Líder Ateu Apercebe-se do que Significa o Fim do Cristianismo Europeu e Não Gosta do Que Se Avizinha

Sub-Título: “Teofóbico Teme Pelo Fim do Cristianismo

Agora que uma religião bem mais sombria está a ganhar proeminência, Richard Dawkins – um homem que adquiriu fama e fortuna propagando entre os que não querem acreditar em Deus aquilo que eles querem ouvirparece estar de pé atrás em relação ao que uma vida de secularismo e ataques ao Cristianismo causaram à Europa.

Richard Dawkins afirmou:

Tanto quanto sei não há Cristãos a explodir prédios. Não conheço Cristãos que façam ataques suicidas bombistas, nem conheço uma grande denominação Cristã que acredita que a apostasia deva ser punida com a morte.Eu tenho sentimentos divididos em relação ao fim do Cristianismo uma vez que o Cristianismo pode ser uma fortaleza contra algo pior.

Achas mesmo, Ricardo? Quem diria que o Dr Richard Dawkins se aperceberia do que o fim do Cristianismo na Europa vai causar.

Uma coisa é rejeitar a Bíblia como a Palavra de Deus, mas outra coisa completamente diferente é rejeitar a Bíblia como uma repositor de verdades testadas pelo tempo, verdades essas ganhas através dos milhares de anos de experiência Judaico-Cristã. Uma dessas verdades é que, se tu não defendes a tua fé, alguém que acredita em outra coisa pode aparecer e subjugar-te.

Uma coisa peculiar entre os secularistas ateus é que, embora eles estejam dispostos a viver num estado hedonista e pensionista (eng: welfare state), eles não estão dispostos a lutar e morrer por um. Isto coloca-os com uma desvantagem grave em relação àqueles que estão dispostos a lutar e a morrer por aquilo em que eles acreditam.

Uma Europa sem Cristãos é um sonho antigo dos ateus mas o que eles não se aperceberam é que a Europa e o Cristianismo estão umbilicalmente ligados. Se o Cristianismo morre na Europa, então a Europa vai ser subjugada por uma ideologia bem pior (e desta vez não estou só a falar do ateísmo).

Advertisements

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Islão, Religião, Sociedade and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

34 Responses to Líder Ateu Apercebe-se do que Significa o Fim do Cristianismo Europeu e Não Gosta do Que Se Avizinha

  1. Ola

    Eu francamente acho que o que vai acontecer é que a a imensa maioria vai ficar, como em parte já é, indiferente ao fenómeno religioso.
    Penso que já é assim na Europa.
    Grande parte das pessoas que conheço são absolutamente indiferentes a qualquer problema religioso. Até podem ir ver o papa como iriam ver o Cristiano Ronaldo ou a Ciciolina.

    O problema está na minoria de crentes que se pode radicalizar e criar alguns problemas.

    Penso que não.

    O futuro das igrejas passa pela teologia da prosperidade e essas igrejas até me parecem mais dentro da legalidade. O objectivo da IURD é meramente o lucro logo vão se preocupar com tudo o que possa por em causa o rendimento. Acredito que vigiem bem casos de abusos sexuais ou algum movimento lá dentro mais radical que chame a atenção das autoridades.

    Repara que o crescimento evangélico em Angola ou no Brasil não é de igrejas perigosas para a paz social.

    Mesmo no Brasil em que há deputados religiosos e tem uma presença forte na TV estão a borrifar-se em tudo que não seja o lucro. A campanha contra a globo também tem a ver com aumentar as audiências da record e do lucro que dá.

    Claro que por trás disto há lavagem de dinheiro, alianças com narcotráfico e coisas menos claras mas daí a terrorismo ou querem impor alguma moral ou princípios vai um largo caminho.

    E não vão sempre recusar o share de mercado gay. Com o tempo vão incorporar gays e lésbicas que até bem trabalhados podem ser uma boa fonte de receita. Vão dizer e defender o que quer que seja desde que os clientes paguem. E se a homofobia fizer perder clientela passam logo a receber gays e lésbicas. E o terrorismo não me parece que dê lucro.

    Para os desanimados da teologia da guita aqui e agora vão existir sempre Testemunhas de Jeová a prometer a prosperidade pós mortem. Sempre não tem de justificar os falhanços e tem zero reclamações.

    Estes também me parecem pacíficos.

    A vigilância deve andar é sobre seitas mais obscuras cujo fim não seja o lucro material e que podem como em Wacco dar para o torto.

    Mas isto pode acontecer em claques de futebol, partidos ou em qualquer outra organização.

