Porquê 37 graus?

Why the Human Body Temperature Is 98.6 Degrees

Os cientistas encontraram a razão (ou uma delas) para o corpo humano ter a temperatura de 37 graus Celsius (98.6° Fahrenheit). Aparentemente esta é a temperatura perfeita uma vez que é suficientemente quente para prevenir infecções fungosas mas não tão quente que nos force a comer o tempo todo como forma de manter o nosso metabolismo.
Os cientistas sempre se questionaram sobre o porquê dos mamíferos superiores serem tão quentes quando comparados com outros animais. E agora já se tem uma ideia.

Os fungos que podem ser bem sucedidos em contaminar um animal geralmente diminuem em 6% por cada aumento de grau Celsius. Portanto, ficamos a saber que precisamos de um corpo mais quente como forma de repelir as infecções fungosas. A pergunta é: quão quente?

[Os cientistas] desenvolverem um modelo matemático que analisou os benefícios adquiridos pela temperatura corporal que se protege dos fungos em oposição aos custos (em termos de consumo extra de comida) necessários para manter a temperatura entre os 30° e os 40° C. A temperatura ideal para se maximizar os benefícios ao mesmo tempo que se minimizava os custos era 36.7° C, que está bem próximo da temperatura do corpo humano.

Conclusão:

Parece que Quem nos criou não só nos fez de um modo “terrível e maravilhoso”, como deixou uma vasta gama de evidências para o Seu Poder, Amor e preocupação com a Sua Criação. Que pena que os militantes ateus não aceitem os dados da ciência quando esta contradiz os seus mitos (ou seja, sempre).


Eu Te louvarei, porque de um modo terrível e tão maravilhoso fui formado; maravilhosas são as Tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem Salmo 139:14


[Fonte]

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , . Bookmark the permalink.

25 Responses to Porquê 37 graus?

  1. a fonte,pelo menos no crome, esta ilegivel

    Like

  2. Icarus says:

    No IE também hehe

    Like

  3. Jonas says:

    Para que a “fonte” se a gente já sabe que isto é a forma “milagrosa” com que as adaptações e as Mutações aleatórias realizaram através da Seleção Natural.

    Foram morrendo indivíduos até que se chegou a otimização plena.Milagre!!!
    Viva a trindade(,Seleção,mutações e o tempo.) e tudo isso sem inteligência ou teleologia.Fantástica ilação!!!

    Like

  4. ximxenhor says:

    E porque não terá decidido deus que a temperatura ideal seriam os 40 graus? Punha os fungos ainda mais longe (sempre sao mais 3 graus) e decidia tb q essa seria a temperatura ideal para se maximizar os benefícios. Aí o Mats poderia dizer que os 40 graus é que é …e isto funciona com qq temperatura. Se fosse 20 graus, deus tinha decidido q qt menor a temperatura menos os fungos (e já agr, para que inventou ele os fungos?) e q a esse temperatura haveria optimização dos recursos….

    Like

  5. Jonas says:

    Porque também aos 37 graus as enzimas que são fundamentais para as “maquinas moleculares” sejam otimizadas em seu “trabalho”.

    Exatamente é assim no darwinismo:soluções simplistas para visões simplistas.

    Like

  6. Ludwig says:

    E havia fungos patogénicos no paraíso?

    Like

  7. Nuno Dias says:

    bem visto
    Ludwig (16:31:07) :
    E havia fungos patogénicos no paraíso?

    outra coisa curiosa é a necessidade dos testículos estarem fora do corpo para a produção de espermatozóides, não produzem à temperatura do corpo. Estranho raciocínio o de Deus. Não seria mais simples criar um mecanismo que funcionasse à temperatura do corpo?

    Like

  8. Balelas!

    A maior prova é que sempre que os mosquitos portadores da malária precisaram dum charco para se reproduzirem os deuses, na sua infinita misericórdia, fizeram o charco para que os bichitos lá se reproduzissem.

    Abençoado Ganesh que tal bem fez!

    Like

  9. Mats says:

    Nuno Dias,

    outra coisa curiosa é a necessidade dos testículos estarem fora do corpo para a produção de espermatozóides, não produzem à temperatura do corpo.

    Eu não sei onde é que tiveste aulas de anatomia, mas os testículos não estáo “fora do corpo”.

    Estranho raciocínio o de Deus. Não seria mais simples criar um mecanismo que funcionasse à temperatura do corpo?

    Uma vez que existem no mundo de hoje cerca de 6 biliões de pessoas (fora os animais que se reproduzem com o sistema que Deus criou), podemos dizer que o sistema presente funciona bastante bem.

    Tens alguma sugestão melhor?

    Like

  10. Nuno Dias says:

    “Tens alguma sugestão melhor?”
    o aparelho reprodutivo feminino parece-me substancialmente mais seguro no que diz respeito à produção de óvulos.

    Like

  11. Mats says:

    Nuno Dias,

    o aparelho reprodutivo feminino parece-me substancialmente mais seguro no que diz respeito à produção de óvulos.

    Portanto, o teu “melhor design” seria todas as formas biológicas terem um aparelho reprodutor como o das mulheres?

