Haeckel: mentiroso, ateu e evolucionista

Provavelmente muitos já viram fotos como esta.

Fake drawing

O que muitos não sabem é que estas fotos são FALSAS. O evolucionista Haeckel usou-as como “evidência”para a evolução.

Esta história foi o princípio de muitos anos de falsas evidências promovidas pelos evolucionistas, sendo o famoso “Piltdown Man” um dos caso mais duradouros (+/- 40 anos).

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia, Pecado and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

26 Responses to Haeckel: mentiroso, ateu e evolucionista

  1. Ricardo Reno says:

    Vaidades de vaidades! diz o pregador, vaidades de vaidades! é tudo vaidade.(Eclesiastes 1.2)

    Não te apresses no teu espírito a irar-te, por que a ira abriga-se no seio dos tolos. (Eclesiastes 7.9)

    Like

  2. Dalton says:

    Poxa cara, se a teoria é verdade, pra que mentir pra comprová-la?
    Não dá pra entender isso!
    A evolução é algo tão auto-evidente que não posso compreender pq essas pessoas tentam diminuí-la fazendo imagens fakes!

    Like

  3. Mats says:

    É, Dalton. A teoria da evolução é tão “óbvia” que a única forma de comprová-la é adulterando e pervertendo a ciência.

    Like

  4. Ricardo Reno says:

    Dalton,

    A teoria não é uma verdade, apenas algo a ser confirmado ou rejeitado. Pessoas desonestas não tornam a teoria inválida, como Mats gosta de rotular, como um padre pedófilo não transforma o cristianismo em algo ruim. Antes de sermos evolucionistas, ateus e crentes, somos humanos.

    Like

  5. Mats says:

    Ricardo,

    Pessoas desonestas não tornam a teoria inválida

    Mas se a desonestidade for detectada na forma de se promover a dita teoria, a validade da teoria, embora não directamente falsificada, fica relativamente fragilizada. Se os evolucionistas nos afirmam que há “imensas” evidências em favor da noção de que a vida criou-se a si mesma, ou que répteis evoluíram para pássaros, ou em favor da noção ridícula de que um animal terrestre evoluiu para uma baleia, mas tudo o que nos mostram são falsidades, então começamos a ficar desconfiados.

    Se há evidências, mostrem-nas.

    Like

  6. As evidências nem andam escondidas: basta visitares um museu de história natural, leres os livros escolares de qualquer país, ires a qualquer universidade de qualquer pais.

    Perto de Lisboa tens o museu da Lourinhã (http://www.museulourinha.org/)

    Tiram-ye lá todas as dúvidas.

    Like

  7. Herberti says:

    R.Reno disse:
    “….como um padre pedófilo não transforma o cristianismo em algo ruim.”
    É verdade. O pecado de um cristão não falsifica o cristianismo. Mas por outro lado, nenhum pedófilo cristão tentará usar sua perversão como uma demonstração das virtudes da sua fé, como os evolucionistas costumam fazer forjando provas.

    Like

  8. Dalton says:

    @João Melo

    Há! Então esses livros e museus mostram os elos perdidos incontestáveis ou são só mais alguns daqueles que dizem que porque animal x parece com animal y um descende / tem ancestral comum com o outro?

    Like

  9. Dalton:

    É muito, mas mesmo muito, mais complexo do que isso. Se estiveres próximo de Sampa aproveita e visita o museu de história natural de São Paulo.

    http://www.museuhistorianatural.com

    A ciência não se faz com achismo ou com parece-me que….

    Como sabes os próprios criacionistas da terra jovem já desistiram há anos de tentar que se ensine o CTJ em qualquer instituto, universidade, faculdade, laboratório, etc.

    Penso que mesmo na Turquia os conservadores islâmicos também já desistiram desta ideia.

    E fizeram bem.

