Quanto mais mentes, mais fácil se torna

Para o nosso cérebro, é mais fácil dizer a verdade do que mentir. Quando contamos uma história falsa, nossos neurônios se tornam muito mais ativos, particularmente no córtex pré-frontal, o que sugere que a mentira exige inibição e maior controle cognitivo. Porém, um estudo realizado pela Universidade de Ghent, na Bélgica, afirma que a predominância da resposta verdadeira pode ser alterada de acordo com a frequência com que mentimos. Em resumo, mentir repetidamente pode superar a nossa tendência natural à veracidade.

Os pesquisadores analisaram três grupos de estudantes, que apresentaram um relatório escrito sobre suas atividades diárias e, em seguida, foram questionados sobre essas atividades. Eles estavam livres tanto para dizer a verdade quanto para mentir em suas respostas. Intercaladas com essas questões pessoais, os cientistas faziam perguntas adicionais sobre um novo tópico.

Exclusivamente para essas questões “de enchimento”, cada grupo de estudantes teve uma orientação diferente: um deles deveria sempre dizer a verdade, o segundo deveria sempre mentir, e o terceiro deveria intercalar verdade e mentira em igual medida. Dessa forma, foi possível perceber que aqueles que mentiam com mais frequência se tornaram verdadeiros peritos.

A diferença normal de tempo entre respostas verdadeiras ou enganosas sobre as questões pessoais desapareceu. […]

(Hypescience)

Nota: O pecado é assim mesmo: quanto mais é praticado, mais natural se torna. A insistência no erro pode levar àquilo que na Bíblia é chamado de “pecado contra o Espírito Santo”, para o qual não há perdão (cf. Marcos 3:29).

Não há perdão por que Deus não quer perdoar? Não. O perdão não é alcançado simplesmente porque o pecador se afastou de tal maneira de Deus que não sente mais necessidade de perdão; acostumou-se ao pecado e endureceu o coração (mente) aos apelos do Espírito Santo.

A solução para isso? Dar ouvidos à voz de Deus que nos orienta por meio da Bíblia e sussurra à consciência: “Não vá por aí”; “Não faça isso; “Não diga tal coisa”; etc.

No caminho inverso ao da desobediência consciente, quanto mais ouvimos e atendemos à voz de Deus, mais sensíveis nos tornamos. “Hoje, se ouvirdes a Sua voz, não endureçais os vossos corações” (Hebreus 4:7).[MB]

 

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia, Sociedade and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to Quanto mais mentes, mais fácil se torna

  1. Ora aí está uma boa desculpa para a técnica criacionista da terra jovem. Debitam mentiras e deturpam factos constantemente sem se importarem com isso.

    Tudo tem uma explicação.

    Like

  2. Adim says:

    Ora aí está uma boa desculpa para a técnica evolucionista Ateia.
    Debitam mentiras e deturpam factos constantemente sem se importarem com isso.

    Tudo tem uma explicação.

    Like

  3. Adalberto Felipe says:

    Ora aí está uma boa desculpa para a técnica evolucionista Ateia.
    Debitam mentiras e deturpam factos constantemente sem se importarem com isso.

    Tudo tem uma explicação. (2)

    Like

  4. Alan says:

    Ora aí está uma boa desculpa para a técnica evolucionista Ateia.
    Debitam mentiras e deturpam factos constantemente sem se importarem com isso.

    Tudo tem uma explicação. (3)

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s