Como a ciência destruiu o lamarckismo

Para além da selecção natural, o mecanismo evolutivo mais influente foi o proposto pelo francês Jean Baptiste Lamarck. A teoria de Lamarck foi popular entre os 1800s e 1940s.

O seu mecanismo principal era a hereditariedade Lamarckina – também conhecida como os efeitos hereditários do uso e desuso das partes. A teoria alegava que as características adquiridas (ou perdidas) durante a vida podem ser herdadas pelas gerações futuras.

O seu exemplo clássico era o do pescoço da girafa.

As girafas esticam os seus pescoços para chegar ao topo das árvores e comer das folhas lá presentes. Este esticar aumenta levemente o comprimento dos seus pescoços. A teoria de Lamarck sugeria que esta capacidade adquirida é herdada pela descendência.

Após várias gerações isto teria um efeito cumulativo que faria com que cada geração tivesse pescoços cada vez maiores.

E foi deste modo que a girafa supostamente adquiriu o pescoço que actualmente possui.

A queda do Lamarckismo começou no ano de 1885 quando Weismann publicou a sua hipótese acerca da “continuidade do plasma germinativo”. A sua hipótese diz que as células responsáveis pela reprodução (as células germinativas) são separadas das células do corpo (soma) desde o princípio da vida, e nada do que acontece às células do corpo durante a vida pode ser comunicado às células germinativas de forma que possa ser passado à geração seguinte.

Actualmente nós temos uma base sólida para rejeitar a teoria de Lamarck.

Primeiro, muitas experiências falharam ao tentarem demonstrar a veracidade do Lamarckismo. Segundo, o nosso conhecimento do ADN e da fisiologia das células confirmam Weismann em detalhe.

Nós agora entendemos os mecanismos específicos que previnem a comunicação da informação adquirida das células somáticas para o ADN das células germinativas. A hipótese de Weismann está hoje em dia perfeitamente confirmada, embora tenha havido algumas tentativas de a destronar.

Portanto, a teoria de Lamarck está falsificada – pelo menos na sua forma clássica – embora alguns evolucionistas tentem ainda confirmá-la.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

26 Responses to Como a ciência destruiu o lamarckismo

  1. Dalton says:

    Engraçado, o Lacarckismo se aproxima bastante da evolução.

    Like

  2. Até era um hipótese interessante para explicar o registo fóssil. As populações mudavam não por seleção natural mas por utilizarem capacidades que passavam às gerações futuras. Foi uma alternativa, no século XIX, à teoria da evolução.

    Outra hipótese para explicar o registo fóssil era o das criações e aniquilições sucessivas.

    Like

  3. Dalton:

    Lamarck pretendia responder à mesma questão de Darwin:

    Como interpretar a alteração das populações e o registo fóssil.

    Lamarck, embora errado, foi tão brilhante como Darwin e Wallace.

    É assim que se faz ciência.

    Like

  4. Mats says:

    João Melo,

    Lamarck pretendia responder à mesma questão de Darwin:
    Como interpretar a alteração das populações e o registo fóssil.

    Falso. Ele pretendia dar resposta para o problema da ORIGEM (não alteração) das formas de vida. Lembra-te, João: a evolução tem que explicar a origem das formas de vida porque vocês dizem que esta é a única alternativa “científica” à Criação Bìblica.

    Lamarck, embora errado, foi tão brilhante como Darwin e Wallace.

    Se ele estava errado na sua análise, o que é que o torna “brilhante”? Ou será que Lamarck era “brilhante” por motivos nada relacionados com a sua versão da teoria da evolução?

    Like

    • Denilson says:

      A ideia central da evolução não é a origem do ser vivo e sim demonstrar suas modificações/extinçoes com o passar de muito tempo usando a seleção natural como responsavel destas .A evolução não tem que dar respostas quanto à origem do ser vivo e sim origem da diversificação das especies.A teoria da evolução das especies não foca se a origem foi abiogenetica ou biogenetica,ou outra forma qualquer.Se foca na seleção natural e nas suas consequencias envolvendo todos os seres vivos (e extintos).