    Se fores visitar um museu de história natural e lhes pedires informações suplementares sobre a idade da terra, erosão, camadas sedimentares, métodos de datação, anatomia comparada, etc e etc

    Como se chegou a essas conclusões, os métodos utilizados e as alternativas possíveis compreenderás porque é altamente improvável que a terra tenha apenas seis mil anos e porque é que a explicação da evolução parece ser a que melhor explica as observações.

    Se não gostares de biologia faz um exercício simples e que te leva logo a perceber porque é que a narrativa dos seis mil anos não pode ser verdadeira. Nem precisas de sair de casa:

    Tenta fazer uma cronologia da história compatível com uma criação abrupta há seis mil anos e um dilúvio há 4500.

    Tenta acertar as datas das civilizações antigas com estas datas.
    Os dados estão todos na net.

    Vais ver que é impossível conciliar as datas dos monumentos, dos eventos, crescimento da população, artefactos etc e etc.

    Podes tentar mas vais ver que não consegues. Certamente já os poderosos institutos criacionistas americanos investiram tempo e dinheiro a tentarem.

    Até lá……;)

    Like

  10. Dalton says:

    Peraí, cara, quem falou em idade da Terra aqui?

    Like

  11. Dalton says:

    Estou dizendo que a teoria da evolução não consegue provar suas bases. O criacionismo, independente do modeo de datas adotado, já é auto-evidente.

    Ou existem evidências incontestáveis para o evolucionismo e não estamos sabendo?

    Like

  12. Dalton :

    Há duas questões diferentes:

    O universo foi criado por alguma ou algumas entidades, eram elas inteligentes ?

    Como é que as espécies são como são e porque é que há espécies diferentes em camadas geológicas diferentes ?

    Para a primeira a ciência não tem respostas. Não se sabe. Qualquer opinião é tão boa como outra.

    Quanto à segunda a ciência já pode responder.

    A ciência não é contra nem a favor da ideia de Deus ou deuses. Não há modelo nenhum que se possa aplicar antes (se tal palavra faz sentido no contexto) do big bang.

    Fica ao critério filosófico, religioso ou iniciático de qualquer um crer que foi assim ou assado.

    Quanto à evolução das espécies já a ciência se pode pronunciar com um grau de certeza muito grande. Não existe qualquer teoria alternativa à T.E. Não existe nem se vislumbra alternativa possível.

    Mesmo com a TE podemos sempre admitir que duma forma que não sabemos como uma ou mais entidades podem ter influenciado a evolução num dado sentido.

    Esta especulação também pertence ao domínio da religião ou filosofia.

    O problema reside não no criacionismo : todos os crentes de todas as religiões acreditam que os seus deuses criaram o universo.

    O problema reside no criacionismo da terra jovem que pretende fazer crer que é possível que tenha havido uma criação há seis mil anos e um dilúvio há 4500.

    Isto contra todas as observações.

    Pior aínda é que grupos CTJ mais radicais pretenderam que essa mitologia fosse ensinada como alternativa à história, fi´sica, biologia, astronomia, química, paleontologia, etc e etc.

    Só te dei o exemplo da história para perceberes como não é possível que o relato do génesis possa ser levado a sério como um relato de factos. E a história é apenas uma das ciências que contradiz o CTJ

    Não é possível fazer uma cronologia compatível com o que os CTJ defendem.

    E pior ainda. Quem defende esta narrativa como verdadeira sabe perfeitamente que está a faltar à verdade.

    Até porque a TE é apenas um dos mais pequenos problemas que os CTJ tem.
    Se quisessem ser coerentes teriam de pedir para que nas escolas se desse em todas as disciplinas : geologia, quimica, fisica, astronomia, história, paleontologia, arqueologia, biologia, etc e etc a “alternativa” dos 6000 anos.

    Claro que se furtam sempre a estas questões até porque sabem quão errados estão.

    Se não fosse assim já tinham feito a tal cronologia.

