Sousa da Ponte: “Divide et impera”

Em resposta ao post intitulado de “Resposta ao Sousa da Ponte – “Sem Alternativas”, o Sousa da Ponte levantou mais questões que merecem mais atenção. Ele afirma:

Caro Mats:
Repara que a interpretação da narrativa do Génesis é uma questão teológica.

Repara que a narrativa da evolução é uma questão ideológica. E depois?

Há teólogos que dizem que se pode ser cristão não levando a narrativa como um relato de factos ocorridos. Os Católicos Romanos, muitos Protestantes e Anglicanos pensam assim.

Há cientistas que afirmam que o relato de Génesis, e a interpretação que a igreja sempre adoptou, é factual segundo as observações. E depois?

O facto de haver pessoas que se auto-denominam de cristãs que não consideram o relato Histórico presente em Génesis como factual, não ajuda a teoria que afirma que o mundo biológico não tem Uma Causa inteligente. Se por acaso um católico, ou quem quer que seja, disser aqui que Génesis não é História, cá haveremos de falar. No entanto, como tu não és católico, o facto de estares a a aludir para o que eles acreditam não confirma a tua posição.

Além disso todos os católicos que subscrevem as suas próprias doutrinas sabem que o universo tem uma Causa Inteligente, contrariamente ao que a teoria da evolução afirma.

Como se isso não fosse suficiente, no que toca à interpretação do Livro de Génesis, a história do catolicismo é uma história claramente criacionista.

Outros, como tu, afirmam que é uma narrativa dos factos ocorridos.

Que é o que o Texto claramente indica. Aqueles que sabem hebraico dizem que o texto de Génesis é escrito em forma de narrativa histórica:

‘… probably, so far as I know, there is no professor of Hebrew or Old Testament at any world-class university who does not believe that the writer(s) of Genesis 1–11 intended to convey to their readers the ideas that:

  1. creation took place in a series of six days which were the same as the days of 24 hours we now experience
  2. the figures contained in the Genesis genealogies provided by simple addition a chronology from the beginning of the world up to later stages in the biblical story
  3. Noah’s flood was understood to be world-wide and extinguish all human and animal life except for those in the ark.’ James Barr, Oriel Professor of the interpretation of the Holy Scripture, Oxford University, England, in a letter to David C.C. Watson, 23 April 1984.
Portanto os “alegorizadores”, e os “poetizadores” não tem fundamento nenhum da estrutura gramatical do Texto. A sua interpretação viola a lógica do hebraico, para além de violar os dados que a ciência tem revelado.

A ciência sobre teologia não se pronuncia.

A “ciência” ou a teoria da evolução? Dawkins têm-se pronunciado muito sobre a teologia cristã tendo como fundamento a sua interpretação da ciência. Navega nos blogs darwinistas e vê a quantitade de teologia lá existe. Impressionante como a teoria da evolução tem o hábito de atrair uma grande quantidade de ateus. Porque será?

Podem é os teólogos pedir a opinião à ciência, ou ciências, sobre a sua interpretação.

Mas os cristãos não usam a ciência para testar a Bíblia. Nós usamos a Bíbila como forma de saber o que é e o que não é ciência. Portanto usar o falível (as opiniões humanas) para testar o Infalível (A Bíblia) seria o mesmo que usar-se o Quim Barreiros para determinar se Chopin ou Mozart eram bons músicos ou não. Chopin e Mozart são mais autoritários no que toca à música que Quim Barreiros.

Todas as teorias que estão contra a Palavra do Criador estão condenadas ao fracasso, portanto, não há necessidade de pedir “opiniões” aos “cientistas” (que no contexto que estás a usar significa “os evolucionistas”). Além, quais cientistas? Será que podemos pedir a “opinião” aos cientistas criacionistas como ao Jonathan Safarti? Ou será que ele não é um “verdadeiro cientista” só porque acredita que o universo foi criado por Deus?

E já não era a primeira vez que a ciência moldava o pensamento teológico.

O pensamento teológico, mas não a Biblia. É verdade que muitos cristãos tiveram noções erradas sobre o funcionamento do universo, mas esses erros são nossos e não da Bíblia. É importante aceitares isso. Erros humanos não são evidência contra a Fiabilidade da Palavra de Deus.

Já que estamos em maré da ciência corrigir teologias, o mesmo pode-se dizer da teologia darwinista. A ciência tem desmontado muitas das crenças da teoria da evolução. Portanto, de certa forma, concordo contigo nesse ponto: a ciência pode de facto corrigir teologias, especialmente as teologias naturalistas.

