O que é a evolução?

recycle1

O que é a evolução?

Uma das coisas que é frequente encontrar nos círculos darwinistas é aquilo que os americanos chamam de “bait-and-switch“.Essencialmente, o que isto significa no contexto do debate sobre as nossas origens, é que os darwinistas clamam em alta voz que “temos muitas evidências para a evolução“, mas quando questionados sobre o que é que eles têm em mente com evolução, invariavelmente eles falam de variação genética. Isto acontece porque a palavra “evolução” tem muitos significados quando usado por darwinistas. Eis aqui alguns significados a que nós devemos estar atentos.

Evolução pode significar:

  • 1. Variação genética ou “micro-evolução” (ex: dois gatos pretos que dão à luz um gato branco)

ou

  • 2. “Macro-evolução” (ex: dinosauros que supostamente deram origem a pássaros)

ou

  • 3. Descendência comum do todas as formas de vida

ou

  • 4. Processo não guiado, impessoal, natural, não dirigido que deu origem à diversidade biológica.

É muito importante esclarecer o que é que nós temos em mente quando falamos de “evolução”, senão os evolucionistas usam um exemplo de 1) (variação genética) como evidência para 2, 3 ou 4!

Por outras palavras, eles usam um exemplo de dois gatos pretos que procriam e dão à luz um gato branco, como evidência de que todas as formas de vida existentes no planeta são relacionadas umas com as outras com um parente comum, e que essa diversidade é o resultado de um processo 100% natural, sem intervenção Divina em qualquer fase.

Isto é, no mínimo, enganador. O facto de gatos darem à luz gatos não nos diz como é que os gatos surgiram inicialmente. É uma extrapolação enorme saltar de uma variação de genes que já existem para a originação de genes e estruturas que não existem.

Quando questionamos a teoria da evolução, não nos interessa a variação que pode acontecer dentro do mesmo tipo. O que nós queremos saber é qual é a força natural capaz de criar gatos, cientistas, e árvores a partir da matéria morta.

Geralmente quando esclarecemos o que é que nós somos contra, os darwinistas tem então mais espaço para apresentar as suas evidências. O problema é que eles não tem as evidências, e por isso é tão importante para eles confundir os significados da palavra “evolução” como forma de manter a ilusão.

Advertisement

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia, Ciência and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

70 Responses to O que é a evolução?

  1. Ska says:

    “há” – Olha a ortografia pá!

    “partir da matéria morta” ou a partir de matéria não-viva/inorgânica? é que parecendo que não, são coisas muito diferentes

    Like

  2. Joaquim Coelho says:

    A base da teoria da evolução é simples. E não serás tu que dizes o que ela é, pois tem uma definição.
    Para a ciência é apenas isto: Um conjunto de modificações graduais nos genes que altera a composição de uma população. A acumulação de alterações pode originar novas espécies.

    A evolução actua sobre populações e não indivíduos.

    O seu funcionamento é simples:

    1. Temos uma população homogénea de indivíduos tipo A

    2. Nessa população nasce um individuo com uma mutação (B). Daqui pode suceder:

    a) A mutação beneficia o individuo B sendo então provável que tenha sucesso reprodutor e descendentes.

    (Por exemplo: uma gazela nasce com capacidade para correr mais (B). Tem mais hipóteses de escapar aos predadores e logo de procriar. Os seus filhos serão mais rápidos, e aplica-se a eles o mesmo critério. Como as gazelas mais lentas (A) são mais susceptíveis de ser apanhadas pelos predadores tornam-se menos numerosas. Ao longo de centenas e milhares de anos, o tipo A diminui o seu número até eventualmente desaparecerem)

    Com o tempo os indivíduos tipo B (que possuem a vantagem) prevalecem sobre os A, podendo então acontecer duas coisas:
    i) os indivíduos A acabam por desaparecer (exemplo da gazela)
    ii) os indivíduos A encontram um nicho ecológico apropriado e continuam (exemplo: um grupo de gazelas A migra para um local sem predadores ou predadores mais lentos)

    b) A mutação não beneficia nem prejudica. Não há razão para que B tenha sucesso, pelo que sendo um é provável que essa mutação desapareça na população com o tempo. (exemplo: Sendo a gazela B um único individuo as hipóteses de os seus descendentes se sobreporem aos de milhares de outras gazelas é muito baixa. Além disso cruzar-se-iam com gazelas A baixando ainda mais a hipótese de sucesso)

    c) A mutação é prejudicial. A possibilidade de esse individuo B transmitir os seus genes é baixa. E de eles continuarem a propagar-se na população é nula. A mutação não provoca qualquer efeito sobre a população A. (Exemplo: a gazela B nasce mais lenta. Os predadores terão mais facilidade de a apanhar. Assim é muito pouco provável que a gazela chega a procriar. Mas mesmo que com muita sorte o consiga, os seus filhos serão mais lentos e aplica-se o mesmo raciocínio. E a sorte não é constante 🙂

    Like

  3. Mats says:

    Joaquim
    Que definição tão vaga e tão “useless” ~em termso científicos.
    Sim, variações genéticas acontecem. E depois?

    A base da teoria da evolução é simples. E não serás tu que dizes o que ela é, pois tem uma definição.

    Se é tão “simples” porquée é que há tantas definições dela?

    Para a ciência é apenas isto:

    Correcção: para os evolucionistas, e não para a “ciência”.

    Um conjunto de modificações graduais nos genes que altera a composição de uma população.

    Ou, por outras palavras, os filhos serão diferentes dos pais (ou não!).

    A acumulação de alterações pode originar novas espécies.

    “Pode” mas também não pode. O que interessa é que se acontecer, é evolução, mas se não acontecer, também é evolução!

    Obrigado mais uma vez por mostrares a natureza não científica da teoria da evolução. Ninguém serve melhor a causa cristã que um crente evolucionista. 😀

    Like

  4. Joaquim Coelho says:

    “Pode” mas também não pode. O que interessa é que se acontecer, é evolução, mas se não acontecer, também é evolução!

    isto é uma parvoice Mats, aliás tu és especialista em dizer parvoices 🙂

    A evolução aplica-se ao conjunto da vida biológica e significa apenas que existiu um aumento de complexidade desde o surgimento da vida até.
    Este aumento não tem de ser constante e linear.
    Não significa que todos os individuos tem de evoluir .
    A evolução é um conceito que se aplica a milhões de anos e não a uma ou duas gerações.

    Mas tu mestrado em demagogia teimas em fazer piruetas.
    Podes continuar que não convences ninguém.
    Há um comentador religioso no Ktreta que diz que tu, o Sabino e o Jonatas provocam mais estragos à religião que todos os ateus do blogo juntos.
    Começo a acreditar que sim. Com tanta parvoice que dizem as pessoas fácilmente vêm que estão a ser manipuladas.

    Álias os evangélicos criacionistas são a prova provada de que até existem individuos que, não só ficam na mesma, como regridem :-)´

    Like

  5. alogicadosabino says:

    Gostei Ska,

    ““partir da matéria morta” ou a partir de matéria não-viva/inorgânica? é que parecendo que não, são coisas muito diferentes”.

    Dizer a mesma coisa de diferentes maneiras.
    _________________________________________________

    O Joaquim confirma aquilo que os criacionistas estão sempre a dizer… para o evolucionista, a evolução é tudo aquilo que acontece no mundo biológico.

    “Para a ciência é apenas isto: Um conjunto de modificações graduais nos genes que altera a composição de uma população. A acumulação de alterações pode originar novas espécies.”

    Reparem que ninguém contesta a 1ª frase, já que é aquilo que se observa todos os dias. Já a 2ª, o Joaquim tem 1º de dizer aquilo que entende por “espécie”. Para o Joaquim, uma borboleta com bolinhas rosas a dar à luz uma borboleta com quadradinhos amarelos é uma nova espécie e prova de evolução de esponjas para seres humanos.

    Notem que o Joaquim diz também que “Álias os evangélicos criacionistas são a prova provada de que até existem individuos que, não só ficam na mesma, como regridem :-)´”… no entanto, foi graças a esses evangélicos criacionistas retrógrados que a verdadeira ciência evoluiu, no passado.

    Like

  6. PR says:

    «Começo a acreditar que sim. Com tanta parvoice que dizem as pessoas fácilmente vêm que estão a ser manipuladas.»

    Joaquim, penso que a consequência mais nítida foi que a malta deixou de debater com eles. Eu praticamente já não tento argumentar; rio-me e, quando acho oportuno, ironizo. No Que Treta, o Ludwig também já não responde ao Jónatas.

    Like

  7. PR says:

    «no entanto, foi graças a esses evangélicos criacionistas retrógrados que a verdadeira ciência evoluiu, no passado»

    Ehehe

    Like

  8. Ska says:

    Hm… Portanto na lógica do sabino, teres vida a partir de um calhau, ou de um corpo falecido é a mesma coisa?

    “morta” assume que já esteve viva. “não-viva” não.

    Like

  9. Mats says:

    Joaquim

    A evolução aplica-se ao conjunto da vida biológica e significa apenas que existiu um aumento de complexidade desde o surgimento da vida até.

    Muito bem. Mas se houver um decréscimo de complexidade também é evolução, certo? Afinal, o que não falta em blogs darwinistas são exemplos perda de complexidade como eventos “evolutivos”. Repara no clássico exemplo da resistência antibiótica, a qual nós sabemos ser informacionalmente o contrário daquilo que é necessário para a evolução.

    Este aumento não tem de ser constante e linear.

    Exacto. Pode ser também um “aumento” negativo. 😉

    Não significa que todos os individuos tem de evoluir .

    Mas se todos indivíduos evoluirem, também não há problema nenhum. A evolução aceita tudo e todos.

    A evolução é um conceito que se aplica a milhões de anos e não a uma ou duas gerações.