      Like

    • Jardson says:

      Brilhante por ter dado uma hipótese coerente. Lembre-se, hipótese, não teoria, pois não tinha como verificar de forma correta naquela época.

      Like

    • Ana Silva says:

      Mats:

      “Se ele estava errado na sua análise, o que é que o torna “brilhante”? ”

      Mats, Newton “estava errado na sua análise”, como ficou provado pelos trabalhos de Einstein, Plank, Bohr, Schrodinger e tantos outros.

      Quer isso dizer que Newton não era “brilhante”?

      Like

      • Danilo says:

        Newton NÃO estava errado, Ana. Suas análises apenas estavam incompletas.
        Suas leis explicam perfeitamente e são válidas para todos objetos visíveis ou macroscópicos. Mas não pode-se dizer o mesmo para objetos estudados somente pela Física Quântica (de dimensões bem menores).
        Agora Lamark não estava incompleto, Lamark estava completamente errado.

        Like

      • Ana Silva says:

        Danilo:

        “Suas análises [ de Newton] apenas estavam incompletas.”

        De certa forma, sim, Danilo. Mas as leis de Newton “não explicam perfeitamente”, nem “são válidas para todos os objectos visíveis ou macroscópicos”. É por essa razão que “apareceu” a teoria da relatividade.

        O exemplo mais “macroscópico” desta “falha” no nosso sistema solar é o movimento do planeta Mercúrio em torno do Sol, que a teoria de Newton não consegue prever ou explicar (ver, por exemplo, https://www.if.ufrgs.br/cref/?area=questions&id=1406 e http://www.if.ufrgs.br/cref/?area=questions&id=719).

        A discrepância entre a realidade e o que é previsto pelas leis de Newton para o movimento de translação de Mercúrio deve-se à curta distância entre este planeta e o Sol e ao facto de o Sol ter uma massa muito (mesmo muito, muito) superior a Mercúrio.

        As leis de Newton também não são a base do GPS, que só funciona quando consideramos (ao contrário de Newton) que o tempo e o espaço não são constantes.

        Agora se “não pode-se dizer o mesmo para objetos estudados somente pela Física Quântica (de dimensões bem menores)” e sabendo que as leis de Newton não conseguem também explicar o movimento/efeito de objectos de grandes dimensões e/ou com maior densidade (por exemplo, as estrelas de neutrões) então…

        … não é isso o mesmo que dizer que “Newton “estava errado na sua análise”?

        Like

  5. Mats:

    Lamarck foi um grande biólogo. Claro que com a informação que tinha na época não poderia ir muito além.

    Tem o grande mérito de ter tentado dar uma explicação para a evolução das espécies.

    Muito antes de Darwin e Wallace que já tinham muito mais informação.

    Newton, Einstein e Freud estavam errados em muita coisa. No entanto foram grandes cientistas.

    Like

  6. Mats says:

    João,
    O que é que Lamarck fez que o torna num “grande biólogo” ?

    Like

  7. Não podes julgar um pensador do passado por ele desconhecer fatos que para nós são triviais.

    Lamarck perante a variação dos organismos apresentou uma hipótese. Foi relativamente aceite até aparecer a TE.

    Mesmo nos primeiros tempos da TE havia algumas dúvidas se o Lamarquismo não explicaria melhor a variação dos organismos.

    Repara que isto de ciência não cai do céu aos trambolhões. Trata-se dum conjunto de pequenos passos, cumulativos, que nos permitem melhor conhecer o mundo.

    Já se conheciam partes de fósseis há muito tempo. sabia-se que animais daqueles ninguém tinha visto e mesmo os relatos mais antigos não falavam deles.

    Foi durante o século XIX que se descobriu que eles aparecem em camadas, aparecendo um tipo numa camada e outros noutra camada. Só no final do século XIX se começou a conseguir ter noção dos periodos de tempo implicados, etc e etc.

    Claro que agora um estudante do secundário sabe em que época foram construídas as pirâmides, quanado foram pintadas as grutas de Lascaux, quais as diferenças e semelhanças genéticas dum neardanthal connosco, o tempo que demora a luz a chegar até nós, etc e etc, assim como os métodos diretos e indiretos de datação.

