Evolucionista: “Como Não Temos os Fósseis Nós Inventamos Histórias”

O Dr. Richard Lewontin é o “Alexander Agassiz Research Professor” no Museu de Zoologia Comparativa, na Universidade Harvard. A Harvard University Press descreve-o como um dos “mais brilhantes biólogos evolucionários“.

Professor desde 1973, não só ele tem credencias académicas impecáveis como ganhou notoriedade mundial ao ser o autor de diversos livros como The Triple Helix, The Genetic Basis of Evolutionary Change, e Biology as Ideology.

Durante a semana de 14 a 18 de Fevereiro (2008) o Dr Lewontin foi convidado para falar no encontro anual da American Association for the Advancement of Science (AAAS), realizado em Boston – Massachusetts.

Michael Balter, a escrever para a revista Science, reportou os comentários de Lewontin que causaram comoção entre a comunidade evolucionista. Balter deu o seguinte título ao seu artigo:

Como a Inteligência Humana Evoluiu – Será Ciência ou ‘Paleofantasia’?

No primeiro parágrafo, Balter satirizou que Lewontin realmente “sabe como agarrar a atenção da audiência“. Mas o que é que Lewontin disse que foi tão notável e tão cativante?

O Dr Lewontin iniciou a sessão, intitulada de “A Mente do Fabricante de Ferramentas“, anunciando que os cientistas sabem muito pouco acerca da forma como os seres humanos se tornaram tão inteligentes. Ele diz:

Falta-nos o registo fóssil da cognição humana, e como tal nós inventamos histórias.

Embora o repórter Michael Balter tenha usado o resto do seu artigo para mostrar como as conclusões de Lewontin não são reconhecidas pela comunidade científica, os ataques devastadores de Lewontin aos cenários evolutivos em torno do desenvolvimento humano não podem ser ignorados tão facilmente.

James Randerson, correspondente do jornal inglês The Guardian, escreveu um artigo intitulado “Não Sabemos Nada Acerca da Evolução da Cognição” onde aludiu à palestra de Lewontin. O mesmo Lewontin intitulou o seu discurso de “O Porquê de Não Sabermos Nada Acerca da Evolução da Cognição”.

Randerson reportou que, durante a palestra, o eminente professor de Harvard rejeitou “sistematicamente todas as pressuposições acerca da evolução do pensamento humano, chegando à conclusão que os cientistas ainda estão às escuras no que toca à forma como a selecção natural estimulou a longa caminhada do tamanho do cérebro na linhagem humana“.

Os Fósseis.

A partir de uma dada altura da palestra, o Dr Lewontin focou a sua atenção no registo fóssil. Randerson sumarizou as declarações do Dr Lewontin ao afirmar:

O problema principal é a pobreza do registo fóssil. Apesar dos fósseis hominídeos que se alongam para trás no tempo até a mais ou menos 4 milhões de anos, não podemos ter a certeza que qualquer um deles está na nossa linha ancestral. Muitos deles podem ter sido ramos evolutivos periféricos. (…) Pior ainda é que os fósseis na nossa posse são difíceis de interpretar.

O Dr Lewontin confessou:

Eu não faço a mínima ideia do que a capacidade craniana [dum fóssil hominídeo] significa. (…) O que é que um tamanho particular dum cérebro nos diz acerca das capacidades do animal agarrado a esse mesmo cérebro?

Obviamente que as declarações deste evolucionista contradizem tudo aquilo que a população geral é levada a acreditar acerca da evolução humana. As bonitas ilustrações de criaturas tipo-macaco a evoluírem gradualmente até chegar aos humanos foram emplastradas nos laboratórios de ciência, livros escolares, e em revistas científicas populares durante as últimas cinco décadas.

Foi-nos dito que o registo fóssil hominídeo é tão completo que o mesmo nos oferece evidências irrefutáveis da evolução humana. Foi-nos dito que os nossos fósseis “ancestrais” não só indicam precisamente quando é que os nossos bisavós começaram a andar com postura recta, como também nos indicam quando é que evoluíram capacidades cognitivas superiores, e quando é que eles evoluíram para o que nós somos hoje.

O massacre continua.

Lewontin não tinha ainda acabado de destruir a história standard acerca dos fósseis hominídeos. Randerson notou que Lewontin “é ainda mais céptico de paleoantropologistas que conseguem distinguir quais eram as espécies que andavam direitas e quais eram as que arrastavam os dedos dos pés. A postura recta é crucial como forma de libertar as mãos para execução de outras tarefas úteis“.

