Declínio moral da Inglaterra continua: Espectadores estarrecidos porque BBC passa seriado lésbico semi-pornográfico

Esta notícia tem cerca de 3 meses, mas ainda mostra que quanto menor é a influência da moral Bíblica na Inglaterra, maior é a decadência moral. Mas todos sabemos que isto faz parte do plano do marxismo cultural.

Original

Um drama lésbico controverso da BBC que mostrava duas mulheres fazendo sexo ao lado de um cadáver deixou os telespectadores estarrecidos.

Lindo. Da próxima vez que tal experimentarem em cima do cadáver?

O programa da BBC 3’s Lip Service, que é dirigido a espectadores tão jovens quanto 16 anos e começou a ser exibido nesta semana, atraiu reclamações de telespectadores. E uma das atrizes do seriado revelou que filmar o drama controverso foi como trabalhar em set pornô.

Pornô?

Laura Fraser, que interpreta uma personagem chamada Cat, disse: “Eu comecei a me sentir como se eu estivesse fazendo um filme pornô. Começou a me assustar um pouco. Estávamos todos apavorados. No final de um dia eu estava pensando ‘o que estou fazendo da vida?’

Vender a alma? Casualidade de guerra na batalha cultural? Peão dispensável? Há muitas maneiras de classificar o que ela está a fazer com a sua vida.

E então eu estava indo para casa com a minha filha Lila de seis anos que se sentia muito estranha“.

BBC
A BBC descreve Lip Service como sendo um drama “ousado” sobre a vida sexual e amores de lésbicas de vinte e poucos anos que vivem na Glasgow contemporânea”.
No entanto, o espetáculo atraiu um número de reclamações. Alice Seddon, que contatou um jornal nacional, disse: “Fiquei chocada e horrorizada. Era tão sem noção que desliguei”.

Tal como os marxistas culturais desejam. O problema é que estas coisas vão voltar a acontecer até que a sensibilidade das pessoas esteja cauterizada.

Agitada
Outro espectador, ao comentar em um fórum na internet, descreveu a cena de sexo no salão funeral como “de virar o estômago”. Harriet Braun, a criadora do show, falou ao Newsbeat da BBC e afirmou que o show é o mais realista possível. Ela disse: “Foi importante para mim que as personagens lésbicas apareçam como autênticas para um público lésbico. Eu queria que refletissem a vida real“.

Se é para “reflectir a vida real” homossexual, espero que não se esqueçam de colocar lá, por exemplo, a violência doméstica, a promiscuidade, as relações de curta duração, e a desproporcional presença de homossexuais entre os pedófilos. Mas algo me diz que estes dados da “vida real” homossexual não vão ser incluídos na série televisiva.

Homossexuais
O primeiro episódio da Lip Service foi exibido na noite de terça-feira e assistido por cerca de 580.000 pessoas. No início deste mês um novo relatório encomendado pela BBC disse que homossexuais e bissexuais devem ser representados com mais freqüência e mais autenticamente pela emissora.

Excepto se isso não puder ser usado para a promoção da homossexualidade.

No entanto, o relatório também revelou que quase um em cada cinco espectadores é “desconfortável” ou “muito desconfortável” com cenas homossexuais.

Claro. Mas séries como esta tem como propósito retirar toda a normal aversão que todo o ser humano tem a comportamentos homossexuais da sociedade.

Estereótipos
O relatório oficial, intitulado Retrato de lésbicas, gays e bissexuais na BBC, recomendou que a empresa deixe de retratar os estereótipos dos homossexuais.

Não é um “estereótipo” afirmar que a vida homossexual é caracterizada pela promiscuidade. É um facto amplamente demonstrado.

No entanto, segundo o próprio relatório da emissora, mais espectadores homossexuais e bissexuais na verdade pensaram que o retrato feito pela corporação dos homossexuais era “realista” ao invés de “estereótipa”.

O relatório também mostrou que dois terços dos espectadores estariam desconfortáveis ao assistir uma cena de sexo entre dois homens antes das 9 horas da noite, e quase metade disse que não queria ver dois homens beijando.

Homofóbicos!


Desconfortável


Mesmo após o horário de 9 horas da noite, mais de um em cada cinco espectadores, cerca de 21 por cento, disseram que estavam desconfortáveis ao ver dois homens de mãos dadas.

O relatório seguiu as estatísticas oficiais que mostram que apenas um por cento da população eram homossexuais, e apenas 0,5 por cento da população eram bissexuais.

Fonte: Christian Institute

Eis, portanto, a Inglaterra sem o Cristianismo: mostrar séries televisivas onde se vêem actos homossexuais na presença de cadáveres.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Pecado, Sociedade and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

One Response to Declínio moral da Inglaterra continua: Espectadores estarrecidos porque BBC passa seriado lésbico semi-pornográfico

  1. Nicolau says:

    Acho que a “União Europeia” deve se chamar de União de Pederastas da Cúlandia! Os muçulmanos invadem e destrõem a Europa, e a “União Europeia” promove a Pederastia Homosexual, vão pro inferno, merecem serem “comidos” pelos muçulmanos!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s