Terrorista evolucionista morto antes de matar reféns

No dia 2 de Setembro James J. Lee reteve algumas pessoas como reféns nas instalações do Discovery Channel – em Maryland – mas foi morto pela polícia antes de ele causar dano em alguém (New York Times). Lee, que era o autor de um site chamado de SaveThePlanetProtest.com, não só deixou um manifesto com uma lista de exigências onde acusava os seres humanos de serem “imundos”, como também exigiu ao Discovery Channel que informasse os seus espectadores que os seres humanos estavam a danificar o planeta.

Os seus desvarios incluíam exigências onde ele defendia que se saturasse a mente pública com, imaginem, indoutrinação darwinista. Sim, porque nós já não recebemos indoutrinação darwinista suficiente!

Falem acerca da Evolução. Falem de Malthus e de Darwin até que isso penetre na mente das pessoas estúpidas e elas finalmente entendam!

O Discovery Institute (sem relação com o Discovery Channel) usou este incidente para ressalvar os efeitos nefastos do pensamento darwinista. David Klinghoffer listou outros assassinos que usaram ideias darwinistas como fundamento para os seus ataques. Robert Crowther prosseguiu com a discussão e usou uma citação de Bruce Chapman (director do Discovery Institute) como forma de apontar a disparidade da cobertura jornalística quando o assassino tem motivações religiosas e quando o mesmo tem motivações darwinistas:

Estranhamente ausente das reportagens iniciais estão as referências a Darwin.

Isto não deixa de ser curioso uma vez que James Lee deixou bem claro que Malthus e Darwin (bem como o filme “Uma Verdade Inconveniente” de Al Gore) eram motivadores primários para o que estava a fazer.

John West comparou o silêncio da maioria dos jornais com o que iria acontecer se um vigilante anti-aborto tivesse tomado pessoas reféns numa “clínica” aborcionista:

Podem ter a certeza que os órgãos de informação perseguiriam de forma tenaz (e publicariam) todas as associações anti-aborcionistas e comentários ditos pelo criminoso acerca dessa questão.

David Klinghoffer escavou mais profundamente e encontrou uma conexão mais forte entre Lee e Darwin do que entre Lee e Al Gore. Vejam este artigo. Claro que os órgãos de informação tentaram branquear a história: PhysOrg tentou construir um argumento baseado na crença de que o eco-terrorismo é raro e normalmente não é letal.

Isto deve querer dizer que não devemos tomar este exemplo como exemplificativo dos movimento ambientalista. Que pena que eles não façam o mesmo em relação a eventos onde pessoas que alegam serem “cristãs” cometem actos hediondos.


Todos os movimentos ideológicos tem os seus “desmiolados”. James Lee não era o porta-voz de Darwin da mesma forma que Carlos Magno não era o porta-voz de Cristo quando matou os pagãos que se recusaram a “converter”. Mas considerem uma coisa importante: as teorias de Lee não são muito diferentes daquelas que são ensinadas em muito locais de ensino superior. Por exemplo, Eric Pianka afirmou perante a Academia de Ciências do Texas que os seres humanos não são melhores que bactéria. Por estas palavras, e por afirmar que seria “bom” se o vírus do ébola exterminasse 90% da população mundial, Eric recebeu uma ovação.

Nenhum teólogo minimamente conhecedor das Palavras do Senhor Jesus Cristo acerca de amar o seu próximo e amar os inimigos pactuaria com genocídio no Nome do Senhor Jesus. Certamente que Darwin e Malthus ficariam horrorizados com os actos de James Lee, mas mesmo assim, a lista feita por Klinghoffer onde se pode ler o número de malucos que sentiram que estavam a realizar as leis da natureza como interpretadas por Darwin é perturbante.

Uma das declarações de Lee exigia que se salvassem os leões, os tigres, as girafas, as formigas as baratas e outros animais. No entanto ele disse “Os humanos? O planeta não precisa de humanos“.

