Holanda e a SIDA: desproporcional presença de homossexuais nas novas contaminações

Há umas semanas atrás foi colocada a seguinte questão a um militante ateu: “porque é que os homens que tem sexo com outros homens estão desproporcionalmente representados nos casos de SIDA?”. Ainda estamos à espera de uma resposta coerente.

Não é preciso ser um génio para se ver o porquê, mas os esquerdistas – mais importados com a ideologia do que com a Medicina – ainda tentam forçar este comportamento auto-destrutivo à sociedade.

Os homens que tem relações sexuais com outros homens vivem uma vida que é conhecida pela promiscuidade, portanto não é de estranhar que esse segmento da sociedade esteja desproporcionalmente representado nos novos casos de SIDA. Como exemplo, veja-se o caso de Luiz Mott. O líder do movimento homossexual brasileiro, afirma que já teve relações sexuais com 500 homens diferentes (!!).

Fundação de Monitoramento do HIV na Holanda divulga novos dados de infecção do HIV

A Fundação de Monitoramento de HIV da Holanda acabou de fazer públicos os dados sobre novas infecções pelo vírus da AIDS, e notou um forte aumento que afeta, primariamente, homens homossexuais.

De acordo com as projeções feitas no último relatório da fundação, há atualmente cerca de 1.100 novas contaminações registradas por ano, incluindo 850 (mais de 77%) entre homens contaminados devidos a uma relação com outro homem. O número absoluto de contaminações heterossexuais, em que são incluídas as infecções relacionadas ao vício de drogas, está em um declínio estável.

A título de comparação, o número total de contaminações no seio da comunidade gay era de somente 400 em 1996. E o número atual excede mesmo o pico da epidemia que coincidiu com sua implementação: é estimado que, no início dos anos 1980, houve 800 novas infecções por ano entre a “população de risco”.

Obviamente, estes dados não incluem pessoas infectadas ou infectadas recentemente sem sabê-lo.

Fonte: Le Blog de Jeanne Smits via E-Deo

Há alguns militantes ateus e esquerdistas fanáticos que tentam usar a desculpa que “o problema não é a homossexualidade mas a promiscuidade”. Este linha de pensamento poderia ter a sua validade não fosse o facto da homossexualidade levar as pessoas à promiscuidade.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Pecado, Política, Sociedade and tagged , . Bookmark the permalink.

35 Responses to Holanda e a SIDA: desproporcional presença de homossexuais nas novas contaminações

  1. Icarus says:

    Mats,

    “Há umas semanas atrás foi colocada a seguinte questão a um militante ateu: “porque é que os homens que tem sexo com outros homens estão desproporcionalmente representados nos casos de SIDA?”. Ainda estamos à espera de uma resposta coerente.”
    Interessante, vc disse que espera uma resposta coerente. Mas no final do texto vc mesmo coloca a resposta😉
    -> “Há alguns militantes ateus e esquerdistas fanáticos que tentam usar a desculpa que “o problema não é a homossexualidade mas a promiscuidade””.
    Esta resposta pode não ser coerente ou parecer uma desculpa para vc ou para os seus pares, mas é exatamente a resposta que a Medicina oferece.

    O próprio diretor da Fundação , Frank de Wolf, acredita que o uso de preservativos e a mudança do comportamento de risco devem ser as medidas adotadas para o combate à infecção.
    Fonte: http://www.rnw.nl/portugues/article/aumenta-infeccao-por-hiv-entre-gays-na-holanda

    Comportamento de risco é a promiscuidade e não a homossexualidade. O Conselho Federal de Medicina no Brasil, a Organização Mundial de Saúde e as principais associações científicas brasileiras e internacionais deixaram de considerar a homossexualidade como desvio ou doença desde 1985 no Brasil e 1990 nos Estados Unidos. O conselho Federal de Psicologia do Brasil em sua resolução nº 01/99, proíbe o tratamento psicológico visando a “cura” da homossexualidade.

    Os homens que tem relações sexuais com outros homens vivem uma vida que é conhecida pela promiscuidade, portanto não é de estranhar que esse segmento da sociedade esteja desproporcionalmente representado nos novos casos de SIDA.
    Nem todos os homens e nem todas as mulheres homossexuais são promíscuos.

    Como exemplo, veja-se o caso de Luiz Mott. O líder do movimento homossexual brasileiro, afirma que já teve relações sexuais com 500 homens diferentes (!!).
    Se nós formos julgar todos os homossexuais porque alguns são inconseqüentes, usando a mesma lógica, então podemos dizer que o cristianismo leva a corrupção, pois alguns líderes religiosos roubam os seus seguidores. Que tal?

    Like

  2. Marcos Velten says:

    “Nem todos os homens e nem todas as mulheres homossexuais são promíscuos.”

    seja sincero consigo mesmo irmao, qual o percentual destes segundo vc? Não precisa nem de estudo estatistico para constatar que a esmagadora maioria é promiscuo, inclusive aqueles que já tentaram se livrar do comportamento e que anteriormente viviam uma vida de ética e moral. Conheço ao menos 5 pessoas neste tipo de situação e por sinal, NENHUMA que vivem uma vida de fidelidade ao seu caso. E vc?

    Like

  3. Icarus says:

    Marcos Velten,

    seja sincero consigo mesmo irmao, qual o percentual destes segundo vc?
    Eu não faço a menor idéia. Vc tem estes números? Compartilhe aqui.

