Neandertal vaidoso

Mais uma evidência contra a crença evolucionista de que o homem de Neandertal era um troglodita. Segundo uma reportagem da BBC, foram descobertos objectos de cosmética pertencentes ao homem de Neandertal, usados com o expresso propósito de melhorar a aparência. Se isto não é uma característica humana, então o que é?

O blog “Peregrina Cultural” reporta o achado (ênfase adicionado):

Uma equipe de pesquisadores disse que encontrou as primeiras evidências convincentes de que o homem de Neandertal pintava o corpo e usava bijuteria há 50 mil anos. Conchas contendo resíduos de pigmentos usados para este fim foram encontradas em dois sítios arqueológicos em Múrcia, no sul da Espanha.

O arqueólogo português, João Zilhão, que lidera a equipe a partir da Universidade de Bristol, na Inglaterra, disse que foram examinadas conchas que eram usadas como utensílios para a misturar e armazenar pigmentos. Bastões pretos com um pigmento à base de manganês podem ter sido usados como tinta para o corpo. Artefatos semelhantes foram encontrados na África no passado. “(Mas) esta é a primeira evidência segura do uso de cosméticos“, disse o arqueólogo à BBC. “A utilização destas receitas complexas é novidade. É mais do que tinta para o corpo.”

Os cientistas encontraram fragmentos de um pigmento amarelo que, segundo eles, pode ter sido usado como base para maquiagem. Descobriram também um pó vermelho junto com manchas de um mineral negro brilhante. Algumas das conchas, entalhadas e pintadas com cores fortes, podem, também, terem sido usadas como bijuteria.

Até agora, muitos especialistas acreditavam que só os seres humanos modernos usavam maquiagem como adorno ou para rituais. Durante um período na pré-história Neandertais e humanos podem ter compartilhado a Terra, mas João Zilhão disse que a descoberta de sua equipe data de 10 mil anos antes do contato entre ambos e, portanto, ela não indicaria uma influência humana. Zilhão vê na prática do uso de pintura corporal e bijuteria um certo grau de sofisticação.

O texto termina com um aviso que claramente se aplica aos ateus:

As pessoas têm que acabar com essa idéia de que os Neandertais eram débeis mentais“, afirmou. O estudo foi divulgado em Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Escusado será dizer que este tipo de evidência científica está plenamente de acordo com a Palavra de Deus.

Contrariamente ao que a fábula ateísta com o nome de “teoria de evolução” diz, não houve nenhum processo evolutivo que tenha trazido o ser humano à existência.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Ciência and tagged , , , . Bookmark the permalink.

11 Responses to Neandertal vaidoso

  1. Sérgio Sodré says:

    Mas o que é tem o facto de os Neandertais terem até uma capacidade craniana superior ao homem moderno tem que ver com qualquer tipo de “aviso aos ateus”? É sempre os ateus para cá e para lá a propósito de tudo e mais alguma coisa. Os Neandertais eram homens ponto final, só que não eram Cro-magnons e talvez nem se pudessem cruzar com estes, ou o cruzamento produziria um híbrido. Agora, porque não seria um troglodita (ou seja vivia basicamente em cavernas)? Julga-se que habitava cavernas e que terá praticado os primeiros rituais religiosos. Afinal qual é a intenção deste texto? Mostrar que o homem é muito mais antigo do que 6000 anos? Mas isso desagrada aos “ateus”? Não chego lá.

    Like

  2. Mats says:

    Sodré,
    Esta evidência mostra que o Neandertal era um homem normal como nós, mas que foi relegado para outro nível devido ao preconceito evolutivo.

    A ciência como sempre está do lado da Bíblia.

    Like

  3. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Como disse antes, já li que a capacidade craneana dos neandertais era superior à do homem moderno. Ainda assim parece haver algum “preconceito” no sentido em que se duvida da sua capacidade para falar, ou pelo menos teriam essa capacidade muito diminuída relativamente ao homem moderno, agora nunca li que se duvidasse do facto de serem realmente homens e não “homens-macacos”. O facto é que tudo indica que foram progressivamente eliminados pelo homem moderno e talvez até comidos pelo mesmo. Apesar do neandertal ser fisicamente mais forte e ter maior capacidade craneana tinha limitações de organização em grupo e era menos inteligente que o homem moderno.

