Darwin destronado por geólogo

Evolução gradual parece sinónimo com Charles Darwin, mas um geólogo da “New York University” discorda. De acordo com um artigo na PhysOrg, Michael Rampino acha que Patrick Matthew merece ser identificado por oferecer uma visão mais realista da evolução – a visão catastrófica.
“Matthew descobriu e claramente declarou a ideia da selecção natural, aplicou-a à origem das espécies e colocou-a no contexto dum registo geológico marcado por extinções em massa seguida por adaptações relativamente rápidas,” afirma Rampino, cuja pesquisa em torno de eventos catastróficos inclui estudos sobre actividade vulcânica e impacto de asteróides.
Levando em conta a aceitação recente da importância das extinções em massa catastróficas na história da vida, talvez seja tempo de considerar a visão evolutiva de Patrick Matthew como uma muito mais de acordo com as ideias actuais do que a visão de Darwin.

Ao colocar o ênfase em eventos catastróficos, Rampino está ao mesmo tempo a desqualificar um dos melhores amigos de Darwin – Charles Lyell, o ponto mais alto da geologia uniformitarianista. Rampino acha que Patrick Matthew estava muito à frente em relação aos seus pares, mas este dado escapou a atenção da comunidade científica da altura.



Rampino talvez não saiba, mas ao criticar o santo do ateísmo – Charles Darwin – ele colocou-se na linha de fogo dos militantes ateus. Não se pode pôr em causa Charles Darwin sem se sofrer ataques pessoais uma vez que, aos olhos do mundo secularista, um ataque a Darwin equivale a promover a Bíblia.

Como os secularistas são na sua maioria Teofóbicos, eles não toleram cientistas que criticam o homem que tornou possível ser um “ateu intelectualmente realizado”.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Geologia and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s