Onde é que estavas no 11 de Setembro?

Vi um blog a fazer esta pergunta, e achei curiosa.

Onde é que tu estavas quando primeiramente ouviste sobre o 11 de Setembro?

Eu lembro-me perfeitamente onde estava. Estava na empresa onde trabalhava na altura a fazer umas fichas de série. A empresa é perto da segurança social de Benfica, 10 minutos de carro a partir do Colombo. (Obviamente não vou pôr o nome deles, uma vêz que eles agora são nossos concorrentes!)

Na altura todo o tipo e conspirações foram lançadas pela rádio que eu estava a ouvir. Como é normal, ouve pessoas que nada tinham a ver com o ataque terrorrista que tentaram capitalizar com isso. A rádio que eu estava a ouvir, por exemplo, chegou a dizer que um grupo terrorrista japonês (!!) tinha clamado responsabilidade. O ataque supostamente era uma retaliação pelos bombardeamentos de Hiroshima e Nagazaki. Como é normal com as teorias da conspiração, elas todas fazem sentido ao início. Mas depois pensamos nisso, e vêmos que não faz sentido nenhum.

Uma coisa que aconteceu depois desse ataque foi um “abrir de olhos” em relação ao islão.
A racionalização que os muçulmanos faziam desse terrível ataque a vidas inocentes fêz vêr a muita gente que havia algo de intrinsicamente de errado com esse sistema religioso.

Há extremistas e deturpadores da ortodoxia em todos os sistemas religiosos, mas só o islão glorifica aqueles que assassinam vidas inocentes com promessas de virgens no paraíso (arabico: “jannah”).

Enfim, fica a pergunta:

Onde é que estavas no 11 de Setembro?

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Não classificado and tagged . Bookmark the permalink.

1 Response to Onde é que estavas no 11 de Setembro?

  1. Douglas says:

    11 de Setembro foi um Trabalho Interno

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s