    No tempo de Lamark nem se sabia que a luz demorava tempo a cá chegar, nem nada de ADN ou genética e, pensava-se que as pirâmides eram os celeiros do faraó.

    Teve o mérito de apresentar o que poderia ser uma boa resposta. Claro que agora é fácil dizer que se está mesmo a ver que Darwin (e Wallace esse esquecido) é que tinham a resposta certa.

    Foi preciso correr muita água debaixo da ponte para se saber o que se sabe agora : tectónica de placas, velocidade da luz, processos de fossilização, animais congelados, túmulos neóliticos, métodos de datação…..

    Newton não foi burro nenhum. Não previu a relatividade – nem podia prever- perdeu imenso tempo com astrologia, ciências ocultas e nem sei que mais.

    De qualquer modo a gravitação (mesmo sabendo nós que tem erros) foi uma grande descoberta.

    Like

  8. Mats says:

    João,
    portanto, o que torna Lamark num grande biólogo é…….?

    Like

    • Roberta Braga says:

      Caso você pesquise sobre ele e se interesse…
      Lamarck foi o primeiro a diferenciar Aracnídeos de insetos, e foi quem criou a classificação dos crustáceos.
      O fato de Lamarck ser ridicularizado por não ter informações para moldar sua teoria não muda suas conquistas. Ele ainda foi o primeiro a verdadeiramente questionar a idéia do imutável. Só para lembrar que na época ele não tinha os conhecimentos que temos hoje.
      E, realmente, ele abriu portas. Talvez hoje ainda estaríamos acreditando que a evolução é só uma teoria de malucos, pois ele foi o Primeiro a teorizar e ser taxado de maluco.
      E sério… So pra constar, ele nunca usou a teoria da Girafa. Das aves de pernas longas? Sim. Das girafas? Nunca.
      E, embora tenha furos sim (bastentes), sua teoria do Uso e Desuso não esta de todo errado.
      Fiquei um ano malhando seu braço direito e sem mexer um milímetro o seu esquerdo. Depois me diga o que acontece.
      Sobre sua segunda teoria, realmente tem o maior problema. Mas todos erram, e ele não foi o primeiro, nem vai ser o último.

      Like

  9. Vai de copy e past…

    Os primeiros enciclopedistas, convidam La Marck para fazer o dicionário de Botânica da enciclopedia. Em 1789 é nomeado guardião dos herbários do rei, aquando do ínicio da revolução francesa. Em 1791 funda o jornal de História Natural, que tratava das modificacões da terra, das transformacões das espécies, etc.

    Publica um trabalho fabuloso sobre a “Historia Natural dos Animais sem Vértebras” e a partir de 1794, publica várias obras onde apresenta ideias sobre Quimica, Fisica, Geologia, Fósseis, Meteorolgia…

    Entre 1800 e 1810 publica 11 anuários meteorológicos. Lamarck é o fundador da Meteorologia Moderna e configura alguns dos principais métodos da Meteorologia e publica uma série de obras – “Investigação sobre as causas dos principais fenómenos fisicos”, etc…
    Lamarck inventou uma nova palavra: BIOLOGIA!
    Ele propõe uma teoria muito simples que explica racionalmente as mudanças adaptativas.

    Foi o primeiro a separar os anelideos, os crustáceos e os insectos.

    Chega?

    Like

  10. Mats says:

    João,
    Então a grandeza de Lamarck não se deve ao seu trabalho evolutivo (que nós sabemos estar manifestamente errado) mas a outra faceta do seu trabalho.

    Era isso que queria chegar.

    Like

  11. É verdade.

    A teoria da evolução deve-se a Darwin.

    Lamarck andou lá perto mas não acertou.

    Agora concordas comigo que andou lá bastante perto.

    Penso que com os dados que tinha dificilmente conseguiria chegar ao ponto de Darwin e Wallace.

    Acho que é uma injustiça falar-se só de Darwin. O Wallace, independentemente de Darwin, também lá chegou.

    O pensamento de Darwin foi influenciado por um tio dele e por Lamarck.

