Prostituição Financiada pelo Estado é um “Direito Humano”

Os verdadeiros direitos – tais como aqueles encapsulados na Constituição americana – são fundamentais e são poucos. A Declaração da Independência dos EUA diz:

Tomamos estas verdades como auto-evidentes, que todos os homens foram criados iguais, que lhe foram conferidos pelo Criador certos direitos inalienáveis como a Vida, a Liberdade a procura da Felicidade.

Em contraste com os direitos conferidos pelO Criador, os falsos “direitos” conferidos pelos Estados que rejeitam o Criador são incontáveis. Como se pode ver com o que está a acontecer na Grã-Bretanha, esses “direitos” incluem o uso de verbas públicas para financiar uma “visita” a uma prostituta na Holanda:

Foi oferecido a um homem de 21 anos com problemas de aprendizagem uma viagem à Holanda – paga pelos contribuintes – para ter relações sexuais com uma prostituta.

O assistente social (que pediu para manter o seu nome no anonimato, vá-se lá saber porquê) disse que o sexo é um “direito humano” para o indivíduo em questão. O mesmo foi descrito como um “virgem frustrado”.

A sua viagem para um bordel holandês está a ser financiada por um programa com o orçamento de £520 milhões de libras introduzido pelo governo anterior como forma de dar mais poder àqueles com alguma deficiência.

Vejam a forma como o/a assistente social aumenta mais a dose de esquerdismo:

Não é preferível que nós controlemos isto, que nós sirvamos de guia para ele, suporte-mo-lo a entender o processo e, por fim, acabemos por satisfazer a sua necessidade num lugar seguro e licenciado onde a sua felicidade e crescimento como pessoa é a coisa mais importante?A recusa em oferecer este serviço seria uma violação dos seus direitos humanos.

De acordo com os nossos líderes esquerdistas, “crescimento como pessoa” é atingido ao copular com uma prostituta.

O conceito de Direitos Humanos há muito que foi reduzido para uma farsa pelos líderes progressistas e esquerdistas. Na Europa o esquerdismo pelos visto permeia até partidos da suposta “direita”.

Mesmo na decadente Holanda é ilegal pagar para ter sexo com mulheres que foram coagidas para a vida de prostituição, mas na Inglaterra ateísta é perfeitamente legal coagir os contribuintes a financiar a degeneração sexual.

Camille_Cabral.jpg
Prostituta europeia preparada avançar com o teu crescimento como pessoa.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Pecado, Sociedade and tagged , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Prostituição Financiada pelo Estado é um “Direito Humano”

  1. Com que então é um direito humano os outros pagarem para eu poder ter relações sexuais…
    Incrível o grau de insanidade a que chega a psicopatia esquerdista. É a realidade a superar a ficção a cada dia.
    Antigamente, o Woody Allen fazia uma personagem que dava aulas de masturbação na Universidade, e isso fazia rir por ser tão non-sense. Hoje em dia até o bandalho do Obama defende educação sexual no pré-escolar. Aquilo que só pode ser nítida comédia absurda, torna-se um direito humano da maior prioridade…
    O actor ( e louco) João Manuel Vieira também prometia uma prostituta russa a cada português caso fosse eleito Presidente, na sua apalhaçada tentativa recorrente de se candidatar à presidência… Não deve faltar muito para os políticos começarem realmente a incluir nas suas promessas eleitorais mais e melhores casas de prostituição para todo o povo, e subsídios aos mais desfavorecidos que não tenham meios de aceder a esses serviços. Viva o estado social europeu…

    Like

  2. Karina says:

    Que coisa boa, hein?

    Além de promover dignidade zero, tanto para a prostitua quanto para o “virgem frustrado”, quer dizer que agora, encalhou, tem o Bolsa Sexo?? E eu achava que isso era só no Brasil…

    “Não é preferível que nós controlemos isto, que nós sirvamos de guia para ele, suporte-mo-lo a entender o processo e, por fim, acabemos por satisfazer a sua necessidade” – que coisa boa, hein, o Estado se metendo, literalmente, na vida sexual de cada um! É porque lá “nos estrangeiro” não tem mais problema nenhum pro Estado resolver.

    Like

  3. Na Holanda há um programa que visa promover a sexualidade de pessoas deficientes. Recorrem a voluntários(as) e a profissionais do sexo- legal na Holanda- para manterem relações sexuais com pessoas portadoras de deficiências.

    Quando vi isto deu-me uma certa vontade de rir.

    Depois, pensando melhor, não será da mais elementar justiça propiciar alguma satisfação sexual a pessoas que de outra forma não a poderão ter ?

    É curioso que os voluntários e voluntárias que foram entrevistados (com a cara pixelizada ) são na sua maioria voluntários em hospitais e outras obras de solidariedade social. Os profissionais do sexo tornaram-se especialistas no sexo com pessoas portadoras de deficiência e tiveram formação prévia para saberem lidar com as diferentes limitações das pessoas.

    Claro que as pessoas portadoras de deficiência, também de cara tapada, mostravam-se muito satisfeitas(os). A maioria não podia, sem ajuda, nem sequer masturbar-se.

    Se por causa destes programas, especialmente com uso de voluntários(as) não se gastar demasiado dinheiro não vejo bem qual a objeção ética.

    Like

  4. Clayton Luciano says:

    Karina:

    Eu acho justo que exista uma “bolsa sexo”, pois todo mundo merece curtir um “bem bão”

    Like

  5. Rodrigo Murúa says:

    Vocés estâo doidos, que tem a ver a esquerda com isso? Lo que dicen es tendencioso y malintencionado. Utilizaré esta nota para ilustrar en la universidad sobre la tergiversación descalificadora tendiente a ridiculizar los derechos de las personas. Es muy simple, si no están de acuerdo con lo ridículo del planteo de ese joven, pues entonces realicen una denuncia en la justicia e impidan el viaje del célibe muchacho o el financiamiento por parte de la sociedad de semejante estupidez. Atribuir esa operatoria a “la izquierda” es absolutamente tendencioso y plantea el ridículo argumento de que algunos tienen mas derechos que otros, aunque comparto que eso que ocurre a esa persona poco tiene que ver con los derechos constitucionales de los sujetos. Saúde.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s