    Excepto quando se aplica a casos em que a evolução é “observada” .
    “Usually only laboratory scientists studying quickly reproducing life forms, like single-celled creatures and some invertebrates, have the opportunity to see evolutionary change happen before their eyes. All of us can and do experience the indirect effects of evolution nearly every day, however.” http://www.pbs.org/wgbh/evolution/library/faq/cat06.html#Q02

    Por outras palavras, a evolução ocorre em milhões de anos, excepto quando não ocorre no espaço de milhões de anos.

    Há um comentador religioso no Ktreta que diz que tu, o Sabino e o Jonatas provocam mais estragos à religião que todos os ateus do blogo juntos.

    Aidna bem, uma vez que “religiões” são uma perda de tempo. O nosso propósito não é defender “religiões” mas sim mostrar que a Bíblia é a Verdade em todos os aspectos a que Ela alude.
    Se os “religiosos” se sentem ofendidos com o que Deus diz, o problema não é nosso.

    Like

  10. Mats says:

    Pedro Romano,

    Joaquim, penso que a consequência mais nítida foi que a malta deixou de debater com eles. Eu praticamente já não tento argumentar; rio-me e, quando acho oportuno, ironizo. No Que Treta, o Ludwig também já não responde ao Jónatas.

    Se tivesses estado no debate em oeiras haverias de vêr porquê. 😉

    Like

  11. Joaquim Coelho says:

    no entanto, foi graças a esses evangélicos criacionistas retrógrados que a verdadeira ciência evoluiu, no passado

    eh eh eh eh eh ehe

    Like

  12. Mats says:

    “Foi graças a esses evangélicos criacionistas retrógrados que a verdadeira ciência evoluiu”

    * Só se levares em conta a História e os factos.

    * Este também fala disso.

    * Já agora lê este.

    Like

  13. Joaquim Coelho says:

    Duas coisas:

    1. Não confundas cristianismo com evangélicos criacionistas.

    2. Os tempos não são comparáveis. Século XX e XXI : cientistas evangélicos criacionistas que tenham revolucionado a ciência ?

    Como é óbvio de 340 DC a 1800 DC a esmagadora maioria eram crentes.
    A ciência era diferente e os que possuiam mais conheciemntos eram quase sempre clérigos ou abastados filhos de beatos.
    Até porque quem não fosse cristão era rejeitado, banido ou mesmo morto
    (durante muito tempo).

    Aquilo que afirmas de os cristãos terem tido influencia na ciência moderna, sendo verdade, não deixa de ser uma verdadeira falácia e sem qualquer significado.

    Like

  14. alogicadosabino says:

    “Não confundas cristianismo com evangélicos criacionistas.”

    Isso é um falso dilema… a distinção entre “cristianismo” e “criacionismo” não existia no tempo de Newton e é uma invenção relativamente moderna.

    “Os tempos não são comparáveis. Século XX e XXI : cientistas evangélicos criacionistas que tenham revolucionado a ciência ?”

    Isto é outro falso dilema… o CMI tem uma parte onde apresenta cientistas criacionistas que deram contributos em diversas áreas e não acreditam na evolução. Aquilo que tu estás a dizer é que o avanço tecnologico, hoje, se deve ao facto de os cientistas acreditarem, maioritariamente, na evolução. Treta.

    “Como é óbvio de 340 DC a 1800 DC a esmagadora maioria eram crentes.
    A ciência era diferente e os que possuiam mais conheciemntos eram quase sempre clérigos ou abastados filhos de beatos.”

    Dizer que X cientista era crente porque Darwin ainda não tinha apresentado a teoria da evolução (é o que deduzo do “A ciência era diferente”) não passa de pura especulação.

    E ainda tens de explicar por que é que os cientistas que viveram depois de “A Origem das Espécies” continuaram a acreditar em Deus (ex: Pasteur). Na verdade, os principais opositores da teoria de Darwin eram cientistas.

    Like

  15. pedro romano says:

    LOL

    Nem na lógica. Hoje, até eu respondo.

    «Isso é um falso dilema… a distinção entre “cristianismo” e “criacionismo” não existia no tempo de Newton e é uma invenção relativamente moderna.»

    Sim. Na altura não havia evangélicos. Havia cristãos. Não foram os cientistas evangélicos a fazerem grandes descobertas, foram os cristãos. O que de resto é natural porque, como explica o Joaquim, a maioria das pessoas naquela altura era cristã. É como dizeres que durante os séculos V, IV e III A.C. todo o desenvolvimento intelectual do ocidente foi resultado dos politeístas gregos. Como eram todos politeístas, é natural que assim fosse.

    «Aquilo que tu estás a dizer é que o avanço tecnologico, hoje, se deve ao facto de os cientistas acreditarem, maioritariamente, na evolução. Treta.»

    Não, penso que o que ele diz é que o avanço tecnológico não se deve ao criacionismo nem ao criacionismo evangélico, mais especificamente. Quanto ao facto de a evolução ser ou não ser importante, bom, é seguramente importante nalguns ramos da biotecnologia, por exemplo. E antes de gritares treta talvez valha a pena falares com alguns tipos da área, que seguramente perceberão mais da coisa que tu.

    «E ainda tens de explicar por que é que os cientistas que viveram depois de “A Origem das Espécies” continuaram a acreditar em Deus (ex: Pasteur). Na verdade, os principais opositores da teoria de Darwin eram cientistas.»

    Grande lógica. E hoje os seus principais defensores também são cientistas. Brilhante.

    Like

  16. Joaquim Coelho says:

    Só uma pequena observação. No comentário que o Sabino referiu eu nem mencionei nem pensei na evolução mas apenas na ciência.

    Não sei onde foi o Sabino retirar a evolução da cartola 🙂

    Like

  17. alogicadosabino says:

    Vocês bem tentam desvalorizar o facto de os varios ramos da ciencia moderna terem sido fundados por cristãos… mas essa é a realidade!

    Não só o facto de serem cristãos, mas o facto de precisamente por acreditarem que o universo era obra de uma mente racional que era possível estudá-lo e entendê-lo.

    “Grande lógica. E hoje os seus principais defensores também são cientistas. Brilhante.”

    Isto vem de um contexto, como é obvio.

    Like

  18. Beowulf says:

    “Não só o facto de serem cristãos, mas o facto de precisamente por acreditarem que o universo era obra de uma mente racional que era possível estudá-lo e entendê-lo.”

    Pois, talvez por isso Newton estivesse errado, e talvez por isso Nohr estivesse errado, e talvez por isso Einstein estivesse errado. O problema Sabino é que tu não é ignorante só em Biologia,mas também em Física.Na verdade,o Universo é bem mais desordenado e caótico do que esses cristãos queriam que fosse!

    Like

  19. PR says:

    «Vocês bem tentam desvalorizar o facto de os varios ramos da ciencia moderna terem sido fundados por cristãos… mas essa é a realidade!»

    Não é desvalorizar. É constatar que há uma óptima razão para isso acontecer: uma vez que a maioria das pessoas era cristã, é natural que a maior parte das descobertas científicas fossem cristãs. Claro que não estou à espera de compreensão dessa parte; quem quer bater com a cabeça na parede vai bater dê por onde der…

    Like

  20. Mats says:

    Joaquim

    Duas coisas:
    1. Não confundas cristianismo com evangélicos criacionistas.

    Eu “confundo” isso do mesmo modo que tu confundes “cientistas” com “evolucionistas”. Quando passares a usar apenas e só “evolcionistas” e não “cientistas”, eu considero usar apenas e só “criacionistas” e não cristãos.
    Além disso, desde quando e que os ateus decidem quem é o verdadeiro cristão e quem não é?!

    2. Os tempos não são comparáveis. Século XX e XXI : cientistas evangélicos criacionistas que tenham revolucionado a ciência ?

    Basta um ou queres mais do que um?
    Além disso isso é um falso dilema. O Sabino disse que na génese da ciência moderna estão cristãos que tinham a mesma visão da criação que os contemporaneamente chamados de evangélicos têm. Portanto, o que ele disse está certo. Tu, sabendo disso, mudaste a conversa para APENAS o séc XX e o séc XXI. Mesmo que durante esse período não tenha havido contribuição maçiça de cristãos evangélicos, isso não invalida o que ele disse anteriormente. Mas obrigado por tentares mudar o assunto mais uma vez.

    Como é óbvio de 340 DC a 1800 DC a esmagadora maioria eram crentes.
    A ciência era diferente e os que possuiam mais conheciemntos eram quase sempre clérigos ou abastados filhos de beatos.

    Então concordas com o Sabino quando ele diz que os cientistas que revolucionaram a ciência no passado eram criacionsitas cristãos?

    Até porque quem não fosse cristão era rejeitado, banido ou mesmo morto
    (durante muito tempo).

    HOje em dia é o contrário.

    Aquilo que afirmas de os cristãos terem tido influencia na ciência moderna, sendo
    verdade, não deixa de ser uma verdadeira falácia e sem qualquer significado.

    Tem significado dentro do contexto em que foi dito. O facto histórico de que os fundadores da ciência moderna terem uma visão da criação idêntica a dos modernos criacionistas é uma evidência forte que não há conflito nenhum com a ciência e o criacionismo Bíblico.

    Like

  21. Mats says:

    Este distinção entre “cistãos” e “criacionistas” é uma velha táctca darwinista de dividir e conquistar. Curiosamente, eles nunca usam esse tipo de lógica quando se qualificam a si mesmos. Quando falam deles mesmos é quase sempre “os cientistas” e “a ciência”, e nunca “os evolucionistas” e/ou “a evolução”.

    Se vocês reservam i direito de se classificarem como querem, então muito mais nós, uma vez que o que nós acreditamos está de acordo com a Bíblia e com aquilo qu os cristãos sempre acreditaram.

    Boa tentativa, mas não é sustentável.

    Like

  22. Mats says:

    Pedro,

    É constatar que há uma óptima razão para isso acontecer: uma vez que a maioria das pessoas era cristã, é natural que a maior parte das descobertas científicas fossem cristãs.