Dado este cenário, o que é que Lewontin concluiu acerca da ignorância prevalecente que permeia a comunidade científica em torno da suposta evolução humana? Ele disse:

Nós estamos com dificuldades sérias em tentar reconstruir a evolução da cognição. Eu nem tenho a certeza do que é que temos em mente quando se fala nesse problema.

Conclusão:

Ateus evolucionistas: acabou a farsa. Se vocês perderam o Lewontin, vocês não tem nada mais a defender. Podem tirar as vossas lindas fotos de hominídeos dos livros escolares, podem parar de ensinar História, Sociologia, Arqueologia e tudo o mais assumindo a vossa teoria da evolução. É tudo mentira e vocês sabem que é mentira. Um dos vossos praticamente confirmou o que os cientistas criacionistas tem vindo a dizer há décadas: vocês não têm evidências para o vosso mito. Não há evidências de evolução em lugar nenhum deste mundo porque a evolução nunca aconteceu.

A bomba que o evolucionista Lewontin largou na reunião anual da AAAS vai fazer uma carnificina duradoura dentro da comunidade evolucionista porque em menos de um dia este homem conseguiu refutar 50 anos de propaganda evolucionista orquestrada.

Randerson concluiu o seu sumário às palavras de Lewontin observando:

Apesar de tudo, e mesmo depois de milhares de artigos científicos e inúmeras capas de revista na National Geographic, nós não fizemos muito progresso no que toca a entendermos como é que o nosso mais complicado e misterioso órgão [o cérebro] veio a existir.

Após comentar as declarações de Lewontin e a forma como os mais variados artigos jornalísticos as descrevem, os escritores do Creation/Evolution Headlines apropriadamente avisaram o leitor:

Lembrem-se desta informação da próxima vez que a National Geographic colocar numa capa um hominídeo com um olhar de filósofo.
Lembrem-se
disto quando vos forem contadas histórias acerca de hominídeos a andarem com postura recta e com as mãos agora livres para coçar o queixo e raciocinar.
Lembrem-se disto sempre que a NOVA [órgão de informação pró-evolução] vos mostrar um chimpanzé a executar truques de memória em troca de uma banana ou a esmagar insectos com uma pedra.
Lembrem-se disto sempre que um conjunto de artigos científicos acerca da evolução humana for colocado sobre uma mesa de tribunal onde decorre uma audiência em torno da questão se os estudantes podem ou não pensar de forma crítica em relação à teoria da evolução.

Conhecimento é poder, e sempre que tivermos à mão este tipo de informação, vai ser mais difícil os ateus misturarem verdadeira ciência com mitos ateus.

REFERÊNCIAS

Balter, Michael (2008), “How Human Intelligence Evolved—Is It Science or ‘Paleofantasy’?” Science, 319 [5866]:1028, [On-line], URL

“Paleofantasy: Brain Evolution is Mere Storytelling” (2008), Creation/Evolution Headlines, February 22, [On-line], URL

Randerson, James (2008), “We Know Nothing About Brain Evolution,” Guardian, [On-line], URL:


Modificado a partir do original.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia, Ciência and tagged , , , . Bookmark the permalink.

16 Responses to Evolucionista: “Como Não Temos os Fósseis Nós Inventamos Histórias”

  1. ND says:

    por estas coisas é que eu gosto de ti Mats, pegamos os dois em areia e construímos as nossas casas.
    Possivelmente o melhor artigo que colocaste no teu blog.

    E já agora, a minha teoria é melhor do que a tua. 😉

    Like

  2. Mats says:

    ND,
    tu trabalhas em quê?

    Like

  3. ND says:

    não é Construção Civil😉
    Eng Mecânico

    Like

  4. Jefferson says:

    É cada coisa que lemos.
    Sarcasmo On
    Interessante que deve haver uma conspiração ateia-evolucionista que não deixa a “verdade” prevalecer e ser ensinada nas escolas. Afinal, há tantas evidências que viemos do barro. Olha só a cara do Lula, cara de lama. Enquanto a evolução… (o que são os vírus, as bactérias e suas resistências a vacinas? É vontade divina, oras!)
    Sarcasmo Off

    “Ateus evolucionistas: acabou a farsa. Se vocês perderam o Lewontin, vocês não tem nada mais a defender.”
    Não é porque um cientista que se dizia evolucionista mudou de ideia que toda a comunidade científica irá na onda dele. A não ser, é claro, que este apresente evidências, e não o que disse conforme o artigo:

