Pássaros confirmam criacionismo e refutam mito ateu

“Pelo que disse: Ah! quem me dera asas como de pomba! Voaria e estaria em descanso.”
Salmo 55:6

As aves foram magnificamente projetadas para voar. A maioria de seus ossos são ocos ou esponjosos, o que os torna muito leves. O seu corpo é aerodinâmico, oferecendo pouca resistência ao ar. Além disso, elas são dotadas de músculos fortes, capazes de produzir movimentos vigorosos.

As penas são uma verdadeira maravilha da engenharia. Formadas por uma substância protéica denominada queratina, são compostas por um tubo, o cálamo, que está preso à epiderme; um eixo, a ráquis, que vai se estreitando até sua ponta; e o escapo, que é a mais axial. A ráquis leva o estandarte, que é formado de cada lado pelas barbas e pelas bárbulas, que são as verdadeiras unidades anatômicas das penas.

Algumas penas, as rêmiges das asas e as retrizes da cauda têm por função o vôo – tudo interconectado por um eficientíssimo sistema de nervos e sensores na pele.

O vôo é uma função altamente especializada que requer muitos detalhes. Seria de se esperar que a evolução gradual do vôo e mesmo das penas (que supostamente evoluíram das escamas dos répteis) deixasse alguma evidência no registro fóssil. No entanto, aves, insetos e morcegos aparecem na coluna geológica com a capacidade de voar plenamente desenvolvida.

Além dos músculos associados ao vôo, as aves têm a visão e a audição muito desenvolvidas. Os olhos são de grande importância. Devido à posição deles e à capacidade de virar a cabeça mais de um semicírculo para cada lado, as aves têm um campo visual mais extenso que o dos mamíferos.

Os olhos são enormes, por vezes maiores do que o cérebro. Têm grande capacidade de acomodação ocular, podendo focar rapidamente objetos. Podem servir como telescópio e como lentes de aumento, e foram concebidos para captar o máximo de luminosidade. O olho da coruja, por exemplo, capta uma quantidade de luz 100 vezes superior à captada pelo olho humano.

E o que é ainda mais impressionante: sabe-se que as aves usam ritmos muito parecidos com os usados na música feita pelo homem. Segundo pesquisadores da área, Mozart escreveu uma melodia inspirada no canto do estorninho

Agora pense um pouco. Suponha que uma ave desenvolvesse certo tipo de asa, mas os músculos do peito não tivessem força suficiente. Seria capaz de voar? E se não conseguisse enviar energia para os músculos rapidamente? Voaria? E se suas penas tivessem sido feitas como escamas de peixe ou de réptil, por exemplo?

E se elas não tivessem a forma intrincada que têm, permitindo mudanças constantes? E se essas mudanças não se refletissem no ouvido interno e não fossem enviadas ao cérebro para a coordenação ser perfeita? E se uma peça do equipamento estivesse ausente ou ainda em formação, ele voaria?

As aves sempre fascinaram o ser humano. E a própria Bíblia utiliza-se da águia como figura de linguagem: “Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.

Ouça a “voz das aves” declarando que Deus é o Criador.

Michelson Borges é jornalista, membro da Sociedade Criacionista Brasileira (www.scb.org.br) e autor dos livros A História da Vida e Por Que Creio (www.cpb.com.br).

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , . Bookmark the permalink.

40 Responses to Pássaros confirmam criacionismo e refutam mito ateu

  1. wallacevidal says:

    Tudo que foi escrito nesse post foi:

    1) Uma análise das aves, de formato tendencioso, é claro.

    2) Uma discordância dos “planos de Deus” e, com isso, a prova mais clara de que Deus não criou o homem. A discordância está em entender que a “maior criação de Deus é o ser humano, pois nos fez sua imagem e semelhança [Génesis]”, e ao mesmo tempo saber que esse Deus deu um débil par de olhos para sua “melhor criação” ao mesmo tempo que deu poderosos olhos para animais que “mal tem espírito” e que não são imagem e semelhança de Deus, como por exemplo a coruja citada no texto.

    3) Uma série de perguntas torpes, no penúltimo paragrafo. Perguntas tão insignificantes que uma criança da quinta série que estuda “ciência e saúde” saberia responder de tal forma: “Se as ‘Aves’ evoluíssem assim, elas não iriam sobreviver, e com isso, morreriam. Elas morrendo por conta desses “defeitos”, não iriam conseguir passar seus genes para frente, deixando assim viver apenas os mais aptos – e com isso extinguindo ‘aves’ com escamas e outras coisas bizarras escritas no penúltimo parágrafo pelo autor problemático – ao ambiente, clima e época, ou seja: as aves com penas, ossos ocos ou esponjosos, músculos fortes, aerodinâmica etc.

    4) E no final, mais uma contradição importante: Trata a bíblia em relação às aves como se fossem carne e unha. Quem lê e não presta atenção, pensa que as aves estão mesmo nos “declarando que Deus é o Criador”, como o autor diz. Isso porque ele usa um texto da bíblia que usa a palavra Águia como figura de linguagem. Mas que tal lermos Levítico, capítulo 11, versículos 13 ao 14, que está escrito isso sobre as aves que o autor do texto tanto ovacionou: “[13] ‘Entre as aves, eis as que tereis abominação e de cuja carne não comereis, porque é uma abominação: [14] a águia, o falcão e o abutre, o milhafre e toda variedade de falcões, toda espécie de corvo, a avestruz, a andorinha, a gaivota e toda espécie de gavião, o mocho, a coruja e o íbis, o cisne, o pelicano, o alcatraz e a cegonha, toda variedade de garça, a poupa e o morcego.'”?

    Minha dica a vocês: Se forem ler algum texto sobre evolução, tente ler textos de alguém da área. Ler textos de jornalista membro da Sociedade Criacionista Brasileira sobre evolução é uma má ideia.
    Por que não tenta ler algum texto escrito por alguém que entende do assunto? – http://goo.gl/zEU3
    Se você acha complicado entender esse texto, tem um mais simples e menos longo, por que não tenta? – http://goo.gl/Enxc
    E por que não lê notícias sobre evolução em sites que vocês próprios confiam? – http://www.physorg.com/biology-news/evolution/
    Não confia em Ateus? Não precisa ler textos evolucionistas de ateus, pode ler de cristãos. Existem muitos cristãos evolucionistas, e eu os tenho respeito e admiro-os DEMAIS. Por que não tenta conhece-los? – youtu.be/jBsioGO5aWA

    Like

  2. Karina says:

    Cada espécie tem suas “vantagens e desvantagens”. As aves são incomparáveis no voo, mas não têm sentimentos. Nós temos sentimentos e não voamos. Os peixes respiram dentro da água, mas não sobrevivem fora dela… e por aí vai.

    O que eu acho mais triste na teoria evolucionista é o fato de que perde-se a beleza que temos enquanto filhos de Deus, criados com um propósito único, o que faz de cada um de nós alguém ou algo ímpar nesse mundo.

    Cada ser humano, bonito ou feio, doente ou “perfeito”, mais ou menos inteligente, é chamado a uma vocação única dada por Deus, que nenhum outro ser humano seria capaz de levar a frente, por mais que a gente desempenhe funções mais ou menos parecidas ao longo dos tempos.

    Cada um de nós deixa uma marca indelével e insubstituível nesse mundo, para a melhor ou para a pior. É por isso que toda forma de atentado à vida torna-se algo gravíssimo aos olhos do que creem (o que não significa que quem não tem crença declarada seja, invariavelmente, a favor da matança e desordem).

