!

      • jephsimple diz:

        Antônio ,

        Qualquer pessoa pode se comportar como um idiota,

        Esse não é meu ponto nem de longe, meu ponto simplesmente foi sua frase:

        Quem tem certezas é idiota.

        Essa sua afirmação não tem lógica.

        É o mesmo que dizer que não existe verdade absoluta.

      • Por que você não consegue entender que até este exato momento em que estou escrevendo, nem a ciência e nem as religiões tem conhecimento suficiente para afirmar que deus existe ou não, ou que a teoria da evolução é correta ou é apenas outra “religião” (como vocês dizem), e portanto, por causa disso, toda certeza no sentido da afirmação de uma ou de outra “verdade” é impossível?
        Agora que o alcance da frase dita por mim esta delimitada, por que você continuar com esta indagação? Logo, não se pode afirmar nada e, como eu sempre tenho dito, se não há base para afirmações definitivas, quem tem certezas é I-D-I-O-T-A.
        É óbvio que você dirá que a bíblia prova que deus existe (isso é problema seu). Mas se você, por apenas uma fração de segundo, admitisse a hipótese de que ninguém pode afirmar a existência dele, por “falta de provas”, pelo menos por este instante, você entenderia que a minha frase tem todo sentido.

      • Mats diz:

        quem tem certezas é I-D-I-O-T-A.

        Tens a certeza de que quem tem certezas é idiota?

      • Azetech diz:

        Antônio Carlos

        Mas se você, por apenas uma fração de segundo, admitisse a hipótese de que ninguém pode afirmar a existência dele, por “falta de provas”, pelo menos por este instante, você entenderia que a minha frase tem todo sentido.

        Só uma pergunta:
        Tens a certeza de que há falta de provas para existência de Deus?

  15. Azetech diz:

    Antônio Carlos de Carvalho

    “”” eu quis dizer apenas que não acredito em nada. “””

    Não acreditar em NADA é um absoluto utópico inexistente na concepção humana.
    Tenho certeza que crê em algo, por exemplo, tu crês na evolução como explicação da diversidade biológica? Crês que o universo SE CRIOU pela sorte (pois não houve NENHUM agente inteligente por detrás?

    Está em dúvida? Parabéns. Seu comentário ficaria bem na boca de um agnóstico.

    Dúvida sobre oque? Que acaso NÃO GERA informação? que sorte NÃO CRIA vida da LAMA em um ambiente estéril? Não possuo dúvidas quanto estas questões.
    Meu ponto foi destacar o que tu acreditas como real, não é comprovado, porém crês mesmo assim.

    “” Bem sobre fé, eu já falei na outra resposta. É compreensível que você não consiga administrar na sua cabeça a ausência de fé. Você viveu a vida inteira massacrado com esta tradição de fé. Eu também fui, mas nem por isso me tornei fanático. Por essa tradição que você não consegue dialogar sem que a outra parte seja inversamente contrária à sua opinião. “””

    Por um acaso te conheço? Habito em um mesmo ambiente que tu? Sou teu parente próximo? Com qual propriede achas que me conhece? Com qual propriedade diz: ” Você viveu a vida inteira massacrado com esta tradição de fé” ?
    Para teu conhecimento está TOTALMENTE enganado a meu respeito.

    Eu tenho que ter fé cega na evolução para você tentar provar que estou errado, só assim você dirá que já que eu não provei estar certo, então você é que está e portanto, seu deus existe.

    LOL, Quem disse que estou querendo provar que MEU DEUS existe? Não preciso provar o que eu JÁ SEI e VIVENCIO. Só estou refutando aquilo que tu crês ser verdadeiro, no caso, a geração espontânea provida pela SORTE.

    Você se nega a conjecturar de que o seu deus não existe.

    Existe alguma conjectura onde DEUS não existe? Achas mesmo que teu darwinismo e as forças cegas do ACASO e SORTE são substitutos da força criadora de Deus, juntamente com suas EVIDÊNCIAS encontradas na criação? LOL
    Como disse e volto a repetir, a evidência de Deus é a IMPOSSIBILIDADE de sua INEXISTÊNCIA.
    Não concordas? então tente mostrar como seu “deus” (SORTE) teve poder para SE CRIAR e criar o universo DO NADA e a vida pelo INORGÂNICO. Tu consegues esta proeza? Estarei ansiosamente no aguarde de teus argumentos ;-)

    Deve ser por que, aí você terá muitas respostas para muitas coisas nebulosas que circundam o seu deus e a sua bíblia.

    A nebulosidade está presente para os incrédulos (em Deus) que se cegam pelo PECADO e caminham para o INFERNO.
    Para quem nasceu de novo em CRISTO, não há nebulosidade NENHUMA, mas pelo contrário TUDO SE TORNA CLARO.

    2º COR 4-
    3. Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto.
    4. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.

    Você, como muitos, prefere colocar um véu de certeza sobre sua cabeça e ver a verdade lá fora de maneira um tanto turva.
    O estado natural das pessoas que raciocinam é a incerteza eterna. Se você pensa que eu vim aqui trazer a luz, se enganou, eu quero mais é jogar trevas sobre a luz fraca da fé cega. Se há incerteza, não há que se crer nisto ou naquilo, mas somente naquilo que for comprovado, se é que será, algum dia.

    Prezado, tu dizes conhecer a VERDADE, ao mesmo tempo afirma que a certeza não existe e ao mesmo tempo AFIRMAS que o estado natural é a incerteza eterna?
    Percebes a falha em teu raciocínio? Percebes o quão contraditório é o que acabaste de explanar?
    Se em tua mente não HÁ CERTEZA, como AFIRMA algo com CERTEZA?
    Para uma mente PERDIDA como a tua, fazer uma afirmação É LOUCURA.
    Tu não possui CERTEZA de NADA e ACHAS que TODOS estão no mesmo estado que tu?
    Como PROVAS que estamos tão perdidos como tu? Consegues comprovar esta afirmação?
    Não atribua a nós uma FALHA que vós possuem.
    Vós estais perdidos pois REJEITAM a VERDADE (Cristo), porém nós CREMOS na verdade, por isso NÃO ESTAMOS perdidos. (Tanto intelectualmente falando quanto espiritualmente)

    E não venha me dizer que esta é a posição de um fraco, mas a verdade é que eu não necessito de um deus para viver tranquilo e sossegado e em sociedade, apoiado apenas na minha moral. Que baseia-se, como na maioria esmagadora das pessoas, na empatia

    LOL, é bem fácil dizer que não precisa de Deus vivendo DEBAIXO de sua criação e debaixo de suas LEIS (sendo elas leis físicas e morais). Achas mesmo que esta tua atitude é nova? A população pré-diluviana assim como os moradores de Sodoma e Gomorra, pensavam da mesma maneira.
    Agora que tem TUDO nas mãos, fica fácil REJEITAR a Deus. Porém quero ver este mesmo comentário depois que tua vida findar. Gostaria de ver a tua feição ao saber que tua eternidade será em um local sem a PAZ, PRESENÇA e a FORÇA criadora de Deus (conhecido metaforicamente como lago de fogo e enxofre, OU SEGUNDA MORTE).

    “”” O truque do Azetech é o seguinte: foi feita uma pergunta simples de resposta monossilábica e objetiva. “Existem passagens da bíblia que citam a criação das bactérias e dos vírus”?

    Ora, o fato de teu intelecto não ter sido suficientemente “evoluído” para entender minha resposta, não significa que fugi de tua questão.
    Perguntaste se a bíblia fazia menção a vírus e bactérias. Eu respondi que não apenas fazia menção como ENSINAVA a se proteger delas.

    E uma outra mais complexa: “com qual propósito deus os criara?”. Ele tergiversou e
    não respondeu nada.”””

    Perdoe-me por minha falha, acho que superestimei tua capacidade cognitiva.
    Percebo agora que não entendeste nada quando respondi tua questão com esta questão:

    “Agora enquanto a vírus e bactérias, quem foi que disse que Deus é quem os criou da forma que são?”

    Obviamente os seres microscópicos também foram criados por Deus, porém os mesmos NÃO POSSUÍAM no inicio as ações maléficas que possuem hoje.

    Bom, percebi que teus comentários abaixo foram relacionados a questões teológicas. Segundo a tua visão CONFUSA e INCERTA sobre tudo, afinal, como mesmo afirmaste, NÃO POSSUI CERTEZA DE NADA (com outras palavras está perdido), fizeste uma explanação falaciosa, (não levando em consideração a hermenêutica bíblica) a respeito do que as escrituras afirmam.
    Devido a isso, explanarei de forma simplificada, passo a passo, teus comentários.
    Não espero que entendas minhas respostas (afinal tua mente está cega pelo pecado e naturalismo), porém elas serão úteis para cristãos que depararem com Neo-ateu como vós.

    Se Moisés soubesse que existiam bactérias e vírus ou vermes no porco, ele não diria esta asneira: “”Também o porco, porque tem unhas fendidas, e a fenda das unhas se divide em duas, mas não rumina; este vos será imundo.” (Levítico 11 : 7) E incluía também a lebre e o coelho.

    Primeiramente, quem disse que MOISES sabia da existência de vírus e bactérias? Fizeste um ESPANTALHO de minhas palavras. DEUS quem inspirou Moisés é quem sabia da existência destes seres maléficos. Moisés NÃO.
    Segundo, questionas o efeito “sagrado” pelo qual Deus diferenciava animais “imundos”.
    Acontece o seguinte, os povos no período da lei, não possuíam o discernimento espiritual que existe hoje, através de Cristo. Com isso, eles necessitavam de objetos MATERIAIS para simbolizar o espiritual. Isso era uma “necessidade” da carne, (por isso sempre caiam em adorações a ídolos).
    Com outras palavras, o homem necessitava de um OBJETO MATERIAL “sagrado”, pois o corpo necessitava disso.

    Portanto Deus, sendo onisciente, sabendo desta “necessidade” do homem em obter algo material “sagrado”, somados com a necessidade de estabelecer a proteção a seu povo destes agentes maléficos, como diz aquela expressão muito conhecida no Brasil, “matou dois coelhos com uma cajadada só”, saciando o desejo do “sagrado” do homem, ao mesmo tempo protegendo-o dos males da infecção.

    Deus não sabia que bastava ferver a carne do porco? Portanto, sabe-se lá de onde vieram as leis sanitárias de Moisés, mas de um deus onisciente é que não foi.

    Deus sendo onisciente, enxergando o povo como NÔMADES, morando em um clima SECO e QUENTE, sabendo que animais que necessitavam de climas ÚMIDOS (como o porco e o pato), eram mais propensos a transmitir doenças se não forem bem preparados, protegeu seu povo fazendo-os evitar este tipo de alimentos.
    Na época de Cristo, por se tratar de uma população SEDENTÁRIA, aboliu esta ordenança, visto que a preparação destes animais eram feitas sob condições melhores. ;-)

    Chamar as lei cerimoniais de deus de sanitárias é coisa de teologia moderna. O que há de sanitário em poder comer frango e não poder comer pato??

    Qual é a diferença entre o habitat do frango e o habitat do pato? Sua capacidade cognitiva consegue decifrar esta questão? ;-)

    Moral: deus é um ser eterno, e onisciente, portanto, sabe tudo, sempre existiu e sempre existirá. Deus tem uma moral divina, que portanto, é eterna e imutável.

    Não. deus não é eterno, onisciente e não tem uma moral eterna e imutavel. Ele foi criado por homens e esculpidos em barros. deus é INEXISTENTE e diabólico.
    Estas características que citaste acima pertencem a Deus (com letra maiúscula no início)
    Para um crente naturalista, deus e Deus são as mesmas coisas, porém se quiseres debater segundo a hermenêutica bíblia, a diferença desta primeira letra muda RADICALMENTE o sentido das palavras.

    Ora, vimos nos livros antigos da bíblia que deus permitia a escravidão, há inclusive uma espécie de direito das coisas na biblia, onde a “coisa” era o servo.
    Permitir não significa DETERMINAR ou APROVAR.
    Embora na mente limitada de crentes naturalistas, fiéis a Darwin, esta visão é conturbada, no contexto bíblico há muita diferença.
    Não é pelo fato de Deus, naquele momento permitir um costume GLOBAL (para sua ciência, a escravidão era uma cultura aplicada em TODOS os povos), significa que ele DETERMINAVA ou APROVAVA tal ato.
    Tanto é verídico que quando manifestou na forma de Cristo ele ABOLIU a escravidão, ensinando que TODOS somos iguais perante Deus.
    Caso não saiba, a escravidão foi abolida pelo CRISTIANISMO, e pela cultura CRISTÃ.
    Se conhecesse de HISTÓRIA, saberia disso.

    Permitia que seus grandes homens fossem adúlteros
    Permitia? onde está escrito isso? Na bíblia segundo ateísmo hehehehe ;-)
    Por um acaso não conheces o mandamento:
    “NÃO ADULTERARÁS”?
    Está na bíblia, sabia? Fica em Ex 20.14 e Dt 5.18

    pedia sacrifícios cretinos de animais e até descrevia como deveria ser cortado ao meio a vaca

    Ora, como disse anteriormente, as pessoas que viviam no período da lei, tinham inerente esta “necessidade” pois viviam pela CARNE.
    O sacrifício também era uma prática GLOBAL, porém elas eram feitas, muitas vezes com SERES HUMANOS.
    Deus, sendo ONISCIENTE, sabendo desta necessidade humana, permitiu o sacrifício de animais, visto que se não fizesse, os seres humanos sacrificariam outros seres humanos.
    Porém hoje, com o sacrifício de cristo e com a restauração da parte espiritual no homem, esta prática não é mais vigente.
    Outra coisa, Se você não sabe também, a prática da abolição de sacrifícios de animais assim como a escravidão veio através da cultura CRISTÃ.
    O mundo todo possuíam tais comportamentos. foram através dos cristãos, juntamente com a moral de Cristo, que estas práticas foram abolidas.

    “gostava que seu povo exterminasse seus imimigos”

    hehehe mas que acusação sem fundamento. Onde está escrito “Deus gosta de exterminar seus inimigos”, Novamente pergunto, na bíblia segundo ateismo, LOL ;-)

    Quis exterminar a raça humana quase inteira por 2 vezes (genocida), etc.

    Raça humana? Uma CRIATURA que sacrificava os filhos a deuses pagãos, matava por qualquer coisa, sentia prazer em agredir, sentia prazer em ver o próximo sofrer, não se arrependia de nada, era IMORAL, amante e praticante do mal, você chama de Raça Humana?
    Não havia mais HUMANIDADE e inocentes no povo pelo qual foi destruído. Só haviam pessoas endemoniadas, praticantes do mal.
    Genocídio é o termo utilizado pelos seus lideres ateístas, que exterminavam inocentes por proclamar o cristianismo. Quer que te refresque a memória?
    Stalin, Mao, pol Pot, Ceauscecu, Fidel Castro, King jong II, e o famoso e conhecido amante do DARWINISMO, Adolph Hitler.
    Não impute práticas comuns de amantes ateístas a relatos bíblicos. Seja mais coerente com a REALIDADE e os FATOS.

    (a ordem já não era matar ímpios)

    hehehe matar ímpios foi demais.. LOL. Onde está escrito que Deus ordenava matar impios?
    Acho que teus líderes ateístas acreditavam nesta FALÁCIA, e a imputaram para justificar o assassinato de milhares e milhares de cristãos e religiosos. Levaram tão a sério que superaram em número as matanças de alguns falsos cristãos (inquisidores) que matavam falsamente em nome de Cristo (Pois como você mesmo concordou Cristo não ensinava isso) e alguns fanáticos muçulmanos que matavam em nome de Alá.
    Só para se ter idéia, seus líderes ateistas mataram em UMA SEMANA o que FALSOS cristãos mataram em 3 SÉCULOS.

    Donde se conclui que a moral foi mudando com o passar do tempo, assim, a moral de deus é mutável, portanto, não existe um deus imutável, eterno, logo concluí-se que não existe o deus de vocês, criacionistas.

    É engraçado observar o “drible” psicolológico que vós, naturalistas darwinistas, tentam fazer para justificar a inexistência de Deus. Tudo, na cabeça de vós, é motivo para a inexistência de Deus.
    Acham que por ficarem repetindo, um dia acabarão acreditando?

    Prezado, DEUS é imutável, os humanos NÃO.
    A forma de Deus agir é PROGRESSIVA, isso não significa que seja CONTRADITÓRIA.
    A moral da humanidade (que pertence a Deus) MUDOU, porém a mesma está caminhando para a mesma moral de DEUS.
    Deus começou a lapidar a moral do homem através da LEI, e contemporaneamente com a moral de CRISTO (através do espírito santo)
    Deus SEMPRE foi o mesmo e SEMPRE será.

