Descobertos 33 corpos de sacrifícios humanos da civilização Inca no Peru

Deuteronómio 18:9-14

Quando entrares na terra que o Senhor, teu Deus, te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações.

Entre ti se não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;

Nem encantador de encantamentos, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem mágico, nem quem consulte os mortos:

Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor, Teu Deus, as lança fora de diante dele.

Perfeito serás, como o Senhor, Teu Deus.

Porque estas nações, que hás-de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores: porém, a ti, o Senhor, Teu Deus, não permitiu tal coisa.


Pesquisadores em um sítio arqueológico no norte do Peru fizeram uma descoberta de dezenas de pessoas sacrificadas aproximadamente 600 anos atrás pela civilização Inca.Os corpos, que mostram sinais de cortes e degolamento, foram encontrados em bom estado de conservação, de acordo com Carlos Webster, líder das escavações no acampamento Chotuna-Chornancap. Os sacrifícios foram realizados poucas décadas antes da chegada dos exploradores espanhóis no Peru.

Embora seja comum encontrar evidências de sacrifício humano nas ruínas das civilizações Incas e pré-Incas, os pesquisadores ficaram surpresos de encontrar 33 pessoas no mesmo local. “A maior parte dos corpos pertence a jovens mulheres, de aproximadamente 15 anos. Uma delas parecia estar grávida, pois encontramos evidências de um feto em seu abdómen, provavelmente de quatro meses”, disse Webster sobre as descobertas feitas nas escavações, que já duram um ano e meio.

Grande parte dos cadáveres está em bom estado de conservação – os tecidos e cabelos foram preservados. Eles foram encontrados em uma área seca, a mais de dois metros de profundidade”, diz Webster.

Os cientistas afirmam que o sacrifício humano era comum na cultura Inca, que se desenvolveu imediatamente antes da chegada dos exploradores espanhóis na América, entre os anos 1400 e 1500 nas áreas que hoje pertencem ao Peru, Chile e Equador.

A civilização Inca é bastante conhecida pelas ruínas de sua capital, Machu Picchu, um dos maiores destinos turísticos do Peru e considerada uma das novas sete maravilhas do mundo.

O sítio arqueológico de Chotuna-Chornancap, que tem 95 hectares, fica a 20 quilômetros da cidade litorânea de Chiclayo, próximo à tumba de Sipan, uma das maiores descobertas arqueológicas do último século. [Fonte]

Agradecimentos ao “esotérico” do Nuno Dias pela notícia.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Antropologia, Pecado, Religião, Sociedade and tagged , , , . Bookmark the permalink.

1 Response to Descobertos 33 corpos de sacrifícios humanos da civilização Inca no Peru

  1. Kleber says:

    Só para reforçar o texto a respeito dos sacríficios humanos.

    Há pouco mais de um ano observamos, uma Neocerimônia de Sacríficios Mundial para Salvar o Capital de Grandes Bancos e Seguradoras, enquanto milhares de pessoas no mundo inteiro definham na fome, na sede, na miséria.

    Porém este sacrifício não chamam a atenção, pois que são indivíduos que nasceram para serem sacrificados, pois é necessário que haja pessoas que possam ser imoladas, como exemplo de seres desprezíveis, que seja modelos de pessoas que não tenha aderido ao padrão cultural, religioso ou econômico, definham na sua ignorância.

    Mas devemos lembrar, que esses povos, só passam por estes sacrifícios, por que é necessário que existam “Nobres”, “Filhos de Deus” e “Intelectualizados”, porém quando esses eram nobres em sua terra e seguiam seus deuses, eles não passavam por tanto sacrifícios, viviam como grandes famílias, chamados de Tribos, e desde que o Mundo é Mundo, o Criador tinha-os dado o mesmo poder de multiplicação.

    Hoje os grandes filhos de Deus, se chamam de Cristão, de Judeu, de Mulçumano, de Budista, e todos os outros sectarismos que sacrificam seus irmãos, pela fome, pela opressão de classe, pelo preconceito e diversos outros métodos, que hoje damos nomes técnicos, porém a idéia de sacríficio ao decorrer de anos é o mesmo, ou seja, de oprimir algo ou alguma coisa, para benefício próprio.

    Sacrificamos pessoas durante anos, pagamos salarios de miséria para ter a pessoa sempre atrelada aos nossos caprichos, trocamos o holocausto da morte por um salário escravo, porém não há diferença entre ser escravo ou estar morto, dizia Sêneca.

    No futuro, talvez arqueologistas ao escavarem de modo amplo, muitas regiões da África, vão pensar que houve um grande holocausto, porém isso nada tem a ver com a vontade do Criador, a moral sempre foi ditada pelo mais forte, e quando ao tratar-se de mais forte, entre o eu e o outro, sempre o Eu prevalecerá, esquecendo-se que todos são irmãos no Criador Primário.

    O ser humano não sabe ser, Ser Humano, Divino, sem deixar de ser, Ser humano, humano.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s