Várias Notícias

1. ADN de Penguim levanta dúvidas em relação aos métodos de datação genética

Penguins que [supostamente] morreram a 44,000 anos atrás na Antártica oferecem uma quantidade extraordinária de amostras de ADN. Estas amostras não só colocam em causa o rigor das tradicionais formas de medição de envelhecimento genético, mas sugerem também que as idades foram subestimadas entre 200% a 600%.

Mas será que há algum método de datação/adivinhação darwinista que tenha algum valor cientifico? O que fazer com um método de datação que pode ter uma margem de erro na ordem dos 600%?

2. Evolucionistas Atacam Museu Criacionista

Parece que ter o controle absoluto das escolas públicas, dos museus (financiados por dinheiro público), industria cinematográfica e universidades não é suficiente para os ateus. Eles estão tão “seguros” do que acreditam que uma das formas que encontram para converter pessoas à sua fé é limitar os direitos constitucionais de outros cidadãos.

3. Formiga come bem, graças às bactérias

Mais um exemplo de simbiose entre distintas formas de vida. Para se vêr como isto é problemático para o gradualismo darwinista, tentem imaginar o que ambas as formas de vida faziam enquanto uma esperava que a outra evoluisse.

4. 5 Previsões que (graças a Deus) não se materializaram

Isto mostra bem a taxa de sucesso de adivinhos e médiums. É mais lógico confiar-se na Palavra do Deus, que sabe tudo, do que nas opiniões de seres humanos falíveis.

Infelizmente o artigo do Público não menciona a relação entre Darwin e a ciência, especialmente quando hoje em dia se sabe que a maior parte do que ele disse está cientificamente errado.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Biologia, Ciência, Religião, Sociedade and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

10 Responses to Várias Notícias

  1. xavier pita says:

    Viva

    1º) Esta nova descoberta científica, não vai ao encontro da bíblia. Vai contra, porque vem indicar que as idades são ainda maiores que as que inicialmente eram admitidas.

    2º) A notícia a dada altura diz que esta descoberta vem “underpin much of modern evolutionary biology”. Ou seja, aqui está uma pesquisa feita por “evolucionistas”, que coloca algumas críticas à teoria da evolução e, ironicamente, não vai ao encontro da bíblia.

    Para quem costuma afirmar que as descobertas científicas vão ao encontro da bíblia e que existe uma conspiração para abafar as críticas ao evolucionismo… Escolheste um mau exemplo.

    Quanto ao resto do post, não li.

    Like

  2. Mats says:

    Xavier,
    Em relação ao 1), será lógico confira-se num método de datação com uma margem de erro na casa dos 600%?

    2) Qualquer evidência contra a teoria da evolução é evidência a favor da criação. Se a vida não se criou a si mesma, então foi criada.

    Mas acho que respondeste ao ponto errado. Supostamente estavas a falar do ponto 3), não?

    Like

  3. Xavier Pita says:

    “In other words, a biological specimen determined by traditional DNA testing to be 100,000 years old may actually be 200,000 to 600,000 years old.”

    Não são 600%.
    Em relação à medição antiga, a nova medição dá um aumento de idade entre os 100% e os 500%.
    [(600 a 200)-100/100=500% a 100%]

    A nova medição, tem uma margem de erro de 200% [(600-200)/200=200%].

    Contas à parte, parece-me que que a notícia que citas é um bom exemplo para ilustrar como as coisas devem funcionar em ciência (e será que na maioria das vezes não é assim?). Repara só nesta frase:
    “Aside from raising doubts about the accuracy of many specimens dated with conventional approaches, the study may give researchers tools to improve their future dating estimates, Denver said.”

    Onde é que está a conspiração evolucionista para esconder que os métodos de datação estão errados, que algumas vezes se vê afirmar pelos defensores do criacionismo bíblico?

    Como nota de “rodapé”, deixa-me dizer que acho muito pertinentes algumas das questões que os defensores do criacionismo levantam sobre a teoria da evolução.
    E para ser franco, acho bem que levantem questões. É bom haver gente interessada por ciência e a pressionar a comunidade científica para se aplicar e resolver problemas que as teorias possam ter (afinal, todos nós estamos a por pagar os ordenados dos investigadores das universidades públicas…).
    Só me faz confusão (muita consfusão, para ser franco) quando o “pessoal” agarra-se às suas teorias preferidas ao ponto de ver quem não as defende como sendo o inimigo, o mau, o mentiroso, o fanático… Quando na verdade, estão todos no mesmo barco, tentando compreender o funcionamento do mundo.
    E isto é tanto para os defensores do criacionismo, como para os defensores da teoria da evolução ou para outros quaisquer.

    Like

  4. Mats says:

    DNA samples that challenge the accuracy of traditional genetic aging measurements, and suggest those approaches have been routinely underestimating the age of many specimens by 200 to 600 percent.

    Acho que o texto é claro nisto?

    Contas à parte, parece-me que que a notícia que citas é um bom exemplo para ilustrar como as coisas devem funcionar em ciência (e será que na maioria das vezes não é assim?).

