Resposta ao Ludwig: Criacionistas Evolucionistas?

O ateu evolucionista Ludwig Krippahl continua a sua obra missionária a favor do ateísmo, mascarando a cruzada como “ciência”. Uma das muitas formas de confundir e desviar o foco do debate é criar caricaturas do cristianismo e “refutá-las”. Ele afirmou:

Os criacionistas defendem que a evolução só pode ocorrer dentro de cada tipo de organismo. Não por haver algum limite molecular para a acumulação de mutações, mas porque leram na bíblia que Deus criou cada animal segundo a sua espécie e na bíblia “espécie” quer dizer “tipo”. “Tipo”, infelizmente, não se sabe bem o que quer dizer, e os criacionistas não o definem. Deve ser gaivotas dão gaivotas.

Impressionante a quantidade de “verdades” em tão poucas palavras. Primeiro, não é boa ideia pôr palavras na boca dos criacionistas. Quem disse não “aceitamos evolução dentro do mesmo tipo“? O que é “evolução dentro do mesmo tipo”?

Isto é mesmo que dizer “os ateus aceitam a criação entre os tipos, mas não aceitam a criação original como feita por Deus”.

Nós discordamos de qualquer tipo de evolução, porque (para além de muitas outras coisas) ela nunca foi empiricamente demonstrada, e é totalmente refutada pelo passado paleontológico.

Nós aceitamos a variação genética (que não é evolução) dentro do mesmo tipo bíblico
. Gatos que dão há luz gatos não é evolução mas variação genética. Vocês é que re-definiram “variação” como “evolução” com o expresso propósito de usar exemplos de variação como “evidência” para a crença que afirma que a vida criou-se a si própria. “Micro-evolução” não é evolução, mas sim uma redifinição de termos com o propósito de confundir o debate. Totalmente ilógico, mas totalmente ateísta.

Insurges-te devido ao facto dos cristãos não definirem o que é o “tipo”. Será que fazes o mesmo em relação a palavra “espécie”? Leões e tigres são da mesma espécie?

Do ponto de vista Bíblico, tipo são aquelas formas de vida que podem produzir descendência. (Atenção às palavras que eu estou a usar, e atenção àquilo que eu não estou a dizer.)Finalmente, sim, existem limites para a variação genética. Por mais que se cruze gatos com gatos, eles vão sempre dar à luz gatos. Se achas que não, então tens que mostrar evidências do contrário. Nós não temos mostrar evidências daquilo que se observa (animais a reproduzirem-se de acordo com o seu tipo).Claro, podem-se “acumular mutações”, mas por mais mutações que se acumulem, gaivotas vão sempre ser gaivotas, e nunca vão passar a ser gaviões.

A posição Bíblica é amplamante suportada pelas as observações. A posição ateísta, que entre outras coisas “maravilhosas”, afirma que dinossauros evoluiram para pássaros, e animais terrestes evoluiram para baleias, é totalmente refutada com as observações.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s