O que é a evolução?

Uma das coisas que é frequente encontrar nos círculos darwinistas é aquilo que os americanos chamam de “bait-and-switch“. 

Essencialmente, o que isto significa no contexto do debate sobre as nossas origens, é que os darwinistas clamam em alta voz que “temos muitas evidências para a evolução“, mas quando questionados sobre o que é que eles têm em mente com evolução, invariavelmente eles falam de variação genética. Isto acontece porque a palavra “evolução” tem muitos significados quando usado por darwinistas. Eis aqui alguns significados a que nós devemos estar atentos.

Evolução pode significar:

  • 1. Variação genética ou “micro-evolução” (ex: dois gatos pretos que dão há luz um gato branco)

ou

  • 2. “Macro-evolução” (ex: dinosauros que supostamente deram origem a pássaros)

ou

  • 3. Descendência comum do todas as formas de vida

ou

  • 4. Processo não guiado, impessoal, natural, não dirigido que deu origem à diversidade biológica.

É muito importante esclarecer o que é que nós temos em mente quando falamos de “evolução”, senão os evolucionistas usam um exemplo de 1) (variação genética) como evidência para 2, 3 ou 4!

Por outras palavras, eles usam um exemplo de dois gatos pretos que procriam e dão à luz um gato branco, como evidência de que todas as formas de vida existentes no planeta são relacionadas umas com as outras com um parente comum, e que essa diversidade é o resultado de um processo 100% natural, sem intervenção Divina em qualquer fase.

Isto é, no mínimo, enganador. O facto de gatos darem à luz gatos não nos diz como é que os gatos surgiram inicialmente. É uma extrapolação enorme saltar de uma variação de genes que já existem para a originação de genes e estruturas que não existem.

Quando questionamos a teoria da evolução, não nos interessa a variação que pode acontecer dentro do mesmo tipo. O que nós queremos saber é qual é a força natural capaz de criar gatos, cientistas, e árvores a partir da matéria morta.

Geralmente quando esclarecemos o que é que nós somos contra, os darwinistas tem então mais espaço para apresentar as suas evidências. O problema é que eles não tem as evidências, e por isso é tão importante para eles confundir os significados da palavra “evolução” como forma de manter a ilusão.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to O que é a evolução?

  1. Pingback: A semana que passou - 29 de Abril « No princípio criou Deus os céus e a Terra

  2. MVR says:

    Bem verdade…

    Like

  3. Gisa e Thayane says:

    Não entendems nada (Y)

    Like

  4. jephsimple says:

    Enfim, existe evolução e evolução.

    E muitos evos tem sido mestres em aplicar non sequitur.

    Agora da pra entender por que o tribunal lhes é necessário; é verdade que também tem que ser o tribunal.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s