    Like

    • caetano says:

      considero seus argumentos fora de realidades, pois fala-se do cristianismo pregado por cristo e interpretado por teologos honestos dotados do espirito de Deus. se alguns não são convertidos pela palavra mais são convencidos por pregadores de interesses proprios eles tem inumeras igrejas que pregam o que cristo pregava,arrependimento do pecado,sofrimento por pregar a verdade, renuncia de vida depravada,busca do reino de Deus em 1° lugar e riquezas se vier( Deus ñ é dono da casa da moeda) viriam em 2° lugar(MT 6:33), ciência legitima pois ñ existe um 3° sexo( então me mostre cromossomos, e genes homossexuais), o que podemos fazer a não ser pregar e orar para se revelar mais escolhidos no meio dessa geração corrompida e perverssa(FL 2:15,16)! por isso ñ há argumentos para rejeitar o verdadeiro cristianismo por que existe um falso!!

      Like

      • Mats says:

        Tenta escrever com espaços e com frases bem pontuadas. Da forma como os comentários estão, fica dificil responder.

        Obrigado.

        Like

  2. Jaime says:

    Crusadas. Até 5 milhões de mortos segundo algumas fontes.

    Like

  3. Carlos says:

    O Cristianismo só terá a perder se se transformar numa ideologia ou filosofia de conveniência, embora eu compreenda que, nesse registo, até os ateus procurem abrigar-se nos seus valores, como, aliás, se têm abrigado.
    Ou os ateus alguma vez tiveram valores do ateísmo?

    Like

    • Senhor Irônico says:

      Os valores dos ateus baseiam-se em não fazer as coisas com o interesse de ir pro “céu” ou medo de ir pro “inferno”.

      Quando a cegueira dos cristãos vai parar de impedi-los de enxergar que eles não são as únicas pessoas boas do universo… E ainda querem falar de valores, bom é aquele que pratica bondade sem esperar recompensa (céu).

      Like

  4. Mats says:

    Jaime,
    Mostra-nos essas fontes, se faz favor.

    Like

  5. Carlos:

    As religiões sobrevivem se e só se tem crentes e crentes contribuintes. Quando estes diminuem e as receitas desaparecem a religião entra em falência.
    Neste momento não seria possível construir um templo a Diana ou Zeus. Não há verba nem crentes que cheguem.

    As diversas versões do Cristianismo tem de se adaptar ao mercado ou extinguem-se.

    As igrejas não católicas tem mais dificuldade por não ter uma estrutura como a ICAR e um património acumulado que permita em anos maus manter o negócio a funcionar.

    Mesmo a IURD sujeita a um processo como o de Boston corria graves riscos de insolvência. E a IURD é a mais organizada. Os pastores tem de cumprir objectivos monetários e tem uma formação uniforme o que lhes permite um grau de eficácia muito bom.

    As igrejas evangélicas são baseadas num pastor e nas suas ovelhas. Se o pastor não cativa as ovelhas elas partem para a concorrência e a congregação desaparece.

    Por isso parece-me que a capacidade de inovar a mensagem e cativar fatias de público mais heterógenias é maior.

    Não me parece é que por detrás disso esteja qualquer ideologia ou tentativa de doutrinação. As igrejas evangélicas no Brasil são homofóbicas por que a homofobia vende. Se deixar de vender que remédio tem se não tornarem-se pró gay.

    Vão ter de actualizar a mensagem de acordo com a vontade do público. Os que não fizerem falem.

    Penso que Dawkins estava a pensar nas grandes igrejas (católica e anglicana) e não nas pequenas igrejas evangélicas.

    E é facto que o sector evangélico está a mudar rapidamente para uma teologia da prosperidade e a abandonar temas menos interessantes e mais vagos.

    A profissionalização das igrejas, os meios audiovisuais e as técnicas agressivas de marketing não são muito compatíveis com discussões filosóficas ou teológicas. O cliente ainda adormece e esquece-se de dar o dizimo.

    Basta procurares no you tube por :

    Silas Malafaia

    Ex bruxo pastor

    ou IURD

    E vais ver as novas tendências de marketing.

    Se do ponto de vista ético possa haver um ou outro reparo à actividade em si a técnica mostra-se eficiente.

    Na minha opinião não são mais perigosos que vendedores de time-sharing , de colchões medicinais ou de produtos milagrosos que curam cefaleia e diarreia e fazem crescer cabelos nos carecas…..

    Daí a terroristas vai um enorme passo.

    Quanto a valores éticos :

    A ética pode basear-se em deus ou não.

    Depende do referencial, Um Indu tem ética embora seja ateu em relação ao Cristianismo. Um cristão (que também é ateu em relação a um Indu) também tem ética. Quem for ateu em relação aos dois tem ética também.

    Bertrand Russel tem boas páginas sobre o tema….

    Like

  6. Um reparo:

    O Mats, que penso ser pastor evangélico, é como muitos o são uma pessoa integra e que até acredita no que escreve.

    O único defeito grave que lhe aponto, e quase sem desculpa, é o de parecer ser benfiquista. Deus lhe perdoe!