    O interessante é que em momento algum foi posto em questão a evolução em si, mas um processo evolutivo da cognição humana. Ou seja, coisa comum à ciência levantar lacunas no conhecimento para aperfeiçoar, ou quiçá, derrubar uma teoria.
    Mas lembrem-se colega, negar a evolução, mesmo que em todos os âmbitos, ao menos na comunidade científica, não é dar confiabilidade ao criacionismo ou design inteligente. Este, deve-se afrimar por si só e não pela simples negação do outro.
    Portanto, os evolucionistas podem estar 100% equivocados (o que acho muito difícil), e a partir do momento em que for posta uma teoria mais racional, aprovada pelo método científico, que não aquelas velhas crenças baseadas simplesmente na fé. Quando isso ocorrer, se ocorrer, certamente os paradigmas mudarão. Pois isso é ordinário à ciência, a teoria da evolução já não é a mesma desde Darwin.

    Like

  5. Mats says:

    Jefferson,

    É cada coisa que lemos.
    Sarcasmo On
    Interessante que deve haver uma conspiração ateia-evolucionista que não deixa a “verdade” prevalecer e ser ensinada nas escolas.

    Veja-se o caso do Dr Richard Sternberg, que foi atacado pela alcateia ateísta [sem ofensa para os lobos 😉 ] pelos simples facto de permitir que um artigo científico criticasse a versão oficila da teoria da evolução.

    Afinal, há tantas evidências que viemos do barro.

    Exacto.

    Enquanto a evolução… (o que são os vírus, as bactérias e suas resistências a vacinas? É vontade divina, oras!)

    Resistência a vacinas não é evolução. Quantas vezes tem que se dizer isso?

    “Ateus evolucionistas: acabou a farsa. Se vocês perderam o Lewontin, vocês não tem nada mais a defender.”
    Não é porque um cientista que se dizia evolucionista mudou de ideia que toda a comunidade científica irá na onda dele.

    É muito importante quando um evolucionista practicamente vem concordar com todos os pontos cristãos.

    A não ser, é claro, que este apresente evidências, e não o que disse conforme o artigo:

    O interessante é que em momento algum foi posto em questão a evolução em si, mas um processo evolutivo da cognição humana.

    AMigo, se o ser humano (ou a sua cognição) não evoluíram, nada eovluiu. A evolução é fortemente fragilizada quando um ateu admite que uma das formas para se avançar a teoria que é a invenção de hostórias.

    Ou seja, coisa comum à ciência levantar lacunas no conhecimento para aperfeiçoar, ou quiçá, derrubar uma teoria.

    MAs vocês dizem sempre que “não há lacunas” e que “ninguém da comunidade científica tem dúvida em relação à teoria da evolução”.

    Mas lembrem-se colega, negar a evolução, mesmo que em todos os âmbitos, ao menos na comunidade científica, não é dar confiabilidade ao criacionismo ou design inteligente.

    Segundo Darwin, e muitos outros evoklucionistas, sim, porque ou as coisas evoluiram ou foram criadas. It’s the law of excluded middle.

    Ou evoluiram ou forma criadas. Evidências contra uma é evidências a favor da outra.

    Like

  6. manuel says:

    “reconstruir a evolução da cognição”?
    que hipótese idiota. o homem deve ter perdido o juízo.
    tal coisa é simplesmente impossível.

    Like

  7. Mats says:

    manuel = medeia (ou então alguém a usar o mesmo IP)

    Para quem não sabe, os gestores do blog podem vêr o IP de onde vocês fizeram os comentários, portanto, a não ser que façam o comentário a partir doutro PC, o vosso IP há-de ser o mesmo.

    Like

  8. Marco Túlio says:

    Quando peço pros evolucionistas algum fóssil de transição, eles apelam, kkkkk

    Like

  9. RODÍÌFER says:

    POR ISSO FICO COM A “VERDADE QUE FUI CRIADO A IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS ”

    [[Primeiro e último comentário só em maiúsculas que fazes neste blogue – Editor]]

    Like

  10. harmo1979 says:

    novidade?

    Evolução é a única ciência sem provas materiais. Ou seja, é uma involução

    Like

  11. No Final… os UFOlogos é quem estarão certos!!! #Partiu Nave Mãe

    Like

  12. Fhellipe says:

    Sem delongas, a falta de evidencias do evolucionismo não valida o criacionismo. Se assim fosse, o contrario também seria válido e tudo seria um ciclo vicioso onde um afirma o outro por falta de provas. Outro ponto: Não é pq um evolucionista “volta atras” na idéia, que a teoria deve ser deturpada; Na decada de 1950, Pio 12, líder da igreja católica, assumiu o evolucionismo como abordagem valida do desenvolvimento humano…voltamos ao ciclo vicioso. Particularmente, muito me custa a concepção da idéias de que fui criado a partir de um monte de barro e minha mulher a partir de uma de minhas costelas.