    Não precisa nem de estudo estatistico para constatar que a esmagadora maioria é promiscuo,
    Não precisa de estudo para sair dando palpites, não é? Basta o “achismo”.😉

    inclusive aqueles que já tentaram se livrar do comportamento e que anteriormente viviam uma vida de ética e moral.
    Não entendi o que vc quis dizer aqui.

    Conheço ao menos 5 pessoas neste tipo de situação e por sinal, NENHUMA que vivem uma vida de fidelidade ao seu caso. E vc?
    Eu não sou homossexual. Sou casado com uma mulher, super feliz e apaixonado. [Mesmo depois de 12 anos😉 ]. Mas conheço muito mais de 5 casos de homens que já foram casados com mulheres e resolveram se separar e assumir a homossexualidade por serem infelizes.

    Já ouviu falar no Sergio Viula?
    http://revistaepoca.globo.com/Epoca/0,6993,EPT868192-1664-1,00.html

    Like

  4. Marcos Velten says:

    icarus,
    entenderia fácil se nao ficasse cortando o texto todo irmao.
    só quero q apresente a sua visao, o q vc enxerga, o q vc vê ao seu redor, exceçoes existem, mas a realidade está às caras para qq um enxergar, a maior parte sao promiscuos sim. Como disse, pensando rapido, conto 5 q sao promiscuos, sendo 2 prostitutos! nao conheço nenhum destes q a midia carrega e como linkou ae, mas de certo q existem (nao duvido disso) e podem até ser éticos e fiéis (tb nao duvido), mas o post fala de numeros e nao de exceçoes, e o q está por detrás desses numeros.

    Like

  5. Icarus says:

    Marcos Velten,

    entenderia fácil se nao ficasse cortando o texto todo irmao.
    Meu pai andou pulando a cerca, por acaso? hehehehe [brincadeira]

    A única coisa que eu não entendi, foi esta parte da frase separada por vírgulas:
    -> “inclusive aqueles que já tentaram se livrar do comportamento e que anteriormente viviam uma vida de ética e moral.”
    Livrar de que comportamento e o que tem a ver com viver uma vida ética e moral?

    
só quero q apresente a sua visao, o q vc enxerga, o q vc vê ao seu redor, exceçoes existem, mas a realidade está às caras para qq um enxergar, a maior parte sao promiscuos sim. Como disse, pensando rapido, conto 5 q sao promiscuos, sendo 2 prostitutos! nao conheço nenhum destes q a midia carrega e como linkou ae, mas de certo q existem (nao duvido disso) e podem até ser éticos e fiéis (tb nao duvido), mas o post fala de numeros e nao de exceçoes, e o q está por detrás desses numeros.
    A minha visão é que ninguém tem o direito de dizer a outro ser humano que ele não pode ser homossexual.

    Já a promiscuidade sim é um problema, nisso também se incluem os heterossexuais. Nota.:. A minha definição de promiscuidade não é só ter múltiplos parceiros mas a falta de cuidados nos relacionamentos, tipo fazer sexo sem camisinha. As pessoas tem que serem encorajadas a se prevenirem da forma mais efetiva possível. Este é o alvo que o nosso “canhão” deve mirar.

    Like

  6. Marcos Velten says:

    icarus,
    acho q vc nao entendeu, o post faz referencia a numeros, tais desproporcionais e conclusivo foco ao porque deles serem assim, e nao dita o q eles devem fazer da vida deles, cada um nasceu pra viver a sua! recomendamos (cristaos) q vivam segundo os mandamentos de JESUS para q continuem tendo vida mesmo depois de descerem à cova.

    e se bem sabe, o assunto tem correlaçao total ao tipo de vida q JESUS nos chama a ter, portanto, nao fazendo descaso com os heteros mas focando melhor na maior parcela dos infectados, q é o assunto do post e o q chama realmente a atençao.

    vc pode nao ter entendido pq cortou o texto, pq a frase anterior cita o carater promiscuo, o comportamento da frase q vc cita é referente a isto, ou vc considera o comportamento pormiscuo de mt ética e moral? a ultima citaçao mostrou q nao.

    Além de tudo que disse nao responde necessariamente o q pergunto, sobre as parcelas de cada grupo e o numero de SIDA relacionados a tais.

    Like

  7. Icarus says:

    Marcos Velten,

    
acho q vc nao entendeu, o post faz referencia a numeros, tais desproporcionais e conclusivo foco ao porque deles serem assim, e nao dita o q eles devem fazer da vida deles, cada um nasceu pra viver a sua! recomendamos (cristaos) q vivam segundo os mandamentos de JESUS para q continuem tendo vida mesmo depois de descerem à cova.
    e se bem sabe, o assunto tem correlaçao total ao tipo de vida q JESUS nos chama a ter, portanto, nao fazendo descaso com os heteros mas focando melhor na maior parcela dos infectados, q é o assunto do post e o q chama realmente a atençao.
    Presta atenção no que esta escrito no início do artigo:

    -> “Há umas semanas atrás foi colocada a seguinte questão a um militante ateu: “porque é que os homens que tem sexo com outros homens estão desproporcionalmente representados nos casos de SIDA?”. Ainda estamos à espera de uma resposta coerente.

