A Censura Como Forma de Defender a Teoria da Evolução

O que primeiro começa o seu pleito, justo parece; mas vem o seu companheiro e o examina.
Provérbios 18:17

Mesmo a tempo do Academic Freedom Day, Feb. 12 (também conhecido como “Darwin Day”), o estudante Michael Barton (Montana State University) gaba-se regularmente de ir à biblioteca local e de tirar os livros críticos da teoria da evolução e recoloca-los na secção dos livros religiosos. Recentemente Barton fez um post onde se gabou do seu mais recente acto de vandalismo:

Hoje tirei o livro [do Michael Behe] “The Edge of Evolutione o livro [de Benjamin Wiker] “The Darwin Mythfora da estante onde estavam, mesmo por baixo do livro The Greatest Show on Earth” [do Richard Dawkins], e – e eu tinha que fazê-lo – coloquei ambos junto dos Livros “The Adventure Bible” e “The Princess Bible” na secção religiosa.

O que quer que o Barton afirme, as suas acções constituem pura censura. O Michael Barton está a tentar esconder os livros que ele não gosta de forma a prevenir outros de se exporem a opiniões com as quais ele discorda. Aparentemente ele está tão inseguro da capacidade dos darwinistas como Dawkins de exporem a sua visão que ele toma sobre si o “dever” de vandalizar livrarias privadas de forma a manter os livros críticos do Darwinismo longe do público.

As actividades do Barton não só são infantis, como podem muito bem ser ilegais.

Perguntem-se a vocês mesmos: se a teoria da evolução é um “facto”, porque é que os seus defensores se comportam desta forma? Alguma vez vimos um defensor da teoria da Relatividade a agir assim? Alguma vez vimos um defensor das Leis da Termodinâmica a censurar teorias que aparentemente as colocam em causa ? Se a teoria da evolução é assim tão firme como a gravidade, porque é que a forma como a mesma defendida é tão diferente?

Existe alguma teoria verdadeiramente científica que sobreviva à custa da censura das oponentes? Acho que todos nós sabemos a resposta a estas perguntas. Aparentemente a teoria da evolução rege-se de acordo com outro tipo de leis.

Não só a censura do Barton não faz bem nenhum à evolução darwiniana, como mostra ao público o quão intolerante a comunidade darwiniana se tornou. Tal como alguns aquecimistas fanáticos (proponentes do aquecimento global), os ideólogos evolucionistas posicionam-se acima da Lei e tentam excluir-se a si mesmos de alguma forma responsabilidade.

Ironicamente o próprio Darwin era muito mais aberto ao diálogo do que os seus defensores actuais. Escrevendo no início do seu livro On the Origin of Species, Darwin assumiu que “um resultado justo pode ser obtido apenas ao declararmos na totalidade os factos e balancearmos os argumentos de ambos os lados da questão”.

Que pena que os ateus modernos não sigam as pisadas do seu profeta.


Modificado a partir do original.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia, Ciência and tagged , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to A Censura Como Forma de Defender a Teoria da Evolução

  1. Nuno Dias says:

    Possivelmente será verdadeiro que muitos defendam a teoria da evolução de forma cega, mas não me parece que um livro escrito por um criacionista tenha lugar na mesma estante de livros sobre a “normal” ciência, pelo simples facto (e segue texto de um ignorante que nunca leu na integra nenhum) orientarem a “vossa” ciência numa única direcção, a Bíblia.

    Sinto-me ofendido quando por exemplo vejo livros de astrologia na secção de astronomia. Assim como possivelmente ficariam se vissem o God Delusion na secção de teologia.

    Like

  2. JoanaPaz says:

    Se são livros que tratam de questões cientificas, independentemente das conclusões que sejam tiradas, não têm que ser ‘escondidos’. A atitude é realmente muito infantil…

    Like

  3. Mats says:

    Possivelmente será verdadeiro que muitos defendam a teoria da evolução de forma cega

    E já te perguntaste porque é que isso acontece?

    mas não me parece que um livro escrito por um criacionista tenha lugar na mesma estante de livros sobre a “normal” ciência

    Mesmo que seja escrito por um cientista que trata de argumentos científicos, apesar de ter ramificações teológicas??

    pelo simples facto (e segue texto de um ignorante que nunca leu na integra nenhum) orientarem a “vossa” ciência numa única direcção, a Bíblia.

    E quando a “ciência” dos evolucionistas orienta-se numa direcção, nomeadamente, na direcção contrária a Deus, já concordas com isso?
    Não é mais louvável deixar as pessoas apresentarem as suas evidências, e depois discutirem-se os argumentos? Só os evolucionistas é que usam a censura neste debate. Porque será?

    Sinto-me ofendido quando por exemplo vejo livros de astrologia na secção de astronomia.

    Sim, também não gosto muito. Mas também não gosto muito quando vejo livros de Dawkins na secção da ciência.

    Assim como possivelmente ficariam se vissem o God Delusion na secção de teologia.

    Mas esse livro pertence à secção da religião, visto que é um livro religioso.

    Like

  4. Nuno Dias says:

    Mesmo que seja escrito por um cientista que trata de argumentos científicos, apesar de ter ramificações teológicas?
    Mas isso acontece qts vezes? Pelos textos q tenho vindo a ler sobre evolução e que, tanto qt me parece, foram escritos pelo “vossos” cientistas, apresentam erros de tal forma grosseiros (a roçar a desonestidade) que um amador como eu (lic eng mecanica) facilmente detecta.

    “ciência” dos evolucionistas …na direcção contrária a Deus
    Deus que apareça quando quiser, tb não vamos andar à procura de fadas e duendes

    Like

  5. Mats says:

    Mesmo que seja escrito por um cientista que trata de argumentos científicos, apesar de ter ramificações teológicas?

    Mas isso acontece qts vezes?

    Sempre que o Dawkins escreve um livro.

    Pelos textos q tenho vindo a ler sobre evolução e que, tanto qt me parece, foram escritos pelo “vossos” cientistas,

    “Nossos” cientistas que são doutorados em lugares obsoletos como Oxford, Princeton, MIT e Yale.

    apresentam erros de tal forma grosseiros (a roçar a desonestidade) que um amador como eu (lic eng mecanica) facilmente detecta.

    Estranho porque , apesar dos seus “erros”, os evolucionistas não aparentem ter argumentos científicos contra eles. Por exemplo, o livro do Dr Michael Behe foi escrito há mais de 10 anos, e os ateus evolucionistas ainda andam a “refutá-lo” todos os anos.

    “ciência” dos evolucionistas …na direcção contrária a Deus

    Deus que apareça quando quiser, tb não vamos andar à procura de fadas e duendes

    Portanto, “ciência” feita com o propósito de refutar o Deus da Bíblia está bem, mas ciência que sirva de suporte para O Mesmo, já não está certo.

    A dualidade de critérios é gritante.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s