Borboleta para ateus: “Adivinhem Quem me ensinou a escolher medicamentos para os meus filhos. Dica: Não foi a evolução!”

“Porque as Suas Coisas Invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o Seu Eterno Poder, como a Sua Divindade, se entendem, e claramente se vêem, pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inexcusáveis”
Romanos 1:20

Quanto mais estudamos a natureza, mais óbvio o facto da criação se torna. É pena que os artigos onde as maravilhas da natureza são mostradas estejam cheios de alusões a mitologia evolutiva.

As borboletas-monarcas desenvolveram um comportamento aparentemente com um objectivo medicinal em relação à sua descendência.

As borboletas desenvolveram esse comportamento nelas mesmas. Reparem na fé evolucionista misturada com a verdadeira ciência.

A observação foi feita por biólogos da universidade norte-americana de Emory e publicada na revista Ecology Letters.

“Demonstrámos que algumas espécies de plantas das quais se alimentam as larvas podem reduzir a infecção por parasitas nas borboletas-monarcas”, explicou o investigador Jaap de Roode, que coordenou o estudo.

A equipa demonstrou também que as borboletas infectadas preferem depositar os ovos em plantas que diminuem a infecção. “Isso sugere que as borboletas-monarcas evoluíram no sentido desta capacidade de medicar os filhos”, sublinhou o mesmo investigador.

Não foi dito como é que a borboleta sobreviveu antes de evoluir nela mesma este comportamento. Semelhantemente, também não foi dito como é que a borboleta soube quais as plantas que poderiam ajudá-la a combater a infecção.

Como é normal, os evolucionistas só contam parte da história.

Até hoje, poucos estudos foram feitos sobre a capacidade de automedicação dos animais. Esta investigação oferece provas “muito fortes” nesse sentido.

Para quem não está ébrio com o DarWINE o comportamento da borboleta monarca é clara evidência para a Criação. A prática de medicina preventiva é algo que só pode ser explicada como tendo uma origem Inteligente uma vez que é preciso saber qual o químico que vai reagir com a infecção específica, e saber qual é a substância que possui o químico específico.

Abandonar a ciência e procurar “mecanismos evolutivos” é perder tempo uma vez que os “mecanismos evolutivos” só existem na mente dos evolucionistas.


Vêr também este tag do WordPress. Eis alguns textos:

1. Aves Migratórias Practicam Medicina Preventiva?

2. Planta do tabaco liberta químico que atrai predadores de lagartas

3. David Attenborough: “É difícil imaginar como é que isto evoluiu”

4. Osga com conhecimentos de Física?

5. O Supercomputador da Mosca

6. O GPS das aves migratórias

7. Pássaros confirmam criacionismo e refutam mito ateu

8. Ciência Produtiva Imita a Natureza

9. Ciência Refuta (Mais Um) Consenso Evolutivo: Cérebro de Áves Similar ao dos Mamíferos

10. Engenharia interna dos olhos da aranha suportam Criação

11. O Sistema de Visão Revela a Mão de Deus e Refuta Mitos Ateus

12. Mosca Acentua Curva Descendente da Teoria da Evolução

13. Evolucionistas: Vamos Copiar a Forma do Olho Humano Mas Depois Chamá-lo de “Mau Design”

14. Grilos Confirmam Teoria da Evolução

15. Cérebro Electrónico Fragiliza Ateísmo

16. Sistema de Visão da Mariposa Refuta Ateísmo

17. Selecção Natural e Mutações Aleatórias Geram Sistema Capaz de Construir Produto Mais Forte Que o Aço

18. 20 coisas ridículas que tens de acreditar para seres ateu

19. Deus para ateus: Estudem melhor o que EU criei antes de o qualificarem de “mau design”, ok?

20. Engenheiros esforçam-se para imitar o não-existente design do mundo animal

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , . Bookmark the permalink.

10 Responses to Borboleta para ateus: “Adivinhem Quem me ensinou a escolher medicamentos para os meus filhos. Dica: Não foi a evolução!”

  1. Dalton says:

    Engraçado. Tem muito naturalista que simplesmente argumenta contra teístas: “Quando acontece uma coisa que vocês não podem explicar, vocês apelam para Deus: Deus fez, Deus quis assim.”

    Daí, vem essa maravilha da natureza, e o que temos?

    “A observação foi feita por biólogos da universidade norte-americana de Emory e publicada na revista Ecology Letters.