    Esta pergunta foi respondida e a prova esta no ultimo parágrafo do artigo. Se a resposta não é coerente para vc’s é outra questão.

    vc pode nao ter entendido pq cortou o texto, pq a frase anterior cita o carater promiscuo, o comportamento da frase q vc cita é referente a isto, ou vc considera o comportamento pormiscuo de mt ética e moral? a ultima citaçao mostrou q nao.
    As pessoas que tem múltiplos parceiros sexuais e não se protegem tem que mudar o comportamento, porque esta atitude causa danos a terceiros. Mas não encaro isso com um problema de ética ou de moral, apenas de relapso.

    Além de tudo que disse nao responde necessariamente o q pergunto, sobre as parcelas de cada grupo e o numero de SIDA relacionados a tais.
    Eu não tenho esta informação. Qual parte desta resposta vc não entendeu?

    Like

  8. Nuno Dias says:

    * Because HIV/AIDS has primarily affected gay men and other marginalized populations, governments have been, and continue to be, less committed to fighting the disease.
    * Because many school systems remain reluctant to provide positive education about sexuality, young gay men are more vulnerable to contracting HIV.
    * Because of a fear of being identified as gay, some people may not seek (or may not seek early enough) testing for HIV, or care, support and treatment for HIV-related illnesses.

    http://www.aidslaw.ca/EN/issues/sexual_orientation_gender_identity.htm

    Compared with heterosexual men, homosexual men were significantly (p < 0.05) more likely to have received money or drugs for sex (64% versus 33%)

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11445028

    Like

  9. Karina says:

    Acho que os números dizem por si só, não? Sozinhos é que eles não contraíram o vírus. Ainda que seja por transfusão de sangue, não seria suficiente para explicar os 800 novos casos (coisa que ultimamente eu duvido da segurança).

    Portanto, restam duas alternativas: a promiscuidade ou o uso de drogas, que quase sempre ocorre junto com o primeiro.

    Like

  10. Marcos Velten says:

    este seu ultimo post foi bastante conclusivo, corroborou ao q o mats havia dito no inicio do artigo, q vcs nao tem uma resposta coerente!
    o fator numeros infectados em homos é a promiscuidade, vc acha realmente q isso é coerente? se fosse realmente isso, o mesmo numero se daria ao dos heteros, e qual seria a causa?!?! a promiscuidade tb né? mas porque cargas d’agua um numero despropocionalmente maior no grupo dos homos, se estes fazem parte de minima parcela na sociedade? nao seria necessariamente o inverso, ou melhor, seguir a proporçao do numero de cada grupo?
    a lógica revela a falacia desta resposta, e a total incoerencia!

    nós (cristaos) temos a resposta e nossa conclusao, e bastante coerente por sinal, o que o artigo pede é uma resposta dos ateus, plausivel ao menos, resposta falaciosa deve efetivamente ser descartada.

    “porque esta atitude causa danos a terceiros. Mas não encaro isso com um problema de ética ou de moral, apenas de relapso.”
    causa danos a terceiros mas isso nao é anti-etico nem imoral, mas afinal o q é moral para vc?

    Like

  11. Icarus says:

    Marcos Velten,

    este seu ultimo post foi bastante conclusivo, corroborou ao q o mats havia dito no inicio do artigo, q vcs nao tem uma resposta coerente!
o fator numeros infectados em homos é a promiscuidade, vc acha realmente q isso é coerente? se fosse realmente isso, o mesmo numero se daria ao dos heteros, e qual seria a causa?!?! a promiscuidade tb né? mas porque cargas d’agua um numero despropocionalmente maior no grupo dos homos, se estes fazem parte de minima parcela na sociedade? nao seria necessariamente o inverso, ou melhor, seguir a proporçao do numero de cada grupo?
a lógica revela a falacia desta resposta, e a total incoerencia!
    Se vc acredita ser incoerente, é um direito seu. Não sou eu que vou fazer vc mudar de opinião, mas falácia eu te garanto que não é pois um relacionamento com preservativo não transmite o vírus, seja o relacionamento homossexual ou heterossexual.

    Este número só mostra que os homossexuais não estão tomando as medidas necessárias para evitar o contágio. Segundo a recomendação da OMS eles devem procurar se proteger adequadamente e não deixar de ser homossexuais.

    nós (cristaos) temos a resposta e nossa conclusao, e bastante coerente por sinal, o que o artigo pede é uma resposta dos ateus, plausivel ao menos, resposta falaciosa deve efetivamente ser descartada.
    Para mim isso é uma grande hipocrisia, pois tem bastante homossexuais dentro das próprias igrejas cristãs que não assumem a sua posição por medo e acabam vivendo infelizes com a sua condição ou fazem por “debaixo dos panos” hehehe.

    Alguns deles se casam para manter as aparências e acabam prejudicando o cônjuge e os possíveis filhos no futuro. Vc considera justo isso para o cônjuge e os filhos?

    “porque esta atitude causa danos a terceiros. Mas não encaro isso com um problema de ética ou de moral, apenas de relapso.”
causa danos a terceiros mas isso nao é anti-etico nem imoral, mas afinal o q é moral para vc?
    Estava falando genericamente, mas cada caso é um caso. Se, por exemplo, uma pessoa teve relações sem preservativo com outra sabendo que tinha sida, neste caso vejo como um caso anti-ético do primeiro alem de crime, passível de processo por lesão corporal e tentativa de homicídio e uma irresponsabilidade do segundo. Caso os dois não saibam, vejo apenas como irresponsabilidade de ambos.

