Evolucionistas Admitem Ter Estado a Mentir Ao Público

Depois de ter escrito dois livros que tentam mostrar que o Darwinismo é compatível com a religião (leia-se: cristianismo) Jerry Coyne, (professor de Ecologia e Evolução na Universidade de Chicago) admite que, afinal, o Darwinismo e a “religião” (cristianismo) não são compatíveis.

É preciso vêr uma coisa muito importante: sempre que darwinistas afirmam que a “ciência” e a “religião” são incompatíveis, o que eles têm em mente é a “ciência” da Evolução, e o Cristianismo Bíblico. Portanto, quando se fôr lêr o artigo em cima referenciado, todas as vezes que o Dr Jerry usar a palavra “ciência” como opositor da “religião”, ele não está a falar das leis da Gravidade, nem das leis da Termodinâmica, nem mesmo da Lei da Relatividade. O que ele tem em mente é apenas e só a ciência com a qual ele pode promover a sua fé, nomeadamente, a teoria do tio Charles Darwin.

O Dr. Jerry Coyne diz que as declarações que afirmam a co-existência pacífica entre a “ciência” e a “religião” são “um segredo sujo nos círculos científicos [leia-se: círculos darwinistas]. É do nosso interesse pessoal e profissional anunciar que a ciência e a religião são compatíveis“.

As razões para tal decepção são absurdamente óbvias:

Afinal de contas, nós queremos receber financiamento do Governo, e queremos que as crianças em idade escolar sejam expostas à verdadeira ciência e não ao criacionismo.

Reparem como o darwinista Jerry Coyne revela que o propósito desta decepção é censurar o criacionismo. Tal como eu tinha escrito em cima o Dr Jerry usa a palavra “ciência” com o significado de “teoria da evolução“.Reparem também que uma das motivações para o suporte deste decepção é o dinheiro (público). O Apóstolo Paulo bem disse há 2000 anos atrás que “o amor ao dinheiro é a raiz de todo o mal” (1 Tim 6:10)

O religiosos liberais têm sido aliados importantes na nossa guerra contra o criacionismo.

Pensem um pouco: o homem que diz que a “ciência” (=darwinismo) e a religião são incompatíveis, afirma que os religiosos liberais (ex: “cristãos” que acreditam na evolução) têm ajudado a causa daqueles que não acreditam em Deus! Ou seja, estes religiosos liberais estão a ajudar a causa dos ateus ao afirmarem que a teoria da evolução e o cristianismo podem estar em harmonia.

O que dizer de pessoas que se afirmam como cristãs, mas que defendem pontos de vista que os próprios ateus afirmam estar a ajudar o ateísmo?

Não seria agradável alienar os religiosos liberais declarando o que nós [religiosos ateus evolucionistas] realmente pensamos.

Por outras palavras, como forma de manter a ilusão de que a teoria da evolução e o cristianismo podem co-existir, os religiosos ateus evolucionistas usam os religiosos liberais como “evidência” de que não há conflito entre a “ciência” [evolução] e a “religião [cristianismo].

É por isso que, por motivos tácticos, grupos como a “National Academy of Sciences” afirmam que a religião [cristianismo] e a ciência [evolução] não estão em conflito. No entanto, a sua maior evidência para esta posição – a existência de cientistas religiosos – está a desmoronar-se com o tempo à medida que os cientistas tornam-se cada vez mais vocais na afirmação da sua irreligiosidade [ateísmo].

Pausa.

Será que o Jerry está a afirmar que as grandes organizações científicas usam a decepção como forma de defenderem a teoria da evolução? Será que o eminente ateu Dr Jerry Coyne está a concordar com os criacionistas quando estes afirmam que as organizações científicas estão na sua maioria debaixo do feitiço de Charles Darwin, o contador de “estórias”?

Finalmente chegou o Ano de Darwin, e com ele podemos contar com livros do tipo escritos por Kenneth Miller and Karl Giberson [dois “cristãos” evolucionistas]. Tentativas de se reconciliar Deus com a teoria da evolução continuam a ser produzidos da linha de montagem intelectual. Essas tentativas nunca acabam porque a reconciliação nunca funciona.

Por outras palavras, os ditos “cristãos” que tentam reconciliar Deus com a teoria da evolução, continuam a produzir livros uns atrás dos outros, mas, segundo Jerry Coyne (ateu e evolucionista), isso é uma perda de tempo porque essa reconciliação é impossível.