    A natureza vem reforçar a grandeza de Deus, riquíssimo em detalhes que seriam muito pobres caso fossem “criados ao acaso”. Deus “entupiu” a natureza de detalhes que vão desde as espécies e formas mais tenebrosas até as mais belas, lembrando para nós que o conceito de beleza e riqueza dele vai muito além do nosso mero conceito estético.

    Like

  3. wallacevidal says:

    A Karina disse que toda a forma de atentado à vida, torna-se algo gravíssimo aos olhos do que creem. Mas os mesmo estão dentro da cadeia alimentar e, querendo ou não, precisam fazer alguma forma de atentado à vida. Karina, já entrou no açougue? Já foi a um churrasco? Sabia que isso é um atentado à vida? Hipocrisia sua? Não. Você tem um coração bom, bom de mais para enchergar isso tudo.

    A natureza é cruel, pois ela não concordou com ninguém que seria “mansa”. Na selva guepardos comem zebras, antilopes são alimentos de felinos, peixes pequenos já tem seu lugar na boca de peixes grandes, animais de domesticáveis [porco, bóde, vaca, galinha] fazem parte de 95% da mesa dos brasileiros que tem uma alimentação saúdavel. Você já percebeu que isso é um atentado a vida? Não, porque você está querendo manter é a sua. Nome disso? Evolução.

    O que a Karina escreveu só mostra o que que a vida moderna está trazendo para o pensamento humano: Coisas belas de se ouvir/ler. É bom pensar que cada um tem um papel importante na terra, que somos o centro da criação de Deus e que cada coisa que Ele fez na natureza servem para reforçar sua grandeza. Isso é maravilhoso de se pensar, mas é difícil pensar isso com a minha “cabeça”.

    É difícil pensar isso com a minha cabeça, porque eu sei que na verdade só é possível pensar que todos tem um papel importante no mundo, quando se tem uma vida razoável, pois quando se nasce em um país como aqueles do continete ao lado, a história já é outra.

    — É impossível calcular, com a minha cabeça, que alguém tenha um papel importante na terra quando sei que há pessoas [criação de Deus] que vivem só seis meses de vida, resultado da miséria que assola aqueles países na África e Ásia.

    — É impossível calcular, com a minha cabeça, que somos o centro da criação de Deus, pois um simples mosquito da dengue é capaz de nos matar. É impossível também pensar nisso quando se pesquisa sobre a grandeza do universo e percebe-se que somos apenas um pequeno ponto, em um ponto de um ponto que está cercado por ZZZZZZZZilhares de outros pontos; muitos deles maiores.

    — É impossível calcular, com a minha cabeça, que cada coisa que Deus fez na natureza serve para reforçar sua grandeza, pois meu ponto de vista sobre esse assunto ultrapassa o seu, Karina. Você deve estar enchergando agora um beija-flor voando perto de uma flor, um esquilo subindo uma árvore, uma foca brincando no mar e outras coisinhas bonitinhas. Mas eu vejo isso e vejo também mais coisas, como por exemplo um animal que tem apenas duas semanas de vida, mas é capaz de transmitir uma doença como a malária. Qual grandeza de Deus eu vejo aqui? Qual motivo de criar um animal desse? Destruição? A evolução nos explica isso sem colocar Deus em “apuros”, deicando de apontar ele como o causador da existência dessa e outras criaturas “indiferentes e inuteis”.
    Eu tendo a pensar também em um verme parasita que esteja furando o olho de um menino que se senta na margem de um rio na África Ocidental e que o esteja deixando cego. Já não basta a pobreza lá, ainda há uma espécie que faz isso. E então eu penso “você está me dizendo que o Deus que você acredita, que você diz também que é um Deus todo-misericordioso, que se importa com cada um de nós individualmente, criou esse verme que não consegue sobreviver em outro local se não no globo ocular de uma criança inocente?” Isso não me faz pensar na grandeza de Deus que criou os animais, mas sim na “baixesa” de criar tais animais e fazer isso com tais vidas. Acho que a evolução explica isso sem colocar a culpa em ninguém.p

    Aqui nesse blog, estou cansado de ler textos sobre animais bonitinhos. Só na primeira ágina se vê vídeo de cachorros pulando [OLD], se vê uns 2~3 textos de aves lindas e nas outras páginas eu acredito que tenha flores, mamiferos, focas, golfinhos etc. Uma pergunta que não quer calar: Por que o postador não aborda assuntos como os que eu tenho citado, ao invés de mostrar APENAS lindos animais? TENDENCIA!

    Tudo isso é uma coisa séria, mas é, infelizmente, imperceptivel à pessoas que vivem em cidades; comem em uma cozinha, sentado numa mesa; acreditam num Deus todo poderoso e bondoso etc. São coisas que a minha mente não consegue anular. Não consigo pensar: Azar o deles, meu Deus não fez isso, blá blá blá…

    Like

  4. wallacevidal says:

    “Com Darwin podemos entender porque é imensa a bio-diversidade”.

    Like

  5. Karina says:

    “Karina, já entrou no açougue? Já foi a um churrasco? Sabia que isso é um atentado à vida? Hipocrisia sua? Não. Você tem um coração bom, bom de mais para enchergar isso tudo.”

    Dia desses li um frase interessante. “Os ecochatos estão evoluindo. Agora são os biodesagradáveis”.

    Sou contra qualquer tipo de crueldade GRATUITA cobntra animais (e seres humanos, claro). Isso não inclui subsistência. Sou carnívora, nem por isso acho que desrespeito os animais.

    Leões são carnívoros. Você já viu um leão matando outro bicho? É muita crueldade. Você já viu um tubarão atacando outro peixe?

    Porém, sou contra a “caça esportiva”, sou contra a matança gratuita de animais para satisfazer o luxo de dondocas e dondocos de plantão.

    O engraçado é que muitos “ecochatos” (esses não são ecologistas de verdade, me perdoem) são abortistas. Um bebê humano têm menos vida que um ovo de tartaruga. Isso sim, é hipocrisia pura.

    Por outro lado, o que você não consegue enxergar é que cada animal tem seu modo de defesa, e ainda que muitas coisas que não fazem mal aos animais fazem muito mal a nós (e vice versa). Aí sim, a destruição que o homem faz à natureza só colabora que ele fique cada vez mais exposto a coisas que antes estavam sob o equilíbrio natural das coisas. Como os mosquitos, que têm cada vez menos lugares arborizados para se reproduzir, e estão cada vez mais próximos do homem.

    Wallace, vocês falam que nós colocamos a culpa de tudo no “livre arbítrio” do homem, e vocês, que não creem em Deus, também só popdem culpar ao homem pelas mazelas da humanidade. Estamos quites nesse ponto. Portanto, vamos lá: toda comida que você joga fora na sua casa (você ou eu ou qualquer um de nós) é a mesma comida que falta na mesa dos africanos, nordestinos, capixabas…

    Like

  6. Clayton Luciano says:

    Karina:

    “Leões são carnívoros. Você já viu um leão matando outro bicho? É muita crueldade. Você já viu um tubarão atacando outro peixe?”

    Também acho uma forma cruel, se fosse eu que tivesse feito o mundo, eu teria adotado um sistema melhor do que o jogo “Adão e Eva”

    Like

  7. Karina says:

    “Leões são carnívoros. Você já viu um leão matando outro bicho? É muita crueldade.” – desculpe, esqueci de indicar que “tecla ironia on”

    Pode ser chocante, mas é a sobrevivência dele em jogo. Aliás, plantas também são seres vivos, então eu acho que os ecochatos (repito, ecochatos não são ecologistas de verdade) deveriam criar uma forma de fazermos todos fotossíntese. A começar pelo maravilhoso novo mundo criado pelo Clayton.