    Vais ver que ninguém se propõe fazê-la. Dão imensos argumentos mas a cronologia é que não.

    Like

  13. Dalton says:

    ….
    João, as evidências da TE?

    Tu começou a falar de terra jovem aqui, pra que ficar argumentando sobre isso quando eu apenas pedi evidências inquestionáveis a favor da TE? Tu viu o último post do Matts? Como lidar com a experiência produzida, usando a TE?

    O modelo de datação dos milhões de anos não é mais confiável. Tem um post aqui sobre isso. De qualquer forma, o modelo criacionista funciona: os animais surgiram como são hoje. Não viraram um animal diferente. Independe dos anos. A TE, não.

    Quem está com as pernas bambas é a TE, então, em vez de mudar de assunto, pq não responde à pergunta?

    Like

  14. Ricardo Reno says:

    Dalton,

    “O modelo de datação dos milhões de anos não é mais confiável”.

    Não é estranho que a física e a química que tornam possíveis máquinas de ressonância, aviões, foguetes, remédios e novos materiais seja a mesma do atual modelo de datação?

    Não é estranho que as vacinas sejam criadas usando a TE? Que eu saiba Deus criou inclusive as doenças, mas de vacina a Bíblia nada diz, não é estranho?

    Além de devoção, o DI já proporcionou alguma descoberta importante, uma patente, uma fórmula?

    Impossível chegar à verdade através de opiniões, pois toda opinião não passa de um ponto de vista louco, sobre a realidade.(E.M. Ciroan)

    Like

  15. Mats says:

    Dalton,
    Cuidado que o João Melo tem o hábito de repetir as mesmas perguntas vezes e vezes sem conta, mesmo que já tenham sido respondidas.

    Estou a dizer isto só para que não percas muito tempo com ele.

    Like

  16. Herberti says:

    As técnicas de datação baseiam-se na pressuposição de uma firme constância nas diversas taxas envolvidas (depósito de sedimentos, absorção do C14, meia-vida dos elementos radioativos, etc). Dado o passado turbulento da Terra (na visão da TE), esta pressuposição é temerária, dada a quantidade de eventos cataclísmicos que ocorreram. Já, se a Terra tiver no máximo 10.000 anos, esta constância é mais verossímil, sendo a única grande catástrofe o próprio Dilúvio, que aliás explica muito bem a existência e a universalidade dos fósseis (em alguns deles já foram encontrados inclusive tecidos ainda hidratados).
    Quanto a afirmação do comentarista acima de que a TE foi essencial para o desenvolvimento de vacinas vale lembrar que o pioneiro desta ciência, Edward Jenner, viveu bem antes da publicação de “A Origem Das Espécies.”

    Like

  17. Dalton says:

    @Matts

    Ok….

    @Ricardo Reno

    “Não é estranho que a física e a química que tornam possíveis máquinas de ressonância, aviões, foguetes, remédios e novos materiais seja a mesma do atual modelo de datação?”

    Em que isso refuta a perda da confiabilidade?
    O Matt já postou, o c14 não tem queda constante, que era uma das bases da fórmula. Ela varia de acordo com a exposição ao sol, se não me engano.
    Ou seja, a fórmula se baseia na queda constante, mas a queda não é constante, então a fórmula perdeu confiabilidade. Ou seja, ela pode datar coisas como muito velhas quando são apenas um pouco velhas, ela pode datar coisas como muito novas quando são um pouco velhas… sei lá! O que pode acontecer agora?

    “Não é estranho que as vacinas sejam criadas usando a TE? Que eu saiba Deus criou inclusive as doenças, mas de vacina a Bíblia nada diz, não é estranho?”

    Eu não devia responder uma coisa dessas, parece que você nunca ouviu falar de remédios naturais… que aliás ultimamente tem dado um banho em muito remédio industrial e – pasmem – sem necessidade de recorrer à TE…

    “Além de devoção, o DI já proporcionou alguma descoberta importante, uma patente, uma fórmula?”

