Cientistas descobrem a maior e mais forte teia de aranha

Fonte.


 

Cientistas descobriram que a teia da aranha Darwin Bark é a maior do mundo e seu fio é dez vezes mais resistente do que o Kevlar (uma fibra sintética considerada extremamente forte).

O pesquisador Igni Agnarsson, da Universidade de Porto Rico, descobriu essas teias em 2001 e apenas em 2008 que sua pesquisa sobre elas foi concluída.

 

A Darwin Bark está longe de ser a maior aranha do mundo (elas medem cerca de 3 centímetros), mas suas teias podem chegar a 25 metros de comprimento com um centro mais forte de 2,8 metros quadrados. Com esse tamanho a teia pode agüentar duas vezes mais pressão do que a teia de aranha normal, o que a torna 10 vezes mais forte que o Kevlar – tornando-se o material biológico mais forte já encontrado.

As teias são encontradas sobre rios, o que sugere que são feitas para capturar uma enorme quantidade de insetos. Suspeita-se que até pequenos pássaros e morcegos consigam ficar presos nessas teias, mas ainda não há evidência de um acontecimento desse tipo. [OddityCentral]


Nenhuma menção foi feita à teoria da evolução nem foi explicado como esse mito naturalista pode explicar o surgimento de sistemas biológicos com a capacidade de gerar teias de aranha resistentes.

Mas não se enganem! Apesar dos cientistas fazerem o seu trabalho alegremente sem levar em conta os mitos de Darwin, os evolucionistas asseguram-nos que “nada na Biologia faz sentido sem ser à luz da evolução”.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Cientistas descobrem a maior e mais forte teia de aranha

  1. Não leste a página dele. Ele é um cientista que se interessa por :

    My current research interests span a range of topics, including (in no particular order) morphology, taxonomy, biodiversity estimation, sociality, inbreeding, phylogenetics, silk biomechanics, acoustic communication, biogeography, phylogeography, and phylogenetic theory. My main research applies phylogenetics, and population genetics, to address evolutionary questions in organisms as unlike as arthropods and whales, using data derived from morphology, behavior, and DNA

    E sim. Como cientista usa como ferramentas de trabalho a teoria da evolução.

    Até achei interessante os artigos sobre aranhas sociais. Não sabia que existiam.

    Como vês mesmo que fosse verdade que ele não fizesse qualquer referência à evolução – o que obviamente não é verdade – ela estaria subentendida.

    Seria estranho alguém que se interessa pela evolução o fizesse sem ter em conta a T.E.

    Seria como um físico céptico quanto à gravitação andar a tentar colocar um satélite em órbita sem usar a gravitação ou a relatividade para acertar o relógio.

    Ou queres dizer que ele só se baseia na T.E. por estar aterrorizado pelos evolucionistas ?

    Like

  2. Mats says:

    João Melo,

    Não leste a página dele. Ele é um cientista que se interessa por:

    My current research interests span a range of topics, including (in no particular order) morphology, taxonomy, biodiversity estimation, sociality, inbreeding, phylogenetics, silk biomechanics, acoustic communication, biogeography, phylogeography, and phylogenetic theory. My main research applies phylogenetics, and population genetics, to address evolutionary questions in organisms as unlike as arthropods and whales, using data derived from morphology, behavior, and DNA

    Lê o trabalho sobre as aranhas e vê onde a teoria da evolução foi relevante. (Dica: não foi).

    E sim. Como cientista usa como ferramentas de trabalho a teoria da evolução.

    Não, não usa. Não há nada na sua pesquisa que dependa das “ferramentas evolutivas”.

    Como vês mesmo que fosse verdade que ele não fizesse qualquer referência à evolução – o que obviamente não é verdade – ela estaria subentendida.

    Não, não está.

    Seria estranho alguém que se interessa pela evolução o fizesse sem ter em conta a T.E.

    Mas é precisamente isso que os biólogos fazem. Todos eles (ou a esmagadora maioria) tem firme fé em Darwin, mas nenhum deles usa princípios evolutivos para descobrir algo realmente cientifico.

    Ou queres dizer que ele só se baseia na T.E. por estar aterrorizado pelos evolucionistas ?

    Ele não se baseia na teoria da evolução.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s