    Like

    • Lucas says:

      Sem delongas, a falta de evidencias do evolucionismo não valida o criacionismo.

      Curioso, porque vocês evolucionistas sempre disseram que evidências contra a criação eram evidências em favor da evolução (daí o uso do argumento do “mau design”).

      Outro ponto: Não é pq um evolucionista “volta atras” na idéia, que a teoria deve ser deturpada

      Quem disse o contrário?

      ;

      Na decada de 1950, Pio 12, líder da igreja católica, assumiu o evolucionismo como abordagem valida do desenvolvimento humano…

      Todos os papas acreditam que a vida é origem de Design Inteligente (porque senão nem seriam Cristãos).

      Particularmente, muito me custa a concepção da idéias de que fui criado a partir de um monte de barro e minha mulher a partir de uma de minhas costelas.

      Mas estás perfeitamente à vontade com a ideia de teres grau de parentesco com macacos e a tua vida ter a mesma origem e valor que uma lesma.

      Like

  13. cory says:

    Os fósseis não apoiam a teoria da evolução. Por outro lado, a evidência fóssil deveras fornecer forte peso a favor dos argumentos da criação. Como declarou o pesquisador em ciências Mauro dos Santos.

    Like

  14. cory says:

    A teoria evolucionista presume que os peixes tornaram-se anfíbios, alguns anfíbios tornaram-se répteis, dos répteis vieram mamíferos e as aves, por fim,alguns mamíferos tornaram homens. Isto é inaceitável. Não existe elos entre o homem e estes animais citados.

    Like

  15. Fred Silva says:

    o problema dos neo-ateus, dos religiosos fanaticos e de todo o resto que não pensa muito bem, é que eles possuem odio uns dos outros!! o cara pega a Bíblia e lê genesis, dae ve la que o homem veio do barro e que a mulher da costela, e pensa que foi exatamente daquela forma!!! primeiro pensem!! a Bíblia foi escrita por pessoas a longo de varios anos, ninguem estava presente na criação alem de Deus (na minha visão) ou nem mesmo ele (na visão ateista) então, a unica forma de alegar como foram feitas as coisas, é através de Teorias que nunca vão sair do papel! (afinal quem vai recriar o universo pra comprovar que ele foi feito de uma forma ou de outra???) o evolucionismo e o criacionismo são teorias ciêntíficas sem provas!!
    e aos ateus que jugam a biblia, tentem interpretar as coisas antes de julgar!!
    Adão e Eva, na bíblia, serve para nos ensinar sobre a origem da humanindade (não quer dizer que foi exatamente daquela forma!!!) o homem ter vindo do barro, quer dizer que ele foi feito da materia, e que a unica coisa que nos separa da materia morta, seria o “sopro de vida” que Deus colocou em nós! (o que seria a alma) nós somos a imagem e semelhança de Deus pois somos o unico animal/ser do universo ate agora que temos conciência de nossos atos, e que somos mais inteligentes, alem de conseguirmos vencer nossos instintos; a mulher ter vindo da costela foi uma analogia feita para mostrar que a mulher deve ficar de igual conosco!! (não ser mais, nem ser menos) Deus na minha visão (e aposto que de muitos) não é um ser de carne como nós! e não se encaixa nas leis da física (por isso não pode ser provado por elas) pois o mesmo as criou, assim como criou o tempo e a matéria! (para que um ser supremo iria criar tudo e se colocar nesse tudo???) bom assim como a teoria do criacionismo, do evolucionismo… (cujo mesmo eu não excluo completamente das minhas crênças [sim os evolucionistas prescisam crer no evolucionismo e em seus fósseis antigos, assim como os cristãos acreditam na Bíblia] pois certas partes dessa teoria fazem sentido.) …a minha teoria foi feita com base nos estudos da ciência, e de sua associação com a Bíblia!! (todos possuem uma teoria própria sobre tudo, por mais que a gente esteja por dentro de certos assuntos, a sua forma de pensar nunca sera idéntica daquele cientista que criou a teoria que você segue, o que) pensando e eliminando certas opiniões meio absurdas (como é feito com a Navalha de Occam) eu cheguei a minha própria conclusão, aquela que acredito, em que ciência e religião andam juntas!
    ANTES DE JULGAR, TENTEM PENSAR!!!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s