    Mas….. e se as descobertas científicas forem consequência da sua visão do mundo?
    Vários investigadores já reportaram exactamente isso.

    Like

  23. Ska says:

    “Vários investigadores já reportaram ”
    “há provas de”
    “há relatos”

    Gosto deste tipo de conversa. Directo, específico. E fiável

    Like

  24. PR says:

    «Mas….. e se as descobertas científicas forem consequência da sua visão do mundo? Vários investigadores já reportaram exactamente isso.»

    Ó Mats, sinceramente. Nem sei por que é que ainda respondo.

    Like

  25. Mats says:

    Bem, eu não gosto de estar a dizer as mesmas coisas vezes e vezes sem conta, e como tal vou apenas referir-vos a estes artigos:

    1. A Aliança Histórica Entre a Ciência e o Cristianismo
    2. Cristianismo e a Ciência
    3. Cristianismo e Ciência – 1
    4. Dados e Naturalismo

    Like

  26. Joaquim Coelho says:

    Mats

    Basta um ou queres mais do que um?

    Sim Mats, basta um por cento da comunidade cientifica, ou mesmo 0,1 % dos Nobeis

    Além disso, desde quando e que os ateus decidem quem é o verdadeiro cristão e quem não é?!

    Eu estou-me nas tintas para isso.

    Não tenho nada contra cristãos, irrota-me a estupidez fanática dos criacionistas da terra jovem. Só isso

    Então concordas com o Sabino quando ele diz que os cientistas que revolucionaram a ciência no passado eram criacionsitas cristãos?

    Não, por que na altura não havia o que eu considero criacionistas.
    Os criacionistas de hoje negam a ciência.
    Nesses tempos desconheciam qualquer alternativa e a datação radiométrica 🙂

    Portanto foram cristãos os responsáveis pela evolução ciência no mundo cristãos, da mesma forma que foram franceses os responsáveis pela evolução da ciência francesa. (priniciplamente e não em excluisovo nas duas partes)

    HOje em dia é o contrário.

    Tás parvo Mats ?

    No mundo Ocidental quantos cristãos são mortos e perseguidos por serem cristãos ?
    Trata-te mats 🙂

    Like

  27. Mats says:

    Joaquim,

    Basta um ou queres mais do que um?

    Sim Mats, basta um por cento da comunidade cientifica, ou mesmo 0,1 % dos Nobeis

    E se fôr um cientista criacionista cuja descoberta tem salvo imensas vidas desde então?

    Além disso, desde quando e que os ateus decidem quem é o verdadeiro cristão e quem não é?!

    Eu estou-me nas tintas para isso.

    Não tenho nada contra cristãos, irrota-me a estupidez fanática dos criacionistas da terra jovem. Só isso

    Se por ” estupidez fanática criacionista” tu queres dizer “aqueles que acreditam que Deus falou a Verdade em Génesis 1-11”, então eu entendo.

    Então concordas com o Sabino quando ele diz que os cientistas que revolucionaram a ciência no passado eram criacionsitas cristãos?

    Não, por que na altura não havia o que eu considero criacionistas.

    Ah,então é o que tu consideras como criacionistas. O problema é que o que tu consideras criacionista pode (ou não) ser a verdade.
    Além disso, os criacionistas apenas dizem que Deus criou o mundo em 6 dias, e que houve um dilúvio global, ta como relatado no Livro do Génesis. Isaac Newton, criacionista da Terra Jovem, já existia na altura. 🙂

    Os criacionistas de hoje negam a ciência.

    A ciência ou o evolucionismo?

    Nesses tempos desconheciam qualquer alternativa e a datação radiométrica

    Graças a Deus!
    Curiosamente, a falta de conhecimento dessa “alternativa” e da “datação”/adivinhação radiométrica não impediu esses criacionistas de serem os fundadores da ciência moderna. Isso só mostra o como essa “alternativa” é irrelevante para a ciência. Ah, e nem me ponhas a falar da fiabilidade dos métodos de adivinhação darwinistas.

    Portanto foram cristãos os responsáveis pela evolução ciência no mundo cristãos, da mesma forma que foram franceses os responsáveis pela evolução da ciência francesa. (priniciplamente e não em excluisovo nas duas partes)

    Felizmente, os historiadores já têm demonstrado que os avanços científicos da altura se devem precisamente a visão do mundo cristã presente na europa.

    HOje em dia é o contrário.

    Tás parvo Mats ?

    No mundo Ocidental quantos cristãos são mortos e perseguidos por serem cristãos ? Trata-te mats.

    Tentaste limitar o campo de escolha para “no mundo ocidental” porque sabes bem como os muçulmanos tratam os cristãos.

    Mas não faltam de casos onde pessoas são perseguidas precisamente por serem cristãs.

    http://www.debbieschlussel.com/archives/2008/11/when_will_gay_t.html

    Se quiseres mais exemplos, é só pedir.

    Like

  28. Joaquim Coelho says:

    E se fôr um cientista criacionista cuja descoberta tem salvo imensas vidas desde então?

    Eu conheço.

    Eu não questiono a capacidade profissional e desempenho de criacionistas.
    Questiono é quando colocam a religião acima da investigação.

    Por isso em areas ou assuntos que não conflituem com a religião eles são iguais aos outros e procedem da mesma forma.
    Só quando chocam com a biblia é que esperneiam.

    De qualquer forma o número de cientistas e intelectuais criacionistas é minimo e irrisório comparado com outras perpectivas.

    Para variar o resto é a treta habitual sem qualquer sentido.

    Só uma nota, quanto aos mortos cristãos. Já te conheço e sei que virias com a treta dos muçulcmaos.
    Mas aquilo que escrevi e tu entendeste, aplicava-se apenas ao mundo cristão ocidental, “ORIGEM” da ciência.
    Mas deixa-me lert-te o que lá está escrito que tu não entendes:
    Ninguém atacaou a igreja por serem cristãos, mas por terem apoiado uma decisão politica. Se não o tivessem feito não seriam atacados.
    Nota: como é obvio discordo e reprovo de todas as formas o comportamento daqueles grupos.

    O link é uma treta e o que dizes também. Há muitas mais pessoas perseguidas por não concordarem com as tretas cristãs: pessoas que trabalham em clinicas de abortos, homosexuais, etc.

    Like

  29. alogicadosabino says:

    Beowulf,

    “Na verdade,o Universo é bem mais desordenado e caótico do que esses cristãos queriam que fosse!”

    É desordenado? Então diz-me de onde vieram as leis que regem o Universo e por que razão não estão a evoluir (gravidade, inercia, boyle, conservaçao do momento angular, etc?
    ___________________________________________________________

    Joaquim, saca e vê o Expelled e depois diz-me se ainda achas que não há silenciamento de pessoas que se insurjam contra a evolução. O mais crítico é que o documentario so fala de cientistas que acreditam no DI. Até jornalistas são silenciados por publicarem qualquer coisa do DI.

    Like

  30. Beowulf says:

    Quais leis? As leis falhadas de Newton? As imaginações desacreditadas de Einstein? A gravidade Sabino? Que eu saiba, a gravidade não é uma lei? mas tu lá deves saber, já que até trabalhas para a TVCiência!

    Ai o Expelled Sabino. Lá vens tu outra vez! O expelled em que amaioria dos cisntistas “silenciados” já estavam de saída de qq forma!

    Like

  31. Mats says:

    Joaquim,

    Eu não questiono a capacidade profissional e desempenho de criacionistas.
    Questiono é quando colocam a religião acima da investigação.

    Depende do que entendes por “colocar a religião acima da investigação”. Por exemplo, eu acho que é uma perda de tempo os cientistas gastarem uma pipa de massa na investigação sobre a origem da vida. Será isso pôr a religião acima da investigação?

    Quando é que se pode de forma concreta chegar à conclusão que não há nenhuma força natural capaz de gerar a vida por si só? A tua relgião diz-te que deve haver uma força que faça isso. A minha “religião” diz que é uma perda de tempo, uma vez que a vida existe porque Deus quis que ela existisse.

    Por isso em areas ou assuntos que não conflituem com a religião eles são iguais aos outros e procedem da mesma forma.

    Tradução: “em áreas onde as crenças pessoas não têm influência (ciência operacional) os criacionistas são tão bons cientistas como outro qualquer.”

    Só quando chocam com a biblia é que esperneiam.

    Tradução: “Só quando a Palavra de Deus choca com o naturalismo é que os criacionistas divergem com os evolucionistas.”

    De qualquer forma o número de cientistas e intelectuais criacionistas é minimo e irrisório comparado com outras perpectivas.

    E depois? Desde quando é que a veracidade de uma teoria é medida pelo número de pessoas que acreditam nela?

    Só uma nota, quanto aos mortos cristãos. Já te conheço e sei que virias com a treta dos muçulcmaos. Mas aquilo que escrevi e tu entendeste, aplicava-se apenas ao mundo cristão ocidental, “ORIGEM” da ciência.

    Tu duvidas que haja cristãos que são mortos no mundo ocidental precisamente por serem cristãos?

    Mas deixa-me lert-te o que lá está escrito que tu não entendes:
    Ninguém atacaou a igreja por serem cristãos, mas por terem apoiado uma decisão politica. Se não o tivessem feito não seriam atacados.

    Mas como é que os homosexuais sabem que aquela igreja específica votou contra o casamento gay? Eles não sabem. Eles apenas atacam os cristãos porque os cristãos, na sua esmagadora marioria, votaram contra essa abominação.
    Portanto, os homosexuais atacaram os cristãos por serem cristãos.
    DO mesmo modo, eles estão a atacar as igrejas afro-americanas porque eles votaram 70% contra o casamento gay.
    Mais uma vez, eles atacam cristãos.

    O link é uma treta e o que dizes também. Há muitas mais pessoas perseguidas por não concordarem com as tretas cristãs: pessoas que trabalham em clinicas de abortos, homosexuais, etc.