    Like

  12. Marcos Velten says:

    caro icarus,
    nao se acredita ser incoerente, ou é ou nao (por mais q existam opnioes), a simples comparaçao entre os numeros dos dois grupos demonstram a impossibilidade da sua conclusao, eu lhe indiquei q é ilógico, se vc quer fugir e nao fazer seu contra-argumento o direito é seu tb, mas vc sabe q nao está sendo sincero.
    ou vc quer argumetar agora q o problema nao é a promiscuidade mas sim o nao uso de preservativos? mas isto nao muda nada, pq assim como pensas dos homos, segue-se aos heteros, tanto um quanto o outro deixam de usar preservativos, mas o numero total de infectados comparativamente continua pesando do lado dos homos, e lembrando q estes estao bem menor em numero q os heteros. observe, 1100 casos, 850 homos, 250 heteros!! e a q pensas estar o percentual de individuos dentro deste grupo na sociedade? 80% seriam homos e 20% heteros? q eu saiba o mais aceite hj é q 10% sejam homos e 90% heteros, e pq os dados de infectados estao invertidos?
    os dois grupos possuem promiscuos, e sendo a parcela de heteros maior, o q tens a dizer?

    portanto, releia meu ultimo post (primeiro paragrafo) e dê uma resposta ao menos plausivel ao q disse, pq está devendo. rs

    qt as perguntas referentes aos q nao saem do armario, tenho resposta do Eterno, e q vale mt mais q qq outra, mas isto de fazer os demais infelizes é incorreto! o individuo poderá sim viver uma vida com insatisfaçao propria, mas isto nao impede de q ele satisfaça os demais. e nao adianta aqui lhe dizer aspectos espirituais, estaremos fugindo do assunto, se prenda ao q foi dito antes.

    no caso de anti-etica e imoralidade, ainda q seja genericamente irmao, qq tipo de promiscuidade é imoral e anti-etico, nao há exceçoes para isso. vc tem em mente casos de falta de carater e sinceridade, mas isto nao é ser promiscuo! o q é promiscuidade? sao relacionamentos diversos e misturados entre outros vários, isso é imoral, anti-etico. ou vc acha viável dividir sua esposa com alguem, ou correto um homem ter duas ou + mulheres, e vice-versa?

    Like

  13. Icarus says:

    Marcos Velten,

    
nao se acredita ser incoerente…
    …e sendo a parcela de heteros maior, o q tens a dizer?
    Mas eu tenho em mente SIM que os homossexuais são mais promíscuos, não nego isso. Agora qual é a solução na sua opinião? Eles devem deixar de ser promíscuos ou deixar de ser homossexuais?😉

    Na minha opinião, basta eles se protegerem adequadamente.

    portanto, releia meu ultimo post …
    … se prenda ao q foi dito antes.
    “Irmão” presta atenção em mais um causo do Icarus, este também é da minha própria família😉

    Quase toda a minha família é cristã. Um tio, esposa e filhos são da Congregração Cristã do Brasil, meu tio é ancião da igreja.

    Um dos filhos, desde pequenino, mostrava um comportamento afeminado. Minha avó [católica] sempre me dizia que ele não a enganava😉. Meu tio, descia a vara de marmelo nele para tentar “corrigir” o seu comportamento [Alô Adalberto?😉 ].

    Era interessante conversar com ele. Enquanto ele estava vigiando, falava grosso, mas depois que ia relaxando ia afinando na voz, e os jeitos não negavam.

    Muito bem, acabou casando com uma moça da igreja. Passou-se 2 anos, ela começou a falar para todo mundo que ele “não dava no couro”. Ela que já estava “subindo pelas paredes” acabou tendo um caso com um vizinho.

    Resumo: Hoje ele é uma pessoa deprimida, vive triste pelos cantos tomando anti-depressivos. Ela foi expulsa da igreja e seus amigos lhe viraram as costas. Ele ainda continua firme na igreja louvando Jesus através do seu violino.

    Moral da história: Não, não é nada saudável a pessoa viver insatisfeito com a sua situação só para agradar pessoas preconceituosas.

    no caso de anti-etica e imoralidade, ainda q seja genericamente irmao, qq tipo de promiscuidade é imoral e anti-etico, nao há exceçoes para isso. vc tem em mente casos de falta de carater e sinceridade, mas isto nao é ser promiscuo! o q é promiscuidade? sao relacionamentos diversos e misturados entre outros vários, isso é imoral, anti-etico. ou vc acha viável dividir sua esposa com alguem, ou correto um homem ter duas ou + mulheres, e vice-versa?
    Eu não concordo em dividir minha esposa com ninguém e minha esposa não aceita que eu tenha um outro relacionamento. Se eu fizer estou sendo imoral e anti-ético.

    Mas tem casais que aceitam este comportamento entre si, desta forma, não considero neste caso o comportamento anti-ético e nem imoral.

