Mulher judia e sua filha escapam a ataque palestino

É com estas pessoas que os Judeus são obrigados a fazer “acordos de paz”.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Política, Religião and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

18 Responses to Mulher judia e sua filha escapam a ataque palestino

  1. Nuno Dias says:

    conto 5 crianças e um jovem.

    sim, lá vai ter que ser
    http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=225784

    Like

  2. Mats says:

    Nuno,
    Os palestinos não querem reconhecer Israel como um Estado judaico. Só faz sentido se os palestinos acharem que os judeus não tem direito a estar no seu próprio país. Mas se é assim, então as “conversações de paz” são uma fachada por parte dos palestinos.

    Além disso, não comentaste sobre o facto duma mulher quase ser apedrejada (até à morte?) por um grupo de muçulmanos. Ah, e a filha também.

    Like

  3. Nuno Dias says:

    @Mats
    pois, realmente não têm direito. Imagine-se italianos a reivindicar partes de Portugal
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Top%C3%B3nimos_romanos_em_Portugal
    a criar novas cidades, a erguer muros, a proibir a circulação.

    acho que já encontraram forma de resolver o problema
    http://www.presstv.ir/detail/146339.html

    Alvejar crianças não corresponde a nenhum critério ateísta, independentemente da religiao a que pertencem.

    Like

  4. Mats says:

    Nuno,
    portanto achas que os judeus não tem o direito de viver na Terra onde sempre existiram judeus durante os últimos 3000 anos?

    Segundo, concordas com o que os palestinos fazem, nomeadamente, usarem crianças para apedrejar mulheres e crianças judias?

    Like

  5. Sérgio Sodré says:

    Os palestinos não querem reconhecer Israel como um Estado judaico, o que é evidente pois nenhum estado se deve afirmar em função de um convicção religiosa. Um coisa é Israel ter direito a existir, outra é distinguir os cidadãos israelitas entre judeus e não judeus, sendo estes últimos uma espécie de subcidadãos como os judeus foram em alguns países e ocasiões históricas.
    Um estado confessional é um estado onde não há verdadeiramente a liberdade mínima. Muitos dos actuais israelitas descendentes de judeus já não o são ao nível religioso (ou seja já não efectivamente judeus).
    Israel acolheu judeus e descendentes de judeus (já sem religião) e o seu futuro não passa por fanatismo religioso mas por integrar PROGRESSIVAMENTE todos os cidadãos que nele vivem, em condições de IGUALDADE entre todos os credos e raças, como se faz no Ocidente, ao qual, no fundo, parece que afinal não pertencem (como bem explicou Huttington no “Choque de Civilizações”). A não ser assim acabarão isolados…

    Like

  6. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Talvez seja uma surpresa para ti, mas académicos israelitas começam a acreditar que há boas razões para pensar que há MAIS sangue dos antigos hebreus nas veias dos actuais palestinianos e do que nos actuais israelitas. ainda não li nada, mas já conversei com quem está a par deste tese e do “barulho” que está a gerar… A mistura foi maior fora da Palestina.

    Like

  7. Mats says:

    Sodré,

    Os palestinos não querem reconhecer Israel como um Estado judaico, o que é evidente pois nenhum estado se deve afirmar em função de um convicção religiosa.

    Existem nações que se identificam como islâmicas e ninguém diz nada contra eles. Porque é que Israel não se pode identificar como um Estado judaico?

    Um coisa é Israel ter direito a existir, outra é distinguir os cidadãos israelitas entre judeus e não judeus, sendo estes últimos uma espécie de subcidadãos como os judeus foram em alguns países e ocasiões históricas.

    Mas Israel não faz isso. Os árabes tem mais direitos em Israel do que na maioria dos países muçulmanos.

    Talvez seja uma surpresa para ti, mas académicos israelitas começam a acreditar que há boas razões para pensar que há MAIS sangue dos antigos hebreus nas veias dos actuais palestinianos e do que nos actuais israelitas.