    Mesmo que isso seja verdade, não invalida que haja cristãos que estejam a ser atacados precisamente por sertem cristãos.

    Like

  32. Pedro says:

    Quer uma prova da teoria da evolução? Fácil, fácil. Pegue um organismo vivo, acompanhe-o durante 44.000 gerações e depois veja se o organismo evoluiu em resposta a algum evento aleatório, não previsível.

    Ainda não vai ser o bastante, porque, para conseguir publicar seu trabalho, como boa prática científica, o experimento terá que ser repetido para ver se a alteração observada no organismo também não foi obra do acaso.Pois é, parece impossível de se fazer…

    Mas não é. E o grupo de pesquisadores do laboratório do Dr. Richard Lenski, da Universidade do Estado de Michigan, nos Estados Unidos, fez isso. Eles acabam de publicar um artigo histórico no PNAS que descreve exatamente como foi feita a pesquisa.

    A coisa demorou mesmo: eles levaram 20 anos na pesquisa, trabalhando com a nossa querida Escherichia coli. Eles começaram com 12 populações da bactéria, que se desenvolveram separadamente ao longo de 44.000 gerações.

    Por volta da geração 31.500 as bactérias de uma das populações adquiriram a capacidade para metabolizar citrato, um nutriente que está presente em seu meio de cultura mas que elas não conseguem aproveitar. A capacidade de metabolizar citratos é a principal técnica que os cientistas usam para distinguir a E. coli de outras bactérias.

    As X-bactérias mutantes se proliferaram rapidamente dentro de sua população.

    Ao longo da experiência, o Dr. Lenski e sua turma guardaram no freezer amostras das populações a cada 500 gerações, o que permitiu que eles repetissem o experimento.

    Demonstrando que o efeito não foi resultado de alguma inversão cromossômica rara, o surgimento das E. coli Cit+ (capazes de metabolizar citrato) só acontece na população específica onde elas surgiram originalmente e quando o repeteco da experiência começa a partir da geração 20.000. Uma prova de que a mutação genética foi resultado de uma série de alterações, cujo elemento-chave ocorreu por volta da geração 20.000. O que exatamente é esse elemento-chave os pesquisadores ainda não sabem, mas pretendem descobrir a seguir.

    Ou seja, os criacionistas foram mais uma vez derrotados.

    Like

  33. Joaquim Coelho says:

    Tu duvidas que haja cristãos que são mortos no mundo ocidental precisamente por serem cristãos?

    Sim Mats, dúvido em absoluto.
    Não sei que coelho vais tirar da cartola.pois senão não fazias a pergunta. 🙂

    Há mas o 11 de setembro não vale.

    Mortos no Ocidente, por Ocidentais que acreditam no ocidente e apenas pelo facto do outro ser cristão.
    Pode ser Mats, é que normalmente os teus coelhos saem gafanhotos, uma questão de evoluçaõ 🙂

    Like

  34. Joaquim Coelho says:

    Mesmo que isso seja verdade, não invalida que haja cristãos que estejam a ser atacados precisamente por sertem cristãos

    Mais uma repitção de mentiras a ver se pega.

    Essas igrejas manifestaram-se publicamente em defesa da proibição.
    As igrejas foram atacadas por isso (totalmente condenavel, é certo) e não por serem cristãs.
    As igrejas ditas “progressitas”, a anglicana americana que apoia o casamento entre gays, as católicas moderadas não foram atacadas (pelo menos é o que diz o link), o que demonstra que o alvo foi a opinião contra o casamento e não o facto de serem cristãos.
    Não há outra interpretação. Foram atacadas naquele momento, quanto estava em causa uma lei e por um motivo concreto, não a religião.

    Like

  35. Mats says:

    JOaquim,

    Tu duvidas que haja cristãos que são mortos no mundo ocidental precisamente por serem cristãos?
    Sim Mats, dúvido em absoluto.
    Não sei que coelho vais tirar da cartola.pois senão não fazias a pergunta. 🙂
    Há mas o 11 de setembro não vale.
    Mortos no Ocidente, por Ocidentais que acreditam no ocidente e apenas pelo facto do outro ser cristão.

    Alguma preferênciua na côr do cabelo? Já agora o assassino tem que se chamar “john” e ser canhoto, certo?
    Amigo, tu não podes reservar para ti como é que os cristãos são mortos. Já é uma coisa ilógica limitar o campo de escolha para Ocidente.
    Os cristãos, presentemente, são a minoria mais perseguida do planeta.

    Mesmo que isso seja verdade, não invalida que haja cristãos que estejam a ser atacados precisamente por sertem cristãos

    Mais uma repitção de mentiras a ver se pega.
    Essas igrejas manifestaram-se publicamente em defesa da proibição.
    As igrejas foram atacadas por isso (totalmente condenavel, é certo) e não por serem cristãs.

    Como é que os homosexuais sabem que essas igrejas específicas votaram contra o casamento gay? Além disso, como é que eles sabem que tODA a gente dessa igreja votou contra o “casamento” gay? Eles não sabem. O que eles sabem é que as igrejas têm cristãos, e os cristãos são maus, e como tal é legítimo atacar igrtejas.

    Eles atacaram as igrejas porque nas igrejas estão cristãos. Eles também estão a atacar afro-americanos. Como é que eles sabem como é que um afro-americano votou? Não sabem!

    As igrejas ditas “progressitas”, a anglicana americana que apoia o casamento entre gays, as católicas moderadas não foram atacadas (pelo menos é o que diz o link),

    Onde é que diz isso?

    o que demonstra que o alvo foi a opinião contra o casamento e não o facto de serem cristãos.

    Mas eles não sabem quais foram as pessoas específicas que votaram contra o “casamento” gay. Eles apenas sabem que as igrejas têm cristãos.

    Não há outra interpretação. Foram atacadas naquele momento, quanto estava em causa uma lei e por um motivo concreto, não a religião.

    1. http://www.worldnetdaily.com/index.php?pageId=68060

    2. “In October of 2001, a 69 year old street preacher named Harry Hammond from Bournemouth, England was subjected to assault by a angry crowd of 40 people while he proclaimed his Christian views in the town center which included a call to repentance in respect to homosexuality.[1] Mr. Hammond suffered from a type of autism making speaking with others difficult for him.[1] Mr. Hammond was holding a sign bearing the words, “Jesus Gives Peace, Jesus is Alive, Stop Immorality, Stop Homosexuality, Stop Lesbianism, Jesus is Lord”.[1]”

    3. “Dr. Chuck McIlhenny’s book When the Wicked Seize a City recounts how his church and home were terrorized by homosexual activists in San Francisco. Dr. Chuck McIlhenny church and home were firebombed and he received harassing calls from homosexual activists.”

    4. http://www.conservapedia.com/Homosexuality_and_Religious_Liberty#_note-hammond

    Conclusão
    Os homosexuais estão em guerra contra os cristãos. Bem, na verdade é contra Deus, e contre eles mesmos.

    Like

  36. Joaquim Coelho says:

    Alguma preferênciua na côr do cabelo? Já agora o assassino tem que se chamar “john” e ser canhoto, certo

    Não Mats, basta que não fuja daquilo que estamos a falar: que na sociedade ocidental existem ocidentais a matar cristãos por motivos religiosos. Só isso.

    Como é que os homosexuais sabem que essas igrejas específicas votaram contra o casamento gay? Além disso, como é que eles sabem que tODA a gente dessa igreja votou contra o “casamento” gay? Eles não sabem. O que eles sabem é que as igrejas têm cristãos, e os cristãos são maus, e como tal é legítimo atacar igrtejas.

    A conclusão que tiras é uma parvoice, mas já é habitual.
    Os lideres das igrejas manifestaram-se publicamente contra e disseram trinat por uma linha. Até na nissa televisão isso deu.
    Depois os ataques foram feitos com os metodos de guerrilha: atacando as instituições sem pensar nas pessoas. Eles estavam a atacar uma instituição que tinha tomado uma posição e não as pessoas em si.
    Realço mais uma vez que a atitude desses grupos que não representam um todo é totalmente inadmissivel num estado de direito e democráttico como os USA. Há outras formas de lutar pelas ideias que não a violência.~
    Mas aqui o que interessa foi que ninguém atacou a igreja a por ser cristã mas por tomar posição e defender uma determindada ideia.
    Não foi a religião mas o ideia. Se as igrejas não fossem contra o´casamento esses grupesculos não tinham atacado as igrejas.
    Portanto não tacaram cristãos ou a religião, mas uma ideia. Ponto final.

    Os homosexuais estão em guerra contra os cristãos.- Mais uma interpretação da treta. Estarão em “guerra” contra uma ideia defendidad por cristãos mais “ortodoxos” e da biblia a la letre.
    Mais nada. Não contra os cristãos, até porque grande parte são cristãos.

    Os cristãos, presentemente, são a minoria mais perseguida do planeta
    Deixeia maior estupidez para o fim.

    Os cristãos são uma maioria e não uma minoria.
    Em países que são uma miniroa são atacados da mesma forma que outras minorias.
    Em africa as minorias etnicas são muti mais atacadas que as religiões.
    Os judeus são mais atacados que os cristãos.
    Os sunitas atacam mais xiitas, e vice-versa que cristãos.
    No mundo Ocidental não existem ataques a cristãos por motivos religiosos.
    É totalmente estúpido e falso o que afirmas.

    Aconselho-te a ler alguma coisa sobre as perseguições religiosas nos dias de hoje e as estatisticas de ataques e morotos resultantes de motivos religiosos, depois falamos.

    Mas para mim tão errado está sendo cristão como hindu.
    Apenas me dá razão: a visão extremista da religião leva a actos abomináveis.
    Qualquer que seja a religião.

    Like

  37. Mats says:

    Joaquim,

    Alguma preferênciua na côr do cabelo? Já agora o assassino tem que se chamar “john” e ser canhoto, certo

    Não Mats, basta que não fuja daquilo que estamos a falar: que na sociedade ocidental existem ocidentais a matar cristãos por motivos religiosos. Só isso.