    Andaram perto da TE…no entanto não deram o salto.

    Claro que agora a TE parece-nos tão evidente que parece inacreditável como não foi teorizada antes.

    Mas nestas coisas é preciso alguém que pense nas coisas.

    Like

  12. Mats says:

    João,
    a TE é tão “evidente” hoje como o que no tempo de Lamarck. Ainda não encontrámos o mecanismo natural que seja capaz de transformar um réptil numa áve, ou um mamífero terrestre numa baleia.

    Convém lembrar também que o Wallace, mais para o final da sua vida, rejeitou a teoria da evolução e começou a acreditar numa variação de design inteligente.

    In a new biography, Alfred Russel Wallace: A Rediscovered Life, University of Alabama science historian Michael Flannery tells how Wallace grew disenchanted with natural selection as a theory capable of explaining life’s complexity. Wallace (1823-1913) concluded that many features of living organisms could best be explained as the product of design by a “directive Mind.

    Curioso que um dos inventores da versão moderna da teoria da evolução a tenha abandonado por razões estritamente científicas.

    Fonte

    Like

    • Denilson Balabuch says:

      É ,afinal então o Design Inteligente seria a resposta que precisamos ,como prova irrefutavel que existe um criador inteligente agindo por tras de todo este mecanismo natural existente.Umsa prova irrefutavel ainda não encontrada , mas mesmo assim pra muitos uma evidencia inequivoca do que obviamente não é possivel naturalmente existir.

      Like

  13. Sim. Wallace no fim da vida procurou algo como o DI. Isso não lhe tira o mérito de ter descoberto independentemente de Darwin a T.E.

    Por Newton ter sido alquimista e astrólogo não se lhe pode tirar o mérito da gravitação.

    Foram todos grandes cientistas.

    Eu entendo que não entendas a TE, a relatividade e a mecânica quântica.

    De fato são um bocado contra o senso comum e colocaram questões filosóficas e religiosas interessantes.

    Parte do Islão e os Cristão mais conservadores ainda não conseguiram digerir a coisa, como é o teu caso, e preferem atacar as pessoas ou a procurar zonas menos claras para atacar as teorias.

    O argumento mais comum é que são só teorias e outros disparates do gênero. Tipo : há fósseis de peixes no Sahara logo o dilúvio universal, excepto para Egipcios, Chineses, Indianos, Pacífico Sul, Europa, que esses – certamente por falta de conhecimentos – foram invulneráveis ás aguas….

    As igrejas com teólogos com mais formação na área científica como a Igreja Católica já resolveram há décadas esta aparente incongruência.
    Mesmo no mundo Islâmico os clérigos mais liberais e ligados à área cientifica já conseguiram concatenar o Alcorão e a ciência.

    As congregações com menos formação ainda não.
    Penso que lá chegarão.

    Penso que é de salientar o papel da Companhia de Jesus e dos seus padres cientistas – especialmente nas áreas de biologia, história e física – na capacidade que a ICAR teve em renovar-se e conciliar a ciência e a sua fé.

    Uma sugestão para os banners de ciência e religião :

    Teillard de Chardin era Cristão e estudou a evolução.

    Georges-Henri Édouard Lemaître, padre católico, foi o primeiro a propor a teoria do big-bang.

    Sempre são mais recentes….

    Like

  14. Mats says:

    João Melo,

    Sim. Wallace no fim da vida procurou algo como o DI. Isso não lhe tira o mérito de ter descoberto independentemente de Darwin a T.E.

    É bastante relevante que um dos fundadores da versão moderna da teoria da evolução tenha rejeitado a sua própria teoria depois de ter analisado melhor as evidências, e tenha passado para o campo do inimigo (DI). Acho que é complicado os evolucionistas criticarem Wallace de “não saber de ciência” quando ele é um dos fundadores da teoria que mais tarde rejeitou.

    Por Newton ter sido alquimista e astrólogo não se lhe pode tirar o mérito da gravitação.

    Seria relevante (embora Biblicamente irrelevante) se Newton tivesse inventado a alquimia e a astrologia e mais tarde tivesse rejaitado ambas em favor da alternativa.