    Like

  14. Marcos Velten says:

    em suma, a discussao nao é resolver o problema, é encontrar o foco dele. vc acha q é a promiscuidade, mas a simples comparacao entre os dois grupos mostra q nao pode ser ela, pq os dois sao tanto quanto o outro, o comportamento normal do ser homo é ser promiscuo. afinal eles nao tem motivos de se preocupar em formar familia, pra q? o modelo padrao (familia) criado por DEUS envolve frutos, filhos, e está fundamentado no amor. os deles (homos) envolve sexo, e se fundamenta nisso mesmo, atraçao sexual, sexo e sexo.
    vc acha mesmo q isto nao indica nada?
    ser promiscuo é imoral e anti-etico, e ser homossexual é anti-natural e auto-destrutivo. os dois nao devem ocorrer, a mandamento de DEUS tb.

    mas entao, quer dizer q vc acha q os homos sao mais promiscuos q os heteros? pq vc acha isso? do q depende este fato? o q acarreta este estilo de vida?
    pra mim só pode ser o diferencial, o comportamento homossexual.

    para findar o problema q é a sida, sim, basta se previnirem.

    com certeza, mt triste a história q contou, mas nao disse q é saudavel e a melhor coisa a ser feita, nao disse q é bom! viver insatisfeito é horrível sobre varios aspectos, q dirá deva ser em sua sexualidade! Mas o q disse é q isso nao impede q faça outros felizes, o caso q contou é infeliz, mas nao quer dizer q somente este possa existir, uma coisa é ser afeminado, tender a feminilidade, outra é ser homossexual, acredito q envolva coisas distintas, e possam ser separadas por uma linha bem tênue, mas acredito q sim. e o fundamento principal aqui nao é para agradar pessoas, é para seguir um principio e mandamento de DEUS, a pessoa q realmente quizer agradá-LO assim fará, renegando este comportamento, até mesmo se isto for munido por natureza (o q nao acredito).

    sobre etica/moral, nao acredito q criemos a etica e a moral, caso fosse assim, todos poderiam fazer o q quiserem, quer dizer, q é etico para um indio matar os filhos doentes mentais e com sindromes, mas para outros mts (como nós, acredito eu q vc tb) nao?
    nao dá pra tratar estes fundamentos com relatividade.
    acha q pode ser moral e ético um adulto relacionar-se sexualmente com uma criança? q para ele isso é possivel ser moral? nao, nao há como, nao sao temas q devam ser relativizados.

    Like

  15. Mats says:

    Icarus,

    -> “Há alguns militantes ateus e esquerdistas fanáticos que tentam usar a desculpa que “o problema não é a homossexualidade mas a promiscuidade””.
    Esta resposta pode não ser coerente ou parecer uma desculpa para vc ou para os seus pares, mas é exatamente a resposta que a Medicina oferece.

    Sim, a Medicina mostra que a promiscuidade envolvida na vida homossexual é a razão que torna os homossexuais mais propensos a contrair a SIDA.

    Eu sei que ainda há alguns anjinhos que pensam que a vida homossexual é tal e qual à vida heterossexual, mas não há é. A promiscuidade da vida homossexual não é algo periférico a essa vida, mas sim algo que é endémico a ela.

    Sim, tu podes conhecer homossexuais que não são promíscuos mas isso não invalida que a homossexualidade seja um estilo de vida promíscuo.

    O próprio diretor da Fundação , Frank de Wolf, acredita que o uso de preservativos e a mudança do comportamento de risco devem ser as medidas adotadas para o combate à infecção.

    Se por mudança de comportamento tu queres dizer, acabar com a promiscuidade, então sim. A abstinência e a fidelidade são os métodos mais eficazes. Mas os descrentes nem querem ouvir falar nisso.

    Comportamento de risco é a promiscuidade e não a homossexualidade.

    Mas a promíscuidade é algo normal na homossexualidade. É por isso que os homossexuais tem tão altos níveis de SIDA.

    O conselho Federal de Psicologia do Brasil em sua resolução nº 01/99, proíbe o tratamento psicológico visando a “cura” da homossexualidade.

    Irrelevante. Eu não perguntei nem deixei de perguntar sobre o quê que a FPB “proíbe” ou deixa de proibir. No entanto, fica seguro que mais cedo ou mais tarde vão proibir o tratamento do bestialismo e do incesto (e pedofilia).

    “Os homens que tem relações sexuais com outros homens vivem uma vida que é conhecida pela promiscuidade, portanto não é de estranhar que esse segmento da sociedade esteja desproporcionalmente representado nos novos casos de SIDA.”

    Nem todos os homens e nem todas as mulheres homossexuais são promíscuos.

    Oh meu Deus, lá vens tu com respostas que passam bem ao lado. É uma canseira responder às tuas perguntas porque tu tens graves dificuldades em manter no tópico.
    Pensa bem antes de responder: Eu por acaso disse que todos os homossexuais são promíscuos? Não disse, pois não? Então porque é que começas com as tuas respostas sem sentido?
    Repara bem no que eu digo: Embora nem todos os homossexuais sejam promíscuos (nem tenho forma de demonstrar isso), a verdade é que o estilo de vida homossexual é um estilo de vida em média promíscuo.
    Vês bem o que eu estou a alegar e o que NÃO estou a alegar?

    “Como exemplo, veja-se o caso de Luiz Mott. O líder do movimento homossexual brasileiro, afirma que já teve relações sexuais com 500 homens diferentes (!!).”

    Se nós formos julgar todos os homossexuais porque alguns são inconseqüentes, usando a mesma lógica, então podemos dizer que o cristianismo leva a corrupção, pois alguns líderes religiosos roubam os seus seguidores. Que tal?

    *face palm*
    Icarus, que idade tens tu? 16? Mas alguém disse que TODOS os homossexuais são promíscuos APENAS porque Luiz Mott é promíscuo?

    Eu disse que a vida homossexual está desproporcionalmente representada nos novos casos de SIDA – como demonstrado pela melhor Medicina actual – porque é uma vida caracterizada pela promíscuidade.

