Pilares da teoria da evolução: tentativa e erro

Fonte

Isto explica o porquê das leoas
eventualmente tomarem conta das caçadas

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to Pilares da teoria da evolução: tentativa e erro

  1. Gustavo Toreti says:

    Se acredita no que diz e pensa por que te usa tanto do ódio para defender tuas ideias e para atacar aqueles de quem discorda?
    Uma das coisas que todos os que realmente crêem num Deus deveriam saber é que a Paz sempre é o melhor caminho. Mas tu não segue este ensinamento.

    Se do outro lado vier pedrada revide com uma flor. Se revidar com outra pedrada isto nunca terá um fim.

    *só para deixar claro que discordo de boa parte do que escreve, mas como diria Voltaire “Posso não concordar com uma palávra do que dizes, mas lutarei até a morte pelo teu direito de dizê-las.”

    Abraço.

    Like

  2. Mats says:

    Gustavo,

    Se acredita no que diz e pensa por que te usa tanto do ódio para defender tuas ideias e para atacar aqueles de quem discorda?

    Não há “ódio” no que digo. Se achas que sim, dá exemplos.

    Uma das coisas que todos os que realmente crêem num Deus deveriam saber é que a Paz sempre é o melhor caminho. Mas tu não segue este ensinamento.

    “Num deus”?! Qualquer “deus”?
    A paz é o melhor caminho quando de facto é o melhor caminho. Mas quando se trata de pessoas que acham que tu deverias ser posto num campo de “re-educação” ou querem limitar as tuas liberdades apenas e só porque não aceitas que inserir o órgão sexual masculino no ânus de outro homem seja “normal”, então a “paz” está fora de questão.
    Eles declararam guerra aos cristãos, portanto vão ter o que pediram.
    Claro, isto não é um apelo À violência mas sim à necessidade de responder com firmeza aos absurdos que os anti-cristãos defendem.

    Se do outro lado vier pedrada revide com uma flor.

    Boa sorte!

    Se revidar com outra pedrada isto nunca terá um fim.

    Mas não é suposto ter um fim. Nunca vai haver um momento onde o mal desiste de atacar os cristãos. Se tu continuas mansinho, o mal apenas vai avançando até tu seres derrotado.

    *só para deixar claro que discordo de boa parte do que escreve, mas como diria Voltaire “Posso não concordar com uma palávra do que dizes, mas lutarei até a morte pelo teu direito de dizê-las.”

    Ok.

    Like

  3. Gustavo Toreti says:

    Antes de atacar alguém questione: isto me traz algum mal? Isto traz algum mal a alguém? Se não tráz por que atacar? Pegando este exemplo que tu citaste: os gays te trazem algum mal, trazem algum mal a alguém? Então por que atacá-los? Se são felizes assim: ótimo! Felicidade é a finalidade de nossas vidas. E bom, sobre questionar se é normal ou não é normal, então te pergunto: o que é normal? Abdicar das pernas para andar sobre um motor com quatro rodas é normal? Viver numa construção de dezenas de metros de altura é normal? Conversar através de uma máquina, sem nem saber onde está o meu interlocutor é normal?

    Pode ser difícil aceitar que outras pessoas sejam felizes de uma forma diferente da minha, por isso para os católicos só os católicos são bons, para os ateus só os ateus são bons, e é a mesma coisa para evangélicos, judeus, islâmicos e etc…. Mas uma forma diferente de pensar seria esta: “Eu sou feliz com o catolicismo, meu amigo é feliz com o ateísmo. Ótimo! Ambos somos felizes, ambos seguimos o caminho divino da felicidade! Pois se Deus criou o mundo não foi para ver seus filhos discutindo qual Deus é melhor. Deus criou o mundo para ver seus filhos felizes, acima de tudo!” E isto não quer dizer que não devemos discutir, discutir é ótimo! Todos crescemos discutindo, mas o que não concordo é com o ataque, com o ódio que observo tanto da tua parte quanto do teu “opositor”, o Lineu. E devemos discutir tendo em mente que “Bom, quero convencer meu interlocutor disto, mas se não conseguir não vou passar a ser inimigo dele, vou só continuar discordando, mas respeitando-o.”

    Abraço

    Like

  4. Mats says:

    Gustavo,
    Onde é que está o “ódio” nas minhas palavras? Podes me dar algum exemplo?

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s