    Eu entendo que não entendas a TE, a relatividade e a mecânica quântica.

    Tal como Wallace aparentemente não entendia a TE quando a rejeitou.

    De fato são um bocado contra o senso comum e colocaram questões filosóficas e religiosas interessantes.

    O problema da TE não é só que é contra o senso comum, mas sim que é falsa. As outras, embora possam torcer a forma de pensar que nós chamamos de “normal”, são teorias e científicas válidas com vários testes e evidências.

    Penso que é de salientar o papel da Companhia de Jesus e dos seus padres cientistas – especialmente nas áreas de biologia, história e física – na capacidade que a ICAR teve em renovar-se e conciliar a ciência e a sua fé.

    Não esquecer também o papel que a apóstata Companhia de Jesus teve na inserção de numerosos comunistas na hierarquia da Igreja Católica:

    Nos escalões superiores da hierarquia vaticana, ele era o protetor por excelência da Companhia de Jesus, criadora da “Teologia da Libertação” e quartel-general dos comunistas infiltrados na Igreja.

    http://www.olavodecarvalho.org/semana/101122dc.html

    Portanto a Companhia de Jesus defende a evolução, a teoria da “libertação” e o comunismo.

    Coincidência?

    Like

  15. A companhia de Jesus e a Santa Sé são comunistas?
    É como dizer que uns padres serem pedófilos todos os padres são pedofilos.

    Nem há resposta possível.

    Há falta de argumentos atacam-se as pessoas.

    E Teillard de Chardin e Lemaître nem eram Jesuitas. Portanto não militantes dum partido comunista qualquer.

    Wallace morreu há que anos. Se calhar com os dados que tinha o DI poderia ser uma alternativa viável.

    A DI ou o CTJ não são o outro lado.

    Não são ciência como a entendemos. A astrologia e o CTJ não são alternativas, cientificas, à astrofisica.

    São apenas não ciência.

    Vais colocar os banners do Lemaître e do Chardin ?

    Ou são comunistas ?

    Essa da Igreja Católica comunista é do melhor.
    Até o João Paulo II se riu…
    O Bento XVI não deve ter tanto humor….

    Like

  16. Mats says:

    João Melo,
    Pelos vistos não leste o que a citação revela. Ela diz que a Companhia de Jesus foi criadora da ideologia marxista chamada de “teoria da libertação” e agente activo na infiltração de comunistas na igreja. Tu usaste essa entidade como alguém que harmoniza a “religião” com a teoria da evolução. Eu respondo que aquilo que a Companhia de Jesus aceita ou deixa de aceitar é irrelevante, ESPECIALMENTE se levarmos em conta que essa instituição foi invadida pelo marxismo.

    Vê bem o que eu estou a dizer e o que NÃO estou a dizer.

    Tu dizes que o DI e a TJ não são o outro lado, mas isto contradiz Darwin e a maioria dos evolucionistas. Eles sempre disseram que a teoria da evolução veio para refutar a noção do Deus Criador. Em quem é que devo acreditar, em ti, ou em Darwin, Dawkins, Dennet, Julian Huxley, Harris e todos os militantes ateus que afirmam que a teoria da evolução refuta a Criação Bìblica?
    Conclusão:
    1. O que a Companhia de Jesus considera ciência é irrelevante para a verdade da Criação Bíblica.
    2. A teoria da evolução foi criada para refutar o DI no geral, Criação Bìblica no particular. Portanto, quando eu digo que Wallace, um dos fundadores da versão moderna da mitologia da evolução, rejeitou a sua própria teoria e passou para o outro lado (DI), eu estou de acordo com os dados da história.

    Agora, tu podes ir contra Darwin e companhia e dizer que o DI não é alternativa à teoria da evolução, mas isso já é problema teu. Eu e os evolucionistas do passado acreditamos que é.

    Like

  17. Aí tens razão.

    No passado pensava-se que o CTJ ou o DI eram alternativas válidas à alteração das espécies.

    Não se sabia a idade da terra, os fósseis eram poucos, nada se sabia do ADN ou do funcionamento das estrelas.