    Like

  8. Clayton Luciano says:

    Karina:

    Com um poder infinito nas mãos, eu teria feito todos os seres vivos vevessem sem comer uns aos outros, falo isto eu que nem sou tão bondoso assim. Todos viveriam em paz.

    Like

  9. wallacevidal says:

    Karina,

    Você primeiro diz que é contra qualquer FORMA de atentado à vida, mas depois diz:

    “Sou contra qualquer tipo de crueldade GRATUITA cobntra animais (e seres humanos, claro).”

    Por que você “refinou” o que disse? Só porque eu toquei num assunto de você comer carne? Eu como também, não sou “ecochato”, fica relax…

    Só um lembrete: Na teoria da evolução, que você chama de cruel, não existe CRUELDADE GRATUITA. Toda a CRUELDADE da teoria da evolução tem um propósito, todos que matam na natureza tem um propósito de matar: Sobreviver. E eu acho que você é hipócrita, porque diz que não aceita QUALQUER FORMA DE ATENTADO À VIDA, mas na hora do almoço, um animal perdeu a vida para lhe satisfazer. Isso é a natureza, e você está sendo hipócrita se mantendo viva com um ponto de vista desse. Morra [“risos”, estou brincando]

    Não sei porque você escreveu que é contra a crueldade gratuita. Não foi cabido para a nossa discussão. Foi sem utilidade escrever isso, não mudou nada. Assim com também não foi cabido dizer que os “ecochatos” são abortistas. NÃO TEM NADA A VER COM O ASSUNTO DAQUI e eu nem sou um “ecochato”. E também não foi nescessário falar sobre o homem causando desíquilibrio na natureza, que no seu ponto de vista, foi criado por Deus.

    É engraçado saber que você vê a culpa do homem, que é apenas um inquilino, mas não vê a “culpa” de Deus, que é o desenhista disso tudo, na criação de um sistema como esse [mata ou morre] e na criação de animais inúteis, que vivem apenas 2 semanas e matam milhares de pessoas.

    Já é a segunda vez que estou escrevendi isso só nesa página. Estou fazendo isso pela segunda vez, porque na primeira você não respondeu. Por que não respondeu? Acho que lhe interessava mais falar de assuntos descabidos – como por exemplo o aborto, os “ecochatos”, o desequilibrio que o homem está fazendo na natureza e a crueldade dos caçadores -, do que falar sobre tudo que eu escrevi no primeiro comentário.

    Se não quiser responder as coisas que eu escrevi no primeiro comentário, apenas não responta. É feia tentar desviar o assunto, mas é comum de pessoas já alienadas na fé.

    Like

  10. wallacevidal says:

    Clayton,

    Deixando de lado esse assunto de matar ou morrer, que é realmente cruel, mas é nescessário, eu acho que qualquer humano não-insano e não-sádico que esteja vivo hoje, pensaria em uma forma de vida melhor que essa que, na mente dos crentes, Deus fez. Vejamos o exemplo dos terremotos, tempestades, vulcões e outras coisas que não tem como colocar a culpa no homem. Acho que se houvesse um Deus que realmente se importa com nós, iria fazer diferente do que esse atual Deus está fazendo. Eu, você, meu pai, o dono do bar… todo mundo tendo o poder de Deus, faria algo melhor para a humanidade. Eu iria começar eliminando doenças e matando o Diabo. ouheouheouheouh. Sim, mataria o infeliz, pois não dizem que é ele quem causa os males no mundo? Eu o mataria sem pensar duas vezes. O faria sumir!

    Se um Deus não consegue matar/dar um sumiço no Diabo, então ele não é onipotente. Se ele não é onipotente, ele não é Deus. Se ele não é Deus, para que serve rezar?

    o.O

    Like

  11. Clayton Luciano says:

    Wallacevidal:

    “Deixando de lado esse assunto de matar ou morrer, que é realmente cruel, mas é nescessário”

    É necessário devido a forma que o mundo é, agora pressupondo de que o mundo foi criado e que seja (m) o (s) criado (es) com poderes infinitos, logo o mundo poderia ser criado sem que fosse preciso utilizar o sistema da cadeia alimentar,

    Agora, se voce vira para o (s) criador (es) e pergunta do porque não ter criado outra forma em que não haja violência

    e ele (s) responde (m), a melhor forma é esta ou não há outra forma, voce pode concluir e dizer para ele:

    “espera, seus poderes então são ilimitados, pois há coisas que voce não é capaz de associar, e um exemplo é este: sobrevivência com não violência, ou seja, poderes limitados pela por não conseguir um sistema de vida funcional sem violência.”

    Agora se ele (s) consegue (m) mas não quer (em), é porque não a bondade muito grande assim nele (s).

    Like

  12. Mats says:

    Wallace,

    1. Como é que explicas o design das áves como o resultado de modificações aleatórias ao longo dos milhões dos anos?

    2. Não é a estrutura das áves melhor explicada pelo Design Inteligente do que pelas forças não inteligentes da natureza?

    Like

  13. Karina says:

    Claro que eu refinei, porque você não entendeu o que eu disse. Se alimentar não é cruel, é básico. Se Deus fez esse mundo perverso, a perfeita teoria da evolução também o fez. Então tanto Deus quanto a maravilhosa teoria da evolução foram perversos ao criar um sistema em que um precisa morrer para outro sobreviver.

    Eu não considero Deus menos perfeito por ele ter feito um sistema que se baseia no “perde/ganha”, “mata/morre”. O que eu fico revoltada é que as pessoas vão além desse funcionamento natural, extrapolam, e começam a achar que pode-se matar por qualquer motivo. Qualquer coisa vira subsistência.

    Aliás, afirmaram aí em cima que qualquer crueldade na teoria da evolução é sobrevivência, sinceramente, “choquei”.

    É claro que existe diferença entre crueldade gratuita e sobrevivência. Se eu mato um gato pelo simples fato de não gostar dele, é crueldade gratuita. Não é sobrevivência. É preciso desenhar??

    Quando eu falei de desequilíbrios na natureza provocados pelo homem, eu falei no sentido de que muitos mosquitos, por exemplo, que “vivem 2 semanas e matam milhares de pessoas”, não teriam contato, ou teriam contato mínimo com seres humanos caso as florestas não fossem tão devastadas. O próprio HIV sobreviveu durante muito tempo nos macacos sem nunca fazer mal a nínguém, mas lá foi o homem se intrometer novamente, e deu no que deu.

    Aqui em Vitória, arrisco dizer que pelo menos 70% do território é de aterro. O que acontece quando chove? Alaga tudo, claro, o mar “quer de volta” o espaço que era dele.

    Desmatam as florestas e o que está acontecendo? Muitos rios estão secando, o clima muda, e a ação dos ventos também.

    Claro que o mundo passa por mudanças drásticas de teeeeempos em teeeeeeempos, mas o homem está fazendo tudo mudar muito rápido. Mas ainda assim eu sei que Deus tem um propósito com tudo isso, que no meu ver é fazer o homem entender que ele é “administrador” da Terra, e que justamente por isso, não tem o direito de fazer tudo que dá na telha. “Tudo posso, mas nem tudo convém”.

