O racismo dos palestinos

Nunca irei permitir que um só judeu viva entre nós em terra palestina.Mahmoud Abbas, (Presidente Palestino e “Parceiro da paz”) 26 de Agosto de 2010

Estou disposto a permitir um terceiro interveniente como a NATO na supervisão dos acordos, mas nunca iria concordar com a presença de judeus entre as forças da NATO, ou permitir que um só judeu viva em terras palestinas.Mahmoud Abbas – citado pela Wafa, a agência noticiosa oficial da Palestina, e publicado no dia 28 de Julho na sua versão em árabe da entrevista de Abbas aos média egípcios.

Vender terras aos Judeus é uma ofensa enorme, punível com a morte.– Afirmado pelo Procurador Geral da Autoridade Palestina Ahmed al-Mughni no seu bem sucedido apelo aos tribunais palestinos para manter a pena de morte a quem vendesse terras aos Judeus. 20 de Setembro de 2010.

Pergunta para os esquerdistas: será que isto não qualifica como actos de apartheid? Ou será que o vosso multiculturalismo só vê “racismo” quando o mesmo é feito pelos ocidentais?

“Judeus não, por favor! Quero tornar a Palestina judenrein“.

Mais notícias como esta

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Islão and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to O racismo dos palestinos

  1. Quando descobrirem a verdade, a de que deus-es não existem e que foram enganados matando e morrendo em vão por séculos o que vai acontecer? Só o futuro dirá! quero estar vivo para aplaudir!

    Like

  2. Sérgio Sodré says:

    Não mataram e nem morreram em vão, mas sim pela terra e pelo futuro, pelas gerações de amanhã. As religiões e as ideologias são importantes fontes de mobilização, mas há realidades mais profundas que lhes estão subjacentes… o domínio da História e do seu Devir por uns em detrimento de outros é a verdade eterna da natureza humana.

    Like

  3. Mats says:

    Iucabi,
    Tu não sabes que “a verdade” é que Deus não existe.

    Aliás, se Deus não existe, não há problemas em seguir a mentira.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s