    A esfericidade da terra foi testificada muito antes dos homens a descobrirem? Erastóstenes, 2 séculos antes de Cristo descobriu.

    E?? o fato de Erastóstenes ter concordado MUITO TEMPO DEPOIS do relato bíblico não invalida o relato.
    Sorte dele não dar ouvidos aos céticos da bíblia, que acreditavam que a terra era plana.

    mas logo em seguida faz coco em cima: “O Diabo levou Jesus novamente a um monte muito alto, e lhe mostrou todos os reinos do mundo… , como?, só se a terra fosse plana..

    HAHAHAHAHA o que mais me diverte em vós, crentes naturalistas, é o “dom” natural em serem criativos e distorcerem um relato simples.
    Meu caro, pense… pense… qual seria o tamanho deste monte, ao ponto de mostrar TODA A TERRA, mesmo que ela fosse plana??
    E mesmo que existisse um monte que chegasse a LUA, como Cristo conseguiria enxergar com olhos humanos TODOS OS REINOS do mundo?? Usando o binóculos “satânico” hehehehe

    Cidadão, Cristo teve uma VISÃO dos reinos do mundo. O mesmo não significa que ele VIU no sentido LITERAL os reinos.
    As visões relatadas na bíblia não referem-se a visões no sentido literal como captações do globo ocular.
    Isso é o que acontece, um crente naturalista querer “entender” a bíblia com a mente fechada no naturalismo e no pecado (sem contar é claro, a falta de conhecimento de Hermeneutica bíblica)

    Uma coisa que me chamou muito à atenção foi isto: “Agora enquanto a
    vírus e bactérias, quem foi que disse que Deus é quem os criou da forma que são?” Você quis
    dizer que “deus os criou”, e eles são diferentes hoje em dia devido à evolução, não é?

    Claro que não. Não houve uma EVOLUÇÃO de um ser benéfico, tornando-o maléfico, foi ao contrário, houve um INVOLUÇÃO do mesmo.
    A tua fé é CONTRÁRIA a realidade.
    A Adaptação dos seres ao ambiente não os torna melhores, mas sim piores.

    Bem, vejamos, nela tem milagres, ressurreição, dilúvio, pessoas com 900 anos, arca com todos os bichos da terra, pessoas abraçando leões no Eden, etc. etc. Se você aredita piamente nisso.. não há muito o que se fazer.

    Bom.. vamos lá, na FÉ evolucionária, existe milagres mais milagrosos (o pleonasmo foi proposital) do que relatos bíblicos, afinal NADA explodindo, ACASO gerando informação e SORTE criando LAMA em VIDA…. Ressurreição, capacidade cognitiva de fala a uma Mula e vinho tornar-se agua, é ÍNFIMO se comparado aos milagres que vós creem.
    A respeito do Dilúvio, temos evidências CONCRETAS de tal evento, expressos em colunas geológicas, fósseis, separações de placas tectônicas, fossas marítimas, coabitação de água salgada e doce em um mesmo mar, sem contar relatos INDEMPENDENTES em milhares de culturas espalhadas pelo undo sobre o mesmo evento.
    A respeito da Arca de Noé, sabemos que os tipos básicos de animais, perfeitamente se encaixariam na estrutura. E também sabemos por engenheiros marítimos, que a descrição da mesma, assim como seu formato, a manteria a segurança frente a catástrofe que mudou o mundo.

    Agora, invertendo a situação, Dizer que uma EXPLOSÃO criou o universo, que a SORTE criou os princípios antrópicos, que a mesma SORTE somadas com tempo trouxe da LAMA em um ambiente estéril a VIDA….. BOM se acreditas nisto… não há nada o que se fazer. ;-)

    Quanto a minha possível contradição.. alto lá, camarada. Vamos estabelecer uma coisa aqui: Pra começar, quem aceita tudo que está na bíblia sem contestar é você.

    Bom… não aceito tudo sem contestar, como alegas, mas pelo contrário, contesto-a a todo instante. Porém TODAS minhas constestações foram sanadas, ao contrário de tua fé, que o deixa confundido, sem NENHUMA direção.

    Quem é fanático é você.
    hehehe um louco nunca acha que está louco (além de achar que os outros é que são loucos)
    O que é fanatismo em teu vocabulário?

    O que eu disse sobre ter certeza, é aquilo lá mesmo.

    Eu sei, tu não tem certeza de NADA pois a tua fé não fornece certezas. compreendo tua colocação.

    Ou está escrito em algum lgar que eu disse que “acredito” na teoria de Darwin.

    Estou enganado? Então concordas comigo que a evolução em si (sendo ela Cosmica, química, estelar e biológica) são fraudulentas?

    E para te ajudar no seu entendimento a palavra acreditar significa, dar crédito a algo sem exigência de provas.

    Não necessariamente. Este conceito abrange muito mais que isso. Por exemplo, eu acredito que estas palavras dirigidas a tu, foi elaborada por mim. Acredito e tenho provas disso.
    Acredito também que a terra é redonda e que o fogo queimará minha pele se me aproximar dele.
    Acredito e tenho provas para isso.
    O detalhe é que criaste uma barreira ENORME em teu consciente sobre a palavra CRER, quem nem mesmo consegue enxergar que crês como qualquer pessoa.

    A teoria de Darwin explica muita coisa, mas deixa lacunas

    A FÉ de Darwin só explica a MICRO-EVOLUÇÃO (e com lacunas ainda), de resto ela é obsoleta pois não foi-se NADA comprovado.

    Assim como a sua bíblia (melhor seria compará-la com um queijo suiço, após uma rajada de balas).

    É natural a bíblia ter esta característica que citaste, sendo fechada para teu entendimento visto que és um crente darwinista. Ela mesmo afirma que crentes na não veracidade dela como a palavra de Deus e crentes da não divindade de Cristo, seus ensinamentos estariam fechados. Porém para mim (E para os demais cristãos), ela não possui tais colocações, sendo perfeitamente entendidas e discernidas.

    Porém, ela apresenta muitas evidências de que explica a origem da vida.
    É mesmo? Mostre UMA que explique pelo modelo naturalista (SORTE+TEMPO)
    Seria interessante presenciar os argumentos que utilizará.

    Evidências que a bíblia não traz.
    Discordo. A bíblia é repleta de evidências comprovadas. Estas evidências abrangem TODOS os ramos científicos (Humanas biológicas e exatas)

    Será que a bíblia traz fatos científicos já comprovados? Provavelmente sim. Ou será que os antigos não tinham conhecimento de nada? O fato de ela relatar algum fato cientificamente comprovado não comprova a existência de deus.

    Ok mas também NÃO REFUTA. Tu tens como REFUTAR a existência de Deus?

    Por outro lado, quem tem ceterzas aqui é você. Você que tem essa presunção inacreditável de saber a “VERDADE”.

    Não só eu mas como TODOS Cristãos estamos fundamentados na VERDADE.
    Esta VERDADE tem um nome: JESUS CRISTO .
    Ele é a verdade.

    João 14:6, “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

    Ninguém conseguiu transformar “lama” em vida? Espertinho, se esqueceu de que devem ser recriadas as mesmas condições que existiam no início de tudo. Será que alguém consegue reproduzí-las??

    hehehe se segundo tua FÉ não consegue-se reproduzir tal evento, então só lhe resta CRER que tal evento, supostamente tenha ocorrido.
    Também concordo que NINGUEM na terra poderia reproduzir tal evento, visto que o evento que iniciou a vida, foi DEUS.
    Somente ele pode reproduzir este MILAGRE que é a propria vida

    Dúvidas. A Abiogênese, como teoria formada, acabada, não existe mesmo. Ainda.

    Este teu AINDA é uma afirmação de FÉ. Bom… se crês assim continue crendo, porém eu, como um bom cristão, creio que a tua crença o fará esperar pela ETERNIDADE, visto que a vida NÃO SE CRIOU SOZINHA.

    A única pessoa que tem fé aqui é você.

    Aham… claro…… claro… apenas eu é que possuo fé…… está bom….. Tu crês em NADA que explode (Não foi comprovado empiricamente), Acaso gerando ordem e informação (Não foi comprovado empiricamente), Lama se tornando vida em um ambiente estéril (Não foi comprovado empiricamente), Amebas criando cérebro, olhos, virando gente (Não foi comprovado empiricamente), e ainda diz que sou o único que possui fé?… Ok….. se pensas assim, não há nada que se possa fazer. ;-)

    Se não, eu afirmarei que quem criou a vida foi um dragão verde da barriga vermelha que come pedras e você terá que provar que ele não existe.

    hehehe até um dragão verde da barriga vermelha que come pedras, como criador da vida, é mais plausível do que a sua SORTE milagrosa que se cria e cria a vida.
    Se começares a crer em dragões mágicos, ´terá mais credibilidade em tuas palavras pelo qual possui agora ;-)

    Se não provar.. pronto, ta aí mais um deus na praça!!!

    E quem disse que quero provar alguma coisa para tu? Por mim tanto faz se crês em sortes milagrosas ou dragões mágicos.
    Quem faz a afirmação é que necessita de provas. Se afirmas que Deus bíblico não existe, pois supostamente é um mito, és tu que precisa comprovar.
    Estarei a aguardar.

    Pra terminar, a teoria da evolução apresenta tantas evidências, de o caminho é por alí, que até em nós mesmos podemos verificá-la.

    Para um fanático naturalista, crente em Darwin, qualquer coisa é evidência de evolução e evidência da inexistência do Deus bíblico.
    As mesmas evidências que vos se apoiam, são as mesmas que nós nos apoiamos. A única diferença é a EXPLICAÇÃO pelo qual os modelos sugerem.

    Vejamos nossos mamilos masculinos, que nos faz presumir que um dia já amamentamos, ou deus faz coisas inúteis?

    Argumento dos Orgãos vestigiais? Só porque a ciência AINDA não identificou a função de um determinado orgão, não significa que o mesmo é obsoleto.
    O Darwinismo é um preguiça intelectual, pois leva o cientista crer que um determinado orgão é inútil e o faz perder interesse em pesquisar sua funcionalidade.
    Como existem cientistas céticos em relação a Darwin, os mesmo pesquisam estes orgãos, descobriu-se que os milhares de “orgãos vestigiais” na verdade possuíam funções, como por exemplo o apêndice e a amídala.
    Se fossemos levar em consideração a fé Darwinista, hoje teríamos uma preciosidade genética descartada como se fosse resquícios de evolução (DNA-LIXO)
    Tenho um vídeo perfeito para teus questionamentos:

    http://www.youtube.com/watch?v=vJAqwYGP77c

    E nosso pés, atrofiados hoje em dia, cuja única utilidade, agora, é nos manter em equilíbrio. Antes, era nos balançar nas árvores.

    Aff… por favor, poupe-me de prozelitismo darwiniano. Homens macacos e “Uga Bungas” é uma FÉ compartilhada entre vós.

    Se não entendeu, meu pensamento se divide em 2 frentes:
    1) não tenho prova alguma da existência de deus, tenho evidências do contrário.

    Primeiro, não é que não possui prova nenhuma da existência de Deus. o fato é que REJEITA a evidência de sua existência. Como disse anteriormente a IMPOSSIBILIDADE de sua INEXISTÊNCIA é EVIDÊNCIA de sua EXISTÊNCIA.
    Segundo, tu não possui evidência NENHUMA do contrário, mas sim EXPLICAÇÕES contrarias as explicações bíblicas.
    Por exemplo, em tua FÉ, as evidências das colunas geológicas e os fósseis encontrados nela, demonstram tempo.
    Segundo o que cremos, esta mesma evidência (Colunas geológicas e fósseis), nos evidência o relato bíblico do dilúvio.
    Se quiseres comprovar que a bíblia está errada, deverá então verificar se há alguma LEI CIÊNTÍFICA que contradiz os seus relatos. Como percebemos as LEIS CIÊNCTÍFICA Corroboram o que estavam escritos.

    2) a teoria de darwin não explica totalmente como a vida se formou ou como ela evoluiu.

    Darwin TENTA explicar como evoluiu. porém com avanços ciêntíficos, a fé dele está ruída, sendo necessários atualizações e atualizações.
    A bíblia continua a MESMA

    Sigo, firme e forte, sem ter certeza total de nada mas vivendo minha vida tranquilo e sempre combatendo os que tem a ridícula pretensão de pensar que “sabem a verdade”, pois que vivemos numa época obscura do passado, de trevas, apenas alguns poucos milhares de anos dos bilhões que a vida ainda terá na terra, muito ignorantes e sonhando com deuses.

    Percebemos mais uma vez que teu comentário foi contraditório. se não possui certeza de NADA como afirma algo? como sabes que não esta a lutar contra o que e REAL? Como sabes que não está sendo manipulado, e as trevas pelo qual citou, tem envolvido TEUS pensamentos?
    Podes comprovar que tuas palavras são VERDADEIRAS? COMO fará isso?

    Estarei no aguarde.

    Abraços,
    Diogo

    • Ana Silva diz:

      Diogo:

      “Qual é a diferença entre o habitat do frango e o habitat do pato? Sua capacidade cognitiva consegue decifrar esta questão?”

      Por acaso não. Talvez porque durante toda a minha vida tenha conhecido pessoas que criavam galinhas e patos juntos (conheci até uma senhora que utilizava um pato fêmea para chocar ovos de galinha e criar pintos).

      Por favor contribua para a melhoria da minha “capacidade cognitiva”. Porque é que, por lei divina, era possível comer frango e não pato? Seria porque no tempo em que Deus transmitiu estas regras aos Homens os patos que serviam de alimentação eram ainda selvagens e as galinhas não? Quer isto dizer que os patos domesticados criados com as galinhas numa capoeira já podiam ser comidos?

      Existe alguma doença que os patos transmitam e as galinhas não? Gripe não é de certeza, porque os patos podem “levar” consigo o vírus da gripe, mas as galinhas de capoeira são também culpadas pela transmissão deste vírus ao homem. Ou será que a diferença fundamental é que o pato tem membranas interdigitais (que ligam os dígitos dos pés) e a galinha não?

      Notas:

      (1) Segundo o Levítico o coelho e a lebre são ruminantes, sem unha fendida (Levítico, 11, 5-6). Mas estes animais não ruminam e são classificados pelo homem como roedores. Terá existido algum erro na tradução do texto sagrado? Ou, para os hebreus, “ruminante” era sinónimo de “roedor”? E, se as duas palavras eram sinónimas para os autores do texto sagrado, porque não juntar os coelhos com os ratos, visto que são ambos roedores? É que os ratos apenas são considerados impuros em Levítico 11, 29.

      (2) Reparei também que o autor sagrado classifica o morcego como ave, quando diz “Entre as aves estas são as que não deveis comer: […] a poupa e o morcego” (Levítico 11, 13-19). Deve a Ciência alterar a classificação de morcego como mamífero para estar de acordo com a Bíblia? Ou para o autor sagrado uma ave era um animal que podia voar? Mas se esta é a classificação do autor sagrado porque classifica este a avestruz como uma ave (Levítico 11, 13-16)?

      • Azetech diz:

        Ana

        Por acaso não. Talvez porque durante toda a minha vida tenha conhecido pessoas que criavam galinhas e patos juntos (conheci até uma senhora que utilizava um pato fêmea para chocar ovos de galinha e criar pintos).

        Eu também fazia isso. Na fazenda de meus avós, existia um viveiro com galinhas. Um dia aproveitei a ocasião em que uma galinha estava chocando os ovos, coloquei juntamente com os ovos dela, um ovo de pato. Este ovo também chocou e o filhote nasceu junto com os filhotes dela.
        Porém ocorria um fato interessante, o local onde as galinhas bebiam água, o pato utilizava para NADAR.
        Os contrario das galinhas que sentiam uma aversão a água, o pato se sentia em um ambiente confortável. Fora isso, tenho de concordar que não há diferenças significativas entre ambos.

        Por favor contribua para a melhoria da minha “capacidade cognitiva”. Porque é que, por lei divina, era possível comer frango e não pato? Seria porque no tempo em que Deus transmitiu estas regras aos Homens os patos que serviam de alimentação eram ainda selvagens e as galinhas não? Quer isto dizer que os patos domesticados criados com as galinhas numa capoeira já podiam ser comidos?

        E quem disse que a lei divina proibia a alimentação de patos? Consegues encontrar tal relato nas escrituras?
        Pelo que saiba, para as aves galinha, pato, peru e pomba, não existiam restrições.

        (1) Segundo o Levítico o coelho e a lebre são ruminantes, sem unha fendida (Levítico, 11, 5-6). Mas estes animais não ruminam e são classificados pelo homem como roedores. Terá existido algum erro na tradução do texto sagrado?

