Pastor evangélico criacionista acusado de violar dezenas de criança

Estes pastores evangélicos são sempre os mesmos! A notícia informa-nos:
Um funcionário homossexual de creche foi acusado de abusar sexualmente de dezenas de crianças que estavam sob sua responsabilidade.

Espera lá… Homossexual? Creche? Abuso sexual? Dezenas de crianças? Afinal não foi um pastor evangélico? Não foi um criacionista? Bolas, pá.

Bem, na verdade são sempre os mesmos a liderar o movimento pedófilo, mas os esquerdistas que controlam os órgãos de informação não parecem motivados em investigar a ligação que há entre a pedofilia e a homossexualidade.

Deve haver alguma razão para os homossexuais estarem desproporcionalmente representados nos casos de pedofilia.

Matthew Cullinan Hoffman
BRUXELAS, Bélgica, 14 de dezembro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Um funcionário homossexual de creche foi acusado de abusar sexualmente de dezenas de crianças que estavam sob sua responsabilidade.

Ele e seu “cônjuge” do sexo masculino estão também sendo acusados de posse de pornografia infantil produzida a partir dos abusos, a qual, de acordo com a imprensa, era distribuída internacionalmente por meio de redes pedófilas na internet.

Fantástico. Para além da insanidade de se ter alguém que pertence a um grupo sexual que é caracterizado pelos excessos, temos ainda o facto dele aproveitar essa posição para usar as crianças como “actores” nos seus “filmes” pornográficos.

“Robert M.”, conforme ele é identificado pela polícia, é um lituano de 27 anos que, de acordo com as reportagens, se mudou para a Holanda em 2004 e “casou” com seu parceiro homossexual, um cidadão holandês, em 2008, recebendo sua própria cidadania holandesa como resultado.

Ele trabalhou pelo menos em duas creches holandesas de 2007 a 2010, e ofereceu seus serviços particulares pela internet, afirmando que ele era uma babá “com treinamento e experiência”.

Agora sabemos em quê.

A polícia diz que está continuando a investigar os contatos de M com crianças, os quais também se estendiam a um trabalho como voluntário num orfanato africano. O total estimado de crianças vitimadas está atualmente em 53.

Nojento.

Igualmente preso está o “marido” de M, “Richard Van O”, de 37 anos, que conforme a imprensa foi encontrado com pornografia infantil em sua posse. A mídia divulgou que a dupla estava no processo de adotar uma criança.

Sim, adoptar crianças é o método favorito dos homossexuais terem acesso a crianças indefesas. Mais uma (de muitas) razões para não ser moralmente correcto entregar crianças ao cuidado de pessoas estatisticamente mais susceptíveis de serem abusadoras de menores e potencialmente instáveis.

Claro que nada disto importa para os “revolucionários”. Para eles o que interessa é normalizar um comportamento (homossexualidade) com o qual eles podem destruir a instituição da família. As crianças abusadas pelos homossexuais são apenas casualidades de guerra.

Para o marxista cultural os fins justificam os meios. Que se lixem as crianças. O que interessa é destruir a instituição do casamento de modo a que as crianças possam ser mais facilmente controláveis pelo Estado (e não pelos pais).


Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
Veja mais:
Vídeo contra a pedofilia homossexual: http://www.youtube.com/watch?v=CwOW76c0Dsg

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Pecado, Sociedade and tagged , . Bookmark the permalink.

7 Responses to Pastor evangélico criacionista acusado de violar dezenas de criança

  1. ximxenhor says:

    “Deve haver alguma razão para os homossexuais estarem desproporcionalmente representados nos casos de pedofilia.” –> acho q seria mais abrangente se a frase indicasse: “Deve haver alguma razão para os homens, heteros ou homos, estarem desproporcionalmente representados nos casos de pedofilia.” E a conclusão a que se chega é–> homens são potencialmente pedófilos

    Like

  2. Ricardo Reno says:

    Creio que neste caso e em outros a notícia deveria ser: Homem acusado de abusar crianças em creche.
    A causa do crime não deveria estar relacionada com qualquer condição.

    Like

  3. Mats says:

    ximxenhor,
    Não sei de notaste, mas o que dizes não contradisse o que eu disse:

    Os homossexuais estão desproporcionalmente representados nos casos de pedofilia. Isto ou é verdade ou não é. Pôr as coisas de forma mais vaga não anula a especificidade da declaração.

    Like

  4. Mats says:

    Ricardo,

    Creio que neste caso e em outros a notícia deveria ser: Homem acusado de abusar crianças em creche. A causa do crime não deveria estar relacionada com qualquer condição.

    Concordo plenamente. Acho até que a notícia deveria ser “Mamífero acusado de abusar várias crianças”. Mais vago que isto, impossível.

    Like

  5. ximxenhor says:

    Mats,
    pode não contradizer, tb não tenho dados. Mas sei que há uma maior percentagem de homens do que de mulheres como abusadores de crianças. Daí, usando o mesmo esquema, os homens são mais perigosos para as crianças do que as mulheres. Assim, indo um pouco mais longe, e porque já o li a defender que homossexuais não deviam ser professores, profissões que envolvam o contacto com crianças devem estar vedadas aos homens. Ou não concorda? E se não, porque não?

    O Mats pode dizer que homens/mulheres é mais “vago” do que homossexuais/heterossexuais. Não sei, mas admitamos que sim. O que sei é que “homossexuais” é mais “vago” do que pessoas concretas que abusam sexualmente de crianças. Limitei-me a usar outro tipo de categorização, uma com que o Mats se identificasse, para ver onde podem levar estas generalizações. Acha o Mats que, apenas por ser homem, deve ser vedado o contacto com crianças, ou a haver esse contacto, este deverá ser mais vigiado do que se o senhor fosse uma Mats? Não há um perigo inerente ao facto de se ser homem e ser abusador de crianças? (Eu não acho, mas não sou eu que usa os seus argumentos).

    Like

  6. Ricardo Reno says:

    Pois é, o moralismo reina quando o bem domina o verdadeiro e, sob pressão da vontade, os fatos se tornam uma matéria maleável.

    Like

  7. Sérgio Sodré says:

    “Espera lá… Homossexual? Creche? Abuso sexual? Dezenas de crianças? Afinal não foi um pastor evangélico? Não foi um criacionista? Bolas, pá”

    Não foi… mas bem podia ter sido.
    Não há nada sobre dirigentes religiosos a sacarem as heranças de velhinhos, espoliando os legítimos herdeiros? (para o bem da “igreja” claro está). Ou com autênticos haréns de jovens patetas embasbacadas com o “carisma” do espécime…? Não é por nada, era só para variar as estórias…

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s