    Não é objetivo de DI produzir fórmulas. Ela apenas postula que os seres vivos surgiram como são. Hahaha, é até engraçado como pra ti a veracidade de alguma teoria vem dos resultados que ela gera, e não na verdade em si.
    Os antigos sabiam produzir remédios de vários tipos com ervas sem necessitar de alguma coisa similar à TE.
    O Matts tb já postou, a mecidina não depende da TE.
    Se não me engano, o veneno do escorpião azul é eficaz contra certos tipos de câncer. Essa análise independe totalmente da TE…

    Aliás, seria interessante você postar algumas descobertas interessantes que usam como base a TE, que não sejam relevantes somente à TE.

    Até mais.

    Like

  18. Ricardo Reno says:

    Dalton,

    Não sabia que o Mats era uma sumidade cientifica, além de portador de verdades absolutas. Além de já ter escrito que consegue perceber o que vai na mente de Deus.

    “Ela apenas postula…” acho que aqui você foi um pouco contraditório.

    O objetivo do DI é apenas corroborar uma crença e descartar as verdades que não condizem com ela. DI e outras alegações de intervenção sobrenatural na origem da vida ou das espécies não são ciência, pois não são testáveis pelos métodos científicos. Simples assim.

    ” Hahaha, é até engraçado como pra ti a veracidade de alguma teoria vem dos resultados que ela gera, e não na verdade em si.”

    Verdade, da próxima vez que tiver uma dor escruciante em vez de tomar um analgésico reze,acompanhado de um chá, para ver se passa. Se os sintomas persistirem procure um Xamã, para infecção uma benzedeira. Se também não funcionar procure rapidamente uma padre para a extrema-unção.

    A mutação de uma grande variedade de vírus, advém da seleção natural(não gosto do termo TE) ou de uma intervenção de Deus?

    Certa vez o geneticista J.B.S Haldane foi perguntado se seria possível deduzir algo da personalidade de Deus olhando a natureza. Sua resposta, irônica obviamente, foi a seguinte: “Ele deve gostar muito de besouro.”

    São 35.000 as espécies conhecidas!

    Like

  19. Ricardo Reno says:

    Herberti,

    A seleção natural invalidou o trabalho de Edward Jenner?

    Leonardo Da Vinci (1492-1519) tem um estudo sobre sedimentos muito bem explicado no livro “A Montanha de Moluscos de Leonardo da Vinci”.

    “que aliás explica muito bem a existência e a universalidade dos fósseis”

    Explica quando é preciso manter lamentável silêncio sobre os detalhes da explicação que quer defender, ou produzir histórias detalhadas que não suportam um escrutínio científico. Por exemplo, se a Terra tem os alegados 10.000 anos, esta alegação entra em conflito com uma variedade de descobertas científicas muito sólidas da geologia e da física. Não é apenas a teoria evolucionista que tens de rejeitar se aceitas esta versão do criacionismo, mas igualmente boa parte do resto da ciência.

    A este respeito gosto muito da opinião do biólogo e escritor Kennet Miller:
    “Como um defensor árduo da evolução, sou frequentemente desafiado por aqules que assumem que se a ciência pode demonstrar as origens naturais das espécies, o que é verdade, então Deus deveria ser abandonado. Mas o Deus que eles rejeitam tão facilmente não é o mesmo que conheço. O Deus deles não seria nada mais do que uma saída para a ignorância humana. Esse é o Deus dos criacionistas, do movimento do ‘design inteligente’, daqueles que procuram o seu deus na escuridão. O que ainda não encontramos ou ainda não entendemos torna-se a sua melhor, de fato sua única, evidência da verdade. Como cristão, acho essa lógica especialmente deprimente. Ela não só nos ensina a temer a aquisição do conhecimento (o que pode levar à negação da crença), mas também sugere que Deus só brilha nas sombras do nosso conhecimento. Sugiro que se Deus é real, deveriamos ser capazes de encontrá-lo em algum outro lugar, na luz brilhante do conhecimento humano, científico e espiritual.”

