Laetoli: ciência pisa teoria da evolução (outra vez)

A dada altura do passado distante dois ou três indivíduos andaram sobre a cinza vulcânica húmida, deixando para trás um rasto que continua a confundir os evolucionistas. Quando as pegadas de Laetoli foram descobertas a mais de 30 anos atrás (na Tanzânia) os rastos aparentavam terem sido feitos por humanos modernos, os mesmos que “emergiram” há cerca de 2,5 milhões de anos atrás (segundo os sempre fiáveis métodos de datação/adivinhação evolucionistas). Mas o problema é que as rochas que continham as pegadas tinham sido datadas com idades superiores a 3,5 milhões de anos.

Reparem no dilema do evolucionista:

1. Ou aceita que os métodos de datação que dataram as rochas estão errados, com as ramificações que daí possam advir (esses mesmos métodos fazem-lhe imaginar que a Terra tem “milhões de anos”)

2. Ou aceita os métodos de datação mas reformula aspectos básicos da evolução humana.

O dilema foi “solucionado” atribuindo características bipedais humanas aos australopitecos. Estes macacos extintos, tal como a famosa “Lucy”, são há bastante tempo considerados ancestrais do ser humano. Esta conclusão no entanto foi atingida antes da descoberta dos fósseis dos pés dos australopitecos e antes dos restos dos mesmos terem sido encontrados em rochas com 2,2 milhões de anos (segundo os evolucionistas). Os ossos do pé do australopiteco não estão de todo de acordo com os pés representados pelas pegadas de Laetoli (1), e os restos do australopiteco foram datados como sendo mais recentes do que os restos humanos, mostrando que o australopiteco nada tem a ver com a evolução humana (2).

Apesar destas observações os museus não só ainda dispõem o Australopiteco como sendo um ancestral humano, como chegam mesmo a usar as pegadas de Laetoli como evidência de que estes macacos caminhavam como o homem moderno! (3). Isto é o que se chama distorcer a ciência como forma de estar sempre de acordo com o evolucionismo.

No entanto, um recente estudo publicado na PLoS One mostrou que a profundidade equivalente da depressão do calcanhar e do dedo grande (do pé das pegadas de Laetoli) “é um sinal cardinal do modo de andar do ser humano [moderno]” (4). Isto confirma o exaustivo estudo levado a cabo pelo professor da Universidade de Chicago, Russell Tuttle, que confirma que as “o rasto das pegadas de Laetoli do site G assemelha-se aqueles habitualmente feitas pelos pés descalços do homem moderno” (5).

Uma vez que as pegadas aparentam terem sido feitas por humanos modernos, a idade de 3,6 milhões de anos consignada aos rastos constrangeram os pesquisadores a concluir que “o bipedalismo dos membros estendidos [como os dos seres humanos modernos] evoluiu muito antes do aparecimento do aparecimento do género Homo” (6).

Portanto, em vez de seguirem as evidências para onde quer que elas os conduzam – que neste caso mostraria que as pegadas de Laetoli foram feitas pele género Homo (homem moderno) – estes evolucionistas rapidamente modificaram a eternamente plástica “estória” da evolução humana (7).

Por estas e por outras é que a teoria da evolução, tal como qualquer crença religiosa, é imune às evidências contrárias. As pessoas acreditam na evolução porque querem acreditar e não porque as evidências científicas assim os compele.

Os pesquisadores concluíram que o “bipedalismo humano claramente evoluiu durante os primeiros 3 ou 4 milhões de anos da evolução humana” (6) [ênfase adicionado]. Claramente! Ou isso, ou então o evolução nunca aconteceu. Mas isso é impensável.

Este constrangimento temporal coloca a evolução numa situação apertada uma vez que deste modo tem que se acreditar que a distinta forma humana de caminhar evoluiu muito mais depressa do que a selecção natural pode razoavelmente explicar. Além disso, não existem fósseis que representem uma criatura que caminhasse como um ser humano mas que não fosse de facto um ser humano. Portanto, se és evolucionista, tens que acreditar em coisas que não estão de acordo com as observações. Mas tu já sabias disso, certo?

