Alfred Wallace rejeitou selecção natural como mecanismo suficiente

Numa nova biografia, Alfred Russel Wallace: A Rediscovered Life, o historiador de ciência e professor na Universidade do Alabama Michael Flannery reporta como Wallace, co-fundador da teoria da evolução, progressivamente ficou desencantado com a noção da selecção natural ser mecanismo suficiente para explicar a complexidade da vida.

Wallace (1823-1913) concluiu que muitas das características dos organismos vivos só poderiam ser explicadas como o resultado de design por parte “Duma Mente Criativa.

Os críticos do DI frequentemente atacam a teoria afirmando que a mesma é “um impedimento para o avanço da ciência”. Flannery mostra, por outro lado, que foi o compromisso de Alfred Wallace com a investigação aberta que o levou a concluir que, longe de ser aleatória e não-direccionada como Darwin insistia, a evolução manifesta evidências cientificamente detectáveis de design planeado.

Segudo Flannery, a Biologia está finalmente a aperceber-se da presciência de Wallace.

O livro de Flannery recebeu endosso entusiástico por parte de cientistas e historiadores incluindo Philip K. Wilson da Penn State College of Medicine, John S. Haller da Southern Illinois University e Michael Behe da Lehigh University.

Michael Egnor, professor e vice-director do”Department of Neurological Surgery” na “Stony Brook University Medical Center” disse:

O livro soberbo Flannery providencia o leitor com uma visão indespensável das guerras iniciais em torno da tempestade moderna em torno da teoria de Darwin e o design inteligente.

Para além do livro, as ideias de Wallace são o assunto dum novo site, www.alfredwallace.org, repleto de recursos gratuitos que incluem vídeos, excertos de livros e informação biográfica adicional àcerca de Wallace.

Wallace, um naturalista inglês, concebeu a sua versão da selecção natural no ano de 1859, altura em que Darwin ainda se encontrava “sentado” sobre o seu livro ainda por publicar. Depois de ter entrado em contacto com Darwin e ter partilhado a sua ideia com ele, Wallace colocou Darwin num tumulto, forçando-o a publicar o seu livro rapidamente antes que fosse suplantado por Wallace.

A tensão cresceu entre os dois quando no ano de 1869 Wallace revelou publicamente as suas dúvidas em torno da teoria darwiniana. Posteriormente, Wallace elaborou a uma versão madura da “evolução inteligente” culminando no seu magnum opus, The World of Life (1910).

Ao contrário de Darwin, Wallace opôs-se vocalmente ao racismo e à eugénica pseudo-científica.


Sem dúvida que qualquer escola pública interessada na educação científica dos alunos informaria os seus alunos que um dos promotores iniciais da teoria da selecção natural como mecanismo da evolução perdeu fé nessa posição e começou a postular um tipo de design inteligente.

Mas como nós todos sabemos, o papel do “professor” de Biologia não é ensinar a verdade mas sim ensinar a teoria da evolução. Daí se infere que a “apostasia” de Wallace vai ser ignorada pelas pessoas que alegadamente tem como missão informar os alunos.

About Mats

"Posterity will serve Him; future generations will be told about the Lord" (Psalm 22:30)
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

9 Responses to Alfred Wallace rejeitou selecção natural como mecanismo suficiente

  1. Douglas says:

    ” Sem dúvida que qualquer escola pública interessada na educação científica dos alunos informaria os seus alunos que um dos promotores iniciais da teoria da selecção natural como mecanismo da evolução perdeu fé nessa posição e começou a postular um tipo de design inteligente.”

    Verdade , como Jonathan Wells disse muitos Icones da Evolução ainda estão nos livros escolares e demorarão bastante para sairem. O mesmo vale para a história por trás da elaboração da Teoria da Evolução que nem ao menos será dita para os alunos.

    Like

  2. Jonas says:

    Mats!

    A VIDA È INFORMAÇÃO E NÂO ACASO E SELEÇÃO!
    Assista este documentário.