    Like

  20. Quanto à minha repetição:

    farto-me de pedir uma cronologia da história compatível com o CTJ e as respostas que obtenho são:

    É uma falsa questão, já foi respondido, qualquer historiador sério a tem, a teoria da evolução é uma religião, a questão da nazismo e a sua ligação com Darwin, o aborto, a eutanásia, vou enviar por email, só não vê quem não quer…. e por aí fora.

    De cronologia nada. Népias, nicles, rien de rien.

    Daí a minha insistência.

    Claro que todos sabemos que é impossível fazendo dos CTJ um conjunto de pessoas que mentem deliberada e reiteradamente. Se assim não fosse calavam esta injúria com a cronologia…

    Like

  21. Mats says:

    João Melo,

    Quanto à minha repetição: farto-me de pedir uma cronologia da história compatível com o CTJ

    Não. Tu queres uma cronologia da Terra Jovem em harmonia com os milhões de anos, o que é logicamente impossível.

    Já te disse várias vezes que não há nada na História da Humanidade que contradiga a Criação recente. Se achas que há, então tu tens que mostrar as evidências.

    Invariavelmente tu vais cair no clássico “mas a Terra Jovem contradiz a teoria da evolução!”. A minha resposta é: E depois?
    A tua função não é repetires o mesmo mantra como se ninguém te tivesse respondido, mas sim tu veres que tu estás a pedir coisa que é logicamente impossivel (harmonizar a Terra Jovem com a teoria da evolução).

    Claro, tu vais mudar de assunto e substituir “teoria da evolução” por “ciência”, mas aí vais voltar a cair naquilo que eu já havia dito ao Dalton: vais-te repetir.

    A questão não é que a Terra Jovem contradiga a ciência, mas sim que contradiga a tua interpretação da ciência. Mas com isso podemos nós.

    Like

  22. Herberti says:

    Às vezes fico a imaginar se poderia existir cientistas na Terra Média ou se seria possível fazer ciência em um universo como aquele onde, paralelo à natureza, existe uma realidade mística, que interfere e altera a própria natureza. Em um lugar assim estabelecer teorias e leis físicas seria de todo irrelevante, visto que elas poderiam ser alteradas caprichosamente a qualquer momento por qualquer mago ou ser sobrenatural. Digo isto porque, mais difícil de que entender como alguém esclarecido pode levar à sério a TE, é entender como pode haver cientistas que acham possível conciliar uma cosmovisão teísta com um universo evolucionário. São concepções tão antagônicas e mutuamente excludentes que somente alguma espécie de “esquizofrenia intelectual” pode coloca-las lado a lado.

    Like

  23. Ricardo Reno says:

    “Eliminar de si as toxinas do tempo para guardar as da eternidade, essa é a infantilidade do místico”.

    Like

  24. Dalton says:

    @Ricardo

    “Não sabia que o Mats era uma sumidade cientifica, além de portador de verdades absolutas. Além de já ter escrito que consegue perceber o que vai na mente de Deus.”

    Quem disse isso? Eu apenas apontei os posts que o Matts trouxe. Graças a esses posts estamos discutindo aqui….lol.

    “acho que aqui você foi um pouco contraditório.”

    Verdade, a palavra certa era “diz”.

    “O objetivo do DI é apenas corroborar uma crença e descartar as verdades que não condizem com ela. DI e outras alegações de intervenção sobrenatural na origem da vida ou das espécies não são ciência, pois não são testáveis pelos métodos científicos. Simples assim.”

