A diferença que o Senhor Jesus faz

Um homem das ilhas Fiji pergunta ao militante ateu Christopher Hitchens o que é que o ateísmo tem para lhe oferecer, uma vez que o Cristianismo conduziu a que o seu povo deixasse o canibalismo.
O militante ateu praticamente ignora o ponto da questão, e alega que há algo de errado com o Cristianismo uma vez que ele só chegou há Terra há 2,000 anos. Supostamente isto significa que antes disso Deus não Se importava com a humanidade.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Sociedade and tagged , , , . Bookmark the permalink.

17 Responses to A diferença que o Senhor Jesus faz

  1. O Hitchens fugiu completamente à questão. Ele já sabia que o ateísmo não tinha nada de bom para oferecer ao povo das ilhas Fiji portanto o melhor é mudar de táctica e desviar as atenções para outro assunto.

    Like

  2. Karina says:

    Sabe aquela coisa: a melhor defesa é o ataque?? Pois é, se encaixa perfeitamente nesse caso. Como a teoria ateísta não tem nada de bom como alternativa ao canibalismo (*), o melhor a fazer é procurar ridicularizar e desmerecer o cristianismo.

    (*) para os anti-teístas, tudo é válido. Comer carne humana deve ter feito parte dos genes dos nossos antepassados em algum momento da escala evolutiva…

    Like

  3. Nuno Dias says:

    Argumentos interessantes Katrina, observo que a tua ingenuidade para com os ateus é tão grande quanto para a tua crença.

    O ateísmo tem para oferecer, actualmente, livrarem-se de uma crença fantasiosa. Teria para oferecer, na altura, livrarem-se de crenças de um qualquer Deus local.

    Talvez algumas cabecinhas consigam aceitar que tradições com centenas de anos são alteradas pela palavra de Deus, amor e de tretas semelhantes mas nunca é isso o que acontece. O que acontece é que novas mentalidades são impostas!

    Like

  4. jonas says:

    Nuno!

    Estas “tradições” sempre estiveram debaixo de Valores Morais Absolutos(objetivos),queiramos ou não,pois se eles(Valores) não existissem qual a diferença em ser uma Madre Teresa ou um Hitler.A Relatividade ou Subjetividade diz que ações Morais podem ser boas e más ao mesmo tempo e isto não é cooerente.

    Quanto as tradições em civilizações extremamente perversas,seu fim foi a extinção,e portanto é interessante observar que até as “tradições” quando moralmente pervertidas se tornam o algoz desta civilização.

    Valores Morais Objetivos existem,então qual a sua explicação?

    Like

  5. Carlos Cardoso says:

    A evolução dos valores defendidos pelo cristianismo ao longo dos ultimos 2000 anos é a prova evidente que esses valores são tudo menos objetivos.

    Like

  6. Nuno Dias says:

    que “Valores Morais Objetivos” são esses?

    Like

  7. Karina says:

    Vale lembrar que, apesar de Cristo ter nascido há pouco mais de 2 mil anos, o teísmo sempre esteve presente em todas as civilizações.

    @Nuno, entre uma crença que me mostra a beleza da criação diante do Criador, que dá dignidade às coisas, e outra que diz que não há diferença entre mim e um verme, prefiro continuar “ingenuamente” acreditando na primeira. Thanks.

    E meu nome não é Katrina😉

    Like

  8. Nuno Dias says:

    Karina, és como o Furacão Katrina😉

    Like

  9. Karina says:

    kkkkkk, isso pode ser. Só não mato ninguém😉

    Like

  10. jonas says:

    Nuno!

    Valores como “bom”,”mau”,”certo” ou “errado” sem precisar evocar e fazer referência a DEUS.Isto está na essência de todo ser humano e quando há desvios como crueldade e perversidade a extinção desta comunidade ou etnia está a largos passos em seu encontro.

    Like

  11. Nuno Dias says:

    @jonas
    como é que avalias se é “bom”,”mau”,”certo” ou “errado”?

    Like

  12. jonas says:

    Nuno!

    Creio que percebes lá no profundo da alma quando estás certo ou errado ou fores bom ou mau.

    A avaliação é uníssona com a consciência inata destes valores objetivos incrustados em todo o ser humano.

    Like

  13. Jonas says:

    Nuno!
    Vou te deixar uma “pérola” do tio Darwin:”Qualquer animal que possuir um instinto social bem demarcado,irá INEVITAVELMENTE ADQUIRIR UM SENDO OU CONSCIÊNCIA MORAL,tão logo sua CAPACIDADE INTELECTUAL SE TORNE TÃO DESENVOLVIDA COMO O HOMEM.”

    Está é a explicação socio-biológica da Moralidade ateísta.Só que esta capacidade é ilusória no ateísmo,porque nele não há valores ou obrigações Morais Objetivas que temos de cumprir.

    Confusa esta visão ateista,não é?

    Like

  14. Nuno Dias says:

    não, não é.
    o que tu fizeste foi pegar numa frase com 150anos. O quanto fácil seria pegar em frases ou atitudes de um qualquer papa de há pelo menos 100 anos e transportar para o presente.
    Confundes ateísmo com evolucionismo.

    Estive para fazer alguma perguntas retóricas sobre bem e mal mas parece-me que não vale a pena. Penso que percebes bem lá no profundo do teu raciocínio que isso é um absurdo…

    Like

  15. Mats says:

    Nuno Dias,

    Confundes ateísmo com evolucionismo.

    Foram os próprios evolucionistas e ateus que trataram de unir as duas ideologias. O ateu Dawkins diz “Darwin tornou possível ser-se um ateu intelectualmente realizado”.

    Por implicação, isto significa que antes de Darwin os ateus não eram “intelectualmente realizados”.

    O ateu Provine diz “Evolution is the greatest engine for atheism ever invented”.

    Será que estes ateus evolucionistas também “confundem” o ateísmo com o evolucionismo, ou será que uma é mesmo a consequência (e às vezes a causa) da outra?

    Ateísmo e evolucionismo tem tudo a ver; são inseparáveis.

    Like

  16. Nuno Dias says:

    @Mats
    continuam a ser conceitos distintos.
    apenas se reforçam contra o mito da “criação divina”. Supondo que o princípio da evolução das espécies esteja errado mas que Deus não exista, neste caso, haveria uma clara distinção.

    Like

  17. Mats says:

    O facto de serem conceitos distintos não anula o facto de estarem intimamente conectadas. É mais ou menos como o comunismo e o ateísmo: distintos mas interdependentes.

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s