    Like

  3. Douglas says:

    @jonas,

    O Incrível é que JAMAIS vão passar isso em uma sala do Ensino Médio.
    Os Ateus ainda tem a coragem de dizer que o Design Inteligente é uma ”proposta religiosa” sendo que a Biologia da Informação e a Análise Genética de diferentes Espécies (igual ao texto que me passou) está ”acabando” com a proposta da Arvore da Vida de Darwin .
    Triste como estão forçando e distorcendo as evidências .

    Like

  4. Darcy says:

    Jonas,

    Muito obrigado. Este vídeo é fantástico! Tão interessante que os 44 minutos passam como se fossem apenas 4. Quase impossível parar de ver. Abraços.

    As maravilhas microscópicas de uma célula, as incríveis imagens do espaço http://lerpracrer.wordpress.com/2011/09/20/eu-fiz-a-terra/ clamam:

    “Temei a Deus e dai-lhe glória; porque vinda é a hora do seu juízo! E adorai Aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas”.Apoc.14:6-7

    Like

  5. jonas says:

    Darcy!
    Nunca é tarde para se chegar a verdade,e Alfred Wallace deve ter ficado orgulhoso de saber que não foi o promulgador de um pensamento que está a beira da ruína(seleção como força motriz de toda diversidade do planeta) .
    Veja vou passar a ti um transcrito sobre relógios biológicos que falam dos sistemas circadianos.Mutação-Seleção ou Design Inteligente?

    En los seres vivos, los relojes biológicos reciben la apelación de sistemas circadianos. Ayudan a los organismos desde bacterias hasta los humanos a ajustar los ciclos día-noche (diurnos) u otros ritmos naturales como los de las estaciones. Controlan los niveles metabólicos, la alimentación, la reproducción y la mayor parte de las otras funciones biológicas. Al explorar los científicos los mecanismos subyacentes a los sistemas circadianos, están descubriendo unas semejanzas extraordinarias con los relojes de diseño humano. Un artículo en PhysOrg se titulaba: «Descubriendo el mecanismo subyacente al reloj biológico de las bacterias» – esto es, «Cómo funcionan estos relojes biológicos a nivel de mecanismo bioquímico». Científicos en la Universidad de California en Merced desvelaron un inteligente mecanismo: «Una de las proteínas, durante el ciclo de 24 horas, pasa de ser blanda a dura, y luego vuelve a ser blanda. Los cambios llevan a las tres proteínas del sistema a conectar y a desconectar». De modo que no se trata de las conexiones que establecen las proteínas entre sí debido a sus formas, sino también a su flexibilidad. El artículo acababa diciendo que estos descubrimientos están cambiando la perspectiva de los investigadores acerca de los relojes biológicos. «Ahora se cree que las proteínas están más involucradas de lo que se creía antes».PhysOrg también informaba el mes pasado que científicos en la Universidad de Tel Aviv están estudiando los relojes biológicos en danios o peces cebra para pistas para ayudar a los humanos. Un gen llamado Period2, «también presente en los humanos», responde a la luz y ayuda a calibrar el reloj. Informan que tiene una región llamada Modelo de Respuesta a la Luz. «Dentro de esta región» (del gen), comunican, «hay cortas secuencias génicas llamadas Ebox, que median la actividad del reloj, y Dbox, que confieren expresión activada por la luz». La itneracción entre estas secuencias es responsable de la sincronización del sistema circadiano. Cosa digna de notar, «En las células de estos peces, el LRM humano se comportaba exactamente de la misma manera, activando el Period2 cuando quedaba expuesto a la luz —y se desvelaba una fascinante vinculación entre los humanos y este pez de cinco centímetros», aunque, según la tesis evolucionista, los peces y los mamíferos están separados por muchos millones de años

    Like

  6. jefferson says:

    Jonas,bom dia
    Vc é doutor de biologia?

    Eu acho a biologia molecular e celular muito complexa.

    As vezes eu leio assuntos que fico boiando,no caso se eu discutir biologia com um professor biólogo ateu vou acabar passando por pseudobiologo,até pq o máximo que eu aprendi foi aquela biologia ensinada na escola pública,há anos atrás,e já na época ensinavam a evolução das espécies como fato real.