    Mas não foi disso que eu disse originalmente. Eu disse que hoje é o contrário. HOje são os não cristºaos que perseguem, matam, violam e descriminam contra os cristãos. Tu é que limistate apenas e só no mundo ocidental porque sabes que a maior parte da perseguição vem dos muçulmanos. Eu não tenho que operar dentro dos teus likmites, uma vez que não é o que eu disse.

    Repito, hoje em dia os cristãos atacam mais os cristãos do que o contr+ário, até o ponto de morte.

    Como é que os homosexuais sabem que essas igrejas específicas votaram contra o casamento gay? Além disso, como é que eles sabem que tODA a gente dessa igreja votou contra o “casamento” gay? Eles não sabem. O que eles sabem é que as igrejas têm cristãos, e os cristãos são maus, e como tal é legítimo atacar igrtejas.

    A conclusão que tiras é uma parvoice, mas já é habitual.
    Os lideres das igrejas manifestaram-se publicamente contra e disseram trinat por uma linha. Até na nissa televisão isso deu.

    Mas como é que eles sabem que essas igrejas têm líderes que se manifestaram contra o “casamento” gay? Repito, eles não sabem! O que eles
    sabem é que na igreja estão cristãos, e os cristãos são um alvo fácil.

    Depois os ataques foram feitos com os metodos de guerrilha: atacando as instituições sem pensar nas pessoas.

    Que coisa tão ilógica. Eles só atacaram as instituições porque sabiam que havia cristãos lá dentro.

    Eles estavam a atacar uma instituição que tinha tomado uma posição e não as pessoas em si.

    Então porque é que atacam cristãos fisicamente no meio da rua? Era a instituição ou era a pessoa por ser cristã?

    Mas aqui o que interessa foi que ninguém atacou a igreja a por ser cristã mas por tomar posição e defender uma determindada ideia.

    Totalmente ilógico. Por mais de uma vez eles já se manifestyaram o seu ódio aos cristãos.

    Não foi a religião mas o ideia. Se as igrejas não fossem contra o´casamento esses grupesculos não tinham atacado as igrejas.

    Se eles não fossem cristãos talvez não fossem contra o casamento gay. Como os homosexuais sabiam que eles eram cristãos, então as hipóteses de serem contra essa abominaçãoa eram maiores, e como tal eles atacaram.

    Portanto não tacaram cristãos ou a religião, mas uma ideia. Ponto final.

    Atacaram cristãos por sertem cristãos, mesmo chegando aoponto de fazê-lo nas estradas e em demonstrações.

    Os homosexuais estão em guerra contra os cristãos.-
    Mais uma interpretação da treta. Estarão em “guerra” contra uma ideia defendidda por cristãos mais “ortodoxos” e da biblia a la letre.

    Ideia essa que é defendida pela esmagadora maioria dos cristãos, tal como eles bem sabem.

    Mais nada. Não contra os cristãos, até porque grande parte são cristãos.

    Lê os links que dei em cima da guerra que eles estão a fazer ao Cristianismo.

    Os cristãos, presentemente, são a minoria mais perseguida do planeta

    Deixeia maior estupidez para o fim.
    Os cristãos são uma maioria e não uma minoria.

    Os cristãos são uma maioria onde? Talvez só nos Estados Unidos e pouco mais. Em todo o mundo, os cristãos são perseguidos, especialmente em países ateus comunistas (CHina) e paises muçulmanos.

    http://www.persecution.com/

    Em países que são uma miniroa são atacados da mesma forma que outras minorias.

    O problema é que as minorias das outras fés não estão tão dispersas como os cristãos. Quantos hindus há no Iraque? Quantos Budistas há no Egipto?

    Em africa as minorias etnicas são muti mais atacadas que as religiões.

    Quantos Tutsi são atacados na África do Sul? Quandos Ruandenses são atacaods na Nigéria? Tu podes encontrar minorias distintas em muitos países, mas muito poucas estão em tantos sítios como os Cristãos.

    Os judeus são mais atacados que os cristãos.

    Quantos Judeus há na Arabia Saudita? E No Egipto? E No Irão? E na Nigéria? E na India? Em todos esses países há cristãos, e em todos eles nós somos perseguidos. Como tal, é fácil dizer-se que os cristãos são a minoria mais atacada presentemente.

    Os sunitas atacam mais xiitas, e vice-versa que cristãos.

    Isso não invalida que também ataquem cristãos.

    No mundo Ocidental não existem ataques a cristãos por motivos religiosos.
    É totalmente estúpido e falso o que afirmas.

    Pelos vistos a realidade passou-te ao lado. Lê alguma coisa sobre a ACLU e aprende algumas coisas. Lê os artigos que pus em cima, e deixa de rejeitar as evidências.
    Eu sei que como ateu foste programado a pensar que os cristãos é que são os mauzinhos e os outros são todos anjinhos, mas a realidadee é bem diferente.
    Vê os artigos dados em cima, e vê quantos mortos há em todo o mundo precisamente por causa do seu cristianismo.

    Aconselho-te a ler alguma coisa sobre as perseguições religiosas nos dias de hoje e as estatisticas de ataques e morotos resultantes de motivos religiosos, depois falamos.

    Tendo em conta que tu deliberadamente limitas-te o campo de escolha só no mundo ocidental, totalmente oblívio dos ataques que os homosexuais, os muçulmanos e muitos outros fazem no Ocidente talvez devêsses seguir o teu próprio conselho, e informares-te mais sobre estes assuntos.

    “Although Christians represent less than 5% of the total Iraqi population, they make up 40% of the refugees now living in nearby countries, according to UNHCR”
    http://en.wikipedia.org/wiki/Persecution_of_Christians#cite_note-14

    Mas para mim tão errado está sendo cristão como hindu. Apenas me dá razão: a visão extremista da religião leva a actos abomináveis.

    Agora só falta definir-se se o muçulmano, o hindu ou o ateu que mata cristãos está a agir de acordo com a sua religião ou se é um “extremista” .

    Like

  38. alogicadosabino says:

    Beowulf, continuo à espera que me digas de onde vêm as leis que regem o Universo e por que razão não estão elas a evoluir também.

    Like

  39. Ska says:

    “Mas como é que eles sabem que essas igrejas têm líderes que se manifestaram contra o “casamento” gay? Repito, eles não sabem! O que eles
    sabem é que na igreja estão cristãos, e os cristãos são um alvo fácil.”

    Duh! Os líderes vieram a público dizer que condenavam esse mesmo casamento! Não é preciso nenhuma teoria da conspiração, nem lobby gay para descobrir isso!

    “Os cristãos, presentemente, são a minoria mais perseguida do planeta”

    É ridículo. Ponto. Até te fica mal dizer isto. Perdes toda a fachada de credibilidade que pudesses ter.

    E a história do “és ateu, foste programado”, é ridícula, também. A verdade, como tu sabes, é que a maior parte dos ateus continuam a ter tido uma educação religiosa. Depois, decidiram pensar pela própria cabeça. Ou deram-lhes liberdade para tal, não os obrigaram a ser mais um carneirinho irracional

    Like

  40. Joaquim Coelho says:

    Mas não foi disso que eu disse originalmente. Eu disse que hoje é o contrário. HOje são os não cristºaos que perseguem, matam, violam e descriminam contra os cristãos. Tu é que limistate apenas e só no mundo ocidental porque sabes que a maior parte da perseguição vem dos muçulmanos. Eu não tenho que operar dentro dos teus likmites, uma vez que não é o que eu disse.

    Isto é falso Mats, também já é normal.
    Estavamos a falar no contexto da ciencia, do Ocidente e das perseguições no Ocidente. Não em muçulmanos.
    Esse é outro debate que podemos falar, e em que concordo parcialmente contigo. Tu é que derivaste a conversa (outra coisa comum em ti) para algo que não tinha nada a ver com o meu comentário.

    Repito, hoje em dia os cristãos atacam mais os cristãos do que o contr+ário, até o ponto de morte.
    Traduz isto que eu não percebo. Se é entre cristãos não vejo o que tenha a ver com os comentários.

    Mas como é que eles sabem que essas igrejas têm líderes que se manifestaram contra o “casamento” gay?
    Porra que as vezes armas-te em bronco 🙂

    Souberam ouvindo, lendo jornais, etc. Como eu sei.
    Consulta os sites desssa igrejas e as declarações dos seus lideres e vê.

    Que coisa tão ilógica. Eles só atacaram as instituições porque sabiam que havia cristãos lá dentro.

    Tonteira. Atacaram os cristãos por estarem em iggrejas que defendiam a posição que sabes.

    Os cristãos são uma maioria onde? Talvez só nos Estados Unidos e pouco mais. Em todo o mundo, os cristãos são perseguidos, especialmente em países ateus comunistas (CHina) e paises muçulmanos.

    Mais parvoices. Tu és mesmo assim ou fazes-te ?
    Ou é a religião que te coloca umas palas nos olhos ?
    Já sabes que quando mete coisas quantificáveis perdes sempre 🙂

    Dados da ONU 2000

    1. Islamismo – 1.200.000.000 milhões/hab
    2. Catolicismo – 1.100.000.000 milhões/hab
    3. Hinduísmo – 900.000.000 milhões/hab
    4. Protestante – 750.000.000 milhões/hab
    5. Budismo – 400.000.000 milhões/hab
    6. Ortodoxos – 280.000.000 milhões/hab
    7. Outras – 1.400.000.000 milhões/hab

    Isto dá um total de 2.130.000.000 cristãos das várias espécies 🙂

    Ou seja quase o dobro da segunda maior religião.
    A isto é que se chama uma grande minoria 🙂 eh eh eh

    O resto é a parvoice e descontextualização do costume.

    O número de cristãos mortos devido à sua religião é irrisório quando comparado por exemplo com os mortos dos massacres no Ruando ou noutro lado.

