Muçulmanos declaram guerra aos “baptizadores implacáveis”

Só mais para o meio do artigo é que ficamos a saber qual foi a razão do ódio.

Original Jakarta Globe

Em um movimento que poderia aumentar as já grandes tensões religiosas em Bekasi, um novo grupo que se autodenomina Presídio Bekasi Islâmico está planejando um programa que visa persuadir todas as mesquitas da cidade para se preparar para a possibilidade de “guerra” contra a “cristianização”.

O grupo, composto por nove membros representantes de diferentes organizações islâmicas na cidade, foi formado no domingo, último dia do Congresso Islâmico Bekasi na Mesquita Al Azhar, que foi convocado para resolver o problema que eles chamam de “cristianização”.

Entre as suas recomendações está a formação de grupos militantes islâmicos, ou laskar, dentro de cada mesquita e a elaboração de políticas baseadas na charia pela administração de Bekasi.

“Todos os muçulmanos devem se unir e ficar alertas porque… os cristãos estão aprontando alguma coisa”, Murhali Barda, chefe da divisão de Bekasi da linha dura Frente de Defensores Islâmicos (FPI), disse ao Jakarta Globe.

“Aparentemente, eles querem testar a nossa paciência. Estamos planejando convidá-los para um diálogo para determinar o que eles realmente querem. Se as negociações falharem, isso pode significar guerra”, advertiu.

Murhali alegou que uma certa fundação cristã tinha estado implacavelmente batizando grupos de pessoas na cidade, que tem visto uma série de conflitos religiosos nos últimos meses.

Como é que se baptiza alguém “implacavelmente”? Infelizmente o artigo não diz.

O que se pode ler nas entrelinhas é que pessoas que se identificavam com uma fé resolveram abandonar essa fé em troca do Cristianismo. Os muçulmanos, que ao lado dos ateus comunistas são o grupo ideológico com mais sangue cristão nas mãos, não gostaram disso, e portanto começaram com as suas tácticas de intimidação.

Felizmente que Maior é Aquele que está em nós do que aquele que está no mundo. Os muçulmanos e os ateus podem tirar a vida a quantos cristãos quiserem, mas aqueles que Deus escolheu antes da fundação do mundo vão-se salvar mesmo que para isso tenham que perder a vida terrena.

Maior é o galardão que nos espera do que aquele que o mundo nos pode tirar.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Islão, Religião and tagged , , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to Muçulmanos declaram guerra aos “baptizadores implacáveis”

  1. lpolon says:

    Esse blog é sério?

    “Será que as não-inteligentes forças da natureza tiveram a capacidade de fazer aquilo que, de acordo com as evidências, só a inteligência pode fazer?”

    Obviamente, não se entende a evolução aqui. Queria saber se é só uma piada ou se É SÉRIO.

    Like

  2. Mats says:

    lpolon,

    Esse blog é sério?

    Não. É a brincar.

    “Será que as não-inteligentes forças da natureza tiveram a capacidade de fazer aquilo que, de acordo com as evidências, só a inteligência pode fazer?”

    Obviamente, não se entende a evolução aqui. Queria saber se é só uma piada ou se É SÉRIO.

    Como é que sabes que “não se entende evolução aqui”?

    Like

  3. Mats says:

    lpolon,
    Acho que o teu comentário de cima foi feito no post errado. Infelizmente, eu também caí no erro!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s