Os teólogos Católicos, Lutero e Calvin concordavam que a terra era o centro do universo sendo o heliocentrismo uma tese contrária à fé e às escrituras.

Uma coisa de cada vez.
1. A Terra pode muito bem estar junto ao centro do universo.
2. Heliocentrismo não é atacado na Biblia, portanto o “ser contra as Escrituras” não é factual.
Mesmo que es homens assim o pensassem, isso eram erros humanos e não da Bíblia.

Segundo algumas descobertas que têm sido feitas ultimamente, a Terra de facto parece estar colocada perto do centro do universo. Se tiveres tempo, vê o filme “The Previleged Planet”. Nele o astrónomo Guillermo Conzalez e o filósofo Jay Richards (e muitos outros) falam da localização “especial” que a Terra parece ocupar no universo. Essas evidências parecem suportar o Livro de Génesis que afirma que o homem é o foco da criação de Deus.

Com o tempo os teólogos reviram as suas posições e agora é comummente aceite que a terra gira à volta do sol.

Felizmente a Bíblia não faz esse erro. Além disso, Galileo e Copérnico eram criacionistas, e nada nas suas descobertas parece os ter feito perder a fé na Autoridade da Bíblia.

Repara que o que eu disse é que mesmo a evolução não fosse verdade a narrativa do Génesis continuava contrária à actual ciência.

Depende do que entendes por “ciência”. A Palavra de Deus diz que o mundo existe apenas porque Deus assim o quis (Revelação 4:11). Dado o conhecimento biológico que nós temos, associado a total inexistência de uma força natural capaz de gerar sistemas de informação, a Narrativa Bíblica é confirmada, e a teoria da evolução, que postula que o mundo animal gerou-se a si mesmo, é exposta como uma falsidade.

Tal como eu disse no post, não há outra alternativa. Ou o mundo foi criado ou ele criou-se a si mesmo. Esta dicotomia é perfeitamente aceite pelos evolucionistas quando vocês aludem ao argumento do “mau design”. Por outras palavras, quando vocês vêem estruturas biológicas que vocês pensam serem mau design, vocês usam-na como argumento contra Deus e a favor da evolução. No entanto, quando nós usamos a mesma lógica a favor da criação, vocês já dizem que evidências contra a teoria da evolução não são evidências a favor de Deus.

A criação de toda a vida, humana e animal, há seis mil anos contraria:
A história

A “história” segundo as lentes da evolução, queres tu dizer.

A Geologia (formação do carvão e petróleo)

Contrariamente ao que possas pensar, não são necessários milhões de anos para formar petróleo e carvão. Mas estou certo que os evolucionistas nunca te disseram isso.

A formação das estrelas à 6000 anos é contrária à física, astronomia, astrofísica.

Contrária à Física, Astronomia e Astrofísica, ou contrária aos milhões de anos necessários para a evolução?

A narrativa do dilúvio há 4500 é contrária à história.

Qual “história”? A história seguindo São Darwin, ou segundo as evidências?

E repara tu que dizer que todos os cientistas estão numa conjura é no minimo delirante.

Eu não disse semelhante coisa. Eu tenho tido o cuidado de dizer que eu não ataco a ciência mas a teoria da evolução. Vocês evolucionistas é que julgam que evidências contra a teoria da evolução são evidências contra a “ciência”.

Há muitos cientistas católicos e protestantes que trabalham com evolução, história, etc e etc. e não é por isso que vem a sua fé abalada.

O facto e haver cientistas que afirmam que a evolução está de acordo com a Génesis, não quer dizer que a evolução esteja certa, nem quer dizer que a evolução está mesmo de acordo com a Bíblia.

Primeiro deverias dirimir a questão da interpretação do Génesis no local certo : a teologia.

Não é necessário, uma vez que o Texto é suficientemente claro. Além disso, os cristãos nunca tiveram problemas em entender Génesis durante 1900 anos. Porque é que agora temos que inventar interpretações que nunca foram aceites?

A maioria dos teólogos dão-se muito bem com a evolução e a ciência actual.

A maioria dos cristão dá-se bem com a ciência. Aliás, a ciência modern nasceu num contexto judaico-cristão na Europa. Paralelamente a isso, o facto de a maioria dos teólogos “dar-se bem” com a teoria que afirma que o mundo animal criou-se asi mesmo, não é evidência a favor da teoria da evolução, obviamente.