    Este reparo é para a generalidade das igrejas e pastores não para o Mats.

    E tenho amigos da hierarquia católica que e pastores evangélicos que são pessoas absolutamente impolutas e duma seriedade a toda a prova.

    Não se pode nunca generalizar.

    Like

  7. Jaime says:

    Mats,

    Podes encontrar uma lista de fontes em
    http://users.erols.com/mwhite28/warstat0.htm

    Like

  8. Mats says:

    Jaime,
    Não encontrei parte alguma que diz que a inquisição causou 5 mlhões de mortes.

    Achei também estranha a parte onde só atribuem 20 milhões de mortes causadas pelo ateu Josef Stalin. Ah, o ateu Mao só matou 40 milhões? Parece-me estranho.

    Like

  9. Mats says:

    João Melo,

    Não sou pastor evangélico.

    Like

  10. Jaime says:

    Mats, o que procuras está no terceiro ponto da secção “European Wars, Tyrants, Rebellions and Massacres”.

    Like

  11. Mats says:

    Jaime,
    O texto diz “estimated TOTALS”. Isso é o numero estimado (por uma fonte) para o total de mortos nas cruzadas. O TOTAL e não os causados pelos cruzados. Até pode ser que dentre esses supostos “5 milhões”, mais de metade sejam cristãos.

    Mas mesmo que fossem só não cristãos, não invalida o que Dawkins diz no texto e nem invalida que um só ateu causou mais mortes que todos os cristãos em 2000 anos (em genocídio).

    Like

  12. Jaime says:

    Mas Mats, estou contigo: os ateus são piores que os cristãos.

    Like

  13. Jaime says:

    Tens lume para acender a fogueira onde os vamos queimar? 🙂

    Like

  14. Adim says:

    É tentador Jaine, mas não vai dar, segundo a Biblia isso é pecado, nenhum cristão pode fazer algo assim, na fe cristã somos ensinados a orar pelos inimigos.

    No caso dos Ateus, gracas a Deus temos o Estado e as Leis se bem que nem iss segura alguns:
    https://darwinismo.wordpress.com/2010/03/17/cristofobia-2-universitarios-encarcerados-por-incendiarem-igrejas/

    Like

  15. Mats says:

    O Jaime agora desconversa. Por isso é que às vezes é cansativo debater com crentes ateus. Veja-se o caso do Glauber: já lhe pedi evidências para o que acredita há semanas atrás, mas nada. Só sabe mandar farpas sem suportá-las com evidências.

    Like

  16. Jaime says:

    Adim, ainda bem que a Bíblia proíbe, senão eu já era churrasco! Uma curiosidade histórica: no século XII a Igreja escolheu queimar as pessoas na fogueira como método oficial de execução para evitar derramar sangue, pois a Bíblia proíbe derramar sangue (http://en.wikipedia.org/wiki/Burning_to_death).

    Mats, mas para quê discutir a sério? Achas que tu me vais convencer a acreditar em Deus? Ou que eu te vou convencer a não acreditar em Deus? Isto só serve para passarmos o tempo. Quanto a haver ateus maus, claro que os há, tal como há cristãos maus. A diferença é que os ateus não apregoam seguirem os ensinamentos de um deus bom ao mesmo tempo que ateiam fogo à suposta bruxa.

    Like

  17. Adim says:

    Falando nisso, Mats vc ja deve ter visto a abominação chamada ´´Biblia do cetico“ que de cetica não tem nada.
    E de la que esses pseudos-ceticos, que NUNCA leram Biblia vão a busca de ´´argumentos“ e ´´provas“ contra ela.
    Essa obra de Satanas e tão facil de achar na net.

    O estranho e que simplesmente não exite um ´´Corão do Cetico“, porque?
    o livro original é cheio de perolas: ´´os Judeus são decendentes de porcos“, ´´quem abandonar a fe deve morrer“, fora as Jirad, Mortes por honra…
    O Corão é verdadeiro banquete p gente que tem que pincar e distorcer textos do Deuteronomio para tentar mostrar como a fe cristã seria má.

    Ou seria, estranhamente os ateus parecem considerar o Alcorão um livro sagrado.

    Like

  18. Mats says:

    Jaime,

    Mats, mas para quê discutir a sério?

    Decência? Se as pessoas te dão respostas sérias, porque é que tu não fazes um esforço para dares respostas sérias? És livre de investir o teu tempo no que quiseres, mas se vais comentar, ao mesno diz que as tuas respostas não são para serem levadas a sério.

    Achas que tu me vais convencer a acreditar em Deus? Ou que eu te vou convencer a não acreditar em Deus?

    Achas que os posts que aqui são postas tem como propósito converter os ateus? Só Deus pode fazer isso.

