Cartões de subsídio de desemprego usados em bares de strip

Aquilo que se obtém sem se despender esforço geralmente não é tão valorizado. Pelos vistos os esquerdistas que controlam o Estado de Washington começam a ter uma ideia do que isso leva as pessoas a fazer.
O Senador Mike Carrell está a suportar legislação que proibirá os cartões de subsídio de desemprego de serem usados em clubes de strip, salões de tatuagens, lojas de armas e tabernas.

Carrell afirma que uma investigação levada a cabo pela agência televisiva de Seattle KING reportou o mau uso dos ditos cartões.

Até parece que as pessoas gastam o dinheiro de forma menos sensata quando não são eles a gerar esse dinheiro (com o seu trabalho).

A estação televisiva já havia detectado que cerca de $2 milhões de dinheiro do subsídio de desemprego havia sido levantado nos casinos……..Agora a KING descobriu que os benefícios de subsídio de desemprego – conhecidos como cartões EBT – estão a ser descontados em cludes de strip e lojas de sexo.

Coisas como estas são o previsível nos “Estados Sociais”. A elite socialista acha que retirar dinheiro dos bolsos de quem trabalha, e colocá-lo nas mãos de quem não produz vai de alguma forma “redistribuir a riqueza”.

Não vai e por razões óbvias: aqueles que produzem dinheiro não vão ter motivação para produzir (para quê, se o Estado pega no dinheiro deles e dá-o a quem o Estado quer?) e aqueles que já não produziam vão-se sentir ainda menos motivados para trabalhar (para quê, se o Estado vai-lhe dar dinheiro sem ele trabalhar?).

washington-state-ebt-card.jpg
Sexo, tatuagens e casinos
O Estado social paga.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Política and tagged , , . Bookmark the permalink.

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s