Não estarás tu errado na tua teologia ?

Se eu estiver errado na minha teologia, então os livros de história têm que ser reinterpretados. Afinal, a mesma razão que nos leva a vêr que os livros do prof. Hermano Saraiva são relatos históricos (contexto) é a mesma razão que nos leva a vêr que a descrição da Criação no Livro do Génesis é um Relato Histórico dos eventos.

Até hoje, não foi encontrado mais nenhum relato das nossas origens que esteja de acordo com as observações como o Livro do Génesis.

Conclusão:
A tua tentativa de separar os cristãos entre criacionistas e evolucionistas não é táctica nova. Sobrepujados com a vitalidade da Palavra de Deus, e embaraçados com a total falta de evidências para a sua mitologia da criação, os evolucionistas tentam agora enlistar teólogos liberais para a causa darwinista. De alguma forma tem funcionado porque muitos já foram enganados por esse mito. No entanto, convém referir que, mesmo que todos os cristãos acreditem na teoria da evolução, isso não torna a teoria cientificamente válida. Vocês ainda teriam de mostrar qual é a força natural capaz de criar a vida de onde ela não existe.

Enquanto não fizerem isso, a vossa teoria tem um buraco enorme, e esse vazio só pode ser preenchido pelO Criador, o Senhor Jesus Cristo.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Biologia, Ciência and tagged , , . Bookmark the permalink.

8 Responses to Sousa da Ponte: “Divide et impera”

  1. alogicadosabino says:

    “seria o mesmo que usar-se o Quim Barreiros para determinar se Chopin ou Mozart eram bons músicos ou não. “

    ahahahah

    Like

  2. Manolo says:

    “Há cientistas que afirmam que o relato de Génesis, e a interpretação que a igreja sempre adoptou, é factual segundo as observações.”

    Bom, ha idiotas para tudo!

    Estas discussoes aqui nao tem nexo, nem objectivo. Uns dizem que e assim, os outros assado. Uns dizem alhos, os outros respondem: “bugalhos, e depois?”

    Gostaria de saber em que parte da Biblia, em que versiculos, se afirma, claramente, que a evolucao biologica, tal como e actualemente entendida pela generalidade da comunidade cientifica, nao existe.

    Like

  3. Mats says:

    Manolo,

    Gostaria de saber em que parte da Biblia, em que versiculos, se afirma, claramente, que a evolucao biologica, tal como e actualemente entendida pela generalidade da comunidade cientifica, nao existe.

    Qual das definições de evolução é que estás a falar?

    Se por evolução tu entendes “processo natural não direccionado, não planeado, aleatório através do qual todas as formas de vida se originaram”, então isto obviamente está contra a Bíblia. A Palavra de Deus diz que a vida existe apenas e só porque Deus assim o quis. Sem Ele, nunca haveria vida na Terra ou em qualquer outro lugar.

    Portanto, diz-me qual é a definição de evolução que tu usas, e depois verêmos se está de acordo com a Bíblia ou não.

    Like

  4. Carla says:

    Bom, acho que o que te pediam no post do Manolo era que indicasses onde, na Bíblia, preto no branco, está escrito que a evolução biológica não existe.

    Questão mais simples que esta é difícil. Se respondes: “A Palavra de Deus diz que a vida existe apenas e só porque Deus assim o quis. Sem Ele, nunca haveria vida na Terra ou em qualquer outro lugar.” Estás apenas a interpretar a Bíblia para afirmares que a evolução biológica não ocorre.

    Em suma, em que parte da Bíblia se diz que os diversos grupos biológicos à face da Terra não podem dar origem a outros. Claramente, sem interpretações ínvias.

    É que, no passado, pessoas como tu, baseando-se na Bíblia, também diziam que a Terra era o centro do universo… e queimavam astrónomos por afirmarem o contrário!

    Então, onde na Bíblia, em que versículos, é dito claramente que os grupos biológicos, depois da criação divina, não evoluem?

    Like

  5. Mats says:

    Carla,

    Bom, acho que o que te pediam no post do Manolo era que indicasses onde, na Bíblia, preto no branco, está escrito que a evolução biológica não existe.

    Qual é a tua definição de “evolução biológica”, Carla?

    Questão mais simples que esta é difícil.

    É difícil porque há várias definições de “evolução biológica”, tal como podes vêr neste post.

