Evolucionistas cansados de louvar Charles Darwin

O delírio do “ano Darwin” chegou a tal extremo que até os darwinistas estão cansados.O paleontólogo da Cambridge University Simon Conway Morris afirmou na “Current Biology”

Mais do que uma das minhas colegas observou a sobre lotada sala de conferência e afirmou em voz baixa que sofria ligeiramente da “fadiga à cerca de Darwin”.

Conway Morris questionou-se se a “obsessão” em torno de Charles Darwin e o infinito ciclo de celebrações reflectiam “uma perda de rumo, um eclipse de confiança“, e criticou aqueles que “saltam em volta do totem Darwiniano” enquanto ignoram as contribuições de outros.
Aparentemente Conway deve ser um evolucionista, porque de outra forma ele saberia que todo a adoração em volta de Darwin nada tem a ver com a ciência. Se os motivos da adoração ateísta em torno de Darwin fosse baseada no avanço do conhecimento científico, há muito que os mesmos teriam buscado outros deuses para venerarem.
O biólogo da “University of Florida” Vassiliki Betty Smocovitis escreveu o seguinte na Science:

Quando se julgava que os ultra-darwinistas estavam a vencer o “ano de Darwin” com as suas intermináveis festas de amor, narrativas triunfalistas, revisionismo histórico auto-satisfatório; quando se começávamos a  julgar que Darwin tinha sido o único evolucionista a ter vivido durante os últimos 150 anos (…), David Prindle publicou um livro à cerca de Stephen Jay Gould que “provavelmente desafiaria a maior parte da ultra-ortodoxia julgada ser história reflectiva e ciência escrita expressamente para o ano de Darwin.

Smocovitis concluiu: “Darwin está morto. Viva a evolução.”
Conclusão:

Se os próprios darwinistas claramente se apercebem que as celebrações em torno do ídolo de Darwin estavam a ser exageradas e desgastantes, o que é que nós, os não crentes na religião darwinista, dirá?
Verdadeiramente as coisas foram levadas longe demais, e isso não se deve a ciência.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Religião and tagged , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to Evolucionistas cansados de louvar Charles Darwin

  1. JoanaPaz says:

    ‘O delírio do “ano Darwin” chegou a tal extremo que até os darwinistas estão cansados.’
    Ah, pensei que era só eu… 😛

    Like

  2. Nuno Dias says:

    é uma crítica justa.
    Afinal de contas bastante mais gente faz trabalho (com base em pressupostos darwinistas) válido e importante. Neste ano poder-se-ia posto tal em evidência.

    E já agora, qual foi a ideia do vosso Deus em fazer o nosso sistema solar atravessar um nuvem? Um cataclismo anunciado pela vida que presentemente se leva?
    http://astropt.org/blog/2009/12/26/as-sondas-voyager-resolvem-misterio-nos-confins-do-sistema-solar/

    Like

  3. Mats says:

    Nuno,
    Qual é o problema com isso?

    Like

  4. Nuno Dias says:

    não é nenhum, para mais a nuvem quase não tem densidade. Foi mesmo só para chatear.

    Mas estou curioso para saber se existem algumas passagens na Bíblia que justifiquem a complexidade(e dimensão) do universo.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s