Milagres Não Dão Fé

Uma das formas que muitos religiosos ateus encontraram para justificarem a sua fé na inexistência de Deus é exigirem eventos sobrenaturais na altura que eles (os ateus) julgam ser a melhor.
.
O problema com este requirimento para a fé é que os milagres em si só, não dão automaticamente fé em Deus , e nem servem de evidência exclusiva para Deus.
.
Na melhor das hipóteses, os milagres fortalecem a fé quem já a tem, ou atraem uma pessoa para o sobrenatural. Isto pode abrir o coração da pessoa para a Bíblia, mas a fé vem por ouvir, e ouvir a Palavra de Deus (Rom 10:17).
.
Os Fariseus e os Saduceus viram os milagres do Senhor Jesus Cristo, mas isso não os tornou em crentes. Porquê? Porque a sua visão do mundo não aceitava milagres que confirmassem aquilo que eles estavam determinados em rejeitar, nomeadamente, que Jesus de Nazaré era o tão esperado Messias profetizado pelos enviados de Deus.
.
Em Lucas 16 temos o exemplo do homem rico e de Lázaro. Antes de expandir neste ponto, convém ressalvar uma coisa: Lázaro não foi para o céu porque era pobre, e nem o homem rico foi para o inferno porque era rico. Lázaro foi para o céu porque acreditava na Revelação que Deus tinha posto ao seu dispor, e o homem rico foi para o inferno porque rejeitou o que Deus lhe tinha dito.
.
Lucas 16:30 claramente diz que os irmãos do homem rico, que levavam o  mesmo tipo de vida que levou o homem rico ao inferno, precisavam de se arrepender. Por outras palavras, se eles quisessem evitar o inferno, eles teriam que mudar a sua vida. A Bíblia não diz que eles precisavam de vender o que tinham e serem pobres para poderem entrar na Glória.
.
Continuando, no verso 16:28 o homem rico pede a Abraão que envie Lázaro para que este testemunhe aos seus 5 irmãos. Como vamos vêr mais à frente, o que ele pede, essencialmente, é que Lázaro ressuscite dos mortos e que use o milagre da sua ressurreição para avisar aos 5 irmãos do homem rico. Abraão responde-lhe e diz que os seus 5 irmãos tem a Palavra de Deus (“Moisés e os Profetas”), e que essa Mesma Palavra é Suficiente para mudar o destino eterno do homem.
O homem rico, que não partilha da mesma opinião, responde a Abraão dizendo que não, que a Palavra de Deus não é Suficiente para fazer os 5 irmãos mudarem de vida. (Esta sua crença pode explicar o porquê de ele ter sido lançado no fogo eterno) O milagre da ressurreição de Lázaro, pensa o homem rico, de certeza que faria os irmãos arreprenderem-se da sua vida de pecado. Abraão diz então as palavras que devem estar sempre no coração do crente:
 
“Se não ouvem a Moisés e aos profetas [A Palavra de Deus] , tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.” – Lucas 16:31
 
Por outras palavras, se o religioso ateu não acredita na Palavra Escrita, tão pouco acreditará no propósito dos milagres.
.
Os milagres, para terem o efeito desejado, têm que estar inseridos na visão certa do mundo espiritual. Para uma pessoa que, por escolha pessoal, não acredita no Deus da Bíblia, o evento sobrenatural vai-lhe parecer uma anormalidade, ou uma curiosidade, mas que, pensa ele, mais cedo ou mais tarde vai ter uma explicação “natural”. O milagre em si não lhe vai dar fé em Deus.
.
Além disso, temos o facto de que em todos os sistemas religiosos existem eventos que desafiam as leis da ciência tal como as conhecemos hoje. Em muitas religiões há testemunhos de curas “maravilhosas”, e pessoas com “poderes espantosos”. Será que o Deus da Bíblia está por trás desses milagres todos? Logicamente falando, não pode estar, porque esses sistemas religiosos contradizem a Verdade Bíblica. Deus não haveria de fazer milagres que fizessem pessoas acreditar em outros “deuses”.
 
Conclusão:
A fé vem por ouvir a Palavra de Deus, e não por meio de milagres. O milagre em si só, não dá fé a quem tem o coração endurecido. Pior do que isso, o milagre muitas vezes pode endurecer ainda mais quem já está endurecido. Nem todos os milagres são causados por Deus portanto quando os religiosos ateus pedem por “milagres” para acreditarem em Deus, não estão a ser lógicos. Desconhecem como as coisas funcionam no mundo espiritual, e portanto pedem aquilo que, pela sua natureza, não serve de evidência.
.
Mas a exigência de evidências irrelevantes é apenas a consequência do visão do mundo ateísta. O ateísmo é, pela sua própria natureza, irracional  e como tal, os religiosos ateus vão adoptar requerimentos que demonstrem a irracionalidade da sua religião.
 

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Religião and tagged , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to Milagres Não Dão Fé

  1. Pingback: Mae e filho mortos regressam à vida « No princípio criou Deus os céus e a Terra

  2. Mats says:

    Já nem me lembrava deste post. Obrigado Sabino!

    Like

  3. Ilídio Barros says:

    “Por outras palavras, se o religioso ateu não acredita na Palavra Escrita, tão pouco acreditará no propósito dos milagres”.

    E coincidentemente é isto mesmo que acontece na realidade…

    Vêr aqui: http://ktreta.blogspot.com/2010/04/milagre.html

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s