    “Demonstrámos que algumas espécies de plantas das quais se alimentam as larvas podem reduzir a infecção por parasitas nas borboletas-monarcas”, explicou o investigador Jaap de Roode, que coordenou o estudo.

    A equipa demonstrou também que as borboletas infectadas preferem depositar os ovos em plantas que diminuem a infecção. “Isso sugere que as borboletas-monarcas evoluíram no sentido desta capacidade de medicar os filhos”, sublinhou o mesmo investigador.“

    Ou seja, ele quis dizer: “Olha, eu não sei como que ela conseguiu fazer isso, mas tenho certeza de que foi evolução!!”.

    Um paradoxo interessante, o naturalista reprova o teísta por atribuir (na concepção deles) um evento a Deus e não pensar sobre ele, sendo que do próprio lado naturalista qualquer coisa que acontece é “evolução” mesmo sem indícios, bases teóricas e empíricas, lógica…

    Like

  2. Adalberto Felipe says:

    Falou tudo, Dalton.

    Like

  3. Sérgio Sodré says:

    – próprio lado naturalista qualquer coisa que acontece é “evolução” mesmo sem indícios, bases teóricas e empíricas, lógica…-

    Os indícios, bases teóricas e empíricas, e a lógica revela que a Terra se formou há 4,5000 milhões de anos, que a vida na Terra começou com seres unicelulares há 3,7000 milhões de anos, e que estes evoluiram para seres multicelulares há 1,2000 milhões de anos (há pouco julgava-se 600 milhões) e estes foram dar tudo o que existe hoje… borboleta inclusive…

    Like

  4. Mats says:

    Sodré,
    Não há evidências nenhumas para o que acabas de defender.

    Há várias e muitas vezes mutuamente contraditórias teorias que tentam explicar a origem do universo e da vida segundo o naturalismo, mas até hoje não conseguiram.

    Like

  5. Sérgio Sodré says:

    Mats,
    “Não há evidências nenhumas para o que acabas de defender.”

    Ontem, entre as 14h e as 17h estive entretido na praia da Crismina a recolher bivalves e gastrópodes fósseis num extracto sedimentar do Cretácio, de entre 144 a 65 milhões de anos atrás, e acabei por trazer umas 5 ou 6 evidências, o que sempre é mais do que nenhumas…

    São bem visíveis diversos extractos de rochas diferenciadas torcidos e retorcidos… mas já sei que dizem que há 6000 anos choveu muito…

    Like

  6. Mats says:

    Sodré,
    Tu não viste “bivalves e gastrópodes fósseis num extracto sedimentar do Cretácio, de entre 144 a 65 milhões de anos atrás”. Tu vistes bivalves, ponto final.
    Tu não viste os 144 milhões de anos nem os 65 milhoes de anos embutidos nos bivalves. Tu viste bivalves a quem tu atribuis os imaginados “milhões de anos” baseado na coluna geológica que nós sabemos não ser verídica..

    Like

  7. Darcy says:

    Mats,

    Ora, já sabes que isso tudo “evoluiu porque evoluiu” (rs).
    Já que falaste em “DarWINE”, a versão de um post do Darwin’s God:

    http://lerpracrer.wordpress.com/2010/12/09/nao-ha-noticia-ruim-para-o-evolucionismo-ou-como-a-evolucao-transforma-veneno-em-vinho/

    Like

  8. Sérgio Sodré says:

    Estudos na transmissão de INFORMAÇÃO entre células esteve na base da atribuição do Prémio Pessoa 2001 a uma cientista portuguesa. Foi isto que deu ontem na televisão? Tem isso alguma coisa a ver com alegadas impossibilidades sem intervenção do Desenhador?

    Like

  9. Sérgio Sodré says:

    Já vi o que apareceu há pouco na internet e destaco:
    “A sua contribuição original, que inclui cinco publicações durante o ano de 2010 em revistas de grande prestígio internacional, consiste na identificação dos mecanismos de transmissão de mensagens no interior da célula”.

    É sem dúvida um grande passo no campo de transmissão de informação… e não há razão para descrer que os mecanismos de produção dessa informação não virão a ser percebidos. É sempre bom reduzir o campo em que se tem de apelar ao transcendente…

    Like

  10. Mats says:

    Sodré,
    Continuamos sem saber como é que os evolucionistas explicam a origem da INFORMAÇÃO CODIFICADA que existe dentro das formas de vida.

    Parece que a Biologia é um campo bem vasto no que toca a apelos ao Criador.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s