A Esquerda Controla os Órgãos de Informação

O esquerdismo nos média é algo que parece ser endémico no mundo ocidental. Por isso é que muitas pessoas não se apercebem de muitas coisas que esse mesmo esquerdismo tem causado um pouco por todo o mundo.

Andrew Breitbart: A esquerda é, em essência, a mídia

Kathleen Gilbert
LOS ANGELES, Califórnia, EUA, 7 de maio de 2010 (Notícias Pró-Família) — A tendenciosidade da mídia esquerdista está tão profundamente enraizada que é parte essencial de sua estrutura — uma estrutura contra a qual os conservadores têm de lutar muito para desafiar com eficácia, de acordo com o conservador Andrew Breitbart, que é um especialista da nova mídia.
“Para mim, a esquerda é, em essência, a mídia”, disse Breitbart numa entrevista para Matt Brody da TV evangélica CBN
Grandes nomes esquerdistas como a presidenta da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, e o líder da maioria do Senado Harry Reid, ele explicou, “possuem pouco charme”. “A capacidade de eles conseguirem realizar o que querem é porque estão fazendo favores para a mídia”, disse Breitbart. “A mídia é um ecossistema esquerdista, é um organismo esquerdista. Por isso, a mídia pode mudar a dinâmica do que estamos conversando”.
Conhecido por atacar de cabeça as tendenciosidades da mídia esquerdista, Breitbart é um comentarista político que possui seu próprio site de notícias, Breitbart.com, bem como os blogs Big Hollywood, Big Government e Big Journalism. Ele também trabalha como editor do Drudge Report.
“Concentro-me em tudo para atacar a mídia por suas tendenciosidades e para fazê-la prestar contas por suas parcialidades, e as coisas que eles noticiam incorretamente, ou as coisas que eles deixam de noticiar”, disse ele.
“Ao me concentrar em tudo da mídia eu tenho feito a única coisa que eles pedem para você não fazer. ‘Por favor, aceite a premissa de que somos imparciais, e vamos em frente’. Não. Não vou aceitar essa premissa. É uma mentira simplesmente grosseira essa gente me dizer com cara séria que não ganham a mídia e seus empregos a partir de uma perspectiva política, a partir de uma perspectiva esquerdista”.
Quando tratados mal pela mídia, Breitbart exortou os conservadores a não atuar de acordo com as regras definidas pela grande imprensa. “Essa gente não briga de forma imparcial”, disse ele. “A esquerda não luta de forma imparcial. Por isso, estou basicamente dizendo aos conservadores: vocês não têm de lutar de forma imparcial”.
“Quero analisar esse paradigma politicamente correto. Essas são regras que dizem aos conservadores: vocês não têm permissão de dizer isso, vocês não têm permissão de pensar aquilo. Esse tipo de besteira de criminalização orwelliana do pensamento é contra o que estou lutando”.
Embora Breitbart não seja muito religioso, ele disse que os ataques contra os cristãos perpetrados pela grande imprensa “me ira muito”. “Considero-me da tradição judaico-cristã… Identifico-me com a cosmovisão que os EUA têm”, disse ele. “É uma cosmovisão distintamente judaico-cristã e penso que funciona”.
Mas os cristãos, disse ele, só piorarão o problema se continuarem a reagir de forma passiva às difamações dos meios de comunicação. “As táticas cristãs de ‘dar a outra face’ não funcionam contra essa gente”, disse ele.
Breitbart disse esperar que sua batalha contra a mídia esquerdista possa se tornar “um movimento internacional”, e assemelhou a batalha à batalha contra o comunismo no século passado.
“Essa é a mesma batalha que Ronald Reagan e muitos milhões de outras pessoas lutaram no século XX. Essa batalha agora tem como campo de batalha a nova mídia do século XXI”, disse ele. “A Guerra Fria é agora uma guerra da nova mídia”.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesite.net/ldn/viewonsite.html?articleid=10050702

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , . Bookmark the permalink.

3 Responses to A Esquerda Controla os Órgãos de Informação

  1. Sérgio Sodré says:

    As “esquerdas” americanas são umas pseudo-esquerdas tão capitalistas quanto os ditos conservadores. E já agora, os conservadores protestantes que dominam a América não são “esquerdas”? Não derivam de rebelião religiosa contra a tradição conservadora de direita da Igreja Católica? Não são puros heréticos de “esquerda”?
    Deculpem a provocação, mas há muita ambiguidade nestes conceitos de direita e de esquerda.

    Like

  2. Mats says:

    sODRÉ,

    As “esquerdas” americanas são umas pseudo-esquerdas tão capitalistas quanto os ditos conservadores.

    Por acaso não são. Eles tem estado a apoiar a destruição da economia de mercado que o Obama tem feito. Eles são tipicamente de esquerda.

    E já agora, os conservadores protestantes que dominam a América não são “esquerdas”?

    Os “conservadores protestantes” não dominam o órgãos de informação. Se não notaste, esse é o ponto do post. Se os 2conservadores protestantes” dominassem os média, não haveria tanto lixo esquerdista nesses ditos média.

    Não derivam de rebelião religiosa contra a tradição conservadora de direita da Igreja Católica? Não são puros heréticos de “esquerda”?

    Não.

    Deculpem a provocação, mas há muita ambiguidade nestes conceitos de direita e de esquerda.

    Não há ambiguidade por parte do meu uso desses termos.

    Like

  3. Sérgio Sodré says:

    Para mim não há qualquer ambiguidade nos conceitos de esquerda e de direita. A direita são os conservadores e a esquerda os liberais e os seus derivados socialistas. Assim, uma pura economia liberal de mercado não é de direita mas de esquerda e integra uma visão mais alargada do homem liberal e livre pensador sempre desconfiado para com o Estado.
    O verdadeiro conservador não é um anarquista (liberal extremo) que visa a destruição do Estado (alegado objectivo último também dos comunistas) e a eliminação do Estado na economia. O Estado é a Nação politicamente organizada e tal como a Nação deve ser forte em defesa da Pátria e do Povo.
    A verdadeira direita desconfia dos mitos criados pela revolução francesa enquanto a esquerda se revê inteiramente neles. Não é a maior ou menor intervenção do Estado na economia nacional que define direita e esquerda…

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s