Missionário ateu enviado às nações

Segundo uma reportagem do “Folha Online”, o papa do ateísmo, o evolucionista Clinton R. Dawkins está determinado em “converter os “negadores da história”, como ele chama os criacionistas, à verdade da evolução, e municiar gente racional para argumentar contra o criacionismo“.


Pois…

Aqui fica o meu humilde conselho ao missionário ateu: se calhar antes de tentar “convencer” os criacionistas, o ateu Clinton Dawkins deveria 1) procurar evidências a favor da sua fé naturalista e 2) convencer os cientistas àcerca da teoria Verdade da evolução.

Se vocês repararem no tipo de informação que fontes criacionistas revelam (A Lógica do Sabino, Sam Diz Que, Portal Cristão, etc), constatarão que os maiores argumentos lá representados são argumentos científicos. Porque é que o ateu Clinton Dawkins quer focar a sua atenção nos cristãos, se os maiores argumentos contra a teoria da evolução são revelados por cientistas não criacionistas)?

Isto provavelmente se passa porque o ateu Dawkins julga que todos os argumentos contra a teoria que afirma que a vida criou-se a si mesma são apenas e só argumentos religiosos. Aparentemente ele não tem-se mantido actualizado com aquilo que os cientistas tem descoberto nas formas de vida ultimamente, nomeadamente, sistemas de navegação, dissipadores de calor, metamorfoses perfeitamente calibradas ao nível molecular, armas de fogo, complexidade espantosa no sistema de visão, hidrodinâmica biológica, e muito mais (vêr também 1).

Tudo isto são evidências da área a que pertence o ateu Dawkins. Porque é que ele se quer focar nos cristãos, se o que está a destruir o frágil edifício da igreja do Santo Darwin são os argumentos científicos?

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Ciência, Religião, Sociedade and tagged , , . Bookmark the permalink.

7 Responses to Missionário ateu enviado às nações

  1. Nuno Dias says:

    Curioso o chamarem por Clinton Dawkins.
    Existem diferenças entre pseudo-ciência, ciência de especulação e ciência. Os links que apontou acho que englobam nas duas primeiras, ou seja, possibilidades que são levantadas e que na verdade não têm muitos estudos. A ciência pratica-se por milhares de estudiosos (por norma em universidades) e possuir a verificação dos resultados. Parece-me que, por norma, os pontos que o prof Dawkins levantam são mediante a aceitação da comunidade científica. Parece-me que os criacionistas não se encontram em número ou meios para disputar interpretações da natureza.

    Cumprimentos ateístas.

    Like

  2. “se o que está a destruir o frágil edifício da igreja do Santo Darwin são os argumentos científicos”

    Acho que você não entendeu o que quer dizer ciência, apenas acho.

    Isso tudo que foi linkado são apenas idéias sem evidências, elas não podem destruir o “Santos Darwin”, porque não há provas.

    Já que você descreve como frágil edifício(…), então tente derrubalo: http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=28138

    Like

  3. Quero um post seu provando do contrário, uma evidência por vez, do que eu linkei acima. Obrigado.

    Like

  4. Mats says:

    “se o que está a destruir o frágil edifício da igreja do Santo Darwin são os argumentos científicos”

    Acho que você não entendeu o que quer dizer ciência, apenas acho.

    És livre de me corrigir, como outros já fizeram (e bem) no passado.
    Dos links acima mencionados, qual deles te mostra que eu não entendi o que quer dizer ciência?

    Isso tudo que foi linkado são apenas idéias sem evidências, elas não podem destruir o “Santos Darwin”, porque não há provas.

    Claro que podem, e é por isso que alguns evolucionistas começam a afirmar aquilo que os criacionistas sempre disseram.

    Like

  5. Mats says:

    Wallace,
    De modo a que o link que mostraste seja evidência para alguma coisa, tu tens que declarar qual é o teu argumento.
    O que é que o link de cima confirma, a teu ver?

    Like

  6. Talvez eu tenha enviado o link errado, talvez eu tenha argumentado de forma errada sobre os seus links de especulações sobre o criacinismo na ciência.

    Talvez eu também esteja errado enquanto ao link. Talvez eu tenha enviado o link errado. Talvez deveria ser esse: http://en.wikipedia.org/wiki/Evidence_of_common_descent

    abs.

    Like

  7. Mats says:

    Wallace,
    O que é que o link confirma? QUe há uma descendência comum? Mas o que fazer com os evolucionistas que dizem que não há?

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s