Ateu bulista carrega o botão “Ganhei!”

O que acontece quando os ateus não tem mais argumentos?

Marcelo Druyan

Pessoal

Sinto muito, mas a partir de hoje, a participação do Mats não mais será tolerada aqui no Bule. Maiores esclarecimentos no post “Não alimente os trolls“. Peço a compreensão dos leitores que responderam a ele e tiveram seus comentários deletados.

Marcelo Druyan
Conselho de Mídia do Bule Voador

Quando os argumentos falham, é mais fácil remover os cristãos do blog. E estes são os defensores do “espírito crítico” e da “ciência”.

Já imaginaram o que seria uma sociedade controlada por pessoas com esta mentalidade? Bem, para ser sincero, já tivemos essa experiência, e as coisas não foram muito boas.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Sociedade and tagged , . Bookmark the permalink.

20 Responses to Ateu bulista carrega o botão “Ganhei!”

  1. Israel Goncalves de Oliveia says:

    Parei de comentar lá, pois quando deixava algum comentário com um bom argumento, dando nos dedos deles, simplesmente sumia. Como mágica.

    Estamos jogando pérolas para os porcos. E esses porcos continuam jogando lama e material fecal para todo lado.

    Se não somos bem-vindos, que assim seja, então.

    Quanto a nós, toda honra e glória para Cristo.

    Like

  2. Adalberto Felipe says:

    Isso aconteceu com o Sabino no orkut, quando ele chateou ateus aqui do Brasil.

    Sem contar a censura que fizeram com ele lá no ceticismo.net, igual o Israel está relatando.

    Como falei, isso mostra como os ateus são pessoas “dóceis, mentes abertas, excelentes para conversar, debater, trocar idéias, não tem idéia fixa, tem uma ótima moral e nunca xingam ninguém”. 😉

    Like

  3. MVR says:

    Mats, onde é que se meteu o Sabino?
    Já há 2 meses não dá notícias.

    Like

  4. A fazer fé no que vocês dizem, fiquei interessado em começar a passar por lá, para ver quanto tempo aguento a argumentar sem ser expulso.

    🙂

    Like

  5. Mats says:

    MVR,
    Não sei o que aconteceu com o jovem, mas vou-lhe mandar um sms.

    Curiosamente hoje estou na cidade dele (Gaia), embora ele esteja a trabalhar em Braga.

    Like

  6. Mats says:

    O ateu bulista responde ao Nuno Dias:

    Caso o Mats – também aqui no Bule – se pautasse com respeito e troca intelectualmente honesta de comentários, com certeza não seria necessário bloquear os comentários dele. Mas, infelizmente, não foi o que aconteceu.

    Ou seja, a evidência de que eu fui desrespeitoso é o facto de ter sido banido. Se tivesse sido respeitoso não seria banido.

    Vejam se percebem a lógica do bulista:

    – Porque é que ele foi banido?
    – Porque faltou o respeito.
    – Qual é a evidência de ele ter faltado ao respeito?
    – O facto de ter sido banido!

    É com este tipo de pensamento claramente falacioso que os ateus julgam estar a ser “racionais”.

    Like

  7. Mats says:

    Ah e agradeço ao Nuno Dias por ter-me defendido por lá.

    Isto é uma coisa que eu tenho notado: os ateus portugueses costumam ser mais cordiais que os ateus brasileiros, mas os cristãos brasileiros tem melhores argumentos contra o ateísmo que os cristãos portugueses.

    Like

  8. Black smoke says:

    Não sei pq mas essa história me fez lembrar de um certo ateu fujão chamado Richard Dawkins, aquele que vive fugindo de um debate com um tal de Willian Craig, esse tipo de ateu só ganha debates contra empregadas domesticas e feirantes, no mano a mano contra alguem bem preparado eles [EDITADO – Mats].

    Like

  9. Mats says:

    Sim, Black Smoke, o Dawkins sente-se mais à vontade para debater velhotes sem preparação ou pseudo-representantes do cristianismo.

