Polícia de trânsito do sistema nervoso

O que é que faz com que os sinais nervosos se movimentem numa direcção nos neurónios? É uma questão importante uma vez que o sinal reflectivo dum encontrão no joelho tem que ir em direcção ao músculo adjacente e em direcção ao cérebro e não numa direcção qualquer.

Será que há algum tipo de polícia de trânsito que controla a localização dos sinas “Sentido Único” nas células nervosas? De facto existe. De acordo com uma notícia proveniente da Universidade da Geórgia, é a enzima MEC-17. Os pesquisadores não tentavam curar uma doença e nem derivar uma aplicação a partir desta descoberta.

Como é que os neurónios sabem em que direcção enviar os sinais? Aparentemente o tal MEC-17, que foi estudado nos nematóides, nos peixe-zebra e nas células cancerígenas, é responsável por colocar os sinais de trânsito – chamados de marcas de acetilação – nas auto-estradas celulares construídas de micro-tubos. Os caminhos com níveis superiores destas marcas estão na zona de envio, e as zonas com níveis inferiores estão na área receptora.

Quando as marcas não são montadas correctamente, coisas más acontecem: o peixe-zebra desenvolve defeitos neuromusculares, e os humanos ficam sujeitos a doenças neurológicas debilitantes como a doença de Parkinson, Alzheimer e a doença de Huntington. Esta descoberta pode conduzir a novas estratégias de tratamento ao aumentar ou diminuir a acção do MEC-17.

Ao notar que o MEC-17 funciona da mesma forma em animais tão diversos como os nematóides, os peixes ou os seres humanos, os pesquisadores deduziram que “este processo de acetilação dos microtubos usando o MEC-17 é uma função evolutivamente conservada“.

“Conservada” significa “não evoluiu”.


Afirmar que algo está “evolutivamente conservado” é o mesmo que dizer “entortadamente direita“. É uma frase sem sentido que não nos pode enganar e levar-nos a pensar que tem algum sentido.

Esta descoberta coloca mais ênfase no facto das coisas não acontecerem por acaso; partes específicas são necessárias para a funcionalidade.

Uma pergunta que a equipa de pesquisa não considerou foi: o que é que controla o MEC-17? Se este enzima coloca sinais, quem é o capataz? Nós não estamos conscientemente a controlar este sistema; a maioria acontece sem o nosso conhecimento. Isto é como a regressão infinita: quem observa os observadores? A hierarquia de design eventualmente tem que parar no Designer que é Omnisciente e Omnipotente.

Se calhar a artificial aversão que os evolucionistas tem a Deus faz com que eles não falem muito sobre as rotinas que controlam o MEC-17.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s