    Todo mundo faria algo melhor se fosse Deus. É incrível isso. Eu também tenho meus momentos de “o dia que eu encontrar com Deus, vou pedir para mudar isso ou aquilo na versão Terra 2.0”. Porém, se o mundo fosse cor de rosa, não haveria necessidade da caridade, não haveria necessidade de amor, não haveria necessidade nem dessa discussão idiota sem fim, que não leva nada a lugar nenhum. E eu ainda conheço gente que fala que o paraíso deve ser um lugar muito chato…

    Like

  14. Clayton Luciano says:

    Karina:

    “Claro que eu refinei, porque você não entendeu o que eu disse. Se alimentar não é cruel, é básico. Se Deus fez esse mundo perverso, a perfeita teoria da evolução também o fez. Então tanto Deus quanto a maravilhosa teoria da evolução foram perversos ao criar um sistema em que um precisa morrer para outro sobreviver.”

    Mas a Teoria da Evolução não se auto proclama de infinitamente bondosa.

    “Porém, se o mundo fosse cor de rosa, não haveria necessidade da caridade, não haveria necessidade de amor, não haveria necessidade nem dessa discussão idiota sem fim, que não leva nada a lugar nenhum. E eu ainda conheço gente que fala que o paraíso deve ser um lugar muito chato…”

    1 – Se Deus não tem capacidade de bolar um sistema em que o Amor exista semas as desvantagens deste mundo, ele não é tão poderoso assim, e ele tem tal capacidade e não a usa, ele não é tão bondoso.

    2 – Eu consigo amar alguém que esteja feliz e voce só ama quem está na pior?

    Like

  15. Karina says:

    O amor não brota onde não há diferenças. Se tudo funcionasse 100%, se todos fôssemos 100% felizes 100% do tempo, não haveria necessidade de “amar-nos uns aos outros como a nós mesmos”. Seríamos como que auto-suficientes.

    Like

  16. Clayton Luciano says:

    Karina:

    “O amor não brota onde não há diferenças.”

    Então voce não ama a si mesma, ou voce é diferente de si mesma?

    “Se tudo funcionasse 100%, se todos fôssemos 100% felizes 100% do tempo, não haveria necessidade de “amar-nos uns aos outros como a nós mesmos”. Seríamos como que auto-suficientes.”

    Tem gente que que diz que religião é para pessoas que tem tendência à depressão, estou começando a acreditar.

    Like

  17. wallacevidal says:

    Karina,

    Você falou muito de coisas que o homem fez… mas não falou nada do que eu tenho me referido. Que culpa o homem tem em um terremoto? Que culpa o homem tem em uma erupção vulcanica? Tente responder essas coisas sem colocar a culpa no homem e dizer: Deus tem um propósito com tudo isso, que no meu ver é fazer o homem entender que ele é “administrador” da Terra, e que justamente por isso, não tem o direito de fazer tudo que dá na telha. “Tudo posso, mas nem tudo convém”.

    Não há propósito para essas coisas. Pensa bem minha filha. Olhe as coisas que Ele fez:
    Matou 3.000 [HUMANOS] por orar a um cordeiro de ouro.
    Matou cerca de 14.000 [HUMANOS] por fazerem reclamação.
    Matou 24.000 [HUMANOS] por prostituição.
    Matou 32.000 [HUMANOS] virgens medianitas.
    Matou uma cidade inteira [DE HUMANOS], chamada Ai.

    Só na bíblia são cerca de 3 milhões de pessoas mortas por NADA. Por que ele não elimina tais animais/espécies? Por que ele permite a existência dessas criaturas? É esse o Deus que vocês adoram? O Deus que elimina cerca de 3 milhões num livro sagrado, mas não consegue eliminar algumas espécies de insetos e bactérias?

    Mats,

    1) Pesquise sobre isso em sites que EU SEI que você confia. Ou você espera mesmo que um rapaz que acabou de terminar o ensino médio numa escola estadual e que NUNCA teve aula de biologia evolutiva por conta de professores fanáticos religiosos, lhe explique alguma coisa? Acho que você, pesquisando bem w awndo honesto, consegue as respostas.

    2) Sim. Assim como as fábulas explicam perfeitamente para as crianças que não é certo ser preguiçoso (http://bacaninha.uol.com.br/home/secoes/contos/a_cigarra_e_a.htm)

    Like

  18. wallacevidal says:

    Cerca de cinco milhôes de pessoas já morreram por conta de terremotos. Sem contar com erupções, tornados, tempestades e outras coisas. Analisando esses dados, você ainda consegue acreditar que Deus está fazendo isso para provar que é ele quem está no comando? Será que esse Deus-Bondoso não tem outra forma de mostrar isso para nós? Eu não consigo acreditar nisso. Eu não sou ateu apenas por ser, eu analiso as coisas. Essa é uma delas.

    Like

  19. Karina says:

    Wallace, o Deus que eu acredito é Todo Poderoso. Sim, tem poder sobre todas as coisas da Terra, inclusive sobre a vida das pessoas. Há catástrofes naturais que, sim, abalam o mundo.

    A morte de milhares de pessoas num terremoto para mim tem um significado, por mais inocentes que aquelas pessoas fossem. Primeiro que, para o cristão, a morte não é o fim. Já parou para pensar que muitos dos mortos no Haiti não aguentavam mais viver na extrema pobreza e foram poupados de tanto sofrimento? E que, justamente pelo terremoto, nós passamos a olhar para aquele país tão esquecido de tudo e de todos? Pode até parecer cruel, mas é assim que as coisas funcionam (e sempre funcionaram), e quem sou eu para questionar Deus.

    A China tem sofrido uma série de tragédias naturais e não naturais. Para mim, está muito claro: essa nação precisa passar urgentemente por um processo de conversão.

    A África é um continente assolado por doenças e guerras. É um lugar que ainda não passou por um verdadeiro processo de evangelização. Pelo contrário, alimenta-se o paganismo para que as guerras étinicas e religiosas continuem dando lucro à indústria bélica. Alimenta-se a ignorância para que a indústria farmacêutica, por exemplo, continue tendo suas cobaias.

    Mas você só vê crueldade, onde eu vejo um clamor. É questão de ponto de vista e de fé. Aliás, as coisas que acontecem na China servem de alerta para MINHA própria conversão, inclusive!

    Aliás, um ponto interessante é que, quanto mais uma sociedade se afasta dos mandamentos de Deus, mais ela se auto-destrói. Mais guerras, mais pobreza, mais tudo de ruim. E, numa catástrofe dessa, o povo acorda para o que está acontecendo e muda o rumo. Na época dos profetas, às vezes o simples fato deles chegarem à cidade anunciando que haveria uma catástrofe caso não se mudasse os costumes já era suficiente para promover a conversão. Alguns povos eram mais teimosos e insistiam no erro.

    Por outro lado, é justamente nesses lugares mais assolados que a gente vê testemunhos incríveis de caridade. Iniciativas como o Mercy Ship, que leva médicos à África e Ásia para cuidar de crianças pobres, heróis anônimos que lutam para melhorar a vida dessas pessoas sofridas não exisitiriam se tudo fosse perfeito por lá.

    À propósito, eu me amo não por ser “diferente de mim mesma”, mas justamente porque não sou perfeita. Se eu fosse perfeita, provavelmente já teria me enojado de tudo aqui e “pedido pra sair”. Aliás, é muito comum países extremamente desenvolvidos terem elevadas taxas de suicídio, principalmente entre os jovens, pois não há nada pelo que lutar, não há nada mais para conquistar, e a vida se torna muito “chata”.