    Eu até entendo o medo de alguns ateus em debaterem os cristãos, especialmente debaterem os criacionistas. Se eu tivesse que defender que o universo criou-se a si mesmo, que a vida criou-se a si mesma, que lobos evoluíram para baleias ou que répteis evoluíram para passarinhos, provavelmente eu também fugiria de um debate com alguém informado.

    Like

  10. Adalberto Felipe says:

    Como muitos aqui já devem ter notado, os argumentos do bule são tão pífios que de boa, é de rir para não chorar.

    Em um artigo sobre a definição do agnosticismo, ele é muito contraditório (coisa que não é novidade em relação a artigos semelhantes e aos agnósticos que vemos na internet): contradiz as definições de Huxxley e a “definição” de Dawkins, diz que os agnósticos tem que escolher sim um lado para acreditar ou não.

    Diz também que podem existir teístas agnósticos e ateístas agnósticos.

    Oh!! Por um acaso já vimos um agnóstico rezando um terço? Já vimos um agnóstico chamar a atenção de um ateu na internet, dando motivos do porquê não desacreditam? Isso é extremamente difícil de se ver.

    Esclarecida a definição formal, retornamos ao ponto inicial: agnosticismo não é uma posição teológica. Assim como aconteceu comigo, qualquer pessoa que se declare agnóstica terá, ainda assim, de fazer uma reflexão com relação ao que ela crê ou deixa de crer, para se posicionar. Eu concluí definitivamente ser ateu, por não acreditar que exista um deus de fato, mas mantenho a posição agnóstica, estando aberto à possibilidade de sua existência, desde que evidenciável e argumentável, de alguma forma.

    Não é uma posição teológica? Talvez em teoria, mas na prática vejam os que se intitulam agnósticos, como muitos são até mais fanático que os ateus.

    Alguns ateus que também se intitulam agnósticos também falam que isso é porquê mantem uma posição aberta para debates, mas vá lá debater com eles e ver as possibilidades que eles querem para a existência de Deus, nem se fosse uma possibilidade naturalista eles iriam aceitar, logo fica difícil entender o que querem dizer com isso.

    Sendo assim, os que se declaram puramente agnósticos precisam, sim, escolher um lado: ou acreditam em algum deus de alguma forma (pessoal, impessoal, uno com o universo) ou não acreditam em nenhum.

    Mas como assim? Não foi essa a definição que Huxley deu não, e vocês não disseram um pouco antes que o agnósticismo não é uma posição teológica??

    Se olharmos os comentários lá, alguns discordam e outros não…. rs

    e para fechar com chave de ouro, vamos aos comentários do Marcelo Druyan:

    E sou 100% ateu em relação à crença em Deus, e sou agnóstico em relação à existência de deus. Todavia, meu agnosticismo não é 50/50. Considerando-se a probabilidade da existência de deus, eu me coloco numa escala de 0,01/99,99 pela chance de deus não existir.

    Ou seja, ele tem 100% certeza que Deus não existe, mas… é agnóstico, ou seja, acredita e não desacredita. Mas a dúvida dele não é 50/50, é 0,01 / 99,99, mas para quem disse que é 100%, para quem expulsou o Mats e outras pessoas lá…

    Like

  11. Pedro Vitor says:

    Mats

    Com todo respeito, mas você realmente agiu como troll, talvez até sem saber.
    E foi ofensivo, ao dizer que ateus favorecem a pedofilia, por serem os únicos a incetivar a erotização de crianças. Como você queria que os ateus reagissem?

    Paz em Cristo

    Pedro

    Like

  12. Siegfried says:

    Você falou que ateus querem sexualizar crianças. Não acha user ma falacia enorme?

    Like

  13. Mats says:

    Sigfried,
    Mas são os ateus/secularistas/esquerdistas que mais lutam para sexualizar as crianças. Isso é manifesto nos programas da sua “educação sexual”. A maior parte deles assume que facilitar o acto sexual deve fazer parte da “educação”.

    Portanto, o que eu disse está certo: os ateus, com a sua “educação sexual”, querem sexualizar as crianças.

