Russia nega-se a abandonar crianças inocentes nas mãos de parceiros homossexuais

Impressionante como nestes dias de escuridão global, países que foram dominados pelo ateísmo político – que sabem o que é ser-lhe imposto uma ideologia humanista – recusam-se a sucumbir às tentativas to lobby homossexual de ter acesso a crianças inocentes.

Enquanto que a Europa Ocidental caminha para a total liberalização da “adopção” de crianças por parte de homossexuais – ninguém parece juntar dois e dois e pensar sobre o porquê dos homossexuais querem ter acesso a crianças – a Europa que foi dominada pelo ateísmo político resista à depravação homossexual.

Rússia dá um fim em adoções para gays e solteiros

Peter J. Smith
MOSCOU, Rússia, 26 de julho de 2010 (Notícias Pró-Família) — Duplas homossexuais americanas não terão permissão de adotar crianças russas sob um novo acordo sobre adoções de crianças que está sendo redigido entre a Rússia e os Estados Unidos, informa Interfax. Fontes adicionais dizem que as autoridades russas também indicaram que pais solteiros americanos não mais terão permissão também.
Alina Levitskaya, elevada funcionária do Ministério da Educação e Ciência da Rússia, disse para o serviço noticioso russo que só casais heterossexuais terão permissão de adotar crianças órfãs da Rússia
Embora uma autoridade do Departamento de Estado dos EUA tenha dito ao AOL Notícias que “indivíduos solteiros e casais casados poderão adotar se cumprirem os requisitos de ambos os países”, a agência noticiosa observa que as autoridades russas declararam de modo enfático que a lei russa define “família” como “um marido e uma esposa”.
A mais recente rodada de negociações sobre a redação do acordo começou na quarta-feira passada; representantes do Departamento de Estado dos EUA e do Ministério da Educação e Ciência da Rússia esperam ter o acordo finalizado dentro das próximas semanas. Levitskaya disse para Interfax que não espera que o acordo sobre adoções de crianças seja assinado antes de novembro ou dezembro.
Interfax também informa que Pavel Astakhov, ombudsman para assuntos de crianças, deixou claríssimo que as agências estatais de assistência social infantil que quebrarem a lei enfrentarão “responsabilidade criminal”.
O acordo sobre adoções de crianças entre os EUA e a Rússia foi exigido pela Rússia depois que uma mulher solteira do Tennessee enviou seu filho russo adotado de 7 anos de volta para a Rússia sozinho, afirmando que ele tinha problemas psicológicos e que ela não mais poderia lidar com ele.
Torry Hansen provocou o incidente internacional quando enviou seu filho, Artyom Savelyev, num vôo para Moscou em abril, e contratou um homem para deixá-lo na entrada do Ministério da Educação e Ciência. Ela havia colocado uma etiqueta no menino, com a seguinte mensagem: “Lamento dizer que para a segurança de minha família, amigos e mim mesma… não mais desejo criar este menino. Como ele é russo, estou devolvendo-o à guarda de vocês”.
Hansen é uma enfermeira solteira de 33 anos, mas apesar disso queria ter uma família. Ela recrutou a ajuda de sua mãe, Nancy, para criar o menino, mas eventos comprovaram que nenhuma das duas estava equipada para disciplinar e criar Savelyev, e, de acordo com a Associated Press, elas esperavam que esses problemas comportamentais cada vez maiores pudessem ser curados pelo “amor”.
Depois do incidente, Sergey Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia, ordenou uma suspensão temporária nas adoções estrangeiras, chamando o ultraje de “a última gota”. A Rússia vem cada vez mais ficando preocupada com reportagens de que pelo menos doze crianças russas sofreram mortes violentas nas mãos de pais adotivos americanos, entre 60.000 crianças russas adotadas desde 1996.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesite.net/ldn/viewonsite.html?articleid=10072602

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Pecado, Sociedade and tagged , , . Bookmark the permalink.

8 Responses to Russia nega-se a abandonar crianças inocentes nas mãos de parceiros homossexuais

  1. Siegfried says:

    HAUHAHAAUHAUHAUHAUAHAUHAUH!!!!
    O cara cita o Júlio Severo, que teve que fugir do Brasil por causas das matérias mentirosas que anda fazendo.
    Cara, tira isso, cê tá fazendo vexame.

    Like

  2. Mats says:

    O Júlio não fugiu do Brasil por causa das mentiras ms sim porque o lobby sodomita estava a usar a polícia para o intimidar.

    É sempre a mesma coisa. Clamam por “tolerância” mas são do mais intolerante que existe na sociedade ocidental. Curiosamente, no mundo islâmico estão caladinhos que nem ratinhos amedrontados.

    Patético.

    Like

  3. Karina says:

    Uma pena que a Rússia continue a ser um dos países campeões em número de abortos…

    Like

  4. Siegfried says:

    Claro que ficam calados: como uma teocracia, impoem tudo pelo medo e com a morte, coisa que sua religiazinha perdeu com governos seculares.

    Like

  5. Siegfried says:

    Grande poder de polícia… quer dizer que não investigaram e forem prender arbitrariamente um homem inocente, que tinha bases e fundamentos bem documentados e provados para afirmar que gays são pedófilos?
    Conta outra.

    Like

  6. Mats says:

    Siegfrien

    Claro que ficam calados: como uma teocracia, impoem tudo pelo medo e com a morte, coisa que sua religiazinha perdeu com governos seculares.

    Portanto o lobby homossexual está cheio de medo dos muçulmanos, MESMO no ocidente? Sim, porque quando os homossexuais se juntam para atacar “os religiosos”, são sempre os cristãos os visados. São muito corajosos com os cristãos, mas mesmo no ocidente onde há o que tu chamas de “governos seculares eles estão caladinhos e quietinhos.

    Grande poder de polícia… quer dizer que não investigaram e forem prender arbitrariamente um homem inocente, que tinha bases e fundamentos bem documentados e provados para afirmar que gays são pedófilos?

    O Júlio não afirmou que os homossexuais são pedófilos, mas sim tem escrito sobre a disproporcional presença de pedófilos entre os homossexuais.

    Segundo, ele fugiu do país ANTES de ser preso pela polícia. Sim, porque os homossexuais, incapazes de refutar o que ele diz, usam o sistema legal para avançar com a sua perversão.
    Pedem “liberdade” mas são do mais anti-liberdade que há na sociedade.

    Like

  7. Siegfried says:

    Ele tem direito a defesa. Porque não ficou e se defendeu, se estava TÃO correto assim?
    Papo de cristão perseguido….

    Like

  8. Mats says:

    Siegfried,

    Ele tem direito a defesa. Porque não ficou e se defendeu, se estava TÃO correto assim?

    Pela mesma razão que muitos judeus não ficaram na alemanha para se “defenderem” contra os ataques dos nazis. Se as pessoas não estão dispostas a ter uma conversa séria sobre os malefícios do comportamento homossexual, e escondem-se por trás do Estado para fazer o seu trabalho sujo (levando em conta que o Julio tem uma família para sustentar), o que é que um cristão pode fazer?

    O Júlio é apenas mais um dos MUITOS cristãos perseguidos por todo o mundo, tanto no oriente como no ocidente.

    A Gaystapo está na linha da frente no que toca a perseguição de cristãos no ocidente.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s