O GPS das aves migratórias

Original

GPS é um sistema de posicionamento por satélite. Além de ser usado em aviões e na navegação marítima, o sistema também pode ser usado por pessoas que queiram saber a sua posição, encontrar o caminho para determinado local, conhecer a velocidade e a direção do deslocamento.

Hoje em dia, o GPS já está em uso em automóveis com sistema de navegação de mapas. Fica difícil se perder com essa invenção.

É interessante notar que esse sistema existe nas aves desde que elas foram criadas. Os pardais de coroa branca, por exemplo, são capazes de reencontrar sua rota migratória mesmo depois de terem sido levados para milhares de quilômetros de distância do local onde vivem.

Pesquisadores capturaram 30 dessas aves quando elas estavam em plena rota de migração do Alasca, onde se reproduzem no verão, até o sudoeste dos Estados Unidos e o norte do México para passar o inverno. Os pardais foram então transportados num avião, que saiu de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, para Nova Jersey, no leste, a 3.700 km de distância, na costa leste do país. Alguns dias depois, os pardais foram soltos com pequenos transmissores de rádio instalados nas patas.

A equipe constatou que 15 pardais adultos souberam nos três primeiros dias após terem sido libertados que deveriam voar para o sudoeste, enquanto 15 pardais jovens, que nunca haviam percorrido a rota migratória, voaram na direção sul. Isso mostra que as aves são programadas para voar nessa direção em sua primeira migração, é a conclusão do estudo publicado nos Anais da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.

Mas quem as programou para se comportar assim desde o primeiro momento? Pelo jeito, o GPS é uma invenção bem antiga…

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s