    Nao! A DI analiza a natureza, e, ao contemplar sua complexidade, diz que é IMPOSSÍVEL ela ter sido criada através de sorte. Ela também nega que a vida surgiu a partir de coisas sem vida. Por isso, deve ter algum Designer que produziu todo esse universo complexo e em sintonio fina.
    Agora tu vem me falar de ciência? A TE vem sendo tratada dessa forma, mas não chega nem perto. Ela não consegue responder nem uma questão simples como: porque ainda existem bactérias hoje em dia? Seres unicelulares evoluem mais rápido, de acordo com a TE, e as bactérias trocam de geração a partir de 20 minutos de vida. Existem uns trilhões de bactérias por aí (chutando). Elas variam, mas ainda sim continuam sendo bactérias. Porque? Já deveriam ser algo maior, uma esponja talvez…
    Daí vem minha crítica à tua frase absurda, de questionar se a DI trouxe descobertas… qualquer descoberta que a TE trouxe não a torna correta, e nem científica. Ela não consegue responder questões de seu próprio domínio… não consegue provar suas bases (fósseis transicionais? Cadê???)… etc. O criacionismo é auto-evidente.

    “Verdade, da próxima vez que tiver uma dor escruciante em vez de tomar um analgésico reze,acompanhado de um chá, para ver se passa. Se os sintomas persistirem procure um Xamã, para infecção uma benzedeira. Se também não funcionar procure rapidamente uma padre para a extrema-unção.”

    Meu filho, vamos crescer. Nossa, quem falou em sobrenatural pra se curar? Falei de curas naturais. Por favor!
    Agora me mostre onde a TE é relevante para os remédios… se a evolução é tão lenta quanto dizem, a população humana demorará tanto para mudar que não faz diferença nenhuma… daqui a 200 anos ainda seremos humanos e a medicina funcionará…. onde é que ela depende da TE pra funcionar?😉

    “A mutação de uma grande variedade de vírus, advém da seleção natural(não gosto do termo TE) ou de uma intervenção de Deus?”

    Eles continuam sendo vírus, não viram outro ser vivo….
    Meu filho, a ciência foi gerada na idéia de que Deus era estável, ou seja, que o mundo também era “constante” (Deus não intefere a todo tempo para fazer o que quer). Sim, ela foi gerada na igreja… então espero não ter que ler esse tipo de provocação denovo.

    =(

    Like

  25. Um esclarecimento:

    Nem sei se o comentário vai passar porque quando o Mats não tem resposta não responde ou apaga o comentário….

    Eu quando falei duma cronologia da história parti deste principio:

    Os criacionistas da terra jovem, os tais que acreditam que o Gênesis é um relato de fatos, verberam que isso é verdade.

    Ora eu desafio-os a fazerem uma cronologia da história que combine a história que conhecemos – Creta, Lascaux, Egipto, etc e etc – com uma criação há seis mil anos e um dilúvio há cerca de 4500.

    Com taxas prováveis de crescimento da população, túmulos de Neandertais, etc e etc.

    Parece-me um desafio simples e, para quem acredita piamente que não está a mentir, fácil de fazer.

    Penso que o comentário vai ser apagado ou que não vai ser dada a cronologia.

    Hello!

    Não quero milhões de anos. Quero a vossa. Com S E I S M I L A N O S seguida de dilúvio há Q U A T R O M I L E Q U I N H E N T O S anos. Ou com os acertos temporais – justificados – que quiserem fazer

    É preciso um desenho ?

    Claro que nem cronologia nem resposta……fora do que estamos habituados : o nazismo, a evolução, o Lula, Darwin não criou…., o vizinho do terceiro…. a homossexualidade…e tal e coisa e ….nada de cronologia …..

    Ou estou errado ?

    Like

  26. julio cesar says:

    realizações do comunismo pelo mundo
    1)estupro de 5.000.000 de mulheres pelos comunas(comunistas)
    2)morte de 100.000.000 de pessoas pelos comunistas
    só isso é o suficiente para mostrar que comunismo não presta

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s