        ‘Gerah’, o termo que aparece no original e significa ruminar.Esta palavra era para simbolizar a ação de um mesmo animal REMASTIGAR um alimento já mastigado pelo mesmo.
        Sabemos que os coelhos, além de se alimentar de vegetais, legumes, frutas, etc.., ele se alimento das próprias FEZES. Isso ocorre pois em suas “pelotas de comida” parcialmente digeridas, existem nutrientes, então os mesmos remastigam para absorve-los melhor.
        O Boi e outros animais também ruminantes também REMASTIGAM os alimentos, porém não ocorre do mesmo modo que os coelhos.
        Contudo, AMBOS efetuam movimentações labiais semelhantes e AMBOS REMASTIGAM os próprios alimentos.

        Devemos levar em consideração que a taxonomia moderna iniciou-se com Lineu no Século XVIII (Muito, mas muito depois do período mosaico), e a taxonomia utilizada no período vigente as escrituras era diferente, separando os animais pelas suas categorias baseadas em aparência (Aves, tudo que voa; Peixes, tudo que nada; etc…)

        Então, o termo ‘Gerah’, utilizado para identificar animais que remastigam alimentos, possuindo movimentos labiais semelhantes (sendo eles Coelhos, Bois, etc..), considerando a taxonomia vigente, se enquadrava perfeitamente.

        Lembre-se, a palavra origem da palavra ‘Gerah’ é muito ANTERIOR ao nascimento de Lineu , então o caso da discrepância não deveu-se aos nos relatos bíblicos mas sim ao proprio Lineu, por não considera-la antes de elaborar a Taxonimia que hoje fundamentaram os cientistas modernos.
        se a tivesse considerada, animais que remastigavam (Sendo Bois e coelhos) pertenceriam a mesma classificação Taxonomica.

        Ou, para os hebreus, “ruminante” era sinónimo de “roedor”? E, se as duas palavras eram sinónimas para os autores do texto sagrado, porque não juntar os coelhos com os ratos, visto que são ambos roedores? É que os ratos apenas são considerados impuros em Levítico 11, 29.

        A palavra traduzida usada para “coelho” em Lv. 11.6 é “Arnebeth”, que se refere a um tipo de animal extinto, que só existia nos tempos de Moisés.
        Era um roedor desconhecido nos tempos atuais.

        Agora, segundo a tua colocação de colocar Ratos e Arnebeth (“coelhos”) na mesma classificação, pergunto: Porque deveria classifica-los como iguais? Os ratos também “ruminam” as suas fezes iguais aos coelhos? Se elea não fazem o mesmo, então não estaria a Taxonomia de Lineu ERRADA por não considerar este comportamento?

        Reparei também que o autor sagrado classifica o morcego como ave, quando diz “Entre as aves estas são as que não deveis comer: […] a poupa e o morcego” (Levítico 11, 13-19). Deve a Ciência alterar a classificação de morcego como mamífero para estar de acordo com a Bíblia? Ou para o autor sagrado uma ave era um animal que podia voar? Mas se esta é a classificação do autor sagrado porque classifica este a avestruz como uma ave (Levítico 11, 13-16)?

        Perceba que a classificação taxonômica no período mosaico era efetuado pela APARÊNCIA do ser, e como podes perceber, tanto o avestruz, como pato como pombo como MORCEGO, possuem ASAS .
        Agora pergunto, se o MORCEGO possui asas e voa, e se a BALEIA possui nadadeiras e vive sob as águas, porque devo considera-los SEMELHANTES classificando-os como MAMÍFEROS?
        Nunca paraste para pensar que a Taxonomia de Lineu esta ERRADA?
        Seria correto chamar baleias e morcegos como animais similares?? Um vive na água e outro voa, onde está a similaridade aí?

        Aposto que se fizeste uma comparação desta no período de Moisés, TODOS te chamariam de LOUCA e zombariam de ti.
        Jamais em uma concepção humana, no período da época, poderia-se classificar um animal que voa e outro que nada como similares.

      • Azetech diz:

        Nota

        A Taxonomia de Lineu foi elaborado por Carolus Linnaeus.

      • Ana Silva diz:

        Diogo:

        Fico contente por confirmar que na Bíblia nada é referido contra o consumo de patos. Na verdade estive quase para perguntar-lhe onde vinha isso referido.

        Talvez se tenha gerado uma pequena confusão em torno do significado da palavra habitat. Para mim habitat refere o local/zona que o animal habita. Dai a minha confusão entre patos e galinhas domésticos: porque estes animais habitam o mesmo habitat (local/zona), a capoeira.

        Para o Diogo habitat está relacionado com os hábitos do animal e os seus pontos preferidos dentro da zona em que habita. Mas nas capoeiras que conheci os patos não tinham zonas de água suficiente para nadar, pelo que não o faziam.

        Mas depois reparo que no seu cometário anterior o Diogo tinha referido o seguinte:

        “Deus […] sabendo que animais que necessitavam de climas úmidos (como o porco e o pato), eram mais propensos a transmitir doenças se não forem bem preparados, protegeu seu povo fazendo-os evitar este tipo de alimentos”.

        Afinal Deus proibiu ou não o consumo de patos?

        O porco é um animal afectado por vários parasitas do sistema digestivo, que também afectam o homem. Destes a tênia é o parasita mais famoso. Estes parasitas formam quistos nos músculos do porco que podem infectar o homem, quando a carne de porco está mal cozinhada. O porco não é um animal de climas úmidos, apenas gosta de rolar na lama para proteger a pele de parasitas e do Sol.

        Assim, embora sejam os hábitos do porco (que o Diogo refere erroneamente como “necessitar de climas úmidos”) que nos enojam, são os vários parasitas que habitam o sistema digestivo e os músculos dos porcos que são problemáticos. Esses parasitas não são propriamente apanhados pelos porcos rolarem na lama.

        Claro que concordo com o Diogo que a classificação de animais feita pelos autores sagrados pode ser diferente da classificação científica e estar à mesma correcta. Considero a classificação por função, referida pelo Diogo, teria mais lógica para os hebreus antigos do que a classificação de Lineu. Classificar os morcegos como aves porque voam (função) parece-me lógico. Mas a ser assim pode-se questionar porque é que as avestruzes, que não voam (função) e têm uma forma peculiar, são classificadas como aves.

        “Seria correto chamar baleias e morcegos como animais similares?” Sim, mas apenas se os animais fossem dissecados e se verificasse que embora habitando habitats muito diferentes têm uma morfologia interna semelhante (e que os morcegos têm uma morfologia interna diferente das aves). Mas isso estava vedado aos hebreus antigos, que não podiam tocar em animais mortos naturalmente. Compreendo por isso que os autores sagrados não tivessem a morfologia interna em consideração na classificação de animais.

        Tudo isto é uma questão de interpretação do texto sagrado, que era o que queria chamar a atenção no comentário anterior. Os textos bíblicos, tais como outros textos, não são directos e lineares e têm de ser interpretados. A interpretação de qualquer texto é algo muito pessoal (a minha pode ser diferente da sua). A interpretação da Bíblia não é diferente (e é uma das razões pelas quais existem tantos grupos cristãos diferentes).

        Repare em toda a argumentação que o Diogo utilizou (e bem, parece-me) para explicar e justificar o Levítico 11. Outros poderiam ter interpretações diferentes. Estariam elas erradas? Penso que não.

        A Bíblia tem de ser interpretada. É a possibilidade de diferentes interpretações para os textos bíblicos que levam muitos, como eu, a considerar que a Bíblia não pode ser vista como apresentando uma verdade inerrante (infalível e fixa), incluindo os relatos do início do Universo.

      • Ana Silva diz:

        Diogo:

        “Ao contrário do que afirmaste, para mim, habitat significa a localidade que o animal habita e não seus atos dentro deste local.” Certo. O que me confundiu foi o Diogo ter dito “Ocorria um fato interessante, o local onde as galinhas bebiam água, o pato utilizava para nadar. Ao contrário das galinhas que sentiam uma aversão a água, o pato se sentia em um ambiente confortável. Fora isso, tenho de concordar que não há diferenças significativas entre ambos.” Se o Diogo aceitava que galinhas e patos podem habitar o mesmo local a referência a diferentes habitats só poderia querer dizer que para si “habitat” se refere a “atos dentro deste local”. Pelos vistos estava enganada e peço desculpa.

        “Como mesmo reconheceste os porcos necessitam de climas úmidos para se proteger, muito embora possa habitar em regiões secas.”

        O que é para o Diogo um “clima úmido”? Para mim é um habitat com grandes níveis de humidade (como acontece nas florestas húmidas). A lama pode existir em meios moderadamente secos, como as estepes africanas, que não têm “climas úmidos” excepto na época das chuvas. Segundo a minha definição os porcos não precisam de “climas úmidos”. Precisam, isso sim, de lama para proteger a pele de parasitas e do Sol. Em “climas secos” e outros habitats que não sejam “climas úmidos” a lama serve para remover os tais “parasitas externos [que] também levariam a proliferação de doenças as pessoas da tribo, que tivessem contato com o animal.”

        Os porcos não são os únicos animais que se rolam na lama para se proteger dos parasitas e do Sol. Em geral estes animais não vivem em “climas úmidos”, mas sim em climas secos ou moderadamente secos, em que estão muito expostos ao Sol (dai rebolarem-se na lama).

        Quanto a parasitas externos em animais domesticados, estes não são exclusivos de porcos. Na verdade os parasitas externos proliferam igualmente bem ou melhor em animais como vacas e os preferidos dos povos nómadas, as cabras. Isto porque as vacas e as cabras não gostam de se rebolar na lama. E depois existem os cães (fundamentais para quem depende do pastoreio) e os gatos, que transportam consigo uma variedade de parasitas externos.

        Portanto a lama não é propriamente uma fonte de doenças, mas sim uma protecção usada pelos animais contra parasitas e o Sol.

        Uma fonte muito mais perigosa de doenças, incluindo parasitas externos, são os ratos que também são (e muito bem) considerados animais impuros pelo Levítico.

        “Se perceberes, tanto morcegos quanto avestruz possuem asas”. Percebo pois. Mas o Diogo defende que os hebreus antigos classificavam os animais pela sua função e as avestruzes não voam, ao contrário dos morcegos e das outras aves. Para além disso as assas das avestruzes estão muito alteradas e não parecem assas normais. Porquê então classificar tanto avestruzes como morcegos em conjunto como aves? Porque têm penas? Onde estão as penas dos morcegos? Mas isto é só um pequeno pormenor.

        “Existem trechos [da Bíblia] interpretativos, revelatórios e históricos.
        Os interpretativos são que influenciam na origem das denominações cristãs diferentes. Os revelatórios são pessoais e os históricos são unânimes.” Quem decidiu esta classificação? Como foi feita, baseando-se no quê? Quem decide quais são os trechos históricos? Em quê que se baseiam para tomar essa decisão? Essa classificação é unânime pra todas as denominações cristãs? Não me parece. E a ser assim o que é que torna uma denominação cristã mais genuína e mais do agrado de Deus que outra? Como é que isso é decidido?

        Por exemplo, existem igrejas pentecostais que utilizam serpentes venenosas nos seus serviços religiosos porque interpretam uma passagem do Evangelho de Marcos (Marcos, 16, 17-18) como sendo um “trecho histórico”. E as Testemunhas de Jeova recusam-se a receber transfusões de sangue baseadas em várias passagens da Bíblia que interpretam como trechos históricos. Estão estes grupos religiosos errados na sua interpretação da Bíblia? Porquê?

        “O livro “origem das espécies” seria uma destas fontes?” É um livro que nunca li. Confesso que nem tenho sequer uma cópia em casa, ao contrário da Bíblia.

        “Como achas que o universo se originou? E quanto tempo foi?” Não sei. Não tenho resposta para essas perguntas. Penso que a Ciência ainda está a responder a essas questões, mas acredito que poderá nunca ter uma resposta satisfatória. A minha vida decorre normalmente apesar disso.

        “Referente ao início do universo, possuo razões e evidências suficientes para crer nela como literal.” Quais?

        Nota: a minha capacidade cognitiva e a de outros leitores não requerem PALAVRAS em letras GRANDES, que TORNAM-SE por demais IRRITANTES! Tenho poucas dúvidas que seria do seu interesse reduzir a sua utilização ao mínimo, se quer ser levado mais a sério e parecer mais adulto e menos arrogante. Mas é só uma sugestão!

      • Azetech diz:

        Ana Silva

        Percebo pois. Mas o Diogo defende que os hebreus antigos classificavam os animais pela sua função e as avestruzes não voam, ao contrário dos morcegos e das outras aves. Para além disso as assas das avestruzes estão muito alteradas e não parecem assas normais. Porquê então classificar tanto avestruzes como morcegos em conjunto como aves? Porque têm penas? Onde estão as penas dos morcegos? Mas isto é só um pequeno pormenor.

        Em verdade não “defendi” que os hebreus classificavam animais por sua função. Eu Supos que eles efetuavam esta classificação de acordo com a FUNÇÃO e ESTRUTURA EXTERNA.
        Como disse, tanto o avestruz como os morcegos possuem ASAS.
        O que de fato defendi, foi que no tempo mosaico, a taxonomia vigente não era semelhante a taxonomia que temos hoje. Isso deve-se por uma razão óbvia, Carlos Lineu nasceu muito depois dos relatos de levíticos.
        Agora, para conseguir identificar quais foram os parâmetros reais pelos quais os hebreus utilizaram para classificavam os animais, somente um estudo histórico detalhado da cultura hebraica iria me esclarecer.

        Quem decidiu esta classificação? Como foi feita, baseando-se no quê? Quem decide quais são os trechos históricos? Em quê que se baseiam para tomar essa decisão? Essa classificação é unânime pra todas as denominações cristãs? Não me parece.

        Antes de mais nada, já leste a bíblia? Conheceste por completo os todos os livros (de gênesis a Apocalipse), Conheces de arqueologia bíblica? conheces os achados arqueológico referente a ela? Conheces a diferença entre a antiga aliança (Lei) e a nova aliança (Cristo)?
        Pergunto pois, quando afirmaste “Não me parece”, devo presumidamente crer que a conheceste por completo. Antes de responder a ti me responda, estou certo referente a isso?

        E a ser assim o que é que torna uma denominação cristã mais genuína e mais do agrado de Deus que outra? Como é que isso é decidido?

        Aquela “denominação cristã” que seguir de forma mais próxima a igreja primitiva (definida pelo consílio dos apóstolos, descritos em atos e nas epistolas), é a mais genuína.
        Aquela denominação que utiliza as doutrinas de Cristo sem deturpa-las, é a mais próxima.

        Por exemplo, existem igrejas pentecostais que utilizam serpentes venenosas nos seus serviços religiosos porque interpretam uma passagem do Evangelho de Marcos (Marcos, 16, 17-18) como sendo um “trecho histórico”.

        Respondo, Cristo ou os apóstolos ordenaram serpentes venenosas nos templos, para serviços religiosos? A igreja primitiva (aquela de Atos e descrito em Corintios) utilizava-se deste costume?
        Atos e as cartas dos apóstolos não falam nada sobre este costume. Então deduzo que são errados.

        E as Testemunhas de Jeova recusam-se a receber transfusões de sangue baseadas em várias passagens da Bíblia que interpretam como trechos históricos. Estão estes grupos religiosos errados na sua interpretação da Bíblia? Porquê?

        Jesus proibiu a transfusão de sangue? O primeiro consílio de Atos relata algo sobre isso? As cartas dos apostolos com instruções as igrejas, revelam que este avanço científico é errado?
        Se perceberes, elas não proíbem tal método de salvar vidas. Se os ensinamentos não proíbem, porque seria errado?

        É um livro que nunca li. Confesso que nem tenho sequer uma cópia em casa, ao contrário da Bíblia.

        Aconselho a lêr o livro de Darwin e o livro “a caixa preta de Darwin”. Faça-os nesta ordem que terá uma visão mais ampla das ideias propostas.

        Não sei. Não tenho resposta para essas perguntas.
        Na verdade sabes, não só tu mas TODOS que possuem acesso as escrituras.
        O detalhe é que, por ser naturalista, não ACEITAS a resposta. Tu está a esperar uma explicação naturalista a respeito das origens (baseado na geração espontânea).

        Penso que a Ciência ainda está a responder a essas questões, mas acredito que poderá nunca ter uma resposta satisfatória. A minha vida decorre normalmente apesar disso.
        Mas a ciência já respondeu. Apenas ciêntistas naturalistas é que não possuem respostas, baseados no modelo de fé que possuem.
        Cientistas naturalistas querem provar de todo modo que a fé deles é verdadeira, negando qualquer fato que corrobore os relatos bíblicos.
        Porém cientistas não naturalistas que não duvidam da inspirabilidade da bíblia por Deus, reconhecem o modo pelo qual TUDO se originou.

