Invadiu missa, bateu no padre e depois morreu

Duas ocorrências consecutivas e inusitadas deixaram em polvorosa a pequena cidade de Catingueira, no sertão do estado brasileiro da Paraíba, nordeste do país. Um homem invadiu uma igreja durante a missa, agrediu o sacerdote e, ao sair do templo, morreu.

Ninguém sabe por que razão Edmilsom Jovino da Silva, que tinha 33 anos, invadiu a igreja. Mas o facto é que ele irrompeu abruptamente na Paróquia São Sebastião durante a missa, e, para espanto de todos, correu para o altar e deu um murro no rosto do sacerdote que celebrava a homilia, o padre Fabrício Dias.

Não satisfeito, Edmilsom arrancou uma haste metálica de um ventilador e tentou atingir o religioso. Não conseguindo, passou a destruir imagens sacras que estavam no altar e, antes que alguém tivesse condições de se recuperar do espanto e do susto, saiu a correr da igreja.

Aí, aconteceu a segunda situação insólita. Edmilsom, mal deu alguns passos na praça em frente à igreja, simplesmente caiu para o lado, morto. Numa região extremamente supersticiosa, a notícia dos dois acontecimentos estranhos não demorou para deixar muita gente de cabelo em pé, achando que naquela sucessão de situações anormais havia dedo de alguém ou alguma coisa do outro mundo.

Se alguns acharam que a invasão à igreja tinha sido manifestação diabólica, também não demorou a aparecer o comentário de que a morte do rapaz tinha sido “castigo” divino. Como se não bastasse já toda essa confusão, o velório de Edmilsom transformou-se também num caso de polícia.

É que como os médicos do hospital recusaram-se a fornecer um atestado de óbito, uma vez que Edmilsom não tinha sido atendido nem morrera lá. A família resolveu fazer o velório e enterrar o rapaz assim mesmo, mas a polícia não deixou. Ao ser informado da enorme confusão que tinha agitado a cidade e que Edmilsom ia ser sepultado sem se saber a razão da sua morte, o delegado (inspector) Hugo Pereira Lucena foi até casa da família do rapaz e acabou com o velório.

Os familiares de Edmilsom não acharam graça, mas foram forçados a deixar levar o corpo para o Instituto de Medicina Legal de Campina Grande, para ser autopsiado.


Quando li esta notícia lembrei-me dum verso Bíblico bem relevante:

Não erreis; Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso, também, ceifará.

Gálatas 6:7

Fonte

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Bíblia and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

One Response to Invadiu missa, bateu no padre e depois morreu

  1. catolicoresp says:

    Isso me lembra uma outra história.

    O cara chega no estacionamento lotado, procura vaga por 10 minutos e diz: “Nossa, meu Deus! Preciso muito achar uma vaga, me ajude por favor!”

    E daí a 30 segundos aparece milagrosamente uma vaga. Daí o cara diz: “Valeu aí Deus, não preciso mais não! Achei minha vaga!”.

    Já antevendo os comentários neo-ateus de que isso foi “mera coincidência”, tal como eles sempre dizem sobre qualquer milagre de Deus.
    Não estou afirmando que foi um milagre de Deus. Pode ter sido coincidência sim, lógico. Mas que isso foi esquisitão… AHHH, não há dúvidas!

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s