    Like

  14. Mats says:

    Pedro Vitor,

    E foi ofensivo, ao dizer que ateus favorecem a pedofilia

    Mas os ateus de facto favorecem a pedofilia uma vez que são eles e os seus amigos ideológicos que mais lutam pelos “direitos sexuais das crianças”. (Se essa frase não te dá revulsa, deveria)

    Os ateus ficaram irritados mas não foi comigo, mas sim com os factos. Eles sabem que o que as suas insttuições ensinam.

    por serem os únicos a incetivar a erotização de crianças. Como você queria que os ateus reagissem?

    Com argumentos.

    Like

  15. O cristianismo foi a ideologia que mais combateu a pedofilia em toda a história do pensamento humano. Vejam o texto “Cem anos de pedofilia”, do jornalista brasileiro Olavo de Carvalho. Link aqui:

    http://www.olavodecarvalho.org/semana/04272002globo.htm

    Like

  16. wallacevidal says:

    Matheus Cajaíba: Se você vive num mundo onde não há drogas, não tem porque você fazer campanhas anti-droga, certo? Se você faz camapanhas anti-droga, significa que no teu mundo existem drogas.

    E se uma instituição [cristianismo] faz capanhas anti-pedofília? Será que nessa instituição há pedófilos? Desculpe se eu me equivoquei, é que na verdade [ironia]eu nunca vi uma notícia sobre pedofília no meio religioso. Acho que me empolguei. Me desculpa?[/ironia]

    Like

  17. E onde está se negando que haja pedófilos entre cristãos? O que o texto quer dizer é que …

    “Por toda parte onde a prática da pedofilia recuou, foi a influência do cristianismo — e praticamente ela só — que libertou as crianças desse jugo temível.”

    Na metade do século IV, sob pressão da Igreja Católica, o Império Romano passou a criminalizar o infanticídio. Até essa época, era lícito um pai tirar a vida do próprio filho até que este completasse 12 anos de idade.

    Isso quer dizer que a prática do infanticídio foi completamente extinta? Não. Quer dizer que passou a ser repudiada pela sociedade e passível de punição pelo Estado, o que antes não havia.

    Se uma prática passa a ser considerada criminosa, tende a ser reprimida; com a repressão, a tendência é que diminua a sua ocorrência. Ou estaria enganado em algum ponto?

    De forma análoga, o mesmo ocorre com a pedofilia. De prática tolerada, passou a ser igualmente repudiada, passível de punição. Isso, graças aos ensinamentos cristãos, mais que qualquer outra linha de pensamento.

    Se você repudia a prática da pedofilia, agradeça portanto ao cristianismo por isso – embora pareça desprezá-lo, além de mostrar-se incapaz de reconhecer-lhe qualquer mérito.

    Se há maus cristãos pedófilos, isso não é culpa da doutrina em si. O pecado deve ser combatido com vigor, mas sempre estará presente na humanidade, inclusive entre os cristãos, mesmo dentro da Igreja. Nem por isso deixará de ser pecado, ainda que seja relativizado pelo senso comum, nem por isso a Igreja deixará de ser divina em virtude de uma meia dúzia de criminosos que nela se abrigam.

    Like

  18. Mats says:

    Wallace,
    Há pedófilos entre os cristãos tal como há ladrões entre os polícias, mas isso não quer dizer que a polícia é a favor do furto.

    O cristianismo é contra a pedofilia e contra o sexo fora do vinculo do casamento normal (homem + mulher). Se há casos de pedofilia dentro das igrejas (feioto na sua maoria por homossexuais) isso acontece contra os ensinamentos cistãos.

    Like

  19. Siegfried says:

    O fato de crianças possuiem orgãos sexuais e não serem assexuados, não excluem a educação sexual, pois um dia ou outro, cedo ou tarde, quando mais nova ou mais velha, elas transarão. Vir com o papo de castidade até o casamento em uma sociedade mais esclarecida não é levado a sério. Ou você acha que jovens que transam devem ser presos? Não seria melhor ensiná-los a se precaver ou perceberem quando estão sendo abusados?

    Isso é educação. Você é um ignorante.

    Like

  20. matheus says:

    bom n tenho nada a dizer

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s