    Like

  4. Mats says:

    Sodré,
    Como é que sabes que o homem de Neandertal era menos inteligente que o homem moderno?

    Like

  5. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Estive a fala de cor com base em material lido em tempos, mas em face da tua pergunta fui ler a entrada homem-de-neandertal na Wikipédia e, neste caso, o artigo pareceu-me muito bom. o neandertal teria mais 10% de capacidade craneana mas menor inteligência prática, menor capacidade de fala devido ao tipo de implantação da língua e menor facilidade em se deslocar devido ao tipo de membros e respectiva implantação.
    A menor inteligência prática é revelada por pouca evolução nos artefactos que produziu, não tendo armas de arremesso e não tendo iniciado a domésticação das plantas. Ficou para trás na adaptação ao meio e capacidade de inovar.

    Like

  6. Mats says:

    Sodré,
    Se houver pessoas hoje em dia que demonstram ter “pouca evolução nos artefactos”, ou não tenham “armas de arremesso”, ou não tenham aquilo que tu defines como a habilidade de domesticar plantas, será que essas pessoas são menos humanas que eu e tu?

    Like

  7. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    O Neandertal não é o nosso antepassado. O homem de neandertal é contemporâneo do homem de cro-magnon e terá havido um antepassado comum a ambos. O que parece que aconteceu foi que o segundo eliminou o primeiro que por isso não se extinguiu por si mesmo. Digamos que o neandertal perdeu a guerra e portanto perdeu o direito de ser ele o futuro. O cro-magnon é o nosso antepassado.
    A derrota não acarreta que o neandertal fosse menos humano do que o cro-magnon na época em que ambos viviam. Só se poderá dizer que o cro-magnon é “mais humano” quando se compara com o homem actual que dele deriva (no fundo é ele na actualidade). Mesmo que, como muitos cientistas crêem mas é controverso, mesmo que não tivesse sido possível o cruzamento fértil entre ambos teriamos dois tipos de homem do qual só um veio a perdurar.
    De um modo simplificado, julgo é isto…

    Like

  8. Sérgio Sodré says:

    Quando digo dois tipos de homem quero antes dizer duas espécies de homem.

    Like

  9. Mats says:

    Sodré,
    Mas a questão não é bem essa. A questão é: era o homem de neandertal um homem normal como nós ou não? Se não era, o que te faz pensar assim, para além do preconceito evolutivo?

    Like

  10. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    A questão é definir homem normal. Estou a falar de cor, mas no texto da Wikipedia sobre o neandertal referem-se algumas limitações fisícas com implicações na capacidade de andamento (posição das pernas no esqueleto dificultaria grandes migrações) e posição da língua levaria a uma fala menos fluente (a forma como o músculo é ligado ao osso, a posição da língua na boca).
    Depois há o aspecto fisíco geral. Sendo diferente do nosso talvez vissemos o neandertal como alguém anormal.
    Agora se crianças neandertais fossem educadas juntamente com as actuais até onde conseguiriam chegar nos estudos, nos trabalho?… Tendo a julgar que ficariam para trás, mas não tenho a certeza. Se as limitações de linguagem fossem ultrapassadas ou nem sequer realmente existissem (pode ser um erro de interpretação dos fósseis disponíveis), talvez fossem iguais a nós efectivamente.

    Like

  11. Carlos says:

    “Agora se crianças neandertais fossem educadas juntamente com as actuais até onde conseguiriam chegar nos estudos, nos trabalho?… Tendo a julgar que ficariam para trás, mas não tenho a certeza…”

    Há, então toda essa argumentação acima foi apenas baseada em crenças pessoais de que o homem de neandertal é inferior a nós, mas nada baseado em evidências!
    Bem, existem tantas formas de cachorro, com diferenças físicas impressionantes, diversas cores, pelagens, resistências, tamanhos. Porém ninguém hoje nega que são todos cachorros, mesmo o basset se mostrando mais desajeitado com o corpo todo alongado e pernas tão curtas, por exemplo. Mas já quando se falam de humanos que são mais semelhantes entre si do que um chihuahua é de um husky não pode-se aceitar que sejam etnias diferentes apenas?

    Like

Leave a Reply to Sérgio Sodré Cancel reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s