    Like

  20. Karina says:

    Hoje não temos mais profetas, pois o Messias já veio ao mundo. Temos o livro do Apocalipse, que é de difícil entendimento, mas muitas das coisas que acontecem hoje foram alertadas nesse livro e em alguns outros do Novo Testamento, então o aviso para a conversão já foi dado há muiiito tempo atrás. Uma hora, o Juízo Final chegará de fato, e aí sim, será tarde demais para fazer alguma coisa.

    Like

  21. Adalberto Felipe says:

    Wallace,

    Cerca de cinco milhôes de pessoas já morreram por conta de terremotos. Sem contar com erupções, tornados, tempestades e outras coisas. Analisando esses dados, você ainda consegue acreditar que Deus está fazendo isso para provar que é ele quem está no comando? Será que esse Deus-Bondoso não tem outra forma de mostrar isso para nós? Eu não consigo acreditar nisso. Eu não sou ateu apenas por ser, eu analiso as coisas. Essa é uma delas.

    Como já foi falado, de acordo com o ateísmo evolucionista, coisas assim são as mais normais do mundo. Não há o que se importar com isso, já que em milhões de anos, foi intensa as guerras por recursos, comida, os mais fortes vencem e os mais fracos perdem e houve muitas mortes. O que os ateus fazem é pegar emprestado certos valores do cristianismo para depois argumentar contra ele.

    Se bem que há ateus que não se importam e nem pegam valores imprestados ao cristianismo, a não ser quando lhes convêm (ou seja, argumentar contra Deus), como por exemplo, Seth MacFarlane, criador de um desenho cheio de blasfêmias e absurdos que não recomendo ninguém a assistir:

    Numa entrevista, o site Crave Online ele deu a seguinte declaração:

    Crave Online: matar bebês é bom?

    Seth MacFarlane: Sou um ateu, por isso, eu não dou a mínima.

    A bíblia diz que vão haver vários terremotos nos fins dos tempos e outra coisa: sabe-se que lugares como o Haiti, o Japão, a China e outras partes do mundo são propensas a terremotos, então para quê construir nesses lugares e aguardar acontecer?

    A bíblia traz muitas coisas sobre os fins dos tempos que tem acontecido pouco a pouco, também diz para ajudar o próximo, fazermos doações a pobres, coisa que muitas igrejas fazem, não é atôa que há muitas intituições cristãs na África, que ajudam no Haiti também, mas que muitos não noticiam estranhamente e o ateísmo não diz nada sobre isso.

    Like

  22. Adalberto Felipe says:

    Ah, a Karina tocou num ponto interessante: a África.

    Como ela falou, lá é um continente rodeado de guerras, que não há evangelização.

    Certa vez, vi um comentário num site, que falava que se Ak47 fosse pão na África, o continuente africano não teria fome. Esse comentário é irônico, claro, mas não deixa de ter um fundo de verdade.

    Por anos, nações ricas e poderosas como a China, Estados Unidos, Rússia, as nações ricas do continente europeu investem trilhões em armas? Se com um bilhão de dólas (0,01% disso) já daria para fazer tanta coisa, como construir hospitais, comprar alimentos, investir em escolas e projetos educativos a longo prazo, imagina trilhões, depois a culpa da pobreza na África é de Deus?

    E o tráfico de arma na África que só facilita as guerras e as milícias por lá. Não sei se já viu o filme “O Senhor das Armas”, mas o filme é baseado em fatos reais, de nações, que mesmo sendo membro do conselho de segurança da falsa ONU facilitam e muito o tráfico de armas, pois sabem que as empresas lucram com isso, ao invés de estar facilitando comida e água nessas regiões.

    Like

  23. Clayton Luciano says:

    Karina:

    “Já parou para pensar que muitos dos mortos no Haiti não aguentavam mais viver na extrema pobreza e foram poupados de tanto sofrimento? E que, justamente pelo terremoto, nós passamos”

    Já parou para pensar que muitos dos mortos no Haiti que não eram miseráveis foram privados de muita alegria? E que não precisava de justamente um terremoto, para que nós passassemos a olhar para aquele país tão esquecido de tudo e de todos? Enfim, é cruel, mas é assim que as coisas funcionam (e sempre funcionaram), e quem sou para dizer que Deus cristão existe, pois seiria uma falta de lógica.

    “Primeiro que, para o cristão, a morte não é o fim”

    Então que não aconteçam tragédias com não cristãos.

    “A China tem sofrido uma série de tragédias naturais e não naturais. Para mim, está muito claro: essa nação precisa passar urgentemente por um processo de conversão.”

    Sei, na Segunda Guerra Mundial não havia cristãos envolvidos.

    “A África é um continente assolado por doenças e guerras. É um lugar que ainda não passou por um verdadeiro processo de evangelização. Pelo contrário, alimenta-se o paganismo para que as guerras étinicas e religiosas continuem dando lucro à indústria bélica”

    Mas a Europa passou por um processo de evangelização e foi o lugar mais desvastado pelas guerras que se tem notícia.

    “Aliás, um ponto interessante é que, quanto mais uma sociedade se afasta dos mandamentos de Deus, mais ela se auto-destrói.”

    Eu já acho que está melhor, apesar dos pesares, pois não se veem mais fogueiras santas (Mateus 13:41-42), Violência (Mateus 10:34), trabalho escravo (Lucas 12:47-48) como antigamente.

    “Mais guerras, mais pobreza, mais tudo de ruim. E, numa catástrofe dessa, o povo acorda para o que está acontecendo e muda o rumo.”

    Tudo isto que voce mencionou, sempre existiu e era ainda pior.

    “Na época dos profetas, às vezes o simples fato deles chegarem à cidade anunciando que haveria uma catástrofe caso não se mudasse os costumes já era suficiente para promover a conversão. Alguns povos eram mais teimosos e insistiam no erro.”

    Porque Deus não estralou os dedos e resolveu em vez de assassinar bebês inocentes? (ou não tinham bebês lá?)

    “À propósito, eu me amo não por ser “diferente de mim mesma”, mas justamente porque não sou perfeita. Se eu fosse perfeita, provavelmente já teria me enojado de tudo aqui e “pedido pra sair”. Aliás, é muito comum países extremamente desenvolvidos terem elevadas taxas de suicídio, principalmente entre os jovens, pois não há nada pelo que lutar, não há nada mais para conquistar, e a vida se torna muito “chata”.”

    Logo, não se converta ao cristianismo.

    Like

  24. wallacevidal says:

    Karina,

    –** “Primeiro que, para o cristão, a morte não é o fim.”

    **– É vero. Eu sou honesto e admito que não tinha percebido isso.

    –** Já parou para pensar que muitos dos mortos no Haiti não aguentavam mais viver na extrema pobreza e foram poupados de tanto sofrimento?

    **– Mas não morreu apenas pessoas miseráveis do Haiti. Nem todos que morreram ali no Haiti eram pessoas miseráveis. Havia sim pessoas miseráveis, mas não era a maioria. Lembre que o que aconteceu, aconteceu na capital.

    **– A pobreza extrema não é, nem de longe, motivo de sofrimento no ponto de vista cristão. Lembro que quando eu era cristão havia muitas passagem que Jesus falava sobre isso.
    Morreu gente que NÃO precisava de um “help” por conta da pobreza extrema. Um exemplo que eu te dou é aquela Brasileira, com B maiúsculo. A Zilda.
    Agora pense quantos outros, na situação da Zilda, morreram lá também? Aposto que não foi só ela. Então, este teu argumento de “cessar sofrimento” está perdido.

