Grupo de muçulmanos mata esposa e filhos de cristão no Paquistão

ISLAMABAD, Paquistão, 08 de julho (CDN) – Um grupo de muçulmanos em Jhelum, no Paquistão, assassinou a esposa e quatro filhos de um cristão no mês passado, mas as autoridades locais estão com muito medo do líder muçulmano local para prestar queixa, de acordo com fontes de muçulmanos e cristãos da área.

Jamshed Masih, um policial que foi transferido 50 quilómetros (31 milhas) de Gujrat para Jhelum, província do Punjab, disse que uma bando liderado pelo líder religioso muçulmano Maulana Mahfooz Khan matou sua família em 21 de junho depois que Khan o chamou para a mesquita local e disse para ele deixar a colônia predominantemente muçulmana.

O vizinho muçulmano de Masih, Ali Murtaza, disse que depois de um comerciante se recusar a vender detergente para o filho mais velho de Masih, de 11 anos, Khan liderou um grupo de muçulmanos até a casa de Masih e confrontou com sua esposa. O bando acusou o garoto de blasfêmia contra Maomé, o profeta do Islão, e quando ela protestou, eles mataram ela e seus filhos.

Quando Masih tentou registrar uma queixa contra Khan pelo assassinato, o oficial Ramzan Mumtaz se recusou a fazê-lo, de acordo com Murtaza e o pastor presbiteriano Saleem Mall. Murtaza disse:

A SHO (estação policial) apenas disse: ‘Eu sou um homem pobre, eu tenho uma família, e eu fui pressionado por autoridades superiores para não registrar a FIR (Relatório de Primeiras Informações), porque Khan é um homem muito influente. Lamento, eu não tenho nada em minhas mãos.

Contactado pelo Compass, Mumtaz confirmou que ele respondeu ao pedido para registrar a denúncia contra Khan nestas exatas palavras. Masih registrou uma queixa com o ministro-chefe da província de Punjab implorando por justiça, Mall disse ao Compass.

Fonte: Compass Direct News

“Vem mesmo a hora em que, qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus.”
João 16:2

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Islão and tagged , , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s