    Like

  16. Nuno Dias says:

    “a verdade é que o estilo de vida homossexual é um estilo de vida em média promíscuo.”
    Para afirmar isto ter-se-ia que fazer uma espécie de censo sexual de grupos. Não pode ser com base em afirmações de 500 parceiros sexuais, não falta exemplos de heterossexuais que facilmente ultrapassam estes números.
    Parece-me antes que a discriminação e preconceito a que estão sujeitos funcionem como inibidores à divulgação e prevenção, tal como exposto no meu primeiro comentário.

    Australia was a country which recognised and responded to the AIDS pandemic relatively swiftly, with one of the most successful disease prevention and public health education programs in the world.
    gay and lesbian communities and organisations were instrumental in the rapid creation of AIDS councils

    http://en.wikipedia.org/wiki/HIV/AIDS_in_Australia#HIV.2FAIDS_in_Australia

    Like

  17. Icarus says:

    Marcos Velten,

    Se vc concorda comigo que a sida se resolve com prevenção, acabou o assunto. Não é o comportamento homossexual que é auto-destrutivo, mas a inobservância dos cuidados.

    Eu discordo que o foco do assunto seja apenas identificar a causa, sem a resolução do problema, ou pelo menos a atenuação do mesmo. Se não é para resolver/atenuar o problema, não vale a pena gastar recursos dos contribuintes em pesquisas.

    Se os homossexuais são mais promíscuos, isso não muda o fato que os estados devem tratar como um problema de saúde público. De qualquer forma, tenho certeza que existem fatores que levam ao aumento da promiscuidade em homossexuais que vão muito além do fato de serem homossexuais simplesmente, mas não acredito que isso seja relevante à discussão.

    Quanto a questão de Deus, eu volto a repetir o que eu já escrevi aqui. Você não ouviu Deus falar que homossexuais estão errados pessoalmente e de forma inequívoca. Vc leu o que os escritores bíblicos escreveram. Mas eles também escreveram muitas outras coisas que hoje as igrejas de um modo geral já não adotam mais, pois mudou-se o entendimento. Tenho certeza que em algum tempo, talvez daqui a muito tempo [ou não], as igrejas no geral vão começar a aceitar os homossexuais naturalmente em seus quadros, pois trata-se de um fato biológico.

    Like

  18. Mats says:

    Icarus,
    A homossexualidade é tão um “facto biológico” como fumar ou consumir drogas.

    Mesmo que “as igrejas” aceitem esse comportamento como “normal”, ele nunca o vai ser. Os homossexuais sabem que não é normal, e os cristãos tem ainda mais direito a saber disso.

    Like

  19. Marcos Velten says:

    icarus,
    nao acabou o assunto pq o assunto nao é esse irmao, será q ainda nao entendeu?
    entao concordou q é anti-natural? sendo anti-natural meu caro, é anti-etico em sua raiz! como homossexualismo nao é auto-destrutivo? eu vou mais além, será q haveria futuro para os humanos se a epidemia de homos tomasse conta?

    é inadimisível por causa de um estilo de vida promiscuo sermos obrigados a aceitar a contribuiçao com nossos recursos a tais. o correto seria como fazem mts medicos por ae quando se apresentam diante deles drogados em overdose e deixam de lado para atender quem merece cuidados por acidentes e incidentes. fora os enormes gastos q estes infectados necessitam.
    caso queiram abandonar a vida promiscua e auto-destrutiva sim, mereceriam receber atençao devida.
    drogados sao considerados questao de saude publica tb?

    fatores para q eles sejam mais promiscuos q nao simplesmente o viver homossexual? quais? seria a famosa retaliaçao e preconceito q sofrem? e com isto, a resposta deles para isso é nada mais q? PROMISCUIDADE!! incrivel constataçao.

    incrivel alguem q nao lê, nem estuda, nem entende mts coisas na Biblia querer se achar na razão de fazer uma avaliaçao como das q fez! rs
    não acha q é mt prepotencia nao? rs
    nao lhe darei papo quanto a isto aqui, mas se quiser me dizer q entendimento foi mudado pelas igrejas, pode me responder. marcosagv@gmail

    só uma obs. se é anti-natural significa q é contrario ao q DEUS criou irmao. ainda q provenha do pecado, sabemos q devemos abandoná-lo.

    é tao fato biologico q deves já ter comprovaçoes disto nao é mesmo?

    Like

  20. Icarus says:

    Marcos Velten,

    
nao acabou o assunto pq o assunto nao é esse irmao, será q ainda nao entendeu?
entao concordou q é anti-natural? sendo anti-natural meu caro, é anti-etico em sua raiz! como homossexualismo nao é auto-destrutivo? eu vou mais além, será q haveria futuro para os humanos se a epidemia de homos tomasse conta?
    Vide ultima pergunta😉

    é inadimisível por causa de um estilo de vida promiscuo sermos obrigados a aceitar a contribuiçao com nossos recursos a tais. o correto seria como fazem mts medicos por ae quando se apresentam diante deles drogados em overdose e deixam de lado para atender quem merece cuidados por acidentes e incidentes. fora os enormes gastos q estes infectados necessitam.
caso queiram abandonar a vida promiscua e auto-destrutiva sim, mereceriam receber atençao devida.
drogados sao considerados questao de saude publica tb?
    Eu concordo com vc que não é justo pagarmos pelos erros dos outros.

    Só que se formos aplicar este critério, todo mundo esta lascado, pois uma grande parte das doenças são decorrentes da negligência do próprio doente.

    Cancer de pele? Problema de quem não usou protetor solar.