    Antes de Newton pensava-se que eram seres sobrenaturais ou esferas de cristal que seguravam os corpos celestes.

    Ninguém se tinha apercebido que as espécies mudavam com o tempo, não era possível saber a que distância estavam os corpos celestes, que a luz tem velocidade, etc e etc,

    Durante a época vitoriana os cientistas, nomeadamente os geólogos, aperceberam-se que a terra tinha de ser antiga. A erosão indicava idades muito antigas. O aparecimento de fósseis arrumados por camadas levantava também questões que na altura eram difíceis de responder.

    Claro que não podiam datar com precisão a idade da terra mas aperceberam-se que esta tinha de ser da ordem dos milhões e não de milhares de anos.
    Isto deveria parecer estranho na época até porque nem se percebia como é que o sol aguentava tanto tempo a arder.

    Perceberam que ou houve várias criações e destruições sucessivas ou as espécies de uma maneira qualquer alteravam-se.

    Foi a ciência dos séculos XVIII, XIX e XX que retiraram os deuses da trajétoria dos corpos celestes, das trovoadas, do arco-iris e por aí fora.

    Os deuses foram sendo empurrados e limitam-se a tapar lacunas.

    Quando não se sabia explicar um fenómeno diz-se : obra sobrenatural!

    A TE não surge para contrariar os fundamentalistas Biblicos.

    Aparece para explicar o registo fóssil, numa terra antiga e a diversidade dos seres vivos.

    Até à data não há qualquer explicação que melhor se adapte ao dados, nos permita fazer previsões e seja falsifiável.

    Dai o ser o paradigma. Nem os CTJ pretendem que outra coisa seja estudada nas universidades.

    Dizer que Newton foi o inimigo das esferas de cristal ou dos anjinhos que impulsionavam os planetas é exagero. Ele apenas trouxe uma explicação melhor que as anteriores.

    O mesmo se passa com a TE. Não é “inimiga” do Lamarkismo, do fixismo, da tradição Védica, da mitologia do pacifico sul ou da narrativa do Génesis.

    Trouxe foi um modelo que melhor se adapta às evidências.

    Isso não tira valor a quem pensou anteriormente no assunto e apresentou narrativas. O escritor do Génesis seria alguém muito culto na sua época e apresentou a que era considerada a melhor hipótese.

    Da mesma maneira que o escritor dum dos Evangelhos narra que o Diabo levou Cristo a uma montanha tão alta que de lá se viam todos os reinos da terra.
    Isto na altura estava de acordo com os conhecimentos. A terra seria um círculo plano ou uma esfera mas apenas habitada numa pequena zona.
    Isto não era errado. Era o melhor que se sabia.
    Se ele soubesse dos habitantes do pacifico sul ou das américa não era escritor…era bruxo!

    Tens sempre que analisar os conhecimentos dentro da época em que foram escritos. Não se pode acusar de ignorância alguém que diz que colocando uma vara duma dada cor perto dos animais isso influi na sua cor ou que parando o sol e a lua o dia é maior.

    Na altura era essa a melhor ciência.

    Claro que atualmente pensar que a terra tem 6000 anos ou que as estrelas estão presas a esferas de cristal é ignorância.

    Essa dos Jesuítas é porreira.

    E quanto aos banners aínda te dava outra sugestão alem de Chardin e Lemaitre….que não foram Jesuítas.

    Bento XVI
    Ele condena o CTJ como heresia e aceita a evolução.

    Um aliado de peso para se perceber que religião e ciência não são incompatíveis.

    Like

  18. Ana Vitória says:

    Apesar do engano de Lamarck e da invalidação de sua teoria, é importante destacar a importância na tentativa de explicar a evolução, contrariando, assim, as ideias fixistas, Além disso, seus estudos despertaram o interesse em outros cientistas e naturalistas de varias partes do mundo, estimulando-os a buscar informações sobre os mecanismos evolitivos.
    Concordo com o João Melo pois realmente Lamack conseguiu ser mais brilhante que Darwin
    Não importa se sua teoria estava errada e se ja comprovaram uma hipotese contraria ou talvez digamos assim ” mais correta “

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s