    Não são os mesmos “académicos” que constantemente se colocam do lado dos muçulmanos contra Israel, certo?

    Like

  8. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Os Estados que se definem como islâmicos são democráticos? ou são teocráticos? É que Israel define-se simultaneamente como judeu e democrático, o que não acontece com os islâmicos. Se é democrático não pode ser confessional e vice-versa. Há aqui uma tensão interna no regime que vai ter de quebrar para um dos lados. E se quebrar para o estado confessional, então Israel acabará afastado do Ocidente por muito forte que seja a influência judaica entre nós. O judaísmo mundial tenderá a constituir, de facto, uma civilização à parte e sem aliados verdadeiros.

    Like

  9. Mats says:

    Sodré,

    Os Estados que se definem como islâmicos são democráticos? ou são teocráticos? É que Israel define-se simultaneamente como judeu e democrático, o que não acontece com os islâmicos.

    Primeiro, muitos países muçulmanos identificam-se como muçulmanos e “democráticos”.

    Segundo, o facto de Israel se identificar como um país judaico não significa que só o judaísmo é permitido, nem que os não-judeus são abaixo de cão.

    Terceiro, ser judeu nem sempre significa ser religioso. Há judeus ateus.

    Portanto, o teu ponto falha por falsa assumpção.
    PS: Nenhum comentário ao facto dos palestinos não verem nada de mal em apedrejar mulheres e crianças judias pelo “crime” de passar por zonas “judenrein” ?

    Like

  10. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Ser islâmico e democrático é contraditório, a não ser estejamos a falar de democracia islâmica à Irão e não com partidos da mais diversa natureza.

    “ser judeu nem sempre significa ser religioso. Há judeus ateus”.
    Aqui é que eu gostaria de ser ilucidado, o que é isso de “judeus ateus”, “cristãos ateus”, “muçulmanos ateus”? É um caminho muito perigoso falar de judeus ateus…, entre outras coisas é um passo para facilmente provar que o comunismo é o produto de judeus ateus (é brutal a percentagem de dirigentes iniciais do comunismo que eram de origem judaica).

    O judaísmo É uma religião, seguir outro caminho para declarar alguém como judeu é grave. Quem deixa acreditar deixa de ser judeu e passa a ser de origem judaica. A antiga etnia são os Hebreus e não os Judeus.

    Like

  11. Mats says:

    Sodré,
    Continuo sem comentário à situação de palestinos tentarem apedrejar mulheres e crianças apenas e só porque são judias.

    Ser islâmico e democrático é contraditório, a não ser estejamos a falar de democracia islâmica à Irão e não com partidos da mais diversa natureza.

    Mas eu apenas disse que há países que se qualificam de islâmicos E democráticos. Eu não fiz nenhum juizo de valor em relação à sua democracia.

    “ser judeu nem sempre significa ser religioso. Há judeus ateus”.

    Aqui é que eu gostaria de ser ilucidado, o que é isso de “judeus ateus”,

    Judeus que não acreditam em Deus. Um dos fundadores do Facebook é um judeu americano que é ateu.

    O judaísmo É uma religião,

    O Judaísmo é uma religião mas isso não anula o facto de que um homem pode ser um judeu (etnicamente) mas ser ateu.

    seguir outro caminho para declarar alguém como judeu é grave. Quem deixa acreditar deixa de ser judeu e passa a ser de origem judaica. A antiga etnia são os Hebreus e não os Judeus.

    Então se Israel quisesse que os palestinos identificassem Israel como um Estado Hebraico, já estaria tudo bem?