    Like

  12. Nuno Dias says:

    @Mats
    parece-me que os testículos ficariam substancialmente mais protegidos se (esta parte do corpo😉 ) ficassem dentro do tronco.

    Like

  13. Icarus says:

    Barabucho,

    Simples. Deus tem um bom senso de humor. Ele se diverte muito quando o nosso filho pequeno, por exemplo, nos dá um belo soco nos testículos na frente de muitas pessoas😉. Ahhhh te peguei.

    hahahaha. Tá bom, esta foi péssima. Qualquer dia serei processado pelo sindicato dos humoristas pelo uso irregular da profissão.😦

    Like

  14. Mats says:

    Nuno Dias,

    parece-me que os testículos ficariam substancialmente mais protegidos se (esta parte do corpo😉 ) ficassem dentro do tronco.

    haha

    E em que parte do tronco, já agora?🙂 Quero ver como seria esse teu “melhor design”! lolll

    Like

  15. Nuno Dias says:

    E em que parte do tronco, já agora?
    Ocorreu-me nos sovacos mas haveria o risco de se ocupar demasiado espaço durante as refeições.
    Em região análoga a onde se encontram os ovários.

    Like

  16. Mats says:

    Nuno,
    Portanto achas que os testículos ficariam “melhor” dentro do corpo do homem, sensivelmente na mesma área interior onde estão os ovários?

    Like

  17. ximxenhor says:

    Mats:
    “Nuno,
    Portanto achas que os testículos ficariam “melhor” dentro do corpo do homem, sensivelmente na mesma área interior onde estão os ovários?”

    Porque não? Se deus tivesse decidido que sim, por que não? Porque os espermatozoides precisam de uma temperatura inferior? Bastava entao que deus tivesse decidido que não era preciso temperatura inferior… E já agora, deus não teve uma ideia melhor – é que o líquido seminal é uma porcaria para lavar. E pq é branco? e Pq e pq…?

    Like

  18. ximxenhor says:

    Mats:

    Porque não? Se deus tivesse decidido que os testículos estariam melhor no interior no tronco, por que não? Porque os espermatozoides precisam de uma temperatura inferior? Bastava entao que deus tivesse decidido que não era preciso temperatura inferior… E já agora, deus não teve uma ideia melhor – é que o líquido seminal é uma porcaria para lavar. E pq é branco? e Pq e pq…?

    Like

  19. Nuno Dias says:

    @Mats
    só consigo encontrar vantagens em comparação com a actual situação

    (porque será que estou sempre à espera que venha uma piada porca?)

    Like

  20. Icarus says:

    Nuno,

    “porque será que estou sempre à espera que venha uma piada porca?”
    😦

    Like

  21. Mats says:

    ximxenhor,

    “Nuno,
    Portanto achas que os testículos ficariam “melhor” dentro do corpo do homem, sensivelmente na mesma área interior onde estão os ovários?”

    Porque não?

    Tu é que tens que dizer porque sim. Fala com os médicos e pergunta-lhes sobre as vantagens do design TAL como ele está agora.😀

    E mais, se a forma como estão hoje em dia é tão “má”, porque é que a vossa teoria da evolução a reteve e a propagou pela maioria dos mamíferos que alguma vez existiram?

    Se é mau, não deveria a vossa evolução ter eliminado a muito tempo?

    Like

  22. jonas says:

    A questão dos testículos dentro ou fora da cavidade abdominal e sua real otimização me levou a lembrar de Stefhen Gould quando levantou o “falso” de que o polegar do Panda era sub-otimizado.Passado algum tempo engenheiros japoneses descobriram que este polegar do Panda era otimizado e de forma impressionante,pois fazia com que ele tivesse movimentos delicados de prensão palmar.

    A sub otimização é um engôdo darwinista na ânsia de provar que o “designer” errou,mas a ciência verdadeira cada dia mais prova que esta não passa de ignorãncia quanto as verdadeiras funções.

    Olhe os orgãos vestigiais,quanta baboseira.
    Mas é isto que acontece quando um paradigma precisa ser defendido ou vindicado.

    A simplificação e a ignorância são prima irmãs,e infelizmente escudeiros zeloso do darwo-ateísmo as tem como “armas”,que ao seu tempo mostram a sua ineficência.

    Like

  23. Nuno Dias says:

    @jonas
    pelo teu direccionar do tema testículos para outras filosofias, deduzo que também concordas que estaria melhor se estivesse dentro

    Like

  24. Nuno Dias says:

    @Mats
    Tu é que tens que dizer porque sim. Fala com os médicos e pergunta-lhes sobre as vantagens do design TAL como ele está agora.😀
    não estando expostos estariam mais protegidos.

    Se é mau, não deveria a vossa evolução ter eliminado a muito tempo?
    não se trata de ser mau mas poderia ser melhor. A evolução não planeia.

    porque é que a vossa teoria da evolução a reteve e a propagou pela maioria dos mamíferos que alguma vez existiram?
    a determinado momento da evolução verificou.se mais favorável os ter por fora. Caso se verifique que essas espécies conseguem ter um rácio de natividade/morte superior se os tiverem mais próximos do tronco, retrocederão.

    Like

  25. Mats says:

    Nuno,
    Então tal como está é o que a evolução reteve? Esta forma é melhor que as alternativas»

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s