    –** “E que, justamente pelo terremoto, nós passamos a olhar para aquele país tão esquecido de tudo e de todos? ”

    **– Em certo ponto em seu ponto de vista tem razão, Karina. Somente depois do terremoto o mundo começou a se preocupar mais com o Haiti; que tanto precisa de ajuda.

    –** “Pode até parecer cruel, mas é assim que as coisas funcionam (e sempre funcionaram), e quem sou eu para questionar Deus”.

    **– Você eu não sei, mas eu sou uma pessoa que faria melhor. Sem dúvidas fária melhor.

    –** “A China tem sofrido…”
    –** “A África é um continente assolado por doenças…”
    –** “Mas você só vê crueldade, onde eu vejo um clamor”.

    **– Eu poderia parar por aqui, mas vou mais além.
    Como assim eu vejo crueldade onde você vê clamor?! Você só está vendo as catástrofes dos não-cristãos. Procure sobre o Domingo Sangrento. E os furacões que acontecem na “Jesus Land”! O Brasil, segundo uma pesquisa, é o segundo país que mais apresenta número de religiosos, mas está entre os 15 mais violentos DO MUNDO. Entre os 15, lá está também “Jesus Land”. Em contrapartida, a Suécia é o pais menos religioso do mundo, mas nas pesquisas entre “melhor qualidade de vida”, “melho justiça”, “menos violento”, “menos corrupto”, “mais honesto”, “povo mais feliz”, “melhor acesso a maternidade” e outras coisas, a Suécia se encaixa entre os 5 melhores DO MUNDO. Isso você não vê. É QUESTÃO DE PONTO DE VISTA E DE FÉ.

    –** “quanto mais uma sociedade se afasta dos mandamentos de Deus, mais ela se auto-destrói”.

    **– Tenho dados que provam exatamente ao CONTRÁRIO!

    –** “Mais guerras, mais pobreza, mais tudo de ruim”.

    **– Isso é você quem diz! Mas não o que a realidade mostra.

    –** “é muito comum países extremamente desenvolvidos terem elevadas taxas de suicídio”

    **– Tenho dados que provam, que no Brasil, os estados mais religiosos são os que tem mais taxas de suícidio.

    Like

  25. wallacevidal says:

    Karina,

    E eu nem quero te lembrar do povo da aliança de Deus, que foi TOTALMENTE esquecido na Segunda Guerra Mundial. Mas eu te entendo: quando as catástrofes são de países/povos cristãos ou judaica, a sua fé não lhe permite encherga.
    Ok. Vamos dizer então que a pobreza na África é culpa da religião deles. É bem mais fácil, NO PONTO DE VISTA DA FÉ.

    Like

  26. Adalberto Felipe says:

    Wallace,

    Em contrapartida, a Suécia é o pais menos religioso do mundo, mas nas pesquisas entre “melhor qualidade de vida”, “melho justiça”, “menos violento”, “menos corrupto”, “mais honesto”, “povo mais feliz”, “melhor acesso a maternidade” e outras coisas, a Suécia se encaixa entre os 5 melhores DO MUNDO.

    Não, Wallace, a Suécia não é bem isso que você está pensando não.

    Recentemente, aqui no Brasil, foi aprovado um projeto por uma deputada do mesmo partido do esquerdista Lula que proibe pais de disciplinarem os filhos.

    Um dos argumentos usados era o fato da Suécia ter probido em 1979 os pais de disciplinarem os filhos alegando a mesma coisa que você, que lá é o paraíso, sendo que não é bem assim não.

    O Júlio Severo fez uma ótima análise do que aconteceu de 1979 (tempo mais do que o suficiente para uma geração crescer) até hoje, con fontes e tudo mais e pôde ver que a Suécia é um dos países com as mais altas taxas de aborto do mundo, taxa de natalidade baixíssima (a região metropolitana do Rio de Janeiro é maior que a Suécia), gravidez entre adolescentes, roubos, crimes violentos, drogas, estupros, até crimes contra religosos.

    Como ele falou, quem mora lá fora, pensa que o Brasil só tem praia, futebol e mulheres, mais quem mora aqui sabe que não é bem assim, o mesmo lá na Suécia.

    Qualquer coisa, recomendo o artigo: Suécia: o exemplo “perfeito”.

    Like

  27. wallacevidal says:

    Adalberto,

    Adalberto,

    –** “O que os ateus fazem é pegar emprestado certos valores do cristianismo para depois argumentar contra ele”.

    **– Valores do cristianismo? Você está de brincadeira comigo, só pode.
    E mesmo que fosse: E dai que de acordo com o ateísmo evolucionistas essas coisas são normais? Se há um Deus e ele é bondoso, ele TEM O DEVER [justamente por ser bondoso] de mudar isso. A evolução tem uma explicação para tudo isso, enquanto vocês colocam a culpa em Deus, mas conseguem enxergar que ele é bondoso com um sistema CRUAL desse.

    –** “Se bem que há ateus que não se importam e nem pegam valores imprestados ao cristianismo”

    **– De novo essa história generalizada: A um ateu mal, logo todos são mals. Isso não é argumento. Para alguém que entende como as coisas/pessoas funcionam… isso não é argumento. Eu poderia pegar várias dezenas de exemplos de religiosos mals, mas por isso não ser argumento, não vou fazer isso.

    E o seu ultimo argumento sobre a igreja ajudando e ninguém notíciando não convém aqui. Eu falei sobre o SISTEMA IMPLANTADO POR DEUS e você não respondeu NADA sobre o assunto. Desviou a conversar para um tema aleatório. E assim com a igreja ajuda os pobres, o ateísmo também ajuda. Isso não é argumento. Nem aqui, nem em Marte.

    Like

  28. Mats says:

    Wallace,

    Cerca de cinco milhôes de pessoas já morreram por conta de terremotos. Sem contar com erupções, tornados, tempestades e outras coisas. Analisando esses dados, você ainda consegue acreditar que Deus está fazendo isso para provar que é ele quem está no comando?

    Mas a tua pergunta assume que há algo de errado com a morte de pessoas em calamidades. Com o quÊ é que comparas este estado de coisas? Quem disse que a morte e a desgraça não são coisas normais na existência humana?

    Como ateu que és, não tens justificação para te apoiares na morte de pessoas como argumento contra Deus. Dentro do ateísmo, a morte até é uma coisa boa uma vez que deixa mais recursos para os que sobrevivem.

    Portanto, qual é a tua queixa?

    Like

  29. Karina says:

    Primeiro: quem disse que o povo de Deus não peca?? Se fosse assim, não teria acontecido o episódio do bezerro de ouro no passado e tantas outras coisas lamentáveis até hoje. E, ainda por cima, o povo de Deus é o mais cobrado. Ou você acha que ser cristão é só ler a Bíblia e tá bom? Deus não se cansa de falar que haverá mais complacência com Sodoma e Gomorra (cidades pagãs) que com muitas cidades “do povo de Deus”.

    Os judeus foram mortos na Segunda Guerra, juntamente com os negros e os “deficientes”, por um regime que desejava justamente criar uma sociedade melhor sem a intervenção de Deus. Uma sociedade pura e livre de “imperfeições”. Uma sociedade criada por e para o homem.

    A questão do continente africano, Wallace, eu não sou tola de falar que é tão somente por causa da fé deles. Ali o novelo é tão grande e embaralhado, que não dá pra saber quem veio primeiro. Porém, você há de concordar que a falta de escrúpulo e, sim, de temor, de muitas pessoas, permite que eles usem e até incentivem a pluralidade religiosa para que os africanos se matem entre si. Da mesma maneira que a guerra religiosa no Oriente Médio interessa a muita gente. Agora, eu não tenho receio de falar que, a partir do momento que a África e o Oriente Médio se entregarem num processo de evangelização verdadeiro, as coisas mudarão para beeem melhor.