Conclusão:

Se eu pudesse falar com o Dr Jerry Coyne, estas seriam as minhas palavras:

Caro Dr Jerry Coyne, muito obrigado pelas suas palavras. Apesar de termos religiões distintas (eu sou cristão, e você é ateu), ambos sabemos o que está em jogo no que toca a discussão sobre as nossas origens. Muito obrigado por ter concordado com os criacionistas quando nós afirmamos que é logicamente incoerente ser-se um cristão evolucionista.Que as suas palavras façam os ditos “cristãos” pensar bem no que a Bíblia diz (e no que a teoria da evolução diz), e que façam a sua escolha de uma vez por todas porque a Palavra de Deus diz “Ninguém pode servir a dois senhores” (Mateus 6:24). O Criador, o Senhor Jesus Cristo diz ainda “Quem não é Comigo, é contra Mim” (Lucas 11:23)

Lembrem-se das palavras do Jerry Coyne da próxima vez que virem “cristãos” a afirmarem-se contra o criacionismo, e a favor do evolucionismo. Lembrem-se que os próprios ateus sabem que esta posição é ilógica.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Biologia, Ciência, Sociedade and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

9 Responses to Evolucionistas Admitem Ter Estado a Mentir Ao Público

  1. MVR says:

    Histórico.

    Like

  2. MVR says:

    Eu já desconfiava há muito do evolucionismo teísta… Vai contra vários princípios, e o primeiro é a deturpação do ensino bíblico, principalmente no tocante ao tempo. Logo depois, ignora completamente o Criador. E por último (Mas não menos importante) afeta completamente as bases da Moral. Transformando o homem em animal, abrem-se as portas para os comportamentos mais imorais, mesmo que no subconsciente.

    Como dito… Até mesmo os ateus sabem disso… E ainda há ateus mais fanáticos que dizem que a teoria da evolução não entra em conflito com a Bíblia.

    Like

  3. Mats says:

    Pois é, até os ateus sabem que a teoria da evolução e o Deus da Bíblia estão em oposição, mas ainda há “cristãos” que continuam a tentar harmonizar aquilo que não tem harmonização possível.

    Like

  4. Lucas says:

    A teoria da evolução de Darwin é passível de refinamentos, já a existência da evolução é incontestável.

    Like

  5. MVR says:

    “A teoria da evolução de Darwin é passível de refinamentos, já a existência da evolução é incontestável.”

    Só passa a ser constestável quando lagartas viram galinhas. Micro-evolução existe, Macro evolução é palhaçada.

    E o que você quis dizer por “Passível de refinamentos” equivale a dizer “Pode estar completamente errada e todo o financiamento por décadas estar indo por um cano abaixo”.

    Like

  6. Rudy B. de Souza says:

    Se o darwinismo, ou teoria sintética da evolução, é o correto, e pode coexistir com o cristianismo, como os “evocristãos” seguram essa:

    “12 Portanto, -> como por um homem entrou o pecado no mundo pela ofensa de um um só homem pela ofensa de um um só homem <-, Jesus Cristo, abundou sobre muitos."

    (Rm 5)

    Considerando isso, se o mal entrou no mundo, supondo criacionismo literal, por meio de um só homem, e a redenção e salvação propostas em Cristo são devido à desobediência desse homem, como podem cristianismo e darwinismo coexistirem? Afinal, se a Evolução for verdade, o pecado não entrou no mundo por meio do pecado deste homem, o mal sempre existiu, não? Isso por conta de a teoria sintética da evolução dizer que a base de nosso cérebro é de um réptil, a mediana, de um mamífero e a superior, de um ser pensante, e, então, podemos ser irracionais como os animais, logo, errarmos. Entre outras coisas. E se os evocristãos acreditam na Evolução como a forma de Deus de criar as coisas, a redenção e salvação em Cristo propostas são/servem para quê?

    E agora, como fica?

    Eu cogitava o "evocristianismo" como uma hipótese ao criacionismo literal e, consequentemente, à briga contra a memética também, mas tá ficando difícil…

    P.S.: mano, apaga os comentários anteriores que postei e deixe este. Os outros saíram defeituosos. Agradeço.

    Like

  7. Rudy B. de Souza says:

    Bom, há o vers. 15 também, postado ali encima (e não foi de novo no comentário, aff). Deixe o 15, que eu postei sozinho, ali encima, e mantenha o último comentário maior que eu coloquei. Os anteriores ao último maior e ao 15 postado sozinho, exclua.

    Foi mal aí. 😦

    Like

  8. Acaso existe mentira maior do que o evolucionismo ateísta? Sim, existe. É o evolucionismo teísta. Ao menos a primeira mentira não é tão incoerente!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s