A paciência holandesa tem os seus limites

Os holandeses vão literalmente destruir o seu próprio país (com a sua famosa tolerância) ao permitirem uma colonização hostil por parte dos muçulmanos. No entanto, como esquerdistas que são, eles já não são tão tolerantes em relação ao cristianismo:
Se a inscrição dissesse ‘Allah Akbar‘, o conselho não se atreveria a removê-lo” disse Marianne Bons, membra da Igreja Protestante Reformada Holandesa. Ela refere-se à inscrição “Jesus Salva” que se encontra no telhado de uma fazenda. O conselho disse que o texto tem que ser removido. O dono da fazenda, o evangélico Joop van Ooijen, recusa-se a obedecer. O incidente uniu cristãos de várias denominações em redor da mensagem.

Descrevendo a atitude actual dos holandeses em relação à religião a srª Bons afirmou que “Nós podemos acreditar no que nós bem entendermos neste país, desde que não tenha nada a ver com cristãos ou com a Igreja“.

O sr Van Ooijen tem-se aguentado durante os últimos 2 anos ao recusar-se a remover a mensagem do seu telhado. O conselho local de Giessenlanden tem-no multado 500 euros por semana mas ele recusa-se a pagar. Ele tem lutado a decisão durante os últimos dois anos e está disposto a ir até ao Tribunal Europeu se for necessário.

Boa sorte em obter algo mais de esquerdismo mandatório a partir do Tribunal Europeu.

Bons e Van Ooijen vivem naquilo que se chama a “Cintura Bíblica” da Holanda. Essa zona está anos-luz longe das autoridades esquerdistas que arrogantemente presidem sobre o declínio da Europa.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Política, Sociedade and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s