FARC: Menos um camarada

Original

Com profunda dor, punho fechado e o peito oprimido pela dor, informamos o povo colombiano e os irmãos latino-americanos que o comandante Jorge Briceño, o nosso bravo, altivo e herói de mil batalhas, comandante desde os tempos gloriosos da fundação das FARC-EP, caiu no seu posto de combate, ao lado dos seus homens e no cumprimento das suas responsabilidades revolucionárias, em consequência de um cobarde bombardeamento no estilo das blitzkrieg do exército Nazi. Juntamente com ele caíram outros 9 camaradas a quem também prestamos a nossa sentida homenagem.

Deixou de existir um homem excepcional, de singulares virtudes pessoais, grande amigo e Camarada de extraordinário talento organizativo e militar. Um revolucionário exemplar que dedicou inteiramente a sua vida à causa dos humildes, professor, preceptor e condutor de guerrilheiros revolucionários. Combatente indomável durante mais de quatro décadas, Jorge Briceño fez morder o pó da derrota o exército dos falsos positivos e aliado dos paramilitares, vassalo do império ianque e inimigo ajuramentado das mudanças sociais e do nosso povo.

Não nos queixamos. Como revolucionários estamos conscientes dos riscos de uma luta como a que enfrentamos, obrigados pelas circunstâncias, contra um inimigo implacável, no caminho para uma paz democrática com justiça social.

Excerto de um comunicado do grupo terrorista Farc, companheiros habituais das lutas&convívios do PCP e de outros grupelhos pertencentes à esquerdalha. Em Espanha, a prática é um pouco diferente, mais saudável. Em Cuba, é o costume.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Política and tagged , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s