        “Referente ao início do universo, possuo razões e evidências suficientes para crer nela como literal.” Quais?

        Uma delas seria o fato de estar livre da fé naturalista. Interpretações naturalistas para evidências são descartadas pois como naturalistas descartam Deus de suas explicações, não há motivos de considera-los como verídicos.
        A outra seria que os relatos bíblicos com evidências científicas. Sem a intervenção explicativa com modelos naturalistas, elas se enquadram bem a elas. (repare bem, eu disse evidências, e não explicação delas).
        As Leis Científicas corroboram os relatos bíblicos.
        Sem contar que Jesus testificava sobre a verassidade e historicidade do AT principalmente o relato de genesis como literal e histórico. E como hoje possuo mais evidências de que ele ressuscitou, do que supostas teorias conspiratórias que cercam seu nome (ele não existiu, o corpo foi roubado, etc…), não possuo a fé naturalista que me limita ao natural, não tenho dificuldades em simplesmente ACEITAR uma explicação de um evento histórico, mais plausível.
        Por fim, as profecias relatadas na bíblia, cumpridas de forma surpreendente e clara, testificam para sua veracidade e historicidade.
        Sem contar também, evidências empíricas pessoais, sendo elas internas e externas (evitando a suposição de ser fruto de minha mente) que testificam a favor dos relatos.
        Além destas evidências, possuo também evidências suficientes para comprovar que o modelo naturalista é falso assim como as propostas explicativas que descartam Deus do processo. Gostaria que revelasse também?

        Nota: a minha capacidade cognitiva e a de outros leitores não requerem PALAVRAS em letras GRANDES, que TORNAM-SE por demais IRRITANTES! Tenho poucas dúvidas que seria do seu interesse reduzir a sua utilização ao mínimo, se quer ser levado mais a sério e parecer mais adulto e menos arrogante. Mas é só uma sugestão!

        O fato de colocar letras grande entre as frases, é no intuito de destaca-las como importante. Embora não tenha dificuldade de indentificá-las, outros podem não possuir a facilidade que tem.

        Porém não creio que teu sentimento a meu respeito, me achando infantil e arrogante, seja unicamente pela minha característica de dissertação.
        Como por diversas vezes citas: “capacidade cognitiva” creio que tenhas se ofendido por utilizar ironicamente este termo ao Antônio Carlos.
        O problema é que foste extremamente parcial não considerando que a forma provocativa partiu dele.
        Adianto que, para quem debate de forma respeitosa e não provocativa comigo,ou de forma desrespeitosa e provocativa, terá respostas reciprocas.
        Abraços,
        Diogo.

    • [[ Escreve comentários mais curtos. Mats]]

      O Azetech, insiste em me colocar como “crente na evolução”, por que de outro modo o seu discurso cairia no vazio. Mesmo que o crente pudesse provar que eu tenho fé na evolução, ainda assim não provaria bulhufas. Seria apenas mais uma vez o embate entre crentes criacionistas x crentes evolucionistas, não provando nada!
      Por que tanta indignação quando eu disse que tanto você, quanto eu e a humanidade viveu massacrada pela tradição da fé? Por acaso eu preciso te conhecer??? Por acaso não ensinam isso desde sempre? E se você não me conhece, como pode afirmar com esta insistência patética que eu sou crente na evolução? O mesmo vale pra você e a sua opinião não é superior a de ninguém. Pau que bate em Chico bate em Francisco. Melhor se calar sobre isso. Ou como você diz, “Para teu conhecimento está TOTALMENTE enganado a meu respeito”.
      E ainda me veio com a baboseira da geração espontânea.
      Sim, você se nega a sequer supor que o seu deus não existe. Portanto, é um ignorante que se recusa ao debate. Isso é uma espécie de “fundamentalismo xiita. Você fala em coisas como “incrédulos (em Deus) que se cegam pelo PECADO e caminham para o INFERNO”. Azetech, as suas afirmativas e argumentos usando a própria bíblia como argumento é ridículo e cai no vazio rodando em círculos.
      O que se segue abaixo é o retrato claro de um fanático:
      “LOL, é bem fácil dizer que não precisa de Deus vivendo DEBAIXO de sua criação e debaixo de suas LEIS (sendo elas leis físicas e morais). Achas mesmo que esta tua atitude é nova? A população pré-diluviana assim como os moradores de Sodoma e Gomorra, pensavam da mesma maneira.
      Agora que tem TUDO nas mãos, fica fácil REJEITAR a Deus. Porém quero ver este mesmo comentário depois que tua vida findar. Gostaria de ver a tua feição ao saber que tua eternidade será em um local sem a PAZ, PRESENÇA e a FORÇA criadora de Deus (conhecido metaforicamente como lago de fogo e enxofre, OU SEGUNDA MORTE).”
      PS. LOL, pra quem não sabe é “laughing out loud”. É um diferencial para “kkkk” ou “risos) em que as pessoas querem passar a ideia de que são cidadãos cosmopolitas, que vivem ou viveram no exterior, superiores, cultos, ect. Coisa de juvenis.
      “foi feita uma pergunta simples de resposta monossilábica e objetiva. “Existem passagens da bíblia que citam a criação das bactérias e dos vírus”?
      E uma outra mais complexa: “com qual propósito deus os criara?”. Ele tergiversou e não respondeu nada.”””
      Vejam a resposta: “Agora enquanto a vírus e bactérias, quem foi que disse que Deus é quem os criou da forma que são?”
      Obviamente os seres microscópicos também foram criados por Deus, porém os mesmos NÃO POSSUÍAM no inicio as ações maléficas que possuem hoje.”
      Não possuiam as ações maléficas que possuem hoje? E quem lhes deu caráter maléfico? O pecado? Sinto muito mas…. KKKKKKKKKKKKKKK (eu sei que não se deve jamais preencher comentários com risadas, mas é inevitável.
      Sobre Moisés e os porcos, você não respondeu (por que não tem resposta mesmo) por que deus não ensinou a Moisés que a carne do porco era comestível e não “imunda”?
      A resposta do Azetech: “Portanto Deus, sendo onisciente, sabendo desta “necessidade” do homem em obter algo material “sagrado”, somados com a necessidade de estabelecer a proteção a seu povo destes agentes maléficos, como diz aquela expressão muito conhecida no Brasil, “matou dois coelhos com uma cajadada só”, saciando o desejo do “sagrado” do homem, ao mesmo tempo protegendo-o dos males da infecção.”. Mas por que deus não ensinou a Moisés como comer carne de porco sem sofrer de infecção?
      Chamar as lei cerimoniais de deus de sanitárias é coisa de teologia moderna. O que há de sanitário em poder comer frango e não poder comer pato??
      A minha pouco importa, mas a de deus onisciente, sim.
      Até prova em contrário, só existem deus(es) e não Deus, mesmo por que, se provadas as existências dos vários deuses, qual deles teria a primazia de levar o “D” maiúsculo??
      Sobre a escravidão e os servos em geral, você disse que deus permitia mas que isso não significava determinar ou aprovar. Isso é apenas questão semântica, mas a verdade é que deus ensinou a Moisés e este ensinou ao povo esta espécie de “Direito das Coisas” da bíblia (Êxodo,21), e vejam algumas pérolas da imbecilidade divina:
      São estas as normas que promulgarás para o povo:
      26.Se alguém ferir num olho o escravo ou escrava, e o cegar, dará liberdade ao escravo em troca do olho.
      28.Se um boi ferir um homem ou mulher e lhe causar a morte, o boi será apedrejado, e ninguém comerá da sua carne;

      O que me interessa aqui é mostrar, sem sombra de dúvidas, que este deus descrito na bíblia, não era esse deus em que vocês acreditam hoje em dia, que se chama Jesus, mas sim alguém que jamais poderia ser onisciente, onipotente, eterno, e cujo lema era o perdão e o amor. Era outro deus, o deus das pessoas que viviam naquela época cujos mandamentos eram essas barbaridades descritas na bíblia. Portanto, essa bíblia com 2 deuses, não retrata os mandamentos de nenhum deus e apenas se trata de escritos humanos, nada mais do que isso. Não são, assim, prova da existência de deus.
      Não importa se depois Jesus veio e mudou as coisas, ou se a fé cristã aboliu a escravidão ou os sacrifícios, importa que aquele “deus antigo” do velho testamento mandava fazerem assim para seu agrado.
      Veja outra imbecilidade e injustiça cruéis do deus do velho testamento, o deus do Azatech:
      “Deus mata 70 homens só porque não festejaram a chegada da arca
      1 Samuel
      19. Quando viram a arca de Javé, os filhos de Jeconias não fizeram festa como os outros. Por isso é que Javé castigou setenta homens deles. O povo ficou de luto, porque Javé os tinha ferido com grande castigo.
      Vejam as palavras de Azetech sobre deus querer matar a raça humana por 2 vezes: AZETECH: “Raça humana? Uma CRIATURA que sacrificava os filhos a deuses pagãos, matava por qualquer coisa, sentia prazer em agredir, sentia prazer em ver o próximo sofrer, não se arrependia de nada, era IMORAL, amante e praticante do mal, você chama de Raça Humana?
      Não havia mais HUMANIDADE e inocentes no povo pelo qual foi destruído. Só haviam pessoas endemoniadas, praticantes do mal.”
      Pergunta-se: o que Jesus faria??? O que deus fez?? mas não são a mesma pessoa? Ora, hoje em dia, estamos mais ou menos na mesma situação, não seria a hora de deus intervir?? Ah mas e os inocentes? Claro que naquela época havia também, mas o deus raivoso não quis saber: “Moooorre todo mundo, povo!!”

      Os amantes do Darwinismo praticaram genocídio? E foi com permissão exclusiva da deusa Ciência? Hitler era mesmo ateu? A teoria da evolução “autoriza” a se praticar genocídio? Todos os ateus querem praticar genocídio? Nenhum crente quis praticá-lo?
      Vocês crentes xiitas partem do princípio de que deus existe e alguém terá de provar a sua “inexistência” caso contrário, ele continuará existindo. È o contrário, como ninguém nunca o viu fisicamente, como ninguém sabe onde esse sujeito mora, como não se consegue falar com ele, então são você que tem de provar. O ônus da prova é de vocês que alegam. Já pensou chegar num tribinal do júri e ter de provar que você não matou alguém?
      Muitas das coisas que você respondeu, são repetições da mesma coisa: está na bíblia, mas você ignora (só aparentemente), mas corre para criar uma defesa do seu deus. Se não houvesse motivos para responder, por que tantas respostas então? Por que será que ele precisa de tanta defesa assim, não é???
      Um exemplo, sobre os deslizes da bíblia: claro que não existia um monte que permitisse ver todos os reinos do mundo, claro que não existia cobra que falava, quem disse que Jesus teve uma visão? Quem pode provar?? Ah está escrito na bíblia??? Ah sim, agora sim. Assim diz a bíblia!!!! Isso só serve quando agrada e vai ao encontro do que vocês querem dizer, quando deus escreve o direito das coisas tendo servos como coisas, aí não é bem assim.
      Azetech, as bactérias não involuiram por que se tornaram más, seu conceito é errado, evoluir não significa se tornar melhor ou bom, esse conceito é vulgar, é uma distorção do sentido da palavra evolução.
      Não existem milagres descritos por livros de ciências, apenas na bíblia..
      Vejam o que eu disse:
      “Quanto a minha possível contradição.. alto lá, camarada. Vamos estabelecer uma coisa aqui: Pra começar, quem aceita tudo que está na bíblia sem contestar é você.
      E a resposta do Azetech: “Bom… não aceito tudo sem contestar, como alegas, mas pelo contrário, contesto-a a todo instante. Porém TODAS minhas constestações foram sanadas, ao contrário de tua fé, que o deixa confundido, sem NENHUMA direção.”
      O Azetech é então um dono do saber, quem tiver qualquer dúvida é só perguntar ao “oráculo do saber”. Ele deve ser o único no mundo.
      Por fim, o azetech, CANALHAMENTE, tenta inserir palavras no que eu disse:
      Ou está escrito em algum lgar que eu disse que “acredito” na teoria de Darwin.
      Azetech: “Estou enganado? Então concordas comigo que a evolução em si (sendo ela Cosmica, química, estelar e biológica) são fraudulentas?
      Claro que não, não são fraudulentas, pois são derivadas de pesquisas científicas. Que podem ter suas falhas, mas nada que a invalide totalmente, como quer, ESPERTALHONAMENTE, o Azetech.
      Se, a teoria de Darwin explica muita coisa, mas deixa lacunas, “só explica a MICRO-EVOLUÇÃO (e com lacunas ainda), de resto ela é obsoleta pois não foi-se NADA comprovado”, o mesmo se diz da ridícula bíblia, que não tem nada de científico, mas deveria ter, pois ela se mete a contar com as palavras de um deus, como tudo surgiu. Nbão é admissível que algum c retino, nesse momento, venha dizer que ela não é um livro científico (não é o seu caso).
      Se a bíblia é repleta de evidências comprovadas. Estas evidências abrangem TODOS os ramos científicos (Humanas biológicas e exatas), mostre uma. E eu farei o mesmo.

      Azetech, eu já disse a você e a outros, que a sua tentativa de provar que eu tenho fé cega na evolução não prova que seu deus existe. Você quer que eu aceite jesus e me salve? Mesmo que eu aceitá-lo honestamente e de “coração”, com toda a sinceridade, neste instante, isso não provará nada. Portanto, esse truque serve apenas para ganhar tempo, pois não é a fé das pessoas que provam a existência do “homi”. Ele, se existir, existe por sí só. Desde o início eu venho dizendo que não temos nenhuma evidência, nos dias atuais, com os conhecimentos científicos que temos hoje, que deus existe, ou que a vida se originou exatamente como a teoria de darwin afirma. Ponto pacífico, este é um fato. Mas isso não leva a lugar nenhum!!! Fazer o quê? O que nós temos para provar a evolução? Estudos e mais estudos, atualizações por outros cientistas, etc. Não são conclusivos. Ponto final. E do lado da religião? O que temos? A bíblia. A bíblia fantástica, cheia de milagres, um verdadeiro “Senhor dos Anéis” (há quem o prefira). Tem nela algumas evidências científicas? Claro que sim, afinal ela foi escrita por homens, e eles retrataram os conhecimentos que detinham na época. Mas o principal, que é a prova da existência de deus, não há nada. Mas sejamos mais brandos, provar que deus existe, até vocês crentes sabem que não será por aí, mas pelo menos provar que existe a alma, o espírito. Esse mesmo, que “habita os corpos dos humanos”. Nem isso. Então eu prefiro ficar com minha incerteza. Se eu vivesse 900 anos como os homens da bíblia, poderia ver os cientistas explicar muito mais do que explicam hoje. Mas… eu sou apenas um homem e posso não estar vivo daqui a alguns dias. Assim como você, Azetech, como vocês, mesmo com as orações.
      Azetech, seu tivesse fé evolucionista, eu teria perdido meu tempo agora, relatando a teoria da evolução nos mínimos detalhes, mas não faço por que ela não é definitiva e não explica todo o processo da origem da vida até o surgimento do homem moderno, é falha, portanto.

      Segundo um criacionista, “a IMPOSSIBILIDADE de sua INEXISTÊNCIA é EVIDÊNCIA de sua EXISTÊNCIA (de deus).
      Como você mesmo disse, Darwin TENTA explicar como evoluiu. porém com avanços ciêntíficos, (…) sendo necessários atualizações e atualizações.
      A bíblia continua a MESMA. Sim, continua estupidamente alí, parada, sem ensinar coisa alguma, e somente proclamando que quem quise ser salvo tem de acreditar em deus, somente por que está escrito nela. É preciso ter muita fé, para crer num deus que eu nunca vi, ninguém jamais viu, ninguém sabe onde habita, do qual não se vê realizações, nem boa nem ruins, nem intervenção em nada na vida de alguém, ou no planeta, ou no universo, e que estaria vendo tudo acontecer conforme o sabor dos ventos, permanecendo sempre oculto.
      Eu não sei se não estou lutando contra o é REAL. E você? Pergunto-lhe: Como sabes que não está sendo manipulado, e as trevas da ignorância, tem envolvido TEUS pensamentos?
      Podes comprovar que tuas palavras são VERDADEIRAS? COMO fará isso? Como farei isso? Como você fará isso Azetech? Por isso, siga sem certezas, por que, hoje, nos dias atuais, somente os tolos a tem.

  16. jephsimple diz:

    errata : Não Antônio, até os ateus deste blog podem ler isto :.

    correto : …os ateus que acessam este blog…

  17. Azetech diz:

    Mats

    Perdoe-me por postar um comentário muito extenso (que está aguardando tua aprovação). Mas precisei responder ao nosso camarada “Trollateu”
    Abraços
    Diogo.