    Cristãos e não cristãos morrem a toda hora, inclusive em desastres naturais, atentados terroristas, perseguições religiosas, doenças e outras coisas. Como disse o Mats, morrer faz parte da natureza humana (nascer-crescer-morrer). E, como dizia meu tio (já falecido) quem não morre de novo, de velho não passa.

    A Zilda Arns morreu no Haiti, sim. Deus queira que sua obra não morra, muito menos seus ideiais. Isso é outra coisa curiosa no ser humana: muitas vezes só depois da morte é que passamos a valorizar determinadas pessoas e suas obras.

    Só uma observação: a taxa de suicídio (homens + mulheres) na Suécia gira em torno de 28,5, no Canadá 27%, Alemanha 30% e, no Brasil, 7%. A situação da China é “interessante”: é o ÚNICO país em que o suicídio feminino supera o masculino.

    Like

  30. Clayton Luciano says:

    Karine:

    “Os judeus foram mortos na Segunda Guerra, juntamente com os negros e os “deficientes”, por um regime que desejava justamente criar uma sociedade melhor sem a intervenção de Deus. Uma sociedade pura e livre de “imperfeições”. Uma sociedade criada por e para o homem.”

    Ser Judeu agora é ser imperfeito?

    “Agora, eu não tenho receio de falar que, a partir do momento que a África e o Oriente Médio se entregarem num processo de evangelização verdadeiro, as coisas mudarão para beeem melhor.”

    Desde que a outra metade do mundo não se intregue ao Islã, pois se não isto aqui vai virar um inferno.

    “Cristãos e não cristãos morrem a toda hora, inclusive em desastres naturais, atentados terroristas, perseguições religiosas, doenças e outras coisas. Como disse o Mats, morrer faz parte da natureza humana (nascer-crescer-morrer). E, como dizia meu tio (já falecido) quem não morre de novo, de velho não passa.”

    Aqui voce deu um tiro no pé, pois de que adiante evengelizar a África de cristãos morrem a toda hora e sofrem atentados, perseguições…

    “Só uma observação: a taxa de suicídio (homens + mulheres) na Suécia gira em torno de 28,5, no Canadá 27%, Alemanha 30% e, no Brasil, 7%. A situação da China é “interessante”: é o ÚNICO país em que o suicídio feminino supera o masculino.”

    Voce está querendo dizer que o cristianismo protestante causa o suicídio?

    Like

  31. Adalberto Felipe says:

    Clayton,

    Desde que a outra metade do mundo não se intregue ao Islã, pois se não isto aqui vai virar um inferno.

    Isso aí, Clayton, falou tudo agora, que bom que você sabe e reconhece isso, Clayton. Quando você quer você fala muitas coisas legais. Achei muito bom também você condenando as atitudes do André do ceticismo.

    Aqui voce deu um tiro no pé, pois de que adiante evengelizar a África de cristãos morrem a toda hora e sofrem atentados, perseguições…

    Realmente isso acontece mesmo. Já vi uma notícia de uma professora cristã ser mortas por alunos por ter tocado num exemplar do alcorão, tem aquele caso também em 2002 de um comentário infeliz de uma apresentadora na Nigéria que foi pretesto para os mulçumanos sairem matando vários cristãos pela frente, mesmo assim evangelizar e ir em frente não custa nada, se tomar cuidado é claro.

    Voce está querendo dizer que o cristianismo protestante causa o suicídio?

    Não, ela não quis dizer isso, pode ter certeza, mas os ateus adoram usar exemplos como a Suécia para mostrar que lá é perfeito, sendo que não é bem assim não, vide aquela matéria que mostrei ao Wallace.

    Like

  32. Karina says:

    Clayton, para Hitler os judeus eram imperfeitos sim, assim como negros, deficientes físicos/mentais e pobres (esses eram incluídos no departamento “deficientes”). Ou você quer dizer que fui eu que instaurei a Segunda Guerra por considerar judeus imperfeitos???

    Sobre as taxas de suicídio, Alemanha, Canadá e Suécia são países desenvolvidos. Não é a Suécia uma “sociedade perfeita”, como você ou o Wallace mesmo disseram? Usei esses exemplos para dizer que países “perfeitinhos” têm elevadas taxas de suicídio. Aliás, nem mencionei o protestantismo. Mas não falaram aí que a Suécia é o país MENOS religioso do mundo, como que agora vem falar de protestantismo? Eu até pesquisei, 70% dos suecos SE DIZEM luteranos, mas menos de 4% frequentam os cultos com ALGUMA regularidade, e cerca de 1% frequenta regularmente.

    Lá vamos nós voltar à África. Coitados dos africanos, debatemos tanto sobre eles e fazemos tão pouco por eles (estou me incluindo nessa).

    * A África é um continente com uma tremenda variedade étnica e religiosa.
    * Os grupos étnicos vivem disputando poder por lá. É uma guerra sangrenta diária. E a indústria bélica agradece, emocionada.
    * A miséria, a fome e as doenças, especialmente DST´s, são em boa parte decorrentes dessa eterna “ignorância” em que é mantido o povo africano. Alguns grupos “humanitários” insistem que não há nada demais em um africano continuar acreditando que, indo pra cama com uma virgem, ele se libertará da AIDS. Desde que ele use camisinha, claro!
    * A evangelização levaria, sim, paz e liberdade a esse continente. O Cristianismo seria extremamente benéfico para os africanos.
    * Evangelizar não significa dar imortalidade, meu caro Clayton. Aliás, significa sim dar acesso à vida eterna, mas não nesse mundo meu amigo.

    Like

  33. Adalberto Felipe says:

    Wallace,

    E dai que de acordo com o ateísmo evolucionistas essas coisas são normais?

    Você está indo contra o seu ateísmo e evolucionismo só para criticar o cristianismo.

    Se há um Deus e ele é bondoso, ele TEM O DEVER [justamente por ser bondoso] de mudar isso.

    Mas Deus vai mudar tudo isso com a vinda de Cristo, mas antes disso ele disse que a Terra vai sofrer bastante, pessoas se afastarão de Deus, crimes aumentarão, filhos cada vez mais se rebelarão contra os pais, haverá pessoas devassas e com isso grandes terremotos em vários lugares pelo mundo todo.

    A evolução tem uma explicação para tudo isso, enquanto vocês colocam a culpa em Deus, mas conseguem enxergar que ele é bondoso com um sistema CRUAL desse

    Não colocamos a culpa em Deus, pois sabemos que é a desobediência do homem que cada vez mais se afasta de Deus e coloca a ciência acima dele, é que é a conseqüência disso tudo.

    De novo essa história generalizada: A um ateu mal, logo todos são mals. Isso não é argumento. Para alguém que entende como as coisas/pessoas funcionam… isso não é argumento. Eu poderia pegar várias dezenas de exemplos de religiosos mals, mas por isso não ser argumento, não vou fazer isso

    Eu não estou fazendo isso, generalizando, mas há ateus que fazem e adoram pegar um caso de um religioso que faz isso de errado ou aquilo e generalizar. Existem muitas pessoas religiosas que fazem coisas erradas, mas estas não estão seguindo a Cristo de verdade, que não manda nunca fazer coisas erradas.