Porque é que quando um darwinista perde a cabeça, os média não fazem ligação entre a sua fé em Darwin os seus actos? Será porque os média estão, na sua maior parte, do lado de Darwin?


About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Sociedade and tagged , , , . Bookmark the permalink.

15 Responses to Terrorista evolucionista morto antes de matar reféns

  1. Nuno Dias says:

    Nenhum teólogo minimamente conhecedor das Palavras do Senhor Jesus Cristo acerca de amar o seu próximo e amar os inimigos pactuaria com genocídio no Nome do Senhor Jesus.
    Então e se Deus resolver afogar novamente o planeta inteiro? Como vem de Deus, então está correcto?! Estes são os valores da vossa religião! Por estas coisas os psicopatas Darwinistas jamais poderão ser comparados com os que seguem um Deus.
    Na religião do ateísmo os valores morais evoluem.

    Like

  2. Mats says:

    Nuno,

    “Nenhum teólogo minimamente conhecedor das Palavras do Senhor Jesus Cristo acerca de amar o seu próximo e amar os inimigos pactuaria com genocídio no Nome do Senhor Jesus.”

    Então e se Deus resolver afogar novamente o planeta inteiro?

    Ele disse que isso nunca mais voltaria a acontecer:

    Gen 9:11 E Eu, convosco, estabeleço o meu concerto, que não será mais destruída toda a carne pelas águas do dilúvio; e que não haverá mais dilúvio, para destruir a terra.

    Gen 9:15 Então Me lembrarei do meu concerto, que está entre mim e vós, e ainda toda a alma vivente de toda a carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio, para destruir toda a carne.

    Por estas coisas os psicopatas Darwinistas jamais poderão ser comparados com os que seguem um Deus. Na religião do ateísmo os valores morais evoluem.

    Como é que sabemos que estão a evoluir na direcção certa?

    Like

  3. Karina says:

    Por que esse tal de James Lee não se matou antes? Por que ele não começou a “limpeza” da Terra por ele mesmo? Na teoria dele, a Terra agora respira um pouco melhor e está mais feliz.

    Like

  4. Nuno Dias says:

    Eu reformulo. Então e se Deus resolver secar o planeta inteiro?

    Como é que sabemos que estão a evoluir na direcção certa
    não sabemos.

    Like

  5. Sérgio Sodré says:

    No entanto ele disse “Os humanos? O planeta não precisa de humanos“.

    Interessante e verdadeiro são os humanos quem precisa do planeta e mais nenhuma espécie precisa dos humanos… o homem afinal não era doido de todo, no fundo da sua insanidade bem sabia que a Terra começou muito antes dos humanos e acabará muito depois destes terem sido desaparecido.

    Like

  6. Mats says:

    Nuno Dias,

    Eu reformulo. Então e se Deus resolver secar o planeta inteiro?

    Porque é que Deus faria uma coisa dessas?

    “Como é que sabemos que estão a evoluir na direcção certa”

    não sabemos.

    Então quando dizes “na religião ateísta os valores evoluem”, isso não implica necessariamente uma melhoria, certo? Podem estar a piorar.

    Like

  7. Mats says:

    Sodré,
    A Terra não começou “muito antes dos homens”. Segundo Aquele que estava lá quando a vida surgiu, o homem foi criado no 6º dia da Criação.

    Like

  8. Adim says:

    ´´não sabemos.“

    Mas vc ´´sabe“ que estamos errados, que curioso…

    Like

  9. Mats:

    Há tolinhos para todos os gostos.

    Uns ficam-se pelas palavras. Os piores matam mesmo.

    Motivados pela segunda lei da termodinâmica, depois de lerem a Bíblia, os Maias ou mesmo o tio Patinhas.

    O que é pior é que nestes casos de psicopatologia até acreditam que estão a fazer um bem.

    Para eles a sua construção mental é tão real como a nossa vida.

    Repara que um psicopata que leva o seu filho ao meio do deserto e o tenta degolar porque acredita que isso vai agradar a um deus acredita que está a fazer o bem. Quando imagina que um anjo o impede de assassinar a criança vê um sentido nisso que para nós, com uma mente não alterada, não faz sentido nenhum.