    Há que condenar fortemente todas as perseguições, incluindo as cristãs.
    Mas vir fazer o choradinho de que os cristãos são a grande vitima do Seculo XXi é uma estupidez sem limites e que nenhuns dados estatisticos no mundo confirma.
    Diz lá quantos cristãos morrem por ano em todo o mundo devido a perseguições religiosas ?

    Aposto que são menos que as mortes por acidentes rodoviários em Portugal.

    Tem juizo mats.

    Like

  41. Joaquim Coelho says:

    mats a resposta deve estar no teu spam, desbloqueia lá isso.

    Like

  42. Beowulf says:

    Sabino,se me disseres que leis são essas até podíamos discutir alguma coisa.Até agora, só me apontaste leis falhadas.Já para não falar que usaste Newton e Einstein (por exemplo) para dizer que foi a crença deles num Deus que permitiu inúmeros avanços. No entanto, a leis que eles enunciaram estão erradas, e o universo não se rege por elas. Ou seja, estás a fugir à questão novamente. Quando confrontado com a realidade da fragilidade das suas próprias crenças, Sabino foge às questões e tenta golpes de vista para enganar os outros. Ma so tempo do Sabino está a acabar, cada vez mais a sua estratégia é posta a nú, e a sua credibilidade baixa consideravelmente.

    Like

  43. alogicadosabino says:

    Nunca me ouviste sequer referir Einstein.

    Como tu te gostas de fazer de burro, eu traduzo: De onde vem a lei da gravitação universal? :]

    De onde veio a inércia? De onde vem a força centrífuga? De onde vem a lei da conservação do momento angular? Por que a Terra gira sobre o seu proprio eixo e orbita o sol, permitindo criar ciclos temporais?

    Anyway, por que certas coisas são constantes, podendo ser traduzidas em equações matemáticas (Lei de Boyle, leis de Newton)?

    Like

  44. Beowulf says:

    É curiosoque continues a referir leis que já foram demonstradas ser falsas,e as pessoas que as enunciaram que claramente estavam errados. Newton estava errado, e alei da gravitação universalestá errada. Não explique porque existe gravidade! É só isso Sabino,mais nada, e isso tu não podes contrariar.

    Like

  45. alogicadosabino says:

    Claro que todas foram provadas erradas… inercia, força centrifuga, gravidade, conservaçao do momento angular… nada disso existe… é tudo fantasia. Newton não estava errado em relação a toda a sua teoria, ateuzinho da tanga. Ainda continuas a explicar a queda de uma maça e o tiro de um canhão pelas equações de newton. Que tentativa desesperada de negar a harmonia do universo.

    Mas é so isso que tens a dizer em relação à sintonia do Universo? Parece-me uma resposta fraquinha. Sabes que há quem não concorde contigo nisso de o Universo ser desordenado.

    Like

  46. Beowulf says:

    Sabino, quando confrontado com a falta de argumentso recorre ao insulto e á injúria. Característico de creacionistas desonestos e fundamentalistas quando perdem um argumento. É curioso notar que o Sabino recorre à queda de uma maçã para explicar a locomoção de todos os corpos celestes em toda a imensidão do universo. É como usar a forma de um pelo da barba de um homem para explicar como são todos os pelos de todos os animais do mundo! Curioso que tb use o tiro do canhão, uma arma já substituída por outras bem mais avnaçadas e que não recorrem a Newton em lado praticamente nenhum. É curioso também que Sabino não perceba que se Newton estava correcto, então porque foi a teoria de Einstein tão importante? Pensará o Sabino que as naves espaciais são enviadas para a Lua, Marte, Saturno e Júpiter, usando as equações de Newton? Se sim é extremamente ingénuo, e acima de tudo, ignorante sobre física. Se não, o facto de as usar demonstra o quão desonesto é.

    O Universo está em sintonia… sim, claro, principalmente quando galáxias chocam umas com as outras, e quando estrelas explodem destruindo todos os planetas à sua volta. Isso é uma sintonia levada da breca!

    É curios que Sabino também confunda fenómenos físicos com as leis que as descrevem. É como dizer que os mapas do viamichelin estão correctos porque existem ruas para mapear. A gravidade existe, e isso já as pessoas sabiam bem antes de Newton, e até animaizinhos simples sabem, pois caso contrário todos eles passariam a vida a cair de precipícios. Agora, leis que descrevam como funciona a gravidade e porque ela existe são outra coisa, e nesse aspecto, Newton errou. Não errou o suficiente para que os instrumentos humanos usados aqui na Terra detectassem o erro (ou o detectassem de forma que importasse muito), mas errou. Aconselho o Sabino a informar-se melhor sobre física e percber um bocadinho melhor porque certas leis mudaram, e porque certos investigadoresmais modernos continuam a investigar coisas como gravidade.

    Like

  47. alogicadosabino says:

    “É curioso também que Sabino não perceba que se Newton estava correcto, então porque foi a teoria de Einstein tão importante?”

    Quoting me: “Newton não estava errado em relação a toda a sua teoria”, o que deixa perceber que estava errados em alguns aspectos.

    “O Universo está em sintonia… sim, claro, principalmente quando galáxias chocam umas com as outras, e quando estrelas explodem destruindo todos os planetas à sua volta. Isso é uma sintonia levada da breca!”

    Tu sentes isso todos os dias na pele :]

    O Beowulf fala, fala, fala… mas ainda não disse de onde veio a gravidade e porque ela não está a evoluir.

    Like

  48. H says:

    Sabino, quando confrontado com a falta de argumentso recorre ao insulto e á injúria. Característico de creacionistas desonestos e fundamentalistas quando perdem um argumento

    Hahahah, gostei dessa.
    É algo como falar: “Pessoas sem argumento recorrem a insultos. Seu [insira prejorativo aqui]!”

    Like

  49. Beowulf says:

    Sabino agora diz que não disse para fugir da humilhação que é, neste momento, idinsfarcável. Diz que disse que Newton não estava errado em toda a sua teoria, mas nunca referiu que teoria é esta. As “teorias” em Newton são equações, e essas equações partiam de um princípio errado, e por isso são inadequadas para explicar a locomoção dos corpos no Universo. Aproveita também para viraro bico ao prego e dizer que afinal a questão sempre foi não se saber de onde vem a evolução, quando na verdade a questão começou por dizer que foi a visão criacionista do mundo que permitiu a grandes desobertas da física. Quando confrontado com o facto de que essas grandes decobertas afinal estão erradas, atrapalha-se,envegonha-se, e diz que não disse. E recorre novamente ao insulto e à injúria. É normal, quando fica sem argumento so lhe resta atacar, qual cachorro ferido que percebe que perdeu uma briga que nuncateve hipóteses de ganhar. No entanto, tenho pena de Sabino e dou um conselho que ele pode aproveitar para aprender e crescer um bocadinho, ou pode ignorar e continuar na sua senda de desonestidade e fundamentalismo. Procure pelo príncipio das propriedades emergentes e talvez tenha alguma luz sobre as questões que coloca. Leia também um pouco mais sobre os desafios que são actualmente colocados à relativdade de Einstein. Talvez aí consiga ver as suasperguntas respondidas.

    Like

  50. Joaquim Coelho says:

    Eu sei que como ateu foste programado a pensar que os cristãos é que são os mauzinhos e os outros são todos anjinhos, mas a realidadee é bem diferente

    Como podes afirmar isto ? Conheces-me ou é apenas mais um exemplo da forma demagógica e simplista como abordas os assuntos ?

    Nasci critsão, numa familia cristã, num tempo cristão por lei, em que tinha de frequentar a missa e a cataquese.
    Nunca fiz caso, mas não era propriamente ateu. A religião era-me totalmente indiferente.
    Só me transformei em ateu convicto há 4/5 anos quando me interessei pela influencia dos cristãos evangelicos no governo do EUA.
    Começei a ler várias coisas e acabei por esbarrar com a treta do criacionismo é la letre e os julgamentos nos states. Depois de ver tanto delirio convenci-me que a religião era mesmo uma treta e perigosa.
    Portanto formatado como ? Apenas para ser cristão, tive de enfrentar padres, pais e avós para não fazer as comunhões e apenas porque achava as fatiotas ridiculas e aquilo chato como a potassa, não por convicção de ateu que nem sabia o que era.
    90% da população portuguesa leva com o cristianismo em cima do toutiço desde que nasce e tu dizes que são formatados contra os cristãos ? Ridiculo.

    Os cristãos são uma maioria onde? Talvez só nos Estados Unidos e pouco mais.
    Que barbaridade Mats.
    Sempre que fazes afirmações quantificáveis estás lixado 🙂
    Regra geral ou são erradas, ou falsas, ou apenas ignorantes. Poucas acertas 🙂

    Segundo dados da ONU 2000 as várias vertentes cristãs são a religião maioritária do planeta. Apenas na Ásia, Norte de Africa e raras excepções noutras partes do mundo são minoritários.

    Na Europa, Africa, Améica do Norte, Central e do Sul, são maioritários e quase sempre com taxas superiores a 75%.
    Então qual a base para dizeres isto:”Os cristãos são uma maioria onde? Talvez só nos Estados Unidos e pouco mais” ?

    Islamismo – 1.200.000.000
    Catolicismo – 1.100.000.000
    Hinduísmo – 900.000.000
    Protestante – 750.000.000
    Budismo – 400.000.000
    Ortodoxos – 280.000.000
    Outras – 1.400.000.000
    Somando os cristãos (Catolicismo , Protestante , Ortodoxos ) temos 1.100.000+750.000.000+280.000.000 o que perfaz 2.130.000.000, deixando para trás o islamismo com quase o dobro.

    A estatistica por país segue dentro de momentos 🙂

    Like

  51. Joaquim Coelho says:

    Adenda e actualização.