    Se respondes: “A Palavra de Deus diz que a vida existe apenas e só porque Deus assim o quis. Sem Ele, nunca haveria vida na Terra ou em qualquer outro lugar.” Estás apenas a interpretar a Bíblia para afirmares que a evolução biológica não ocorre.

    O que é que entendes por “interpretar”?

    Em suma, em que parte da Bíblia se diz que os diversos grupos biológicos à face da Terra não podem dar origem a outros. Claramente, sem interpretações ínvias.

    Então deduzo que a tua definição de “evolução” é “os diversos grupos biológicos à face da Terra deram origem a outros”, certo? Se fôr, diz-me, se faz favor.

    É que, no passado, pessoas como tu, baseando-se na Bíblia, também diziam que a Terra era o centro do universo…

    Estás um bocado atrasada na ciência, Carla. As pesquisas mais recentes de facto indicam que a Terra está situada próximo do centro do universo. Vê o filme “The Previleged Planet”.

    e queimavam astrónomos por afirmarem o contrário!

    Qual foi o astrónomo que foi queimado porque afirmava que a Terra não estava no centro do universo?

    Então, onde na Bíblia, em que versículos, é dito claramente que os grupos biológicos, depois da criação divina, não evoluem?

    Define o que entendes por evolução, e se Deus quiser, mostro-te os versos que refutam esse mito.

    Like

  6. José says:

    Relativamente àqueles que foram queimados na fogueira por terem ideias, nomeadamente, cosmológicas distintas das advogadas pela igreja católica, a pretexto de serem contrárias à lei divina, espreitem o Giordano Bruno.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Giordano_Bruno

    “Estás um bocado atrasada na ciência, Carla. As pesquisas mais recentes de facto indicam que a Terra está situada próximo do centro do universo. Vê o filme “The Previleged Planet”.”

    Curioso, quão perto do centro do Universo é, realmente, o centro do Universo em que vivemos? Para mim o centro… é NO CENTRO, não perto dele ou ao virar da esquina ou a dois passos dele…. E claro está que, segundo a vossa ciência criacionista, é o Sol gira em tordo da Terra, tal como era há séculos defendido pela igreja baseada na astronomia ptolomaica, não é senhores criacionistas geocentristas?

    “Define o que entendes por evolução, e se Deus quiser, mostro-te os versos que refutam esse mito.”

    Segundo o próprio Darwin, evolução é: “Descendência com modificação”, sobre a qual actua a Selecção Natural”. Se deus quiser, claro…

    Like

  7. Mats says:

    Relativamente àqueles que foram queimados na fogueira por terem ideias, nomeadamente, cosmológicas distintas das advogadas pela igreja católica, a pretexto de serem contrárias à lei divina, espreitem o Giordano Bruno.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Giordano_Bruno

    Bruno foi foi queimado porque afirmava que a Terra não estava no centro do universo?

    “Estás um bocado atrasada na ciência, Carla. As pesquisas mais recentes de facto indicam que a Terra está situada próximo do centro do universo. Vê o filme “The Previleged Planet”.”

    Curioso, quão perto do centro do Universo é, realmente, o centro do Universo em que vivemos? Para mim o centro… é NO CENTRO, não perto dele ou ao virar da esquina ou a dois passos dele…. E claro está que, segundo a vossa ciência criacionista, é o Sol gira em tordo da Terra,

    Nada na Bíblia diz isso.

    tal como era há séculos defendido pela igreja baseada na astronomia ptolomaica, não é senhores criacionistas geocentristas?

    O erro do geocentrismo foi um erro de pessoas não da Bíblia. Em nenhuma parte da Bíblia se suporta a crença que o sól gira à volta da Terra. Mas claro, conhecimento de história não é coisa boa quando se sabe qual os cientistas do passado eram maioritariamente criacionistas.

    “Define o que entendes por evolução, e se Deus quiser, mostro-te os versos que refutam esse mito.”

    Segundo o próprio Darwin, evolução é: “Descendência com modificação”, sobre a qual actua a Selecção Natural”. Se deus quiser, claro…

    Evolução é só isso? Se uma mulher der à luz um bébé sem dois dedos, e é “Descendência com modificação”. É isso um exemplo de “evolução em acção”?

    Segundo, como é que a “descendência com modificação” é evidência contra o Deus Criador?

    Like

  8. alogicadosabino says:

    Descendência com modificação… típico.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s