  18. jephsimple diz:

    “Você queria que eu fizesse uma exposição de motivos aqui e, ao final, concluísse pela inexistência de deus??? Pra início de conversa, não existe “a prova da não existência” de algo, mas sim a da existência. Caso contrário, eu afirmo que um dragão verde de barriga vermelha que come pedras criou a vida. Prove que ele não existe.”

    Antônio isso é muito óbvio, quando perguntas :Você queria que eu fizesse uma exposição de motivos aqui e, ao final, concluísse pela inexistência de deus???

    Tu mesmo sabes [mesmo não sendo conforme seu espantalho] : “A tudo se atribui a providência divina, mas um a um foram vão caindo por terra.”

    Vc sabe que em todas as partes do mundo milhões e milhões de pessoas possuem crença em uma ou mais divindades.

    Não se trata de crença em fadinhas em , papai natal, mula sem cabeça, se trata de uma crença UNIVERSAL em um ser /ou seres soberano.Não que isso prove a existência de Deus.

    Se existem seres humanos que não possuem essa crença, o ônus da prova é deles, assim tbm como teístas e politeístas possuem o ônus da prova.

    Mas eu não vou exigir isto de vc pq vc não tem certeza nem de sua posição… vc não possui certeza alguma .

    “não existe “a prova da não existência” de algo, mas sim a da existência.”

    Seria o mesmo que dizer que eu posso provar que um copo existe , pq ele existe.

    >Deus(es) existe(m)< é uma declaração universal.
    Sendo assim é uma declaração de EXISTÊNCIA divina.

    Ou seja, é uma declaração a ser provada, esse blog como muitos outros tem como objetivo esclarecer esta questão, apontando argumentos e apontando evidências.

    "Caso contrário, eu afirmo que um dragão verde de barriga vermelha que come pedras criou a vida. Prove que ele não existe."

    Falsa analogia, ta criando um espantalho de Deus novamente.O seu dragão não é um ser metafísico,nem suas pedrinhas são metafísicas.

    Deus é a Causa Inteligente primeira e NESCESSÁRIA do universo e da vida, ou seja é um ser ETERNO , é um ser metafísico.

  19. jephsimple diz:

    Antônio Carlos,

    “Eu sou obrigado a cogitar da existência de deus? Por que? Que evidência tenho eu para isso? O que está mais nítido é que ele não existe, pela absoluta falta de “evidências”.”

    Vindo de vc mesmo que nós apontamemos evidências, seria irrelevante para vc …. uma vez que vc não tem certeza de nada e pra vc quem tem certezas é idiota.

    “Por falar em crer, se na bíblia está escrito que até os apóstolos duvidaram da ressurreição (não que eu acredite), sendo que Jesus teve até que aparecer para eles para provar, caso contrário eles se desanimariam e não iriam pescar almas pelo mundo afora, por que se exigir que as pessoas simplesmente creiam nele? Não é racional.”

    Nesta altura eles não eram apostolos, eram discípulos, sujeitos a dúvidas e sentimentos como qqr ser humano, Jesus não apareceu para provar, ele apareceu para concluir seu propósito,Os discipulos passaram a ter coragem de morrer pelo evengelho não pq viram Jesus, mas Pq Jesus lhes deu o seu Espírito Santo.

    E Madalena, sim, creu, o único incrédulo extremista foi tomé , que mesmo vendo não creu, teve que tocar.

    Os Apostolos,que antes eram medrosos,depois com coragem apenas declaravam a resurreição de Jesus , não haviam provas vizíveis, as pessoas ou criam ou não criam na mensagem do evangelho , as que criam experimentavam das boas novas, da nova vida, dos milagres, as que não criam seguiam suas vidas como bem lhes apetecesse.

    “por que se exigir que as pessoas simplesmente creiam nele? Não é racional.”

    Exigir?nem Jesus exigiu ,obrigou, que simplesmente cressem nele , muito pelo contrário pediu para eles serem racionais se tivessem dificuldades de crêr em sua autoridade, em sua mensagem:

    “37 Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis.

    38 Mas se as faço, EMBORA NÃO ME CREAIS A MIM, CREDE NAS OBRAS ; para que ENTENDAIS e SAIBAIS que o Pai está em mim e eu no Pai.”(João 10)

  20. Azetech diz:

    João de Melo

    “””” Estás a desviar-te do assunto: como é que o aparecimento de animais desconhecidos (dinossaurios ?) há 25 milhões de anos ou a semana passada ia contraria a teoria da evolução? “”””

    Não entendeste? O TEMPO.
    Se comprovados que os dinos não possuem a vasta idade que os naturalistas crentes darwinistas pressupõem, toda estória de colunas geológicas como “relógio” natural ruiria.

    Repara como estás a misturar alhos com bugalhos:
    “A teoria evolucionária não resume-se em Evolução cósmica, química, estelar e biológica (Macro e Micro)?”
    Não senhor. De maneira nenhuma.
    Passo a explicar : a teoria da evolução por selecção natural aplica-se a populações que se reproduzem.

    Repara-te que está a se confundir em teu próprio raciocínio. Em hipótese alguma disse que a fé evolucionista que não atua no campo da biologia, pertenceu a DARWIN.
    DARWIN apenas foi um profeta do “deus” acaso, supostamente explicando a mágica evolucionária NA VIDA.
    Porém tuas idéias, atraíram mais fanáticos, que a expandiram para outros campos,sendo eles o universo, e a química.
    Novamente pergunto, não conheces a Evolução Cósmica, Química e Estelar? Por acaso NEGAS a existência desta FÉ?

    A vida e morte das estrelas não é estudada pela biologia. Aplicar as regras da teoria da evolução por selecção natural a estrelas ou planetas é disparate completo.

    Concordo plenamente. Mas o que tem isso a haver com o assunto?

    Só no século XX com o desenvolvimento da física, a descoberta da radioactividade, a relatividade, etc e etc foi possível determinar com um maior grau de exactidão a idade do universo, do sistema solar, datar artefactos, rochas, etc e etc.

    Tão exato quanto a macro-evolução, estou certo? Tão exato como a suposta formação da vida através da LAMA em um ambiente ESTÉRIL pela SORTE, estou certo? Tão exato quanto amebas tornarem gente pela força “miraculosa” chamada TEMPO, não é mesmo?
    Achas mesmo que creio nesta propaganda naturalista extremamente proselitista?
    Utilizando o jargão de seu “irmão” de fé Antônio Carlos, as técnicas de datação estão mais furadas do que queijo suíço com furos de metralhadora.

    Infelizmente não acompanhaste o debate que tive com a Ana. Lá demonstrai todas as pressuposições e CRENÇAS necessárias para validar estas técnicas de Datação.

    A teoria do big bang, proposta por um padre católico e grande físico, só foi possível no século XX depois dos avanços da física e química a tornar possível.

    E quem disse que esta proposta (vide CRENÇA) é a verdadeira? Ela foi comprovada empiricamente em laboratório? O Big Bang é uma LEI científica? Como comprovas a veracidade dela?

    Repara que não foram biólogos que fizeram estas descobertas. Foram físicos e químicos. Georges Lemaître , o tal padre teorizador do big bang nem sei se conhecia a teoria da evolução por selecção natural. O homem era físico e se calhar nem percebia nada de biologia.

    Concordo plenamente. O que isso tem a haver com o assunto? Por um acaso achas que penso que DARWIN propôs o Big Bang? (Que por curiosidade era uma crença compartilhada pelos HINDUS a 3000 anos atrás, – Bindu Vipshot),

    Obviamente que se a química e a física permitem datar as outras ciências aproveitaram-se deste avanço cientifico. A História, Biologia, Arqueologia, etc usam estes instrumentos. O Mats, na linha de muitos YEC´s, resumem toda a ciência como evolucionista.

    Não necessariamente. Cientistas criacionistas não são evolucionistas. Não sabia? ;-)
    Não é atoa que os resultados de periodos “fartos” , adquiridos por Naturislistas, são diferentes dos analisados por não naturalista.

    Isto é quando um historiador data a fundação de Jericó em 7200 AC através de C14 é porque é evolucionista. Mesmo que o pobre de Cristo nem faça a menor ideia da TE.

    Não necessariamente. O historiador pode crer em ET´s, porém se utilizar o mesmo principio UNIFORMITARISTA, semelhante aos naturalistas, terão quase nos mesmos resultados.
    O detalhe é que o C14 é válido Até 4500 atrás (com alguns níveis de incerteza). acima disso, ela é OBSOLETA.
    Isso ocorre pois a atmosfera (assim como a taxa de C14 presente) vigente ha 4500 atrás era diferente do atual.

    Outro que data as pirâmides, baseado em documentos, antes depois e durante o dilúvio….é evolucionista, Mesmo que o tenha feito antes de Darwin ter nascido….

    Quais documentos? Poderia citá-los? pelo que saiba a escrita MAIS ANTIGA foi datada há 5300 anos. Gostaria de ver como este suposto historiador datou as pirâmides sem utilizar métodos naturalistas.

    Acerca do C14 :
    É super fácil infirmar os testes de C14.
    Fácil e barato.

    Muito bom… belíssimo argumento. Através dele, podemos comprovar que este método é verdadeiro verdadeiro…. ;-) LOL
    Tiras amostras a objectos previamente datados por outros meios. Uns contemporâneos, outros com 500 anos, 1000 anos, 2000 anos, 5000 anos e dez mil anos.
    (isto é claro com todo o controlo laboratorial para impedir contaminação das amostras)
    Envias as amostras para laboratórios diferentes e vai acontecer uma de duas coisas:
    O C14 é um instrumento fiável e os diferentes laboratórios vão dar resultados consistentes.
    O C14 é uma invenção dos tenebrosos evolucionistas e os resultados vão ser aleatórios.
    Esta é uma experiência que se pode repetir com outras amostras e outros laboratórios.
    PS: Não te canses que isso já foi feito…..;)

    Prezado, quem disse que a técnica é FALSA? pelo contrário, ele é muito válida. Porém quem disse que ela é válida para OUTROS AMBIENTES ATMOSFÉRICOS?
    O fato é que vós não considereis a catastrofe global ocorrida entre 4500 e 5000 que modificou a atmosfera.
    Vós creem por fé que a atmosfera hoje sempre foi a mesma no passado (Com ressalva do suposto ambiente primitivo no periodo das amebas X-men ;-) )
    Agora pergunto, como comprovas o Uniformitarismo?

    Agora podes sempre dizer que não acreditas, que se calhar é uma incrível coincidência, que dá sempre os resultados certos mas é obra do diabo…..

    Obra do diabo e fazer um homem, com propriedades intelectuais racionais, CRER em NADA explodindo, SORTE transformando lama em vida em um ambiente estéril e TEMPO criando olhos e cérebro em uma AMEBA, tornando-a ser humano.
    Isso sim eu chamo de obra do diabo. De resto, como métodos de datações por exemplo, chamo apenas EQUIVOCOS humanos.

    abraços,
    Diogo.

  21. Azetech diz:

    Ana

    Por acaso gostava muito de retoma-lo. Onde é que tinhamos ficado? Pode relembrar-me em que post tivemos esse debate?

    Estavamos debatendo em dois posts, mas não me lembro. Consegues de lembrar de quais eram?

    Abraços,
    Diogo.

  22. Azetech diz:

    Ana Silva

    Para o Diogo habitat está relacionado com os hábitos do animal e os seus pontos preferidos dentro da zona em que habita.

    Gostaria de entender a lógica que utilizaste para chegar-se a esta conclusão. Ao contrário do que afirmaste, para mim, habitat significa a localidade que o animal habita e não seus atos dentro deste local.

    Mas nas capoeiras que conheci os patos não tinham zonas de água suficiente para nadar, pelo que não o faziam.

    Ok, os patos não nadavam pois NÃO TINHAM OPÇÃO. Se colocaste uma cumbuca d´água no centro do terreno, de acordo com sua natureza do animal (onde seu habitat geralmente são locais úmidos) com certeza nadaria.
    O fato de isolar uma animal, pertencente a um determinado habitat, em habitat diferente, não significa que o mesmo não faz parte do habitat original.

    “Deus […] sabendo que animais que necessitavam de climas úmidos (como o porco e o pato), eram mais propensos a transmitir doenças se não forem bem preparados, protegeu seu povo fazendo-os evitar este tipo de alimentos”.
    Afinal Deus proibiu ou não o consumo de patos?

    Cometi o mesmo erro que tú, quando fizeste um questionamento baseado na certeza, sem antes verificar a fonte:

    “” Porque é que, por lei divina, era possível comer frango e não pato? “””

    Percebas que teu questionamento foi baseado em uma “certeza” que de fato não existia.

    Do mesmo modo eu, baseado no comentário de Antônio, achava que sim. Quando verifiquei a fonte, não vi nada a respeito.

    O porco é um animal afectado por vários parasitas do sistema digestivo, que também afectam o homem. Destes a tênia é o parasita mais famoso. Estes parasitas formam quistos nos músculos do porco que podem infectar o homem, quando a carne de porco está mal cozinhada. O porco não é um animal de climas úmidos, apenas gosta de rolar na lama para proteger a pele de parasitas e do Sol.

    Segundo a Ana, o porco é um animal de clima seco, porém para PROTEGER a pele de parasitas e do sol, necessita de climas úmidos.
    Se o porco não pertence a clima úmido (subentendendo-se ser de clima seco) como necessita da lama (ambientes úmidos) para se proteger?
    Creio que tuas palavras soam contraditórias devido o motivo de confundir CLIMAS com AMBIENTES úmidos.
    Quando me referi aos porcos foram EXATAMENTE isto. Devido a ausência de climas (no sentido de ambiente/Local) úmidos, eles seriam mais susceptíveis a parasitas.

    Assim, embora sejam os hábitos do porco (que o Diogo refere erroneamente como “necessitar de climas úmidos”) que nos enojam, são os vários parasitas que habitam o sistema digestivo e os músculos dos porcos que são problemáticos. Esses parasitas não são propriamente apanhados pelos porcos rolarem na lama.

    Não necessariamente. Como mesmo reconheceste os porcos necessitam de climas úmidos para se proteger, muito embora possa habitar em REGIÕES cecas. (creio que tua confusão foi em torno destas palavras)
    Os parasitas EXTERNOS também levariam a proliferação de doenças as pessoas da tribo, que tivessem contato com o animal.
    Então como percebemos, Deus sabe o que faz, e ao banir este tipo de alimentação do meio de seu povo, os protegeu das doenças que iriam adquirir.

    Claro que concordo com o Diogo que a classificação de animais feita pelos autores sagrados pode ser diferente da classificação científica e estar à mesma correcta. Considero a classificação por função, referida pelo Diogo, teria mais lógica para os hebreus antigos do que a classificação de Lineu. Classificar os morcegos como aves porque voam (função) parece-me lógico. Mas a ser assim pode-se questionar porque é que as avestruzes, que não voam (função) e têm uma forma peculiar, são classificadas como aves.

    Podem ser que as classificações foram motivados não apenas pela função, mas sim pela função e morfologia externa. Se perceberes, tanto morcegos quanto avestruz possuem ASAS

    Tudo isto é uma questão de interpretação do texto sagrado, que era o que queria chamar a atenção no comentário anterior. Os textos bíblicos, tais como outros textos, não são directos e lineares e têm de ser interpretados. A interpretação de qualquer texto é algo muito pessoal (a minha pode ser diferente da sua). A interpretação da Bíblia não é diferente (e é uma das razões pelas quais existem tantos grupos cristãos diferentes).

    Concordo em partes. Existem trechos interpretativos, revelatorios e HISTÓRICOS.
    Os interpretativos são que influenciam na origem das denominações cristãs diferentes. Os revelatorios são pessoais e os HISTÓRICOS são UNÂNIMES .

    A Bíblia tem de ser interpretada. É a possibilidade de diferentes interpretações para os textos bíblicos que levam muitos, como eu, a considerar que a Bíblia não pode ser vista como apresentando uma verdade inerrante (infalível e fixa), incluindo os relatos do início do Universo.

    Ana é compreensível que creia que a bíblia não é inerrante, afinal és Naturalista. A tua fé difere-se dos ensinamentos bíblicos e o que utilizas como base de fé, são outras fontes a não ser a bíblia. (O livro “origem das espécies” seria uma destas fontes?)
    Porém se alguém se diz Cristão, por base deveria ter a bíblia como um guia INERRANTE (pois de fato ela é). Jesus testifica isso e os seus relatos também.

    Referente ao início do universo, possuo razões e evidências suficientes para crer nela como LITERAL, e razões suficientes para descartar o modelo, que hoje é utilizado na maioria por naturalistas, do Big Bang.