    Segundo a CIA e o world factbook em 2007 temos:
    Christians 33.32% (of which Roman Catholics 16.99%, Protestants 5.78%, Orthodox 3.53%, Anglicans 1.25%), Muslims 21.01%, Hindus 13.26%, Buddhists 5.84%, Sikhs 0.35%, Jews 0.23%, Baha’is 0.12%, other religions 11.78%, non-religious 11.77%, atheists 2.32% (2007 est.)

    Like

  52. Joaquim Coelho says:

    Os cristãos são uma maioria onde? Talvez só nos Estados Unidos e pouco mais. Em todo o mundo, os cristãos são perseguidos, ….

    Não há qualquer dúvida disso Mats 🙂 Maioria, só mesmo nos states

    Ora vejamos o que diz a CIA:

    Nota: com * países onde o cristianismo não é maioritário, sem * países onde o cristianismo é maioritário.
    Para esta primeira leva (ainda só cheguei á letra F, que isto do copy/paste dá trabalho) temos que dos 73 países e territórios 52 têm maiorias cristãs e 21 têm maiorias de outras religiões, incluindo a surpreendente Republica Checa em que quase 70% indicam pertencer a nenhuma religião.

    * Afghanistan: Sunni Muslim 80%, Shia Muslim 19%, other 1%

    * Albania: Muslim 70%, Albanian Orthodox 20%, Roman Catholic 10%

    * Algeria: Sunni Muslim (state religion) 99%, Christian and Jewish 1%

    American Samoa: Christian Congregationalist 50%, Roman Catholic 20%, Protestant and other 30%

    Andorra: Roman Catholic (predominant)

    Angola: indigenous beliefs 47%, Roman Catholic 38%, Protestant 15% (1998 est.)

    Anguilla: Anglican 29%, Methodist 23.9%, other Protestant 30.2%, Roman Catholic 5.7%, other Christian 1.7%, other 5.2%, none or unspecified 4.3% (2001 census)

    Antigua and Barbuda: Anglican 25.7%, Seventh Day Adventist 12.3%, Pentecostal 10.6%, Moravian 10.5%, Roman Catholic 10.4%, Methodist 7.9%, Baptist 4.9%, Church of God 4.5%, other Christian 5.4%, other 2%, none or unspecified 5.8% (2001 census)

    Argentina: nominally Roman Catholic 92% (less than 20% practicing), Protestant 2%, Jewish 2%, other 4%

    Armenia: Armenian Apostolic 94.7%, other Christian 4%, Yezidi (monotheist with elements of nature worship) 1.3%

    Aruba: Roman Catholic 80.8%, Protestant 9%, other (includes Hindu, Muslim, Confucian, Jewish) 5.6%, none or unspecified 4.6%

    Australia: Catholic 26.4%, Anglican 20.5%, other Christian 20.5%, Buddhist 1.9%, Muslim 1.5%, other 1.2%, unspecified 12.7%, none 15.3% (2001 Census)

    Austria: Roman Catholic 73.6%, Protestant 4.7%, Muslim 4.2%, other 3.5%, unspecified 2%, none 12% (2001 census)

    * Azerbaijan: Muslim 93.4%, Russian Orthodox 2.5%, Armenian Orthodox 2.3%, other 1.8% (1995 est.)

    Bahamas: Baptist 35.4%, Anglican 15.1%, Roman Catholic 13.5%, Pentecostal 8.1%, Church of God 4.8%, Methodist 4.2%, other Christian 15.2%, none or unspecified 2.9%, other 0.8% (2000 census)

    * Bahrain: Muslim (Shia and Sunni) 81.2%, Christian 9%, other 9.8% (2001 census)

    * Bangladesh: Muslim 83%, Hindu 16%, other 1% (1998)

    Barbados: Protestant 63.4% (Anglican 28.3%, Pentecostal 18.7%, Methodist 5.1%, other 11.3%), Roman Catholic 4.2%, other Christian 7%, other 4.8%, none or unspecified 20.6% (2008 est.)

    Belarus: Eastern Orthodox 80%, other (including Roman Catholic, Protestant, Jewish, and Muslim) 20% (1997 est.)

    Belgium: Roman Catholic 75%, other (includes Protestant) 25%

    Belize: Roman Catholic 49.6%, Protestant 27% (Pentecostal 7.4%, Anglican 5.3%, Seventh-Day Adventist 5.2%, Mennonite 4.1%, Methodist 3.5%, Jehovah’s Witnesses 1.5%), other 14%, none 9.4% (2000)

    Benin: Christian 42.8% (Catholic 27.1%, Celestial 5%, Methodist 3.2%, other Protestant 2.2%, other 5.3%), Muslim 24.4%, Vodoun 17.3%, other 15.5% (2002 census)

    Bermuda: Anglican 23%, Roman Catholic 15%, African Methodist Episcopal 11%, other Protestant 18%, other 12%, unaffiliated 6%, unspecified 1%, none 14% (2000 census)

    * Bhutan: Lamaistic Buddhist 75%, Indian- and Nepalese-influenced Hinduism 25%

    Bolivia: Roman Catholic 95%, Protestant (Evangelical Methodist) 5%

    Bosnia and Herzegovina: Muslim 40%, Orthodox 31%, Roman Catholic 15%, other 14%

    Botswana: Christian 71.6%, Badimo 6%, other 1.4%, unspecified 0.4%, none 20.6% (2001 census)

    Brazil: Roman Catholic (nominal) 73.6%, Protestant 15.4%, Spiritualist 1.3%, Bantu/voodoo 0.3%, other 1.8%, unspecified 0.2%, none 7.4% (2000 census)

    British Virgin Islands: Protestant 86% (Methodist 33%, Anglican 17%, Church of God 9%, Seventh-Day Adventist 6%, Baptist 4%, Jehovah’s Witnesses 2%, other 15%), Roman Catholic 10%, other 2%, none 2% (1991)

    * Brunei: Muslim (official) 67%, Buddhist 13%, Christian 10%, other (includes indigenous beliefs) 10%

    Bulgaria: Bulgarian Orthodox 82.6%, Muslim 12.2%, other Christian 1.2%, other 4% (2001 census)

    * Burkina Faso: Muslim 50%, indigenous beliefs 40%, Christian (mainly Roman Catholic) 10%

    * Burma: Buddhist 89%, Christian 4% (Baptist 3%, Roman Catholic 1%), Muslim 4%, animist 1%, other 2%

    Burundi: Christian 67% (Roman Catholic 62%, Protestant 5%), indigenous beliefs 23%, Muslim 10%

    * Cambodia: Theravada Buddhist 95%, other 5%

    Cameroon: indigenous beliefs 40%, Christian 40%, Muslim 20%

    Canada: Roman Catholic 42.6%, Protestant 23.3% (including United Church 9.5%, Anglican 6.8%, Baptist 2.4%, Lutheran 2%), other Christian 4.4%, Muslim 1.9%, other and unspecified 11.8%, none 16% (2001 census

    Cape Verde: Roman Catholic (infused with indigenous beliefs), Protestant (mostly Church of the Nazarene)

    Cayman Islands: Church of God 26%, United Church 11.8% (Presbyterian and Congregational), Roman Catholic 11%, Baptist 8.7%, Seventh Day Adventist 8.2%, Anglican 5.7%, Pentacostal 5.3%, other Christian 2.7%, non-denominational 5.8%, other 3.8%, none 9.8%, unspecified 1.1% (1999 census)

    Central African Republic: indigenous beliefs 35%, Protestant 25%, Roman Catholic 25%, Muslim 15%

    * Chad: Muslim 53.1%, Catholic 20.1%, Protestant 14.2%, animist 7.3%, other 0.5%, unknown 1.7%, atheist 3.1% (1993 census)

    Chile: Roman Catholic 70%, Evangelical 15.1%, Jehovah’s Witness 1.1%, other Christian 1%, other 4.6%, none 8.3% (2002 census)

    * China: Daoist (Taoist), Buddhist, Christian 3%-4%, Muslim 1%-2%

    * Christmas Island: Buddhist 36%, Muslim 25%, Christian 18%, other 21% (1997)

    * Cocos (Keeling) Islands: Sunni Muslim 80%, other 20% (2002 est.)

    Colombia: Roman Catholic 90%, other 10%

    * Comoros: Sunni Muslim 98%, Roman Catholic 2%

    Congo, Democratic Republic of the: Roman Catholic 50%, Protestant 20%, Kimbanguist 10%, Muslim 10%, other (includes syncretic sects and indigenous beliefs) 10%

    Congo, Republic of the: Christian 50%, animist 48%, Muslim 2%

    Cook Islands: Cook Islands Christian Church 55.9%, Roman Catholic 16.8%, Seventh-Day Adventists 7.9%, Church of Latter Day Saints 3.8%, other Protestant 5.8%, other 4.2%, unspecified 2.6%, none 3% (2001 census)

    Costa Rica: Roman Catholic 76.3%, Evangelical 13.7%, Jehovah’s Witnesses 1.3%, other Protestant 0.7%, other 4.8%, none 3.2%

    * Cote d’Ivoire: Muslim 38.6%, Christian 32.8%, indigenous 11.9%, none 16.7% (2008 est)
    note: the majority of foreigners (migratory workers) are Muslim (70%) and Christian (20%)

    Croatia: Roman Catholic 87.8%, Orthodox 4.4%, other Christian 0.4%, Muslim 1.3%, other and unspecified 0.9%, none 5.2% (2001 census)

    Cuba: nominally 85% Roman Catholic prior to CASTRO assuming power; Protestants, Jehovah’s Witnesses, Jews, and Santeria are also represented

    Cyprus: Greek Orthodox 78%, Muslim 18%, other (includes Maronite and Armenian Apostolic) 4%

    * Czech Republic: Roman Catholic 26.8%, Protestant 2.1%, other 3.3%, unspecified 8.8%, unaffiliated 59% (2001 census)

    Denmark: Evangelical Lutheran 95%, other Christian (includes Protestant and Roman Catholic) 3%, Muslim 2%

    * Djibouti: Muslim 94%, Christian 6%

    Dominica: Roman Catholic 61.4%, Seventh Day Adventist 6%, Pentecostal 5.6%, Baptist 4.1%, Methodist 3.7%, Church of God 1.2%, Jehovah’s Witnesses 1.2%, other Christian 7.7%, Rastafarian 1.3%, other or unspecified 1.6%, none 6.1% (2001 census

    Dominican Republic: Roman Catholic 95%, other 5%

    Ecuador: Roman Catholic 95%, other 5%

    * Egypt: Muslim (mostly Sunni) 90%, Coptic 9%, other Christian 1%

    El Salvador: Roman Catholic 57.1%, Protestant 21.2%, Jehovah’s Witnesses 1.9%, Mormon 0.7%, other religions 2.3%, none 16.8% (2003 est.)