    Like

  12. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Não há judeu etnicamente, assim como não há cristão etnicamente, budista etnicamente, islâmico etnicamente. Os actuais judeus de religião são uma completa mistura de raças e etnias ao longo de séculos. A etnia judaica é uma mistificação com fins políticos. Não há judeus ateus, nem (já) hebreus ateus, pois já não há hebreus do mesmo modo que não há lusitanos ou hititas ou assírios… como etnia os hebreus desapareceram na História.
    É por causa da mistificação judaica que se classificaram com judeus pessoas que apenas tinham alguns antepassados com essa religião à qual já nada os ligava e por isso foram ou perseguidas ou agora privilegiadas. Não devemos seguir essas ideias tão em voga nos EUA, estranho país racista em que um filho de um negro e uma branca é um negro em vez de ser um mulato. Essa não é a forma de pensar dos portugueses. De há muito que em Portugal, por lei régia, um cristão-novo era um cristão e não um judeu cristão. Infelizmente, este blog está pejado de mentalidade americana em vez de mentalidade portuguesa…

    Pelo que digo acima, Estado Hebreu não faz sentido, tal como o Irão não é Estado Persa (onde que já vão os verdadeiros persas históricos…).
    Não gostei da tua elucidação, essa do judeu ateu está armadilhada, pensa bem no assunto e suas consequências lógicas.

    Like

  13. Mats says:

    Sodré,

    Não há judeu etnicamente, assim como não há cristão etnicamente, budista etnicamente, islâmico etnicamente.

    Estás a dizer que não há judeu etnicamente apenas e só porque não há cristão etnicamente? Mas isso é ilógico.

    Há judeus que são ateus. Como é que explicas isso?

    Like

  14. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    “Há judeus que são ateus. Como é que explicas isso?”

    Não são realmente judeus, mas apenas indivíduos integrados em famílias judaicas ou indivíduos com antepassados judeus.

    Se aceitas que é possível haver judeus ateus, então eu digo que o comunismo foi o produto de judeus ateus para destruir o Ocidente cristão (não é difícil demonstrar).

    Like

  15. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Aliás tu ainda não explicaste o conceito de judeu ateu nem porque não há equivalência com o de cristão ateu. Afinal por que razão um pode e outro não? Pela “raça” já vimos que não se pode explicar…

    Like

  16. Mats says:

    Sodré,

    “Há judeus que são ateus. Como é que explicas isso?”

    Não são realmente judeus

    Portanto, tu sabes mais da sua etnia do que eles mesmos?

    mas apenas indivíduos integrados em famílias judaicas ou indivíduos com antepassados judeus.

    Ou então judeus ateus.

    Se aceitas que é possível haver judeus ateus, então eu digo que o comunismo foi o produto de judeus ateus para destruir o Ocidente cristão (não é difícil demonstrar).

    Mesmo que isso seja verdade, não invalida que Israel pode ser (e é) um estado judaico.

    Aliás tu ainda não explicaste o conceito de judeu ateu nem porque não há equivalência com o de cristão ateu.

    Porque enquanto que cristão significa aderência a uma doutrina religiosa (e não um sub-grupo étnico), ser judeu, para além de poder ser uma preferência religiosa, é também pertencer a um grupo étnico.

    Like

  17. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    Portanto um judeu loiro americano e um judeu negro etíope são da mesma etnia. De que estás afinal a falar? Os judeus quando uma pessoa tem uma mãe judia resolvem DECIDIR que essa pessoa é judia. Não é ela que se define a si mesma e não interessa qual etnia do pai. E tu que não és judeu vais nessa conversa acriticamente.
    São os judeus que decidem (inventam) quem é judeu, tal como os nazis decidiam (inventavam) quem era ariano. Não vês a burla? Quando lhes convem declaram qualquer pessoa eminente como judia através de um antepassado que lhes dá jeito, e nada importa que essa pessoa se esteja nas tintas para o judaísmo ou o sionismo…. ou seja a etnia passa a ser apenas uma palavra oca.

    Like

  18. Mats says:

    Sodré,
    Infelizmente não é assim que o mundo funciona. Há judeus que se identificam como ateus, portanto ser judeu não é só ser religioso.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s