Animais a Plantas Hidráulicas

A hidráulica faz parte do nosso dia à dia. Fluidos – como por exemplo, os fluidos usados nos travões dos carros – não podem ser comprimidos, portanto quando travas o carro esses fluidos podem ser forçados do cilindro para dentro dos mecanismos assemblados às rodas do carro. Todas as máquinas hidráulicas trabalham de forma similar porque os fluidos usados vão facilmente fluir para as áreas de menor pressão.

O Criador do Universo (O Senhor Jesus Cristo) usou princípios de hidráulica em muitas das formas de vida que Ele fez. Nós têmos ossos rigidos e como tal usamos fluidos para expandir e contrair os músculos de forma a poder dobrar ou esticar as pernas.Mas a aranha não tem um esqueleto rígido, e como tal usa os músculos de modo a poder dobrar as pernas, e injecta fluidos para dentro das suas pernas de modo a poder endireitá-las.Esta utilização de Hidráulica não é só comum entre os animais mas também das plantas. Como diz o site “Creation Moments”:

The North American Dwarf mistletoe builds up hydraulic pressure equal to that found in a truck tire in order to catapult its seeds out to a distance of almost 50 feet at a speed close to 60 miles per hour. The squirting cucumber found in the Mediterranean area uses the same principle to propel its seeds up to forty feet.

Conclusão:
A menos que penses que o sistema de travagem do teu carro é o resultado das forças aleatórias não faz sentido nenhum acreditar que as aranhas e as plantas que usam princípios da Hidráulica vieram a existir sem Um Criador.
Job 15:8 Ou ouviste o secreto conselho de Deus, e a ti só limitas a sabedoria?

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia, Ciência and tagged , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s