    Quanto a haver ateus maus, claro que os há, tal como há cristãos maus. A diferença é que os ateus não apregoam seguirem os ensinamentos de um deus bom ao mesmo tempo que ateiam fogo à suposta bruxa.

    Há outra diferença: se o Deus Bom não existe, não há forma de saber em termos absolutos quem é mau e quem é bom. São só opiniões.

    Like

  19. Jaime says:

    Mats,

    Algumas das coisas que eu disse são tão ridículas que pensei que se percebia que eu estava a brincar…

    Se o teu propósito não é converter ateus, então qual é?

    Quanto ao não existir bom absoluto, estou de acordo. A ética e moral são relativas e subjectivas. Não há padrão absoluto. Nem tem de haver.

    Like

  20. Mats says:

    Se o teu propósito não é converter ateus, então qual é?

    Dar a minha opinião em relação aos vários assuntos, e mostrar aos cristãos como a Bíblia e a ciência estão em pleno acordo.

    Quanto ao não existir bom absoluto, estou de acordo. A ética e moral são relativas e subjectivas. Não há padrão absoluto. Nem tem de haver.

    Eu tenho a certeza absoluta que tu não acreditas nisto.

    Like

  21. Jaime says:

    Como é que tens a certeza absoluta? Leste que assim é num livro escrito há 2000 anos por sabe-se-lá-quem? 🙂

    Like

  22. Mats says:

    Jaime,
    Tu acreditas mesmo que a moralidade é uma coisa relativa? Ou seja, acreditas que há coisas que não são objectivamente erradas?

    Like

  23. Nathália says:

    É, o Islã está vindo aí…A questão tb q piora a situação é q europeus não têm filhos, ou 1, 2 no máximo…enquanto que muçulmanos têm pelo menos 2,3 filhos em sua maioria…

    Like

  24. Mats says:

    OS europeus não tem filhos porque estão a ficar cada vez mais secularizados. Os ateus não vêm os filhos como os vêem os cristãos.

    Não quero com isto dizer que os ateus são todos maus pais. O que quero dizer é que o facto dos ateus terem menos filhos que os cristãos é uma consequência do seu ateísmo.

    Like

  25. ND says:

    mais uma…

    Like

  26. Eline says:

    Concordo com o Mats em relação à questão familiar e outras questões. O modo de ver a vida, a família, os valores de um ateu e um cristão verdadeiro ( praticante, no meu caso ) são totalmente opostos ao deles e ao que sociedade prega. Até entendo um pouco o ponto de vista deles, mas o contrário não é verdadeiro, o nosso modo de vida é loucura, algo insano para eles, não só para ateus como para outros “sem religião”e de outras religiões.

    Like

  27. paulo says:

    Embora eu não acredite em quase nada do que diz a biblia, nem corão, eu acredito em Deus. A história revela muita coisa feia feita por ateus também, no comunismo da URSS, china, e outros paises socialistas, no nazismo, no imperio romano… Não concordo em absoluto que a ética seja relativa e individual. Os principios éticos são universais, valem para todas as pessoas, em todas as épocas e em qualquer lugar. É como a lei da gravidade, vale para todos, independente do conhecimento dela ou não. Esses valores só precisam ser descobertos, não são criados nem inventados. Fazei aos outros o que quereis que vos façam. A bondade pregada por cristo, buda, confucio me parecem muito semelhantes.

    Like

  28. Jadilson says:

    Um ateu jamais acretitará em Deus.Pois somente aqueles a quem Deus se fez conhecido conseguem acreditar.Na verdade só deixamos de ser ateus, por que deixamos Deus se revelar para Nós.

    Like

  29. Sérgio Sodré says:

    “Richard Dawkins – um homem que adquiriu fama e fortuna propagando entre os que não querem acreditar em Deus aquilo que eles querem ouvir –”

    Esta frase do texto inicial revela desonestidade intelectual. Quantos cientistas são homens que adquiriram fortuna propagando entre os cristãos (mormente em congregações endinheiradas americanas) aquilo que eles querem ouvir?
    Acreditam eles (uns e outros) no que propagam ou apenas sabem escolher o que dizer, onde dizer, e a quem dizer para enriquecerem? E quem parece ser mais suspeito, o cientista que tenta provar o criacionismo bíblico ou o que tenta provar a teoria da evolução?
    Seja como for, é o tipo de frase que faz ricochete facilmente…

    Like

  30. Mats says:

    Sodré,

    Quantos cientistas são homens que adquiriram fortuna propagando entre os cristãos (mormente em congregações endinheiradas americanas) aquilo que eles querem ouvir?

    Boa pergunta.

    Quantos?

    Like

  31. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Há uma referência que ajuda a responder à tua questão na obra “Morte por Buraco Negro” de um astrofísico negro americano (não sei o nome de cor) publicada há poucos anos na “Ciência Aberta” da Gradiva.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s