    E o seu ultimo argumento sobre a igreja ajudando e ninguém notíciando não convém aqui.

    Falei sobre isso, porque vários Cristãos fazem boas açõs e várias igrejas também, ainda mais na África onde há pobreza, aqui no Brasil mesmo em regiõs pobres dos Estados do Rio de Janeiro, Minas, do Nordeste, Norte em favelas e a mídia pouquíssimo fala sobre isso. A bíblia fala várias vezes sobre isso e o ateísmo, nada.

    Eu falei sobre o SISTEMA IMPLANTADO POR DEUS e você não respondeu NADA sobre o assunto. Desviou a conversar para um tema aleatório.

    Repondi sim, falando sobre o quê a bíblia diz sobre isso, mas também quis saber, como um ateu sabe se coisas assim são boas ou ruins, pois de acordo com o evolucionismo isso é a coisa mais normal do mundo.

    E assim com a igreja ajuda os pobres, o ateísmo também ajuda. Isso não é argumento. Nem aqui, nem em Marte.

    Como o ateísmo ajuda os pobres? Como sabem que é para ajudar?

    Like

  34. Karina says:

    Ai, lá vou eu escrever meu comentário todo de novo. Dessa vez vou resumir.

    * Eu nem toquei em protestantismo. Aliás, vocês mesmo falaram que a Suécia é o país MENOS religioso do mundo. Eu pesquisei: cerca de 70% da população sueca se diz luterana, mas cerca de 1% somente segue de fato a religião. E esse número decresce a cada dia.

    * Desde quando evangelizar é sinônimo de garantir super-poderes ou imortalidade?? Evangelizar até te leva a uma vida eterna, mas não nesse mundo.

    * Você acha, sinceramente, que se muitos conceitos cristãos fossem verdadeiramente absorvidos pela África, não haveria uma melhora na qualidade de vida deles?? A miséria, a fome e as doenças que assolam aquele continente são, em boa medida, fruto da ignorância (no sentido literal, de falta de conhecimento) dos africanos. E alguns grupos “humanitários” ainda defendem que não tem problema um africano continuar achando que dormir com uma virgem o libertará da AIDS, desde que ele use camisinha, claro.

    * Adalberto, uma parte desses grupos “humanitários” de que eu falo são ateístas… O conceito de “ajuda” deles é bem diferente do nosso. Não que todos os ateus concordem com eles, aliás, a maior parte dos meus amigos ateus (na verdade, agnósticos), também tem pavor desses grupos.

    Like

  35. Clayton Luciano says:

    Adalberto Felipe:

    “Isso aí, Clayton, falou tudo agora, que bom que você sabe e reconhece isso, Clayton. Quando você quer você fala muitas coisas legais. Achei muito bom também você condenando as atitudes do André do ceticismo”

    O inferno a que me referi, foi a terceira guerra mundial

    Like

  36. Adalberto Felipe says:

    Sim e isso está para acontecer mesmo, vide o caso do Irã, com as armas atômicas, tanta coisa no mundo, Coréia do Norte, Hugo Chaves (apoiado pelo petista Lula e a candidata Dilma), as Farc, etc., o mundo sem dúvidas está indo para isso.

    Like

  37. wallacevidal says:

    Aff… já usei muitas horas do meu dia nesse site. Só quero ressaltar uma coisa para poder fazer outras coisas mais importantes:

    Vocês acreditam mesmo que é justo cerca de 5 milhões de pessoas morrer em terremotos só por que deus prometeu que seu filha virá para nos salvar? Se acham, porque esse filho nunca chega e nunca chegará? Já se fazem 2010 anos e, eu, você, seus filhos, meus filhos, meus netos, bisnetos vão morrer e ele não vai vir. Quer apostar?

    Eu não consigo acreditar que um Deus é bondoso sabendo que há pessoas que passam o que passam nesse mundo. Você consegue? Parabéns, eu não consigo.

    Like

  38. wallacevidal says:

    Mats,

    [i]Portanto, qual é a tua queixa?[/i]

    A minha queixa é que a morte, NO MEU PONTO DE VISTA [e eu quero que se —- o “ponto de vista ateu e outras coisas, blá blá blá], é algo ruim. Ok? Você engole essa, ou vai QUERER MESMO MOLDAR A MINHA PERSONALIDADE?

    Adalberto,

    [i]Mas Deus vai mudar tudo isso com a vinda de Cristo[/i]

    Espere, mais 2010 anos [rsrsrs]

    [i]Não colocamos a culpa em Deus,[/i]

    Então coloca a culpa em quem? O que causa um terremoto? A desobediência do homem? ME explique isso melhor, não vejo relação nenhuma nisso.

    [i]Eu não estou fazendo isso, generalizando, mas há ateus[/i]

    É mesmo? KIBOM

    [i]de acordo com o evolucionismo isso é a coisa mais normal do mundo.[/i]

    Lá vem vocês querendo implantar dogmas no meu modo de ser/pensar. ouheouhe

    [i]Como o ateísmo ajuda os pobres? Como sabem que é para ajudar?[/i]

    Pesquise sobre Atheism Aid+, pesquise sobre a instituição do ATEU-AGNÓSTICO Bill Gates, e procure sobre pessoas que ajudam em catástrofes que Deus patrocinia, como Richard Dawkins, Angelina Jolie… eles ajudaram no Haiti. Bento 16 ajudou? =/

    Like

  39. Adalberto Felipe says:

    Wallace,

    Espere, mais 2010 anos [rsrsrs]

    Há um problema com a data que Jesus nasceu, tipo uma margem de erro, de modo que é difícil saber se ele nasceu em 7 A. C. ou até mesmo alguns anos D. C., ele também poderá voltar contando depois de sua ressureição de acordo com alguns, e que vai ser em breve devido a esses acontecimentos dom mundo vai.

    Então coloca a culpa em quem? O que causa um terremoto? A desobediência do homem? ME explique isso melhor, não vejo relação nenhuma nisso.

    Só uma coisa: você coloca a culpa em quem?

    Isso é causa da desobediência do homem em se afastar de Deus, indo a falsas ideologias, Wallace, sem contar que a bíblia diz que haverão vários terremotos nos fins dos tempos, tanto que até no Brasil já houve uma morte por causa disso.

    Outra coisa: é sabido que zonas como a do Haiti, do Japão, certas partes da China, são propícias a terremotos. Se são, para quê construiur lá? É o mesmo que várias pessoas pularem uma cerca sabendo que há risco de morrerem de choque elétrico. Se isso acontecer, não podemos culpa Deus por isso.

    É mesmo? KIBOM

    KIBOM quando os ateus fazem isso, não é? Agora quando um religioso mostra algo sobre os ateus já não é bem asim, vide o caso Datena.

    Lá vem vocês querendo implantar dogmas no meu modo de ser/pensar. ouheouhe

    Não estou querendo implantar dógmas, mas se o evolucionismo é assim, a morte de um pobre na África ou de uma pessoa num terremoto é a morte do mais fraco.

    Pesquise sobre Atheism Aid+, pesquise sobre a instituição do ATEU-AGNÓSTICO Bill Gates, e procure sobre pessoas que ajudam em catástrofes que Deus patrocinia, como Richard Dawkins, Angelina Jolie… eles ajudaram no Haiti. Bento 16 ajudou? =/

    Já pesquisei sobre isso e sei que há ateus que ajudam, mas ainda falta muito ainda, é como comparar o número de hospitais religiosos com o número de hospitais ateus.

    Like

  40. wallacevidal says:

    Fraco e trágico.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s