    Equatorial Guinea: nominally Christian and predominantly Roman Catholic, pagan practices

    * Eritrea: Muslim, Coptic Christian, Roman Catholic, Protestant

    Estónia: Evangelical Lutheran 13.6%, Orthodox 12.8%, other Christian (including Methodist, Seventh-Day Adventist, Roman Catholic, Pentecostal) 1.4%, unaffiliated 34.1%, other and unspecified 32%, none 6.1% (2000 census)

    Ethiopia: Christian 60.8% (Orthodox 50.6%, Protestant 10.2%), Muslim 32.8%, traditional 4.6%, other 1.8% (1994 census)

    Falkland Islands (Islas Malvinas): Christian 67.2%, none 31.5%, other 1.3% (2006 census

    Faroe Islands: Evangelical Lutheran 83.8%, other and unspecified 16.2% (2006 administrative da
    Fiji: Christian 53% (Methodist 34.5%, Roman Catholic 7.2%, Assembly of God 3.8%, Seventh Day Adventist 2.6%, other 4.9%), Hindu 34% (Sanatan 25%, Arya Samaj 1.2%, other 7.8%), Muslim 7% (Sunni 4.2%. other 2.8%), other or unspecified 5.6%, none 0.3% (1996 census)

    Finland: Lutheran Church of Finland 82.5%, Orthodox Church 1.1%, other Christian 1.1%, other 0.1%, none 15.1% (2006)

    France: Roman Catholic 83%-88%, Protestant 2%, Jewish 1%, Muslim 5%-10%, unaffiliated 4%

    French Polynesia: Protestant 54%, Roman Catholic 30%, other 10%, no religion 6%

    Like

  53. Mats says:

    Joaquim,
    O teu post de cima revela mesmo que não entendes o que é o cristianismo. Deixa-me mostrar uma coisa:

    Denmark: Evangelical Lutheran 95%, other Christian (includes Protestant and Roman Catholic) 3%, Muslim 2%

    Dinamarca não é um país cristão, e isso é por demais óbvio pelas leis que defendem e promovem a homosexualidade e outras coisas!
    Tens que fazer diferença entre “estatísticas” e atendência a lugares de oração. Na Inglaterra apernas 5% da população frequente a igreja. Isto é um país cristão?
    Repito o que disse: os cristãos (Aqueles que de facto vivem a vida cristã) são uma minoria do mundo ocidental. A vida pública é dominada pela religião ateísta e pela reliigião evolucionista.
    Os EUA é practicamente o único pais dos chamados ricos onde o cristianismo ainda tem alguma influência na vida pública,a coisa que pelos vistos não te agrada.

    Nasci critsão,

    Ninguém nasce cristão. Mais um erro.

    Só me transformei em ateu convicto há 4/5 anos quando me interessei pela influencia dos cristãos evangelicos no governo do EUA.

    O que vem confirmar o que eu disse em cima. Apenas e só os EUA, dos chamdos países ricos, é que ainda leva o cristianismo a sério. Pelos vistos não te agrada que os cristãos sejam fiéis à Bìblia.

    Começei a ler várias coisas e acabei por esbarrar com a treta do criacionismo é la letre e os julgamentos nos states.

    O que é “a la letre”?

    Depois de ver tanto delirio convenci-me que a religião era mesmo uma treta e perigosa.

    Tendo em conta as atrocidades cometidas pela religião ateísta no século 20, eu concordo que de facto há religiões perigosas.

    Like

  54. Ska says:

    Maty, estás um pouco confuso rapaz. Estás a fazer confusão entre cristãos e extremistas religiosos cristãos. Graças a deus nosso senhor jesus cristo, esses sim, ainda vão sendo uma (semi-)minoria.

    Like

  55. Joaquim Coelho says:

    Bem podes tentar dar a volta.

    As estatisticas não são feitas segundo o teu critério.

    São feitas com base em se acredita em Deus e neste caso Cristo como Deus ou não.

    Se pratica ou não é outra coisas.
    Uma pessoa que acredita na religião cristã, é para todos os fins legais cristã.
    O que faz é lá com ela. Estes cristão não perseguem os “cristãos” que tu defines por motivos religiosos.

    Por muitas voltas que dês está é a realidade.
    Toda a gente sabe isso. Em Portugal cristãos não perseguem cristãos, nem outra coisa qualquer.
    Não há perseguição religiosa na generealidade da Europa.

    Like

  56. Mats says:

    Maty, estás um pouco confuso rapaz. Estás a fazer confusão entre cristãos e extremistas religiosos cristãos. Graças a deus nosso senhor jesus cristo, esses sim, ainda vão sendo uma (semi-)minoria.

    Desde quando é que os ateus decidem quem é cristão e quem não é?

    Joaquim,

    Bem podes tentar dar a volta. As estatisticas não são feitas segundo o teu critério. São feitas com base em se acredita em Deus e neste caso Cristo como Deus ou não.Se pratica ou não é outra coisa.

    Mas isso é que é o importante (Tiago 1:22, Tito 1:16)

    Uma pessoa que acredita na religião cristã, é para todos os fins legais cristã.
    O que faz é lá com ela. Estes cristão não perseguem os “cristãos” que tu defines por motivos religiosos.

    Eu não disse que os “cristãos” perseguem os cristãos. Eu disse que os Não-cristãos perseguem os cristãos. Os cristãos são uma minoria na europa, e isso é facilmente confirmável pelo número de pessoas que frequentam igrejas.

    Não há perseguição religiosa na generealidade da Europa.

    “Na generalidade”. Excelente qualificativo. O facto de não haver perseguição religiosa “na generalidade” (o que quer que isso seja) não invalida que cristãos tenham sido alvos de descriminação precisamente por serem cristãos.

    Vê este site sobre o que está a acontecer nos EUA.

    Like

  57. alogicadosabino says:

    Estes tipos dizem que nasceram cristãos e, no entanto, não conhecem o básico do que a bíblia. Temos de começar a perguntar-lhes o que entendem por “cristão”. A maior barbaridade é quando dizem que Hitler era cristão e fazia a vontade de nosso senhor Jesus Cristo. brutal…

    E o Beowulf ainda não disse de onde e como surgiu a gravidade e por que ela não está a evoluir.

    Like

  58. Beowulf says:

    Sabino ainda não disse que cientistas foram esses que estavam tão correctos por acreditarem que o Universo tem uma sintonia e um equilíbrio! Sabino ignora também o conselho de procurar por princípio das propriedades emergentes. Talvez tenha medo daquilo que poderá encontrar.

    Like

  59. PR says:

    «E o Beowulf ainda não disse de onde e como surgiu a gravidade e por que ela não está a evoluir.»

    Lol o Marcos deixava o Hawking de boca aberta. Poça, como é que as grandes Universidades não o contratam? Calava-os todos enquanto coçava as micoses e falava sobre o princípio antrópico.

    Like

  60. Ska says:

    “Desde quando é que os ateus decidem quem é cristão e quem não é?”

    Fica lá com o micro-ondas a cores.

    Todos os cristãos são então fanáticos que defendem a crucificação pública de “homem-sexuais”, prostitutas, ateus, pagãos e livres-pensadores???

    Like

  61. Mats says:

    Todos os cristãos são então fanáticos que defendem a crucificação pública de “homem-sexuais”, prostitutas, ateus, pagãos e livres-pensadores???

    Porque é que deveria ser assim?
    Estás a levantar um falso dilema.

    Like

  62. alogicadosabino says:

    Beowulf,

    “Sabino ainda não disse que cientistas foram esses que estavam tão correctos por acreditarem que o Universo tem uma sintonia e um equilíbrio!”

    Estão aqui alguns principais. Conheço, pelo menos, 2 físicos que não concordam contigo nisso de o universo não estar em perfeita sintonia, susceptível à existencia de vida.

    PR,

    “Lol o Marcos deixava o Hawking de boca aberta. Poça, como é que as grandes Universidades não o contratam? Calava-os todos enquanto coçava as micoses e falava sobre o princípio antrópico.”

    Como é que um génio como o Stephen Hawking ainda não conseguiu explicar, sem recorrer a entidades hipotéticas, como se originou o Universo. Pouparíamos muito tempo a discutir isso aqui :]

    Like

  63. PR says:

    É isso, Marcos. Vai lá dizer-lhe isso. Chapa-lhe a ignorância na cara :]

    Like

  64. Ska says:

    “sem recorrer a entidades hipotéticas”

    Claro que tu não precisas de recorrer a isso para explicar a origem do universo, não é? 😉

    Like

  65. alogicadosabino says:

    “Claro que tu não precisas de recorrer a isso para explicar a origem do universo, não é? “

    Mas então não lhe chamem ciência, por favor. Se eu proclamo um Deus, é religião. Se um cientista proclama outros universos ou propriedades como a materia escura, já é ciência?

    Like

  66. alogicadosabino says:

    “É isso, Marcos. Vai lá dizer-lhe isso. Chapa-lhe a ignorância na cara :]”

    PR, ele sabe.

    Like

  67. PR says:

    Sorry. Tinha-me esquecido da conspiração evolucionista.

    Like

  68. Pingback: A teoria das cordas não tem cordas por onde se lhe peguem « No princípio criou Deus os céus e a Terra

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s