Não Há Outra Esperança Para a Humanidade

1 Coríntios 15:14
E, se Cristo não foi ressuscitado, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.

Billy Graham entrou na sala e esperou. Estar na presença de um tão grande estadista era suficientemente perturbador, mais ainda quando se é um jovem evangelista. O que é que Conrad Adeneur haveria de querer falar com um evangelista americano?

O chanceler entrou, sentou-se e começou a conversar com Billy Graham. À medida que a conversa avançava, Graham ia ficando mais à vontade. A meio da conversa, o chanceler fez uma pausa, olhou para o evangelista, olhos nos olhos, e fêz-lhe esta pergunta:

“Sr Billy Graham, você acredita mesmo que Jesus Cristo ressuscitou dos mortos?”

Billy sentiu o coração a bater mais depressa. Este era um dos momentos altos da conversa. Era preciso falar sem medos e demonstrar a importância da ressurreição do Senhor. Billy deu um grande suspiro e respondeu o melhor que pôde:

“Senhor chanceler, se eu não acreditasse na ressurreição de Jesus Cristo, eu não teria evangelho para anunciar“.

O chanceler fêz uma pausa, caminhou para o fundo da sala , olhou através da janela para as ruínas ainda visíveis da Alemanha dos anos 60, e disse:

“Senhor Billy Graham, para além da ressurreição de Jesus Cristo, eu não vejo mais nenhuma esperança para a humanidade

Tão simples e tão verdadeiro. Para além da ressurreição do Senhor Jesus, qual é a esperança que genuinamente alimenta a alma? Dinheiro, fama, popularidade junto ao género oposto, posição social? Aquilo que o mundo tem de melhor para oferecer não é suficiente para preencher o vazio com a forma do Senhor Jesus presente em todo o ser humano.

Durante os anos 90 surgiu uma banda com o nome de Nirvana que arrasou as tabelas músicais um pouco por todo o mundo. A sua popularidade fêz deles ícones de uma era, sendo mesmo pioneiros (a par dos Pearl Jam, Stone Temple Pilots, Soundgarden e alguns outros) de um novo tipo de música baptizada de “grunge”. Ainda me lembro das horas que eu e amigos meus passávamos a tocar músicas deles com as nossas guitarras.

Músicas como “Polly”, ou “Smells Like Teen Spirit” ou “About a Girl” tornaram-se lemas de uma geração. O seu vocalista Kurt Cobain era o novo Jim Morrison. Milhares seguiam a sua música e as suas letras bastante introspectivas.

Kurt tinha tudo o que o mundo tinha para oferecer. Ele era popular, era rico, era famoso e facilmente poderia ter o que quisesse. No entanto a 8 de Abril de 1994 o corpo de Kurt foi encontrado por um electricista na sua casa em Lake Washington. Uma carta foi encontrada junto do corpo com as seguintes palavras:

“I haven’t felt the excitement of listening to as well as creating music, along with really writing . . . for too many years now”

Este jovem (27 anos) músico, rico, famoso, popular e idolatrado por milhões por todo o mundo tinha o melhor que o mundo poderia oferecer mas…… isso não foi suficiente para lhe dar esperança e alegria de viver.

Porquê, pode-se perguntar? Porque enquanto nós não soubermos e aceitarmos aquilo que o Senhor fêz por nós na cruz do calvário, todas as nossas emoções e sensações vão ser insignificantes à luz da eternidade. Tudo aquilo que possamos ter, vêr e fazer, vai ser totalmente nulo se não tivermos a esperança da ressurreição.

Para quê construír um grande império, juntar posses e condicionar a nossa vida de forma a encaixar-mo-nos na sociedade, se tudo aquilo que nós somos vai deixar de existir quando o nosso coração parar? Qual é a esperança de quem trabalha anos e anos a fio para morrer tão ou mais pobre do que quando nasceu?

Mas graças a Deus que o Senhor Jesus Cristo voltou dos mortos. Graças a Deus que o Seu Corpo não viu a corrupção e a decadência, como profetizou o salmista em Salmo 16:10. Graças a Deus que temos uma esperança que transcende a nossa mera existência quotidiana e mecanizada que enfrentámos todos os dias.

Há esperança para o coração abatido, para a alma que busca um propósito, e para aquele que já deixou de sonhar.

Amigo, se tu és uma daquelas pessoas que já não sonhas, ou já não vês para além do caixão, deixa que Cristo acenda em ti a luz da esperança. Se tu até foste uma pessoa que frequentava igrejas e era fiel a missas e cultos, mas que perdeu a fé devido a amargura da vida, deixa que o Senhor Jesus remende aquilo que a vida tem rasgado.

Neste mundo teremos tribulações, disso o Senhor, mas NEle temos paz. Não é uma paz que se vê mas uma paz interior e fortificante. O dia de hoje marca o triunfo do Filho de Deus sobre a morte. Se Ele vive, todos aqueles que esperam a Sua Vinda vão viver com Ele.

É isso que significa a Páscoa.

Termino voltando a citar as palavras do tópico do post: para além da ressurreição do Senhor Jesus Cristo, não há outra esperança para a humanidade.

Um bom dia para ti, e que Deus te abençoe.

Advertisements

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia and tagged , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to Não Há Outra Esperança Para a Humanidade

  1. Ravick says:

    “Senhor Billy Graham, para além da ressurreição de Jesus Cristo, eu não vejo mais nenhuma esperança para a humanidade“

    Hum… mas note que a humanidade teria existido até então sem Cristo. Ou seja, não faria diferença alguma.

    Em todo caso todos são livres para crer na Salvação por Cristo, se assim desejarem.

    Like

  2. Mats says:

    Hum… mas note que a humanidade teria existido até então sem Cristo. Ou seja, não faria diferença alguma.

    Até então quando?

    Like

  3. Fernando says:

    Ravick

    Bom…tomando que Cristo é o próprio Deus, mesmo quando Cristo não estava presente em Carne, A presença de Deus não deixou de se fazer presente.
    Para além disso, esperança não têm o sentido limitado a simples existência….vai muito além disso. Se trata de viver de verdade….e não de meramente existir preso a amarras de um sociedade que cada vez mais acredita ser livre, mas que se prende ao hedonismo, se perde na pós-modernidade, fragmentado e sem esperança. Modelos econômicos, políticos entram em crises, utopias(que ainda davam alguma esperança) se perdem. Mas Cristo continua a transformar vidas…(mas não nego que muitos se apropriam de um discurso sobre Cristo para enganarem…e diversos outros adjetivos ruins)

    Bom texto…que a esperança de Cristo se faça em nós e que sejamos canais dela, muito mais que só em palavras…integralmente em nossas vidas.

    Bom é isso aew…abraço

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s