    Hipertensão ou Diabetes decorrente da obesidade? Problema de quem se empanturrou de comida e fast-foods, e assim vai…

    fatores para q eles sejam mais promiscuos q nao simplesmente o viver homossexual? quais? seria a famosa retaliaçao e preconceito q sofrem? e com isto, a resposta deles para isso é nada mais q? PROMISCUIDADE!! incrivel constataçao.
    incrivel alguem q nao lê, nem estuda, nem entende mts coisas na Biblia querer se achar na razão de fazer uma avaliaçao como das q fez! rs
não acha q é mt prepotencia nao? rs
nao lhe darei papo quanto a isto aqui, mas se quiser me dizer q entendimento foi mudado pelas igrejas, pode me responder. marcosagv@gmail
    Incrível alguém que nem te conheça faça uma avaliação destas, não acha que é prepotência não?😉

    Eu fiz quatro anos de seminário, depois mais um curso de extensão do Antigo Testamento, freqüentei assiduamente mais de 15 anos uma igreja evangélica e duvido que vc tenha lido mais a bíblia do que eu hehehe

    só uma obs. se é anti-natural significa q é contrario ao q DEUS criou irmao. ainda q provenha do pecado, sabemos q devemos abandoná-lo.
    é tao fato biologico q deves já ter comprovaçoes disto nao é mesmo?
    Se vc conseguir me explicar satisfatoriamente porque existem leões homossexuais, eu prometo rever o meu conceito.

    Like

  21. Marcos Velten says:

    icarus,
    q ultima pergunta?
    concordou tb q é auto-destrutivo?

    sobre oferecer recursos para os q se auto-destroem com atos desvairados, é bem diferente dos exemplos q deu, de cancer, diabetes, etc. começo a perceber q a sua avaliaçao de promiscuidade é bem diferente do comum, ou será prepotencia tb? rs… a minha é q promiscuidade sao desvaneios

    bom, me surpreendeu mesmo, a sua ultima descriçao, mas devo lhe dizer, q nao passou 0,00000001% de sinal q poderia ser tao instruido biblicamente como disse, e me perdoe mas nao creio q seja. admito q fora precipitado, mas nao acredito q prepotente ainda.

    os leoes sao promiscuos? rs
    e os fatores para a promiscuidade?
    se quiser entrar neste assunto use meu email.

    Like

  22. Icarus says:

    Marcos Velten,

    
q ultima pergunta?
concordou tb q é auto-destrutivo?
    Por que existem leões homossexuais? 😉

    sobre oferecer recursos para os q se auto-destroem com atos desvairados, é bem diferente dos exemplos q deu, de cancer, diabetes, etc. começo a perceber q a sua avaliaçao de promiscuidade é bem diferente do comum, ou será prepotencia tb? rs… a minha é q promiscuidade sao desvaneios
    Ué, porque temos que pagar o tratamento de quem comeu sem limites e ficou doente e não de um homossexual que contraiu a sida? Se os dois foram negligentes.

    bom, me surpreendeu mesmo, a sua ultima descriçao, mas devo lhe dizer, q nao passou 0,00000001% de sinal q poderia ser tao instruido biblicamente como disse, e me perdoe mas nao creio q seja. admito q fora precipitado, mas nao acredito q prepotente ainda.
    Eu precisava ter avisado? hehehehe.

    Like

  23. Icarus says:

    Mats,

    Sim, a Medicina mostra que a promiscuidade envolvida na vida homossexual é a razão que torna os homossexuais mais propensos a contrair a SIDA.
    Então o erro não esta nos “militantes ateus e esquerdidas fanáticos”.

    Se por mudança de comportamento tu queres dizer, acabar com a promiscuidade, então sim. A abstinência e a fidelidade são os métodos mais eficazes. Mas os descrentes nem querem ouvir falar nisso.
    O método mais eficiente é o uso do preservativo.

    Irrelevante. Eu não perguntei nem deixei de perguntar sobre o quê que a FPB “proíbe” ou deixa de proibir.
    Claro que para vc é irrelevante. Vc só usa as informações dos órgãos responsáveis seletivamente.

    No entanto, fica seguro que mais cedo ou mais tarde vão proibir o tratamento do bestialismo e do incesto (e pedofilia).
    Depois sou eu que fico mudando de assunto😉

    Oh meu Deus, lá vens tu com respostas que passam …
    …porque é uma vida caracterizada pela promíscuidade.
    Mats, seja honesto, não é esta a mensagem que vc passa nos seus artigos.

    Se vc sabe que nem todos os homossexuais são promíscuos, porque vc não foca os seus esforços na promiscuidade e não na homossexualidade?

    Like

  24. Karina says:

    uai, alguém aqui disse que o fator de contaminação entre os heteros não é a promiscuidade?! Eu não li em linha nem entrelinha nenhuma isso.

    Como eu disse, há algumas possibilidades:
    1) transfusão, mas essa acredito eu responder por um número muito pequeno dos novos casos;
    2) contaminação no parto, que também acredito não ser o maior número. Ressaltando que, para haver contaminação no parto, a mãe infectou-se anteriormente por uma das três outras alternativas…
    3) uso de drogas;
    4) promiscuidade, que geralmente se associa ao terceiro item.

    Então, meu filho, os números falam por si só de verdade.

    Like

  25. Icarus says:

    Karina,

    Então concorda que o problema não reside em ser homossexual correto?

