Portugueses descobrem gene mutado

Mais uma descoberta científica que nada deve aos mitos de Darwin.

Uma equipa de investigadores portugueses identificou pela primeira vez um gene mutado no cancro gastrointestinal, que poderá servir num futuro próximo como biomarcador de prognóstico ou ajudar a desenvolver novos medicamentos.O trabalho, a publicar em breve pela revista ‘Human Molecular Genetics’, foi realizado pela equipa do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP), liderada por Raquel Seruca, em colaboração com o Instituto Ricardo Jorge e o Instituto de Biotecnologia e Bioengenharia do Instituto Superior Técnico.

Desde há muito tempo que nos preocupamos em encontrar genes mutados, especialmente nos cancros colo-rectal e gástrico, que possam servir como biomarcadores para perceber o estado da doença, modificar a terapêutica dos doentes ou desenvolver novas drogas“, explicou Raquel Seruca.

O estudo demorou três anos.

Aparentemente nenhuma referência foi feita à teoria da evolução no artigo do Correio da Manhã. Tal como já foi dito no passado, é impressionante como os cientistas conseguem fazer o seu trabalho científico sem levar em conta a não existente “história evolutiva”.

Perguntem-se o seguinte:

1. Será que um criacionista teria problemas com este tipo de progresso científico?

2. De que forma é que a teoria da evolução oferece uma plataforma mais racional para o avanço do conhecimento biológico, quando as grandes descobertas médicas aparentam não depender em nada da teoria da evolução?

Sem dúvida que os crentes ateus vão apontar para a palavra “mutação” e inferir que se está a falar de evolução. Nada poderia ser mais falso. O facto de existirem mutações não significa que se está a presenciar um evento evolutivo.

A teoria da evolução veio para explicar a origem das formas de vida, mas a mutações são eventos que ocorrem depois das formas de vida já existirem. Portanto, a observação de mutações não serve de evidência para a teoria da evolução.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia, Ciência and tagged , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Portugueses descobrem gene mutado

  1. Nuno Dias says:

    Havia-me prometido não comentar mais neste blog, mas não resisto!!!

    À semelhança do tipo dos ídolos “Tu não percebes puto de evolução!”

    Cosmos – Carl Sagan
    O Gene Egoísta – Dawkins
    Genoma – Matt Ridley

    Like

  2. jonas says:

    A evolução é um processo imaginário,que posa de ciência.Nunca dectetou-se evolução,sómente variações e adaptações,em que os evolucionistas insistem em chamar de macroevolução.

    Like

  3. Mats says:

    Jonas,
    Essa é a forma que eles encontraram de esconder as inúmeras insuficiências do mitológico “processo evolutivo”. Qualificam qualquer variação genética de evolução, e extrapolam daí para a trasmutação, ou a chamada de “macro-evolução”.

    Like

  4. Nuno Dias says:

    Se por evolução se considerar o surgir de nova espécie, realmente é verdade. Mas parece-me que sempre ficou bastante bem assente que demoram alguns centenas/milhares de anos (em condições normais) para nova espécie surgir.

    Ainda bem que deram um xi-coração ao vosso Deus no passado Domingo, senão até podia dizer que também é imaginário.

    Like

  5. Mats says:

    Se por evolução se considerar o surgir de nova espécie, realmente é verdade.

    Só que toda a gente acredita que espécies podem surgir, mas nem todos são evolucionistas.

    Mas parece-me que sempre ficou bastante bem assente que demoram alguns centenas/milhares de anos (em condições normais) para nova espécie surgir.

    Por acaso nem tanto.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s