    Tal como eu tenho dito, os criacionistas não criticam a ciência, mas sim a teoria da evolução.

    Sim, é bom que haja refinições nos métodos de datação evolucionistas, uma vez que a sua taxa de sucesso é….hmm.. digamos que suspeita.

    Repara só nesta frase:
    “Aside from raising doubts about the accuracy of many specimens dated with conventional approaches, the study may give researchers tools to improve their future dating estimates, Denver said.”

    Onde é que está a conspiração evolucionista para esconder que os métodos de datação estão errados, que algumas vezes se vê afirmar pelos defensores do criacionismo bíblico?

    Os evolucionistas não acrditam que os seus métodos estão errrados, então porque é que eles haveriam de tentar escondê-los?

    Como nota de “rodapé”, deixa-me dizer que acho muito pertinentes algumas das questões que os defensores do criacionismo levantam sobre a teoria da evolução.
    E para ser franco, acho bem que levantem questões. É bom haver gente interessada por ciência e a pressionar a comunidade científica para se aplicar e resolver problemas que as teorias possam ter (afinal, todos nós estamos a por pagar os ordenados dos investigadores das universidades públicas…).

    Mas os criacionistas não pressionam a “comunidade científica”, mas sim a comunudade evolucionista.

    Só me faz confusão (muita consfusão, para ser franco) quando o “pessoal” agarra-se às suas teorias preferidas ao ponto de ver quem não as defende como sendo o inimigo, o mau, o mentiroso, o fanático… Quando na verdade, estão todos no mesmo barco, tentando compreender o funcionamento do mundo.

    Concordo em certa parte. Acho que há de facto pessoas que agem com más intenções (dos dois lados) e como tal é importante avaliar bem o que se declara à luz das evidências.
    Ah, e não censurar ideológicamente teorias alternativas. isto é tanto para os defensores do criacionismo, como para os defensores da teoria da evolução ou para outros quaisquer.

    Like

  5. xavier pita says:

    O texto é claro, mas deve ter um “gato” nas contas, porque com as idades que eles apresentam, é 100% a 500%.

    Like

  6. Mats says:

    Xavier,
    Ok. Mas em realação aos outros pontos, concordas com as minhas conclusões?

    Já agora, tu qualificas-te como um evolucionista?

    Like

  7. Xavier Pita says:

    Não me considero evolucionista, no sentido de defensor da teoria da evolução.Não sou investigador nem professor, e as áreas da ciência que domino estão longe das ciências naturais (embora esteja ligado a actividades relacionadas com a natureza).
    Não tenho qualificação nem pretensão a defender qualquer teoria com a qual não trabalhe, não estude e não conheça em detalhe.
    Encaro estes assuntos, simplesmente, com curiosidade e interesse.

    Quanto aos teus comentários, sim, concordo e acho que compreendo o que dizes.
    Mas novamente, acho que a noticia citada não vem corroborar a bíblia, já que um método mais fiável de datação, veio indicar uma idade ainda mais distante dos cerca de 10 000 anos da criação.

    Like

  8. Adim says:

    Mas ai estas a colocar tua fe no metodo de datação, quem garante que dessa vez esse metodo de ADIVINHAÇÂO esta certo ja que se errou tanto e de forma tão grosseira?

    Ou acreditas na palavra de Deus ou na especulação/imaginação de homens que estão muitas vezes compromissados com uma filosofia naturalista.

    Ou ainda, esperemos a maquina de viajar no tempo ser inventada e vejamos a verdade.

    Like

  9. Xavier Pita says:

    “Mas ai estas a colocar tua fe no metodo de datação, quem garante que dessa vez esse metodo de ADIVINHAÇÂO esta certo ja que se errou tanto e de forma tão grosseira?”

    Eu não posso garantir. Mas presumo que, para já, não exista um método melhor.
    Como dizes, até inventarem uma máquina do tempo, não é possivel verificar se os acontecimentos passados aconteceram como e quando se julga.

    Mas aproveito para perguntar, se não é do interesse dos defensores do criacionismo, o desenvolvimento de métodos de datação mais precisos.

    Like

  10. Mats says:

    Não me considero evolucionista, no sentido de defensor da teoria da evolução.

    De que forma é que te consideras evolucionista, então?

    Quanto aos teus comentários, sim, concordo e acho que compreendo o que dizes.
    Mas novamente, acho que a noticia citada não vem corroborar a bíblia, já que um método mais fiável de datação, veio indicar uma idade ainda mais distante dos cerca de 10 000 anos da criação.

    Será que desta vez eles acertaram? Será que vale a pena pôr a nossa fé nestes novos métodos de “datação”/adivinhação?

    Mas aproveito para perguntar, se não é do interesse dos defensores do criacionismo, o desenvolvimento de métodos de datação mais precisos.

    Certamente que sim. Os criacionistas estão de acordo com todos os métodos que visem aumentar o nosso conhecimento em relação ao mundo que Deus criou.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s