    Porem nesse blog e algums postagens suas vem mostrando o que eu posso considerar de ad hoc em muitos tópicos da teoria da evolução,se estiver enganado qunto ao ad hoc me corrija por favor.
    Um abraço.

    Like

  7. jonas says:

    Jefferson!
    Não sou “doutor em biologia” mas tenho formação acadêmica na área biológica (medicina e não exercendo atualmente),mas tenho muito interesse em tal área pois tenho dois filhos cursando Medicina e também me ajuda na consolidação minha da Fé.

    A questão do ad hoc,é que o Darwinismo está alicerçado em um naturalismo filosófico e não metodológico .Muitas de suas premissas não passam pelo crivo da falseabilidade,e isto o torna a teoria da evolução não científica(Popper).

    A questão base é que as evidências novas da Biologia molecular não são levadas até onde elas forem dar,e como exemplo cito a absurda Informação que está alocada na célula desde o processamento de sua informação até mecanismos de auto sustentação.

    Se precisamos de Inteligência para gerir a nossa vida e a usamos de forma uniforme e cotidiana,porque que as evidências de automação,auto sustentação e replicação que demandam antevidência não são apreciadas de forma não preconceituosa?

    A origem natural da 1 Vida,a Ancestralidade comum e as transmutações são aceitas axiomaticamente e isto enfraquece a conjuntura da Ciência,em que passos não são dados em todas as direções seguindo as evidências e sim delimitando o campo de experiências ou argumentação.

    Creio que a Informação complexa e especificada que super abunda em uma célula não pode ser explicada por acaso,necessidade ou auto-organização,e isto os cientistas sabem muito bem,códigos não se formam sozinhos é necessário atuação de uma atividade consciente,mente ou inteligência,mas o Naturalismo Ontológico em que a Ciência está afundada faz com que não se procure desenvolver pesquisas nesta área “proibida”.

    Obs!

    Procure ler artigos que tenham isenção(são poucos)para saber do contraditório ou especulativo em relação aos dados que são lançados para nós “mortais comuns”.

    Tenho em mãos bons sites sobre estes assuntos,só que para reter e entender o que neles se propõem necessita-se como em tudo na vida conhecimento mínimo e desejo de aprender. Abraços

    Like

  8. jefferson says:

    Jonas,
    Obrigado pelo esclarecimeto.
    A suas postagens aqui são muito boas. eu entrei no blog do Designininteligente e encontrei isso,não sei se vc já viu,aborda a intolerancia dos evolucionistas .
    Expelled No Intelligence Allowed 01 de 10 – (legendado) -youtube

    Like

  9. Jonas says:

    Olá Jefferson!
    Já assisti ao Expelled e é muito bom no sentido de entender o porque da dificuldade de termos pappers revisados por peer reviews de cunho não Naturalistas.Veja o aconteceu com Gonzales aquele Astrofísico tão proiminente,caiu nos ostracismo e descrédito por se alinhar com o Design Inteligente mesmo tendo tamanho numero de trabalhos já publicados.
    O naturalismo que está a parasitar a Ciência é antropofágico a todos que ousarem “pisar” fora do terreno permitido pela Nomenclatura .
    Sou um otimista e acho que as evidências principalmente da área Biológica inevitavelmente solaparão o castelo darwinista.
    A Verdade sempre prevalecerá,pois DEUS em sua essência é a VERDADE e portanto cabe a nós sermos fiéis as Escrituras e áquilo que a Natureza nos diz que é extrema e insondável sabedoria com que tudo foi criado.Abraços

    Like

Todos os comentários contendo demagogia, insultos, blasfémias, alegações fora do contexto, "deus" em vez de Deus, "bíblia" em vez de "Bíblia", só links e pura idiotice, serão apagados. Se vais comentar, primeiro vê se o que vais dizer tem alguma coisa em comum com o que está a ser discutido. Se não tem (e se não justificares o comentário fora do contexto) então nem te dês ao trabalho.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s