Envolvimento público na vida religiosa judaico-cristã aumenta niveis de saúde

“Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros, e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.

Hebreus 10:25

Vários estudos já aludiram a pesquisas independentes que fazem uma ligação entre saúde e envolvimento religioso. É sempre fácil de encontrar estudos individuais que “provam” praticamente qualquer ponto de vista. Devido a isso, pesquisadores fizeram um estudo estatístico a 42 trabalhos individuais feitos desde 1977.

Os 42 estudos que foram examinados envolveram mais de 125,000 pessoas, na sua maioria Cristãos e Judeus. A análise, conduzida pela “National Institute for Healthcare Research” fez uma distinção entre actividade religiosa pública e actividade religiosa privada. Actividade religiosa pública envolveu coisas como ir à igreja ou a sinagoga e fazer voluntariado para actividades religiosas. Actividade religiosa privada incluía coisas como orar sozinho e “sentimentos internos de espiritualidade”.

Embora os ateus questionem estes estudos científicos (tal como contestam todos os dados científicos que contradizem a sua fé), as pesquisas consistentemente mostram que as pessoas religiosamente envolvidas com o cristianismo e o judaísmo não só vivem mais anos de vida, como em média possuem melhores níveis de saúde.

No entanto, os pesquisadores que analisaram todos estes estudos chegaram a uma nova conclusão à medida que analisavam as diferenças entre actividade religiosa pública e actividade religiosa privada. Eles concluíram que o envolvimento religioso público, em oposição ao envolvimento privado ou a nenhum envolvimento, mostrou uma relação estatisticamente importante no que toca a melhor saúde e níveis de sobrevivência.

Por outras palavras, as pessoas que se envolviam mais profundamente com a sua igreja ou com a sua sinagoga eram pessoas com tendência a viver mais tempo e a ter melhor saúde física e psicológica do que as pessoas menos envolvidas com a sua igreja ou com a sua sinagoga.

Conclusão:

Há 2000 anos atrás o Espírito Santo falou aos cristãos e encorajou-os a não abandonar a congregação com os santos. Tal como brasas retiradas da fogueira, quando os cristãos deixam de se congregar com outros cristãos, não só começam a esfriar na fé, como também começam a perder o fogo tão necessário para sobreviver neste mundo amaldiçoado pelo pecado.

Se tu és cristão e tens o hábito de dizer que “não preciso de ir à igreja para adorar a Deus!”, olha o que a ciência te diz sobre os benefícios da comunhão dos santos. Se não consideras Hebreus 10:25 com motivação suficiente para estares junto a outros cristãos, ao menos fá-lo para abençoares os outros com a tua presença, e seres abençoado (física e espiritualmente) pelas vidas de pessoas com a mesma ideologia que tu.

Oração: Obrigado Deus pelos irmãos que Tu colocaste na minha vida.


Referências: Science News, 6/3/00, p. 359, “Religious commitment linked to longer life.”

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Sociedade and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s