Conclusão:

Estes cientistas evidentemente recusam-se a considerar a ideia de que as pegadas de Laetoli foram feitas pelo ser humano uma vez isso poria em causa as suas crenças evolutivas. Isto serve de exemplo vivo como a teoria da evolução não é só uma teoria da Biologia, mas um paradigma que permeia muitos outros campos científicos. Qualquer descoberta que ponha em causa a teoria da evolução tem que ser distorcida e harmonizada com a mesma sob pena de ser censurada e rejeitada pela elite evolucionista.

Enquanto que no modelo ateu nós somos obrigados a inventar mil e uma desculpas para o que se observa, no modelo Bíblico isto já não se passa. Uma vez que o ser humano e os australopitecos sempre coexistiram lado a lado, não é de estranhar encontrarmos pegadas de humanos em rochas supostamente antigas.

Os dados da ciência só são um problema se tu tens o ponto de partida errado. Se tu assumes a Bíblia como o teu Ponto de Partida, não há nada que alguma vez vá ser descoberto que vá contradizer a tua crença. A questão aqui é: em quem é que vais por a tua fé? Nas sempre subjectivas e muitas vezes mutuamente contraditórias opiniões humanas, ou na Bíblia?


Referencias:

  1. Wong, K. Footprints to Fill: Flat feet and doubts about makers of the Laetoli tracks. Scientific American, August 1, 2005, 18-19.
  2. Walker, J., R. A. Cliff and A. G. Latham. 2006. U-Pb Isotopic Age of the StW 573 Hominid from Sterkfontein, South Africa. Science. 314 (5805): 1592-1594.
  3. Thomas, B. Museum’s ‘Science’ Exhibit Leaves More Questions than Answers. ICR News. Posted on icr.org January 11, 2010, accessed March 26, 2010.
  4. Bower, B. African Footprint Fossils Are Oldest Evidence of Upright Walk. Wired Science. Posted on wired.com March 23, 2010, accessed March 26, 2010.
  5. Tuttle, R. H. 1990. The Pitted Pattern of Laetoli Feet. Natural History. 99: 64.
  6. Raichlen, D. A. et al. 2010. Laetoli Footpirnts Preserve Earliest Direct Evidence of Human-Like Bipedal Biomechanics. PLoS One. 5 (3): e9769.
  7. Sherwin, F. 2010. Darwinism’s Rubber Ruler. Acts & Facts. 39 (2): 17.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Antropologia, Biologia and tagged , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to Laetoli: ciência pisa teoria da evolução (outra vez)

  1. Sousa says:

    Eu sou aluno de antropologia e devo dizer desde já que as pegadas não aparentam ser de humano moderno, o polegar está mais afastado e é mais curto do que o dos humanos modernos, a pegada é, claramente, de A.afarensis e a toria da evolução vai mudando e sendo alterada porque os cientistas têm capacidade intlectual suficiente para admitir erros e reformular teorias á medida que vão sendo encontrados dados, e com cada vez mais dados mais concisa será a teoria apresentada.

    Like

    • Rodrigo Breno Guimarães says:

      Amigo, o X da questão não é se a pegada é de homem ou não, o evolucionismo diz que os pés foram evoluindo até o que se vê nos homens de hoje, contudo como a Laetoli tem pés mais evoluídos que o nosso descendente datados de bilhares de anos antes?

      Like

  2. Sousa says:

    Para além disso, a ciência não é uma crença, é a observação e a organização intlectual do mundo que nos rodeia. As provas falam por si, uma crença é tida em relação a algo que não se conhece, a ciência só fala do que vê e nao do que acredita.

    Like

    • charles says:

      Então porque vç crer nos dogamas e hipóteses do evoluçionismo que desafiãom as léis da natureza e que nunca foi próvado

      Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s