    Like

  26. Marcos Velten says:

    icarus,
    sobre esta pergunta, email.

    mas e ae, concordou tb q é auto-destrutivo?

    vc realmente quer dizer q atos imorais, desvairados sao apenas negligentes? quer dizer q imoralidade é o mesmo q descuidado?

    avisar? rs, nao, a surpresa é devido a sua descriçao e a falta de conteudo desta em seus posts.

    Like

  27. Mats says:

    Icarus,

    Se vc sabe que nem todos os homossexuais são promíscuos, porque vc não foca os seus esforços na promiscuidade e não na homossexualidade?

    Porque a homossexualidade é um comportamento que conduz à promiscuidade.

    Se achas que não, então dá-me uma razão lógica que justifique o facto dos homossexuais estarem desproporcionalmente representados nos casos de SIDA.

    Porque é que achas que isso acontece?

    Se tu fores capaz de dar a resposta certa a esta pergunta, tu vais ver o porquê dos médicos e outros conservadores se focarem no comportamento em si e não só na promiscuidade.

    O método mais eficiente é o uso do preservativo.

    Não, não é. Pode ser útil em casos pessoais, mas como medida social de combate à epidemia da SIDA (especialmente entre os homossexuais) o preservativo não funciona.

    Cientista de Harvard concorda com Bento XVI.

    Like

  28. Marcos Velten says:

    Mats,

    tenho a ligeira impressao q o Icarus nao usa bem os fundamentos da matematica, principios lógicos. rs

    Icarus, nao, vc nao respondeu a pergunta quanto a desproporçao, te mostrei através de numeros e vc ficou calado.

    Like

  29. Icarus says:

    Marcos Velten,

    icarus,
sobre esta pergunta, email.
    A discussão é aqui. Aulas particulares eu cobro a parte😉
    E ai, porque existem leões homossexuais?

    mas e ae, concordou tb q é auto-destrutivo?
    vc realmente quer dizer q atos imorais, desvairados sao apenas negligentes? quer dizer q imoralidade é o mesmo q descuidado?
    Irmão, vc não entendeu patavinas do que eu escrevi. Lei um pouco mais com calma o que eu já escrevi.

    Like

  30. Icarus says:

    Lei -> Leia

    Like

  31. Marcos Velten says:

    Icarus,
    eu li mt bem, e vc disse q tanto os homossexuais qt os glutoes (rs) q por isso ficaram doentes, foram negligentes! Atos promiscuos (homossexuais) com negligencia?
    vc está sendo desleal desde o inicio, qt a destoar o assunto ao dizer q a contaminaçao é simplesmente apenas por falta de cuidado e nao é.
    se for entao assim, poderia afirmar categoricamente q 80% dos homos sao retardados/burros, vc pode afirmar isso? pq pra nao se previnir e ainda sabendo q seu grupo é o de risco é um fator bastante fundamental.

    e entao, vc realmente quer dizer q atos imorais, desvairados sao apenas negligentes? quer dizer q imoralidade é o mesmo q descuidado?

    sobre leos, eu nao vejo isto no artigo para discutir aqui, portanto, seja coerente!
    e responda as perguntas, é tao dificil? rs

    Like

  32. Icarus says:

    Marcos Velten,

    Irmão, presta atenção, moral é algo que depende da cultura na qual o observador esta inserido.

    Quando vc julga um comportamento como imoral, é a sua opinião, não se esqueça disso.

    O que o leão tem a ver com o artigo? Nada e tudo.

    Eu digo que os homossexuais nascem assim, não escolhem isso. E vi isso acontecer na minha família.

    Like

  33. Marcos Velten says:

    Icarus, sem mais!

    Like

  34. Icarus says:

    Mats,

    Porque a homossexualidade é um comportamento que conduz à promiscuidade.
    Se achas que não, então dá-me uma razão lógica que justifique o facto dos homossexuais estarem desproporcionalmente representados nos casos de SIDA.
    Porque é que achas que isso acontece?
    Eu não acredito que a homossexualidade seja o motor da promiscuidade por si mesma.

    Eu acredito que a procura por vários parceiros é uma característica nativa do homem. Eu vejo por mim mesmo, hehehehe. O que me segura na monogamia? Justamente a minha esposa e os meus filhos.

    Muitos heterossexuais com parceiras fixas acabam tendo casos, mas o fazem com pouca freqüência, por causa dos obstáculos óbvios.

    No caso dos homossexuais, a oferta de parceiros disponíveis são muito maiores, justamente pelos fatores citados acima.

    Se tu fores capaz de dar a resposta certa a esta pergunta, tu vais ver o porquê dos médicos e outros conservadores se focarem no comportamento em si e não só na promiscuidade.
    Vou repetir o que eu já disse. O Conselho Federal de Medicina, assim como a OMS, não tratam a homossexualidade como um problema. Se um médico ou psicólogo, aqui no Brasil, focar no comportamento pode ser processado e cassado.

    Não, não é. Pode ser útil em casos pessoais, mas como medida social de combate à epidemia da SIDA (especialmente entre os homossexuais) o preservativo não funciona.
    Eu disse que o preservativo é o método mais eficiente em relação a abstinência que vc colocou. Uma hora a necessidade de fazer sexo vai falar mais alto.

    Eu concordo que a promiscuidade é um problema, disse lá em cima que é nisso que o nosso “canhão” deve apontar e é justamente o que o cientista de Havard está dizendo.

    Dizer que as pessoas não devem ser homossexuais, só vai gerar mais frustrações e é a mesma coisa que tentar tampar o Sol com a peneira.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s