    Claro que o miúdo fica com um trauma para toda a vida.

    No entanto para ele o deus, o anjo e o sentido parecem-lhe reais.

    Coisas de mentes perturbadas.

    Detectado a tempo há fármacos que permitem a estas pessoas terem uma vida (quase) normal

    Like

  10. Adim says:

    O outro admite que ´´não sabe, mas pelo visto quem sabe é vc.

    Vamos la João, me dis como vc fez p saber que a construção mental dele é diferente da nossa?
    Com vc sabe que ele era um psicopata, que ele não falava mesmo falando com Deus?
    Cade a prova disso?
    Como sabe que o anjo eras imaginação que não foi real?
    Cade a prova disso?
    Quero EVIDENCIAS, quem acredita em qualquer bobagem dita por ´´cientistas“ são os Ateus.

    Outra pergunta: Quantos anos tinham o ´´miudo“ e Abraão quando ele foi´´forçado“ a ir ao monte, vc tem ideia?

    Vc tem algum FATO p mostrar ou essa historinha-cretina-p-dar-raivinha-aos-cristãos nasceu do seu preconceito imbecil?

    Like

  11. Nuno Dias says:

    @Mats
    isso não implica necessariamente uma melhoria, certo? Podem estar a piorar.
    é sempre a mesma coisa todas as gerações “no meu tempo não era nada disto”

    @Adim
    Calma, já falta pouco. No dia 25 Dez ficamos os dois acordados à espera do barbudo com as nossas prendas.

    Like

  12. Mats says:

    João,

    Repara que um psicopata que leva o seu filho ao meio do deserto e o tenta degolar porque acredita que isso vai agradar a um deus acredita que está a fazer o bem.

    Tu não sabes se era ou não “psicopata”.

    Quando imagina que um anjo o impede de assassinar a criança

    Tu não sabes que o que ele viu foi “imaginação”

    vê um sentido nisso que para nós, com uma mente não alterada, não faz sentido nenhum.

    Para grande parte da Humanidade esse evento histórico faz muito sentido. Talvez a mente alterada seja outra?

    Claro que o miúdo fica com um trauma para toda a vida.

    Tu não sabes se ele ficou com “trauma” ou não.

    No entanto para ele o deus, o anjo e o sentido parecem-lhe reais.

    Parecem ou eram?

    Coisas de mentes perturbadas.

    Tu não sabes se eram perturbadas ou não.

    Detectado a tempo há fármacos que permitem a estas pessoas terem uma vida (quase) normal

    AS pessoas envolvidas nesse evento tiveram uma vida normal.

    Like

  13. Mats says:

    Nuno Dias,

    @Mats
    “isso não implica necessariamente uma melhoria, certo? Podem estar a piorar.”

    é sempre a mesma coisa todas as gerações “no meu tempo não era nada disto”

    O que não implica que esteja errado. Tu dizes que as coisas estão a “evoluir” mas não sabes se estão a ficar melhor ou não. Certo?

    Like

  14. Nuno Dias says:

    @Mats
    Porque é que Deus faria uma coisa dessas?
    começa a haver muitos islamitas ouvi dizer que é fraca raça.

    Certo?
    Certo. É, no entanto, importante referir que as sociedade têm vindo a ficar mais seculares e as condições de vida dos cidadãos melhorado (liberdades de expressão, de culto, de educação incluídas)

    Like

  15. Mats says:

    Nuno,

    @Mats
    “Porque é que Deus faria uma coisa dessas?”

    começa a haver muitos islamitas ouvi dizer que é fraca raça.

    Não percebi. Queres que Deus mate os islamitas?

    “Certo?”

    Certo. É, no entanto, importante referir que as sociedade têm vindo a ficar mais seculares e as condições de vida dos cidadãos melhorado (liberdades de expressão, de culto, de educação incluídas)

    Mas o facto de haver “melhores condições” não significa que estamos a ficar com uma sociedade mais moral.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s