    É compreensível que crentes naturalistas , que desejam NÃO CRER na bíblia, busquem meios alternativos para se explicar as origens e busquem meios para descredibiliza-la (muito embora não tenham conseguido). Porém mesmo com as explicações alternativas, não significam que as mesmas sejam verdadeiras e nem que os relatos bíblicos foram descartados (algo que está muito longe).
    Quer um exemplo:
    Como achas que o universo se originou? E quanto tempo foi?

  23. Azetech diz:

    Antônio Carlos

    O Azetech, insiste em me colocar como “crente na evolução”, por que de outro modo o seu discurso cairia no vazio. Mesmo que o crente pudesse provar que eu tenho fé na evolução, ainda assim não provaria bulhufas. Seria apenas mais uma vez o embate entre crentes criacionistas x crentes evolucionistas, não provando nada!

    LOL tu defende que uma EXPLOSÃO traz ordem gerando o universo, defendes que a Abiogenêsis pela SORTE, defende a hipotese de amebas virando gente pelo “miraculoso” TEMPO+ACASO e não quer ser chamado de Crente Naturalista com fé em Darwin?
    Se não és um crente naturalista darwinista, eu sou Papai Noel ;-)

    Por que tanta indignação quando eu disse que tanto você, quanto eu e a humanidade viveu massacrada pela tradição da fé? Por acaso eu preciso te conhecer???

    Mas é claro. Como sabes que vivi pela tradição? Nem mesmo me conheces. Outra coisa, Se conheces de história, saberia que o ATEISMO massacrou MUITO mais a humanidade do que a religião (mesmo envolvendo os extremistas fanáticos)
    Pesquise sobre COMUNISMO e seus crimes que entenderá o que estou dizendo

    Por acaso não ensinam isso desde sempre? E se você não me conhece, como pode afirmar com esta insistência patética que eu sou crente na evolução?

    Fizeste uma afirmação a meu respeito sem mesmo saber se é verdade. A afirmação que fiz a teu respeito foi baseado nas palavras em defesa da fé que possui. Através dela percebi o quão crente é tu.

    E ainda me veio com a baboseira da geração espontânea.

    Concordo plenamente. A geração espontânea é uma baboseira, e não só isso, ela é também ANTI-CIENTÍFICA.

    Sim, você se nega a sequer supor que o seu deus não existe.

    Eu não suponho que deus não existe, eu SEI que ele não existe. Não só não existe como foram feitos por mãos de homens sob figuras de ídolos de barro.
    Como disse anteriormente D eus é verdadeiro (com letras MAIÚSCULAS), e a impossibilidade de sua inexistência é evidência de sua existência.
    Estou errado? Então me diga como existiria o universo e a vida SEM DEUS para criar e direcionar o processo? Consegues PELO MENOS demonstrar? Como demonstraria com a “baboseira” da geração espontânea?

    Portanto, é um ignorante que se recusa ao debate. Isso é uma espécie de “fundamentalismo xiita.

    Engraçado, se eu tivesse a mesma fé que tu na geração espontânea, então não seria um “fundamentalismo xiita”. É só discordar do que crê que sou taxado por ti como “Fanático”
    Atitudes extremistas deste tipo, onde há intolerância a crenças alheias, partem de CRENTES FANÁTICOS. Pelo teu comportamento, enquadras muito bem neste quesito.

    Você fala em coisas como “incrédulos (em Deus) que se cegam pelo PECADO e caminham para o INFERNO”. Azetech, as suas afirmativas e argumentos usando a própria bíblia como argumento é ridículo e cai no vazio rodando em círculos.

    Ridículo para ti, um crente fanático naturalista. Porem quando falas que o NADA pode gerar algo, EXPLOSÕES podem gerar universo e SORTE pode gerar vida em um ambiente ESTÉRIL, Amebas viram gente pelo miraculoso “tempo” quem se expõe ao ridículo e caindo no vazio rodando em círculos é tu.

    Não possuiam as ações maléficas que possuem hoje? E quem lhes deu caráter maléfico? O pecado? Sinto muito mas…. KKKKKKKKKKKKKKK (eu sei que não se deve jamais preencher comentários com risadas, mas é inevitável.

    Na verdade, ao contrario do que imaginas, não foi o pecado que diretamente transformou seres microscópicos benéficos em seres maléficos. (Muito embora o Pecado foi o ESTOPIM)
    O efeito nocivo da depreciação molecular (entropia genética), ocorrido principalmente após a catástrofre global que modificou a estrutura da terra, fazendo os seres INVOLUIR (o que é o CONTRÁRIO de tua fé) foi responsável por tal mudança.
    Tua resposta somados com o “KKKKKKK” só revelaram aquilo que já sabia, é um IGNORANTE a respeito do assunto (Também o que pode se esperar de alguem que crê com uma fá descomunal que LAMA pode gerar vida SOZINHO)

    Sobre Moisés e os porcos, você não respondeu (por que não tem resposta mesmo) por que deus não ensinou a Moisés que a carne do porco era comestível e não “imunda”?

    Prezado só TU não entendeste a explicação. Estava até debatendo com a Ana a respeito deste assunto. Existe uma grande diferença entre NÃO ENTENDER e NÃO EXISTIR uma explicação.

    Chamar as lei cerimoniais de deus de sanitárias é coisa de teologia moderna.

    Pode chamar do que quiser. Porém o fato dos hebreus terem uma vida mais saudável do que os demais, por seguir estas leis, é INEGÁVEL ;-)

    O que há de sanitário em poder comer frango e não poder comer pato??
    A minha pouco importa, mas a de deus onisciente, sim.

    A propósito, estava a debater com a Ana a respeito deste assunto. Onde achaste a fonte que Deus proibia Patos como alimentos?

    Até prova em contrário, só existem deus(es) e não Deus, mesmo por que, se provadas as existências dos vários deuses, qual deles teria a primazia de levar o “D” maiúsculo??

    Como disse anteriormente se quiseres debater sob a HEMENÊUTICA e EXEGESE bíblica, o termo correto é este, pois segundo o sentido dela a primeira letra MUDA o sentido.

    Sobre a escravidão e os servos em geral, você disse que deus permitia mas que isso não significava determinar ou aprovar. Isso é apenas questão semântica, mas a verdade é que deus ensinou a Moisés e este ensinou ao povo esta espécie de “Direito das Coisas” da bíblia

    A VERDADE???? LOL.. novamente tu falando de VERDADE vivendo na INCERTEZA? Nem mesmo conhece a diferença entre deus e “D”eus (com letra maiúscula) segundo HERMENÊUTICA e EXEGESE bíblia vem querer falar de ‘VERDADES bíblicas. LOL
    Conheces tanto de bíblica como Dawkins conhece de TEOLOGIA, ou seja NADA.

    (Êxodo,21), e vejam algumas pérolas da imbecilidade divina:

    “Imbecilidade divina” Parabéns, acabaste de revelar tua natureza Neo-ateia. Confirmaste de fato que é um fanático Naturalista, crente em Darwin e DAWKINS.
    Espero que tua opinião sobre a bíblia continue em “imbecilidades”. Espero que não se torne CRIMES como seus lideres comunistas declararam anteriormente, assassinando todos que professavam esta fé.

    O que me interessa aqui é mostrar, sem sombra de dúvidas, que este deus descrito na bíblia, não era esse deus em que vocês acreditam hoje em dia, que se chama Jesus, mas sim alguém que jamais poderia ser onisciente, onipotente, eterno, e cujo lema era o perdão e o amor.

    Tu não quer mostrar nada a ninguém a não ser a TI MESMO. Esta conversa fiada de querer mostrar-nos a “verdade” nada mais é do que uma fuga psicológica para SE ENGANAR.
    Internamente sofres um conflito que não consegue se aquietar. A tua consciência PESA, forçando-o a negar Deus constantemente, para te dar uma falsa sensação de paz. porém quando passa algum tempo, necessita nega-lo novamente. É como um vício em drogas, que periodo a periodo necessitas utiliza-lo.

    Era outro deus, o deus das pessoas que viviam naquela época cujos mandamentos eram essas barbaridades descritas na bíblia.

    Barbaridades? Coloque os relatos bíblicos ao lado de ações de lideres ateístas descritas na história do comunismo que verá de fato o que são barbaridades.
    O que achas ou deixa achar do Deus bíblico, a mim, não há diferença nenhuma.
    Tuas deturpações fundamentadas em teus desejos imundos, é irrelevante, pois as tuas motivações que o levam a “enxergar” deste modo são dois fatores:
    1º Desejo pelo pecado
    2º Desejo em Negar Deus (se enganando)

    Não importa se depois Jesus veio e mudou as coisas, ou se a fé cristã aboliu a escravidão ou os sacrifícios, importa que aquele “deus antigo” do velho testamento mandava fazerem assim para seu agrado.

    LOL, claro… claro… um Neo-Ateu, crente darwinista, com fé em explosões que gera universo, lama que vira vida e amebas que vira gente, amante do pecado desejando se enganar, dizendo que Deus se agradava por tais comportamentos…
    Tua opinião para mim possui tanto valor quanto uma lata de lixo enferrujada, ou seja, NENHUM.

    Veja outra imbecilidade e injustiça cruéis do deus do velho testamento, o deus do Azatech

    Pergunta-se: o que Jesus faria??? O que deus fez?? mas não são a mesma pessoa? Ora, hoje em dia, estamos mais ou menos na mesma situação, não seria a hora de deus intervir?? Ah mas e os inocentes? Claro que naquela época havia também, mas o deus raivoso não quis saber: “Moooorre todo mundo, povo!!”

    Teu erro básico, assim como o da maioria dos crentes naturalistas, é não enxergar o cenário como um TODO.
    A capacidade de discernimento de naturalistas, são limitados ao mundo natural. Devido este erro é que andam em círculos em questões bíblicas.
    Não conheces o que de fato ocorria espiritualmente, considerando apenas o NATURAL.
    Farei uma analogia para facilitar teu entendimento:
    imagine que esteja em um estacionamento. Então observas em um carro uma criança sobre o banco, dentro do carro fechado em um calor muito forte.
    Percebes também que não há ninguém no carro a não ser ela. Então, como não conheces o cenário todo, culpas os pais da criança chamando-os de criminosos, maus, inconsequentes, desejando até mesmo prende-los.
    Isso ocorre porque NÃO CONHECES o cenário todo.
    Então pergunto, como julgarás este episódio sem conhecer POR COMPLETO o que ocorreu? Se os pais foram sequestrados? Se o pai teve um infarto e a mãe o socorreu? Se a criança se separou dos pais e correu para o carro sozinha sem o conhecimento deles?
    O mesmo ocorre com vocês, naturalistas fanáticos (seguidores de Dawkins). Por amar o pecado e desejar REJEITAR a Deus, vós não procuram conhecer de fato o que ocorreu NO TODO. Simplesmente elaboram um pensamento PRECONCEITUOSO, simplesmente para tentar se convencer que o que creem é uma verdade.
    Tu não está interessado em conhecer o CENÁRIO TODO, mas sim está interessado em SE ENGANAR e ACREDITAR Que Deus não existe.

    Os amantes do Darwinismo praticaram genocídio? E foi com permissão exclusiva da deusa Ciência?

    Claro que os amantes do darwinismo praticam o genocídio. Esqueceste da limpeza étnica que Hitler tentou fazer? (Matando os “incapacitados” para prover uma população mais saudável) Esqueceste dos crimes que militantes ateistas fizeram na tentativa de promover o estado ateu?
    Outra coisa, quem disse que a ciência está de acordo com o Darwinismo? Pelo contrário a ciência está CONTRA esta religião.

    Hitler era mesmo ateu?

    Hitler era DARWINISTA e odiava os cristãos

    A teoria da evolução “autoriza” a se praticar genocídio?
    Sim. Segundo a fé, somente os mais capacitados deverão viver.

    Todos os ateus querem praticar genocídio?

    Não. Somente aqueles que são fanáticos nesta religião.

    Nenhum crente quis praticá-lo?
    Crente em que? Um ateu é um crente na não existência de Deus.

    Continua……..

    • Azetech diz:

      Antônio Carlos

      Continuando…….

      Vocês crentes xiitas partem do princípio de que deus existe e alguém terá de provar a sua “inexistência” caso contrário, ele continuará existindo.

      Primeiro, crentes Xiitas pertencem a religião Muçulmana e nos somos crentes CRISTÃOS .Muito embora na crença naturalista e nos seguidores de Dawkins, por faltarem conhecimento das diferenças, enquadram todas religiões como se fosse uma (fazendo o sincretismo do mesmo), na vida REAL elas se diferem entre sí.
      Segundo Ora, quantas vezes preciso dizer que nãos não cremos que deus existe. Nos cremos que Deus (com letra maiúscula) existe. Muito embora na crença naturalista e nos seguidores de Dawkins, por faltarem conhecimento das diferenças destas duas palavras, também a classificam como se fosse uma só, ideologicamente na visão cristã elas possuem sentidos diferentes.
      Terceiro, nós CREMOS na existência de Deus baseado em sua evidências, que no caso é a criação. O mesmo não significa que podemos pega-lo e coloca-lo em um laboratório para analisa-lo e constatar que ele é de fato Deus.
      Se isso fosse possível ele NÃO SERIA DEUS, visto que seria INFERIOR a ciência.
      Como AFIRMAS que ele NÃO EXISTE, o ônus da prova é de quem faz a afirmação.
      Se não possui provas de que ele NÃO EXISTE, então assim como eu a tua afirmação é baseado em FÉ (Fé na não existência)
      Estou errado? Então PROVE-ME.

      È o contrário, como ninguém nunca o viu fisicamente, como ninguém sabe onde esse sujeito mora, como não se consegue falar com ele, então são você que tem de provar.

      Percebes, aí está teu erro. Achas que acreditamos em deus (Físico). Não acreditamos em deus, acreditamos em Deus (Imaterial)
      Agora tua afirmação “Tenho que te provar”, está totalmente equivocada. Não tenho de te provar Nada a respeito do Deus bíblico. Posso te provar a inferência do Designer no universo, mas nunca QUEM É ESTE DESIGNER.
      A afirmação da IDENTIDADE do Designer é baseado em FÉ.
      Isso ocorre para vos também, crentes naturalistas. Por fé, creem que o design existente na natureza foi fruto de SORTE.
      Vós não podem provar que realmente foi a SORTE que originou o universo e a vida, mas simplesmente fundamentam em FÉ esta afirmação.

      O ônus da prova é de vocês que alegam. Já pensou chegar num tribinal do júri e ter de provar que você não matou alguém?

      Já disse prezado, o ônus da prova é quem AFIRMA. tu AFIRMAS que o Deus bíblico não existe, porém eu CREIO que ele existe. Tu AFIRMAS que a SORTE foi responsável pela origem do universo e da vida (pois Deus não existe), então com isso quem precisa de provas é tu.

      Muitas das coisas que você respondeu, são repetições da mesma coisa: está na bíblia, mas você ignora (só aparentemente), mas corre para criar uma defesa do seu deus.

      Não tenho culpa você não possuir discernimento e conhecimento da bíblia. Nem mesmo consegue diferenciar a diferença no sentido das letras d e D , imagine então entender alguma coisa a respeito dela.

      Se não houvesse motivos para responder, por que tantas respostas então? Por que será que ele precisa de tanta defesa assim, não é???

      Ora, mas seguindo teu raciocínio pergunto, se meu Deus (letra maíuscula) não existe, porque necessita de tanto ataque? Porque tu necessita frequentemente nega-lo, se não existe?
      Eu não creio que fadas existem, porém não me vê negando a existência de fadas constantemente. Não me vê falando aos crentes em fadas “Acordem Fadas não existem”
      Também não creio em ET´s. Nem por isso me vê entrando em sites de ufólogos tentando refutar a existência deles.
      Ora, se eu não acredito, não há necessidade de tentar refuta-lo e muito menos NEGA-LOS constantemente..

      Um exemplo, sobre os deslizes da bíblia: claro que não existia um monte que permitisse ver todos os reinos do mundo, claro que não existia cobra que falava, quem disse que Jesus teve uma visão? Quem pode provar?? Ah está escrito na bíblia??? Ah sim, agora sim.

      Prezado, percebo uma certa paranoia de tua parte referente aos relatos bíblico. Se não crê, porque tenta refuta-lo?
      Ninguém te força a crer em nada. a bíblia está lá para quem quiser acreditar. Quem prefere acreditar que amebas viram gente (como caso dos Darwinistas) seja feliz com esta fé.
      O fato é que nem TU possui convicção da fé que tem. O darwinismo não te da a PAZ que tanto deseja. A DUVIDA te corrói por dentro, e não só ela mas sim o MEDO de estar ERRADO.
      O Fato, creio eu, tens MEDO de estar ERRADO. Isso explicaria muito bem a constante necessidade de NEGAR a Deus a todo momento. A tua consciência está PESANDO.

      Assim diz a bíblia!!!! Isso só serve quando agrada e vai ao encontro do que vocês querem dizer, quando deus escreve o direito das coisas tendo servos como coisas, aí não é bem assim.

      Primeiro, Deus não está interessado em agradar NINGUÉM. O interesse dele é SALVAR as almas do destino pelo qual estão caminhando. E a salvação NÃO AGRADA os desejos da carne (que são PECAMINOSOS)

      Segundo, todas tuas acusações, assim como da maioria dos crentes naturalistas (principalmente os que idolatram Dawkins) são INFUNDADAS baseados na IGNORÂNCIA que possuem a respeito do assunto.
      então elas não tem relevância NENHUMA para quem conhece as escrituras como UM TODO.

      Azetech, as bactérias não involuiram por que se tornaram más, seu conceito é errado, evoluir não significa se tornar melhor ou bom, esse conceito é vulgar, é uma distorção do sentido da palavra evolução.

      Se não sabes o termo EVOLUÇÃO consiste em afirmar (em base) que o mais simples torna-se mais complexo.
      O caso das bactérias foram AO CONTRÁRIO. elas eram mais complexas no começo e ficaram mais “simplês”

      Não existem milagres descritos por livros de ciências, apenas na bíblia..

      É verdade, o termo milagres não é muito utilizado por NATURALISTAS (não confunda com ciência).
      O termo mais comum é: SORTE, ou Leis físicas estranhas e desconhecidas.
      Isso ocorre pois para fatos INEXPLICÁVEIS , Naturalistas atribuem aos seu “deus”, no caso SORTE.
      Portanto dizer que milagres não existem seria o mesmo que dizer que os casos inexplicados que vós julgam como SORTE também não exitem.
      Porém estes casos EXISTEM, e são COMPROVADOS.

      O Azetech é então um dono do saber, quem tiver qualquer dúvida é só perguntar ao “oráculo do saber”. Ele deve ser o único no mundo.

      Pelo contrário, eu não sei nada. O fato é que recorro ao DONO do saber, no caso CRISTO.

      Claro que não, não são fraudulentas, pois são derivadas de pesquisas científicas.

      Derivados coisa nenhuma. Me mostra UM ÚNICA EVIDÊNCIA EMPIRICAMENTE COMPROVADA de Macro-evolução? Uma ÚNICA EVIDÊNCIA EMPIRICAMENTE COMPROVADA de abiogênesis por geração espontânea? Uma ÚNICA EVIDÊNCIA EMPIRICAMENTE COMPROVADA de uma EXPLOSÃO DESORDENADA ser capaz de gerar Ordem e INFORMAÇÃO?
      Estas explicações não possuem NADA de científico. É apenas FÉ naturalista sem NENHUMA comprovação.

      Que podem ter suas falhas, mas nada que a invalide totalmente, como quer, ESPERTALHONAMENTE, o Azetech.

      FALHAS? O darwinismo está MORRENDO, pois as EVIDÊNCIAS não sustenta uma fé baseada em lacunas científicas.

      O mesmo se diz da ridícula bíblia, que não tem nada de científico, mas deveria ter, pois ela se mete a contar com as palavras de um deus, como tudo surgiu.
      Primeiro, as bíblia não é um livro de ciência, para destacar de modo científico, detalhadamente, como ocorreu. Ela é um livro HISTÓRICO, REVELATÓRIO e INTERPRETATIVO.
      Segundo, TODAS afirmações HISTÓRICAS da bíblia, enquadram PERFEITAMENTE as EVIDÊNCIAS encontradas hoje na ciência. Repare bem, eu disse EVIDÊNCIAS e não explicação delas pelo modelo naturalista.
      Terceiro todas as LEIS CIENTÍFICAS corroboram os relatos bíblicos. Se acha que á alguma LEI científica que refute, ficarei ansioso em saber.

      Não é admissível que algum c retino, nesse momento, venha dizer que ela não é um livro científico (não é o seu caso).

      Se ser retino é discordar do espantalho que está criando referente a bíblia, então sou um cretino ;-)

      Se a bíblia é repleta de evidências comprovadas. Estas evidências abrangem TODOS os ramos científicos (Humanas biológicas e exatas), mostre uma. E eu farei o mesmo.

      Ok, primeiro, o Universo NÃO É ETERNO. A biblia já dizia (embora crentes na não inspirabilidade divina dela discordavam) e a ciência confirmou.
      O planeta é CIRCULAR. A biblia já dizia (embora crentes na não inspirabilidade divina dela discordavam) e a ciência confirmou.
      Deus (que é vida) criou a vida (lei da biogênesis). A biblia já dizia (embora crentes na não inspirabilidade divina dela discordavam) e a ciência confirmou.
      Os elementos que compõe a constituição da vida, são similares a “Lama”. A biblia já dizia (embora crentes na não inspirabilidade divina dela discordavam) e a ciência confirmou.
      Bom, citei algumas, agora aguardo as tuas.

      Continua……

      • Azetech diz:

        Antônio

        Continuando…..

        Azetech, eu já disse a você e a outros, que a sua tentativa de provar que eu tenho fé cega na evolução não prova que seu deus existe.

        E a tua fé na evolução não prova que ele NÃO EXISTE.
        Como citei anteriormente, não tenho a mínima preocupação em te provar nada (até mesmo porque não conseguiria pegar Deus e coloca-lo em um laboratório).
        O Máximo que posso fazer é provar que a geração espontânea é FALSO e mostrar as evidências da existência de Deus (no caso a evidência de design e informação na natureza)

        Você quer que eu aceite jesus e me salve?

        O Maior interessado na salvação é tu. Deus dá o livre arbítrio para acreditar no que quisermos.

        Mesmo que eu aceitá-lo honestamente e de “coração”, com toda a sinceridade, neste instante, isso não provará nada.

        Claro que prova. Provará INDIVIDUALMENTE.
        Quem disse que nós Cristãos não temos provas da existência e presença de Deus?
        Se afirmas isso, afirmas segundo TUA FÉ.

        Portanto, esse truque serve apenas para ganhar tempo, pois não é a fé das pessoas que provam a existência do “homi”.

        Como comprovas isso? Baseado em tua FÉ?
        Tens como comprovar o que acabaste de citar?

        Ele, se existir, existe por sí só.

        Gostei de tua palavra se . Isso demonstra que tua mente não está tão fechada no ateismo materialista (sendo um fanático extremista) como imaginava.

        Desde o início eu venho dizendo que não temos nenhuma evidência

        Tu dizes isso. Nós porém temos evidência suficientemente claras de sua existência.
        A tua opinião pessoal também não vale para nós.

        nos dias atuais, com os conhecimentos científicos que temos hoje, que deus existe, ou que a vida se originou exatamente como a teoria de darwin afirma. Ponto pacífico, este é um fato.

        ???? Não entendi o que quis dizer aqui.

        O que nós temos para provar a evolução? Estudos e mais estudos, atualizações por outros cientistas, etc. Não são conclusivos.

        A única coisa que concordo com esta frase é “não conclusivos”.
        De fato, o modelo naturalista não possui NADA CONCLUSIVO. Não só isso, o modelo naturalista não consegue comprovar 90% do que pregam. tudo fica no âmbito do “provavelmente” e no “um dia saberemos”

        A bíblia fantástica, cheia de milagres, um verdadeiro “Senhor dos Anéis” (há quem o prefira). Tem nela algumas evidências científicas? Claro que sim, afinal ela foi escrita por homens, e eles retrataram os conhecimentos que detinham na época.

        Vamos por partes. Primeiro dizes que a bíblia é fantastica. Concordo plenamente. É tão fantastica que sobreviveu todos estes anos, esteve na frente da ciência e AINDA modifica vidas.
        Depois dizes que possui evidências científicas. Concordo. Por se tratar de relatos REAIS, em locais REAIS com pessoas REAIS em um contexto histórico REAL, provavelmente teria evidências científicas REAIS.
        Por último afirmas que foi escrita por homens. Concordo em partes. Realmente foram homens que a escreveram, porém quem inspirou a mente deles foi o próprio CRIADOR DO UNIVERSO.

        Mas o principal, que é a prova da existência de deus, não há nada.

        Discordo TOTALMENTE. Como disse antes a IMPOSSIBILIDADE de sua EXISTÊNCIA é EVIDÊNCIA de sua EXISTÊNCIA.
        Com outras palavras, porque existe universo e vida, EXISTE DEUS (principalmente quando o universo e a vida precisa de uma POTENCIALIDADE RACIONAL para existir, no caso a INFORMAÇÃO )

        Mas sejamos mais brandos, provar que deus existe, até vocês crentes sabem que não será por aí, mas pelo menos provar que existe a alma, o espírito.

        Mas quem está querendo provar algo??? Nem o próprio Deus prova sua existência (não diretamente) para pessoas de coração fechado, quem dirá eu.
        Porque achas que estamos querendo te provar algo?

        Então eu prefiro ficar com minha incerteza.

        Bom… isso é questão de opção. Se preferes viver na incerteza da dúvida, é livre para escolher o que quiser. No meu caso, prefiro viver na CERTEZA de Cristo.

        Se eu vivesse 900 anos como os homens da bíblia, poderia ver os cientistas explicar muito mais do que explicam hoje. Mas… eu sou apenas um homem e posso não estar vivo daqui a alguns dias.

        Isso é muito relativo. Mesmo muitas pessoas que viviam 900 anos no período pré-diluviano, NÃO ACREDITARAM em Deus. Muitos zombavam dele e sombavam de quem cria nele.
        Porém bastou a catástrofe iniciar, que os homens acordaram para a REALIDADE.

        Assim como você, Azetech, como vocês, mesmo com as orações.
        Ora, mas que nosso corpo irá perecer, isso não é segredo para nenhum Cristão.
        O detalhe é que estamos com nossa consciência limpa quando o dia do findar chegar, sabendo que em CRISTO, viveremos ETERNAMENTE.

        Azetech, seu tivesse fé evolucionista, eu teria perdido meu tempo agora, relatando a teoria da evolução nos mínimos detalhes, mas não faço por que ela não é definitiva e não explica todo o processo da origem da vida até o surgimento do homem moderno, é falha, portanto.

        O fato de não ter certeza a fé que professa, não significa que não possui fé nela.
        Tens fé em Darwin, porém não tem certeza que o que ele disse foi de fato, REAL.
        A diferença entre vós e nós é exatamente esta, a certeza que a fé proporciona.
        A fé naturalista não da certeza, porém a fé em Cristo, não só nos dá certeza como nos ajuda no momento que precisamos. Com Darwin, estais abandonados. Com Cristo, estamos sempre acompanhados.

        Como você mesmo disse, Darwin TENTA explicar como evoluiu. porém com avanços ciêntíficos, (…) sendo necessários atualizações e atualizações.

        Porque Ocultaste minha frase para mudar o sentido? isso é desonestidade sabia?
        A frase completa foi:
        “”Darwin TENTA explicar como evoluiu. porém com avanços ciêntíficos, a fé dele está ruída , sendo necessários atualizações e atualizações.””
        A frase: “a fé dele está ruída” muda todo sentido pelo qual tentaste passar.
        Esta técnica é muito utilizado pelo historiador minimalista Bart Erhman, quando tenta defender com base em “evidências” (as aspas foram propositais), uma suposta não confiabilidade no Novo testamento. Mas isso é debate para outra hora, se preferir.

        A bíblia continua a MESMA. Sim, continua estupidamente alí, parada, sem ensinar coisa alguma, e somente proclamando que quem quise ser salvo tem de acreditar em deus, somente por que está escrito nela.

        O fato dela permanecer a mesma não significa que suas palavras estejam estagnadas.
        A bíblia é o ÚNICO LIVRO NO MUNDO, que mesmo não sofrendo alteração, nos ensina cada vez mais como se fosse um livro MODERNO.
        É um livro que foi muito perseguido, tentado ser destruido, porém mantem-se absurdamente grande em números de manuscritos. Para se ter ideia só o NOVO testamento possui mais de 5000 manuscritos (sem contar suas citações de outros ícones da história, que somam mais de 4000) muito superior a segunda abra mais preservada da antiguidade: “A ilíada de Homero” (Que chega APENAS a 600 cópias

        É preciso ter muita fé, para crer num deus que eu nunca vi, ninguém jamais viu, ninguém sabe onde habita, do qual não se vê realizações, nem boa nem ruins, nem intervenção em nada na vida de alguém, ou no planeta, ou no universo, e que estaria vendo tudo acontecer conforme o sabor dos ventos, permanecendo sempre oculto.
        Concordo plenamente. por isso me impressiono a fé que vós possuem no deus SORTE.
        Mesmo sendo refutado pelas evidências, vós insistem em crer nele.

        Eu não sei se não estou lutando contra o é REAL. E você? Pergunto-lhe: Como sabes que não está sendo manipulado, e as trevas da ignorância, tem envolvido TEUS pensamentos?

        Através das experiências empíricas que tenho vivenciado. Estas experiências não são APENAS INTERNAS mas EXTERNAS (descartando a possibilidade de uma suposta “imaginação” de minha parte)
        Achas que o nosso Deus é tão ausente quanto o seu deus? nosso Deus INTERAGE com a gente, deixando CLARO não somente sua existência quanto a sua PRESENÇA.

        Podes comprovar que tuas palavras são VERDADEIRAS? COMO fará isso? Como farei isso? Como você fará isso Azetech?

        Quais palavras gostaria de verificar a autenticidade?

        Por isso, siga sem certezas, por que, hoje, nos dias atuais, somente os tolos a tem.

        Discordo. Somente os tolos vivem em uma incerteza, possuindo a certeza BEM DIANTE DOS OLHOS. A certeza está bem diante de ti, “batendo a tua porta”. És um tolo por não aceita-la, optando pela incerteza que NUNCA te trará paz.

        Abraços,
        Diogo.

    • Marcelo diz:

      “Tu não quer mostrar nada a ninguém a não ser a TI MESMO. Esta conversa fiada de querer mostrar-nos a “verdade” nada mais é do que uma fuga psicológica para SE ENGANAR.
      Internamente sofres um conflito que não consegue se aquietar. A tua consciência PESA, forçando-o a negar Deus constantemente, para te dar uma falsa sensação de paz. porém quando passa algum tempo, necessita nega-lo novamente. É como um vício em drogas, que periodo a periodo necessitas utiliza-lo.”

      Esse texto me levou a virar teu fã,… mas sem idolatria, hein! :)
      É exatamente o que digo sempre aos parasitas de Dawkins e cia. Eles DECIDIRAM não crer em Deus. Eles não chegaram a uma conclusão após ponderar os argumentos contra e a favor. Eles simplesmente, talvez por modismo, decidiram não crer e, pior, atacar algo que eles nem conhecem. Por isso são frequentemente envergonhados quando tentam se valer de passagens bíblicas.

      Abraços

  24. jephsimple diz:

    Prezado Diogo, Prezada Ana,

    O ornitorrinco [ornithorhynchus anatinus] “tem genes para a família de proteínas do leite chamadas caseínas,que se juntam em aglomerados, que correspondem aos dos humanos.”

    O ornitorrinco partilha com outros mamíferos quatro genes associados com a zona pellucidia, uma espécie de gel que facilita a fertilização do ovo.

    Ele tem genes que correspondem aos genes ZPAX que anteriormente só tinham sido encontrados em aves, anfíbios e peixes. E partilha com a galinha um gene para um tipo de proteína da gema de ovo chamada vitelogenina.

    “Os ornitorrincos machos tem esporões nas suas patas que estão carregados com um veneno tão potente que pode matar um cão. Tal como o veneno dos répteis, o veneno dos ornitorrincos é um cocktail de variações de pelo menos três tipos de pepitídeo.”

    “Nenhum dos cromossomas X do ornitorrinco se assemelha ao cromossoma X do ser humano, do cão ou rato. [...] Em vez disso os cromossomas X do ornitorrinco correspondem melhor ao cromossoma sexual Z das aves.”

    “Os microRNAs que regulam a expressão gênica, revelaram uma mistura de exemplo de répteis e mamíferos.”Temos microRNAs que são partilhados com as galinhas e não com os mamíferos, bem como uns que são partilhados com os mamíferos, mas não com as galinhas, diz Hannon.

    Meu primeiro ponto tem haver com essa discussão, o morcego é uma ave?Como afirmou texto bíblico?

    Eu penso [até acredito que seja superficial mas...] que o morcego é uma ave mamífera, assim como penso que o ornitorrinco é um réptil mamífero, o caso do ornitorrinco é bem mais complexo que dos morcegos.

    Meu outro ponto é , já que se faz questão na classificação do animal , como o ornitorrinco se encaixa no esquema darwinista?E a analiza cladistíca?Seria um réptil?Uma ave?Ou o velho ornitorrinco?

    Pra terminar, pq Deus iria nos fornecer um livro de biologia detalhado, alias seriam nescessários livros e livros.

    [*]ESSA TAREFA,ESSA CAPACIDADE COGNITIVA FOI DADA A NÓS, inclusive colocar os nomes em todos os seres vivos, então qual o problema em organizarmos melhor a classificação dos animais ao longo do tempo ?

    [*]E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
    E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e SUJEITAI-A; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.
    Gênesis 1:27-28

    Havendo, pois, o SENHOR Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, OS TROUXE A ADÃO, para ESTE VER COMO LHES CHAMARIA; e TUDO O QUE ADÃO CHAMOU a toda a alma vivente, ISSO FOI SEU NOME.
    E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo;…(…)
    Gênesis 2:19-20

    • Azetech diz:

      jephsimple

      [...] que o morcego é uma ave mamífera, assim como penso que o ornitorrinco é um réptil mamífero, o caso do ornitorrinco é bem mais complexo que dos morcegos.

      Excelente explicação. De fato, nunca tinha analisado por este foco. Com avanços tecnológicos, e a analise mais aprofundado dos seres, a taxonomia de Lineu tem ficado ultrapassado. Por isso sou a favor da reformulação taxonômica das espécies.

      Abraços,
      Diogo.

    • Ana Silva diz:

      Jephsimple:

      “Eu penso [até acredito que seja superficial mas...] que o morcego é uma ave mamífera, assim como penso que o ornitorrinco é um réptil mamífero”

      O morcego é um mamífero que voa. O morcego é classificado como um mamíferro e não como uma ave porque tem muito mais em comum com os outros mamíferos do que com as aves. O mais importante é o facto de o morcego ser um mamífero placetário, ou seja, é um mamífero que tem útero, em que o feto é alimentado pela mãe via placenta e em que as fêmeas têm glandulas mamárias.

      O morcego também tem cinco dígitos (como os humanos), quatro dos quais ligados entre si por uma membrana, formando uma asa. A asa de um morcego é completamente diferente da asa de uma ave. É menos rígida, porque, ao contrário das aves, a asa dos morcegos é uma membrana envolvendo os dedos do morcego, ligada ao corpo.

      A morfologia interena dos morcegos também é muito semelhante à de outros mamíferos e diferente da morfologia interna das aves.

      Resumindo: o morcego é um mamífero que consegue voar.

      Mas penso ser natural que os hebreus, não tendo o hábito de caçar e alimentar-se de morcegos e não podendo tocar num animal morto de causas naturais (que era considerado impuro), classificasse os morcegos segundo a sua “função” mais visível, voar. A seguir este raciocínio é aceitável que os autores dos textos sagrados utilizassem a classificação que fizesse mais sentido aos leitores, descrevendo os morcegos como aves.

      “O caso do ornitorrinco é bem mais complexo que dos morcegos”.

      Acredito que os hebreus antigos nunca tiveram a possibilidade de ver um ornitorrinco. Por isso não havia necessidade de este animal ser referido no Antigo Testamento.

      Mas concordo com o Jephsimple. O ornitorrinco é um animal especial. É um mamífero com uma especie de bico muito parecido com o dos patos e que põe ovos, o que o leva a ser classificado erroneamente como uma ave. Mas tem patas semelhantes a outros mamíferos e tem pelo e não penas. Também tem glândulas mamárias e um útero rudimentar. Os ovos são semelhantes morfológica e funcionalmente com os ovos de répteis. E os ornitorrincos nascem com dentes (que perdem quando são ainda juvenis).

      Resumindo: O ornitorrinco é um mamífero que põe ovos.

  25. con diz:

    “…ornitorrinco é um réptil mamífero…”

    Um réptil é *bem* diferente de um mamífero.

    • jephsimple diz:

      Con,

      “Um réptil é *bem* diferente de um mamífero.”

      Você não deve ter acompanhado a discussão , nem muito menos leu meu ponto sobre os ornitorrincos.

      Os ornitorrincos não são muito diferente dos répteis, é claro que meu ponto é genético, e certas características, aliás o ornitorrinco possui caracecterísticas idiossincráticas, não corriqueira aos mamíferos, assim como não é corriqueiro aos mamíferos voarem, mas morcegos voam.E existem aves que não voam, e não são mamíferas.

      É o que eu disse sobre os morcegos, claramente, eles são mamíferos, assim como os ornitorrincos são mamíferos.

      O ornitorrinco tem algum gene funcional específico de ave mas não possui asas… Então ele não pode ser considerado uma ave, afinal não possui asas , certo?

      • Ana Silva diz:

        Jephsimple:

        “Os ornitorrincos não são muito diferente dos répteis, é claro que meu ponto é genético, e certas características, aliás o ornitorrinco possui caracecterísticas idiossincráticas, não corriqueira aos mamíferos, assim como não é corriqueiro aos mamíferos voarem, mas morcegos voam.E existem aves que não voam, e não são mamíferas.”

        Esta frase está um pouco confusa. Qual a ideia que pretende transmitir?

      • Ana Silva diz:

        Jephsimple:

        “O ornitorrinco tem algum gene funcional específico de ave mas não possui asas… Então ele não pode ser considerado uma ave, afinal não possui asas , certo?”

        O ornitorrinco não possui asas mas sim patas, tem um útero (que não é bem o caso de uma ave), tem pêlo e não penas, tem glândulas mamárias (oa contrário das aves) e põe ovos semelhantes aos de répteis, não aos de aves. Porque ha-de um ornitorrinco ser classificado como uma ave? Porque tem um bico?

        Tal como outros mamíferos, o ornitorrinco tem genes semelhantes (e até iguais) a genes que existem em aves. Nisso não é especial.

      • jephsimple diz:

        Prezada Ana,

        Eu disse que o caso do ornitorrinco era complexo.

        Não sei mas parece que vc não leu todos meus comentários sobre o ornitorrinco …leu?

        Os ornitorrincos possuem características idiossincráticas … então Ana pq deveriamos reduzir eles a exclusivamente mamíferos?

        E mais , como fazer a analize cladística?Baseado claro no darwinismo?

        Vamos desconsiderar a analize genética pq?

        Eu não sei Ana, mas parece que vc usa dois peso e uma medida,de vez em quando quer ser simplista, e outras o contrário.

        Se eu estiver enganado tudo bem, mas me parece que és meio escorregadia, eu não discordo de alguns pontos seus , mas as vezes parece que seus pontos sobre a evolução darwinista não consegue enxergar críticas, como que com medo de ser refutado, falseado.

        Por exemplo, vc disse que o DI que defendemos não nos oferece um próposito, no sentido de seus objetos lhe ser útil, a ele mesmo,diretamente… eu acho essa sua questão muito válida, muito direta , ou seja o DI, diferente do DI humano, e até de animais, agem por muitas vezes, por benefício próprio, até por necessidade, mas D.I que defendemos é auto existente, sendo assim não precisa de nada para seu próprio beneficio, nem necessita de coisa alguma.

        Isso que me impressiona qndo vejo os argumentos dos que defendem o darwinismo, não consideram nenhuma crítica, nenhum ponto diferente, nenhum outro caminho, claro um caminho plausível, parece que não é permitido nessas mentes outra causa senão acidentes,aleatoriedade,acaso,randomismo… é tudo o que está fundamentado o naturalismo, baseado em filosofia materialista,ao meu ver é irrefutável, pois não permite outra causa, que logicamente seria uma causa inteligente,pois um e outro são contraditórios.

        Enfim aceitamos uma hipótese reproduzível que descarte uma causa inteligente e confirme o oposto,ou seja, acidentes,eventos estocásticos,acaso.Enfim basta que se confirme empiricamente esta posição.

      • Ana Silva diz:

        Jephsimple:

        “Por exemplo, vc disse que o DI que defendemos não nos oferece um próposito, no sentido de seus objetos lhe ser útil, a ele mesmo,diretamente… eu acho essa sua questão muito válida, muito direta , ou seja o DI, diferente do DI humano, e até de animais, agem por muitas vezes, por benefício próprio, até por necessidade, mas D.I que defendemos é auto existente, sendo assim não precisa de nada para seu próprio beneficio, nem necessita de coisa alguma.”

        Não consegui perceber o que quer dizer com esta frase.

        “Os ornitorrincos possuem características idiossincráticas … então Ana pq deveriamos reduzir eles a exclusivamente mamíferos?”

        Não sei o que quer dizer com “características idiossincráticas”. E penso que me expliquei mal. Um ornitorrinco não é um animal “exclusivamente mamífero”, é um mamífero com características especiais, entre as quais por ovos semelhantes aos de répteis. Alias não percebo o que quer dizer com “exclusivamente mamífero”.

        “E mais , como fazer a analize cladística?Baseado claro no darwinismo?”

        Eu não vou fazer absolutamente nada. Lineu, que desenvolveu a classificação que ainda hoje é utilizadapara seres vivos, era um cristão devoto e via a “organização” dos seres vivos como obra de Deus. Tenho a certeza que Lineu jamais aceitaria a teoria apresentada por Darwin.

      • Ana Silva diz:

        Jephsimple:

        “Isso que me impressiona qndo vejo os argumentos dos que defendem o darwinismo, não consideram nenhuma crítica, nenhum ponto diferente, nenhum outro caminho, claro um caminho plausível, parece que não é permitido nessas mentes outra causa senão acidentes,aleatoriedade,acaso,randomismo… é tudo o que está fundamentado o naturalismo, baseado em filosofia materialista,ao meu ver é irrefutável, pois não permite outra causa, que logicamente seria uma causa inteligente,pois um e outro são contraditórios.”

        É interessante a forma como corre, decorre, gira e repete uma ideia, pensamento, reflexão e sentido. Mas torna-se por vezes dificil de acompanhar.O que entendi com esta frase é que o Jephsimple considera que “os defensores do darwinismo não aceitam críticas e alternativas à “selecção natural”, baseando-se no materialismo, que não permite a acção de um agente inteligente”. Acertei?

  26. Azetech diz:

    Ana

    Carlos Lineu foi o PAI da taxonomia moderna, definindo os conceitos de :
    Reino – Filo – Classe – Ordem – Família – Gênero – Espécie – Subespécie.
    Porém quem adaptou a taxonomia para a forma “evolutiva” de se enxergar a vida, foram os EVOLUCIONISTAS Theodosius Dobzhansky, Ernst Mayr e Julian Huxley (definindo conceito de espécies mais aceitos entre os zoólogos HOJE)

    • Ana Silva diz:

      Diogo:

      Se não me falha a memória, foi Lineu que apresentou a definição de mamífero que ainda é aceite hoje. É pela definição de Lineu que o morcego foi considerado um mamífero e não uma ave.

      Os biólogos que refere utilizaram a classificação de Lineu porque ela adequava-se bem à Teoria da Evolução.

      Fiquei curiosa: quais as adaptações feitas por Theodosius Dobzhansky, Ernst Mayr e Julian Huxley ?

  27. jephsimple diz:

    Jura que vc não se esforçou nem em fazer uma pesquisinha ?E depois diz :

    “Um ornitorrinco não é um animal “exclusivamente mamífero”, é um mamífero com características especiais, entre as quais por ovos semelhantes aos de répteis”

    Parece que em meus comentários sobre o ornitorrinco eu ja havia citado sobre sua idiossincrasia, aliás apresentei detalhes genéticos , o ornitorrinco não possui apenas genes de répteis , ele possui genes funcionais específicos de aves,repteis,anfíbios e peixes .Por isso ele é uma espécie com características idiossincráticas …enfim o ornitorrinco é um caso muito raro, salvo engano outras três espécies de mamíferos botam ovos.

    E sobre o ornitorrinco ser uma ave , é claro que eu não o considero uma ave, mas se por hipótese ele tivesse asas poderiamos considera-lo uma ave?Uma vez que ele possui genes sexuais iguais/parecidos com o das aves alem de botar ovos?

    Para terminar eu usei este exemplo pra dizer que eu considero o morcego uma ave mamifera, de forma superficial, pois o termo usado em hebraico era para se referir a animais voadores ou com asas.

    E se vc prestar atenção nos meus comentários , eu disse que não havia qqr problema em nós seres humanos aperfeiçoarmos nossa cognição a respeito dos seres vivos , então não vejo nenhum problema não classificarmos os mocergos como aves[como o texto bíblico refere], mas sim apenas mamiferos voadores. Essa tarefa foi dada a nós , e de forma racional vamos executando a tarefa que a nós foi dada, de colocar o nome em todos os animais, uma vez que estes não tem noção de quem são, nós dominamos sobre eles , e sabemos distinguir quem é quem racionalmente.

    Ou seja superficiamelte , sem aplicar sistemas de classificação mais detalhado, se eu aplicar estes sistemas eu não considero o morcego uma ave … isto não quer dizer que a bíblia esta errada, mas sim que os homens não tinham como fazer a classificação que nós fazemos hoje, eles usavam um diferente método de categorização; em nenhum momento Deus colocou nome em animal agum , nem classificou detalhadamente as espécies de animais , essa tarefa ,por ele nos foi dada.E mesmo hoje não temos como fazer esta classificação com 100% de precisão, mas já avançamos bastante.

    • Ana Silva diz:

      Jephsimple:

      No meio disto tudo fiquei sem perceber o que considero o mais importante: O Jephsimple considera ou não correcta, cientificamente correcta, a classificação de animais feita por Lineu?

      “Isto não quer dizer que a Bíblia esta errada, mas sim que os homens não tinham como fazer a classificação que nós fazemos hoje, eles usavam um diferente método de categorização”. Concordo consigo.

      Como eu já tinha dito num comentário anterior, utilizando o exemplo dos morcegos:
      “Penso ser natural que os hebreus, não tendo o hábito de caçar e alimentar-se de morcegos e não podendo tocar num animal morto de causas naturais (que era considerado impuro), classificasse os morcegos segundo a sua “função” mais visível, voar. A seguir este raciocínio é aceitável que os autores dos textos sagrados utilizassem a classificação que fizesse mais sentido aos leitores, descrevendo os morcegos como aves.”

  28. jephsimple diz:

    Ana ,

    Estou andando pra sua defesa á seleção natural, uma vez que podemos detecta-la , eu não tenho nada contra a seleção natural, esta bem claro pra mim , mesmo não tendo curso superior em biologia que a seleção natural é um efeito sobre espécies prontas ,ela mantem espécies ou elimina.Enfim D.I não é anti seleção natural e nem anti-evolução.

    Meu ponto que eu vou martelar será o acaso, acidentes ,aleatoriedade, eventos estocásticos,randômicos serem causa suficiente para produzir informação complexa especificada , sistemas irredutivelmente complexos como o flagelo, a coagulação sanguínea,cascata do complemento,ribossoma e etc.

    Vou insistir em querer que esta “hipótese” seja reproduzivel,testável e falseável… Sim !como se falseia a hipótese que acidentes , acaso, aleatoriedade geram informação complexa específica, VC PODE RESPONDER ESTA SIMPLES PERGUNTA?Já demonstrando como o DNA se encaixa perfeitamente nos critérios de informação complexa específica :

    1. Estatística – faz-se uma avaliação matemática do número de símbolos utilizados uma seqüência, da freqüência em que eles aparecem nesta seqüência e da ordem na qual eles aparecem. Estabece-se a relação: sinal transmitido / sinal recebido.

    2. Sintaxe – faz-se uma avaliação do sequenciamento e do posicionamento dos símbolos nesta seqüência. Esta avaliação demonstra as regras pelas quais os símbolos são utilizados e o conteúdo de uma seqüência específica de símbolos.Estabelece-se a relação: código utilizado / código compreendido.

    3. Semântica – faz-se uma avaliação do conteúdo de cada seqüência específica de símbolos em relação à seqüência toda. Obtem-se o significado da mensagem modificada. Estabelece-se a relação: idéia comunicada / sentido compreendido.

    4. Pragmática – faz-se uma avaliação da relação da mensagem em relação ao contexto onde ela aparece.Estabelece-se a relação: ação esperada / ação implementada.

    5. Apobética – faz-se uma avaliação do propósito da mensagem em relação ao contexto onde ela deve ser implementada. Estabelece-se a relação: propósito a ser atingido / resultado obtido.

    1. Estatística: número de símbolos utilizados, frequência e ordem na seqüência.
    Seqüências das quatro letras químicas ATCG.

    2. Sintaxe: sequenciamento e posicionamento dos símbolos.
    Seqüência dos nucleotídeos

    3. Semântica: conteúdo das seqüências de símbolos.
    Seqüência dos aminoácidos

    4. Pragmática: ação esperada.
    Formação de proteínas

    